Buscar

atividade_carrapatos

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 7 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 7 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Anexo 6 da Aula 4 
Texto Base 3: Carrapatos de Importância Médica e Veterinária 
 
Os carrapatos são ectoparasitas obrigatórios que acometem os vertebrados e necessitam de alimentação 
sanguínea para completar o seu ciclo biológico. O ciclo biológico dos carrapatos é complexo e apresenta uma fase de 
vida livre que ocorre no ambiente e uma fase parasitária que ocorre no hospedeiro. 
1. CARRAPATOS MONOXENOS 
Os carrapatos monoxenos necessitam parasitar um único hospedeiro para completar o seu ciclo biológico: 
a) Rhipicephallus (Boophilus) microplus – hospedeiro preferencial: bovinos. 
b) Dermacentor nitens – hospedeiro preferencial: equinos (pavilhão auricular). 
A fêmea ingurgitada procura um abrigo no ambiente e realiza a postura de milhares de ovos. Após um período 
de incubação ocorre a eclosão dos ovos e a liberação das larvas. As larvas que estão no ambiente sobem e descem 
pelas gramíneas e folhagens na vegetação aguardando a passagem do hospedeiro. A larva pode detectar a presença 
do hospedeiro (níveis de CO2 e vibrações) e subir ativamente no corpo do hospedeiro. 
No hospedeiro a larva realiza a hematofagia e evolui (troca de pele ou ecdise) para o estágio de ninfa. Em 
seguida, a ninfa realiza a hematofagia e evolui (troca de pele ou ecdise) para o estágio adulto (macho ou fêmea). Os 
adultos realizam a hematofagia e a cópula. Após a cópula a fêmea realiza a ingestão de uma grande quantidade de 
sangue tornando ingurgitada. A fêmea ingurgitada (teleógina) desprende do hospedeiro para realizar a postura dos 
ovos no ambiente. Após a postura dos ovos no ambiente a fêmea ingurgitada morre. 
2. CARRAPATOS TRIOXENOS 
Os carrapatos trioxenos necessita parasitar três hospedeiros iguais ou diferentes para completar o seu ciclo 
biológico: 
a) Rhipicephalus sanguineus – hospedeiro preferencial: cães. 
b) Amblyomma spp 
No Brasil existem 33 espécies pertencentes ao gênero: Amblyomma (A. sculptum, A. cajennense, A. 
aureolatum, A. ovale e A. tigrinum). Esses carrapatos apresentam uma baixa especificidade parasitária podendo 
acometer os humanos, animais domésticos e animais selvagens (equinos, capivaras, bovinos, porco, carneiro, cabra, 
coelho, anta, veado, porco do mato, cachorro do mato, tamanduá, tatu, gambá e ratão do banhado). 
A fêmea ingurgitada procura um abrigo