A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
307 pág.
Apostila de Direito do Trabalho

Pré-visualização | Página 39 de 50

em  que  percebeu  o aludido adicional. 
D)A eliminação ou neutralização da insalubridade ocorrerá com a adoção de medidas que conservem o ambiente de trabalho  dentro  dos  limites  de  tolerância  ou  com  a utilização  de  equipamentos  de  proteção  individual  ao trabalhador,  que  diminuam  a  intensidade  do  agente agressivo a limites de tolerância.  
EXAME DE ORDEM VII – FGV – 1ª FASE
Arlindo dos  Santos  ajuizou  ação trabalhista  em face do seu antigo  empregador,  pleiteando  adicional  de  insalubridade  e indenização por danos morais. Nas suas alegações contidas na causa  de  pedir,  Arlindo  argumentou  que  trabalhou permanentemente  em  contato  com  produtos  químicos altamente tóxicos, o que lhe acarretou, inclusive, problemas de saúde.  Em  contestação,  o réu  negou  veementemente  a existência  de  condições  insalubres  e,  por consequência,  a violação do direito fundamental à saúde do empregado, não apenas porque o material utilizado por Arlindo não era tóxico, como também  porque  ele sempre  utilizou  equipamento  de proteção  individual  (luvas  e  máscara).  Iniciada  a  fase instrutória,  foi  feita  prova  pericial.  Ao  examinar  o  local  de trabalho, o perito constatou que o material usado por Arlindo não era tóxico como mencionado por ele na petição  inicial. 
Entretanto, verificou que o autor trabalhou submetido a níveis de ruído muito acima do tolerado e sem a proteção adequada. Assim, por força desse outro agente insalubre não referido na causa de pedir, concluiu que o autor fazia jus ao pagamento do adicional pleiteado com o percentual de 20%. Com base nessa situação concreta, é correto afirmar que o juiz deve julgar:
A) improcedente  o pedido  de pagamento de  adicional de insalubridade,  uma  vez  que  está  vinculado  aos  fatos constantes  da  causa  de  pedir, tal  como  descritos  pelo autor na petição inicial. 
B) procedente  em  parte  o  pedido  de  pagamento  de adicional de insalubridade, concedendo apenas metade do percentual sugerido pelo perito, haja vista a existência de  agente  insalubre  distinto  daquele  mencionado  na 
causa de pedir. 
C) improcedente  o pedido  de pagamento de  adicional de insalubridade, uma vez que a existência de ruído não é agente insalubre. 
D) procedente  o  pedido  de  pagamento  de  adicional  de insalubridade,  uma  vez  que  a  constatação  de  agente insalubre distinto do mencionado na causa de pedir não 
prejudica o pedido respectivo. 
EXAME DE ORDEM VIII – FGV – 1ª FASE
Um cientista é contratado como empregado para trabalhar no setor  de  pesquisa  de  uma  empresa,  visando  desenvolver 
atividade inventiva. Após três anos, com uso de equipamentos e  insumos  da  empresa,  o  trabalhador  inventa  um  novo 
maquinário, cuja patente é requerida e, em breve, introduzida no processo de produção, com previsão de alto lucro.  Na  hipótese,  caso  nada  tenha  sido  disposto  a  respeito, 
assinale a afirmativa correta:
A)A invenção pertence exclusivamente ao empregado, mas os lucros deverão ser divididos.
B) A  invenção  pertence  exclusivamente  ao  empregador, dada a atividade para a qual foi contratado o empregado. 
C) A invenção pertence ao empregado e ao empregador, que dividirão os lucros. 
D) A  invenção  pertence  ao  empregador, mas  é  dado  ao empregado  pedir  indenização  por  dano material,  a ser arbitrado pela justiça. 
 
EXAME DE ORDEM X – FGV – 1ª FASE
Os direitos constitucionais relacionados a seguir já foram regulamentados por Lei, à exceção de um. Assinale-o. 
A) Aviso prévio proporcional ao tempo de serviço. 
B) Participação nos lucros ou resultados. 
C) Adicional por atividade penosa. 
D) Licença-paternidade. 
EXAME DE ORDEM XI – FGV – 1ª FASE
Paulo, motorista de ônibus, mantém contrato de trabalho com a empresa Transporte Seguro S/A, no qual há estipulação escrita de que o motorista envolvido em acidente de trânsito será descontado pelas avarias e prejuízos causados. Em um dia comum, Paulo ultrapassou o sinal vermelho e colidiu com veículo que vinha do outro lado do cruzamento. Não houve vítimas, mas os veículos ficaram impedidos de trafegar em razão das avarias e o coletivo foi multado por avanço de sinal. A empresa entendeu por bem descontar do salário de Paulo o conserto do ônibus, bem como as despesas com o conserto do veículo de passeio. Diante disso, assinale a afirmativa correta. 
A) A empresa agiu de forma incorreta, pois não poderia descontar nada de Paulo, dado o princípio da intangibilidade salarial. 
B) A empresa agiu de forma incorreta, pois só poderia descontar um dos danos, pois todos os descontos acarretaram bis in idem. 
C) A empresa agiu corretamente, pois Paulo agiu com culpa e havia previsão contratual para tanto. 
D) A empresa agiu de forma incorreta, pois não houve dolo por parte do empregado e é dela o risco do negócio. Logo, o desconto é descabido. 
EXAME DE ORDEM XI – FGV – 1ª FASE
Marco Aurélio é advogado empregado em um escritório de advocacia, com CTPS assinada, tendo acertado na contratação a dedicação exclusiva. Num determinado mês, Marco cumpriu jornada de 2ª a 6ª feira das 12:00 às 21:00 h com intervalo de uma hora para refeição. Com base no caso apresentado, assinale a afirmativa correta. 
A) Não haverá pagamento de adicional noturno porque a jornada não ultrapassou as 22:00 h. 
B) Marco tem direito ao adicional noturno de 25% sobre a jornada compreendida entre 20:00 e 21:00 h. 
C) Marco tem direito a horas extra, sendo assim reputadas as que ultrapassam a 4ª hora diária, com acréscimo de 50%. 
D) Marco tem direito ao adicional noturno de 20% sobre a jornada compreendida entre 20:00 e 21:00 h. 
 
EXAME DE ORDEM XII – FGV – 1ª FASE
Calçados Mundial S.A. contratou duas empresas distintas para a prestação de serviços de limpeza e conservação nas suas instalações. Maria é empregada de uma das terceirizadas, exerce a função de auxiliar de limpeza e ganha salário de R$ 1.150,00. Celso é empregado da outra terceirizada, exerce a mesma função que Maria, trabalha no mesmo local, e ganha R$ 1.020,00 mensais. A partir do caso apresentado, assinale a afirmativa correta. 
A) Celso poderá requerer o mesmo salário que Maria, pois na hipótese pode-se falar em empregador único. 
B) Impossível a equiparação salarial, mas se outro direito for violado, a empresa tomadora dos serviços terá responsabilidade solidária. 
C) Viável a equiparação desde que Maria e Celso trabalhem no mínimo dois anos nas instalações do tomador dos serviços. 
D) Não será possível a equiparação salarial entre Maria e Celso porque os respectivos empregadores são diferentes. 
EXAME DE ORDEM XIII – FGV – 1ª FASE
Os garçons e empregados do restaurante Come Bem Ltda. recebem as gorjetas dadas pelos clientes, de forma espontânea, uma vez que não há a cobrança obrigatória na nota de serviço. Diante da hipótese apresentada, assinale a afirmativa correta. 
A) As gorjetas integram a remuneração, mas não servem de base de cálculo para o pagamento do aviso prévio, adicional noturno, horas-extras e repouso semanal remunerado.
B) As gorjetas não integram a remuneração, uma vez que são espontâneas, pois não há o controle das quantias concedidas.
C) As gorjetas são integradas, para todos os efeitos, na remuneração do empregado, repercutindo, assim, no pagamento de todos os direitos trabalhistas.
D) As gorjetas integram a remuneração apenas para efeitos de aviso prévio trabalhado, adicional noturno, horas-extras e repouso semanal remunerado, pois as demais parcelas não estão relacionadas com o dia a ia de trabalho efetivo; não havendo trabalho, não há gorjeta. 
EXAME DE ORDEM XIV – FGV – 1ª FASE
Dentre as opções listadas a seguir, assinale aquela que indica o empregado que já tem os dias de repouso remunerados em seu salário, sem que haja o acréscimo da remuneração do seu repouso semanal.
A) Germano, que é empregado horista.
B) Gabriela, que é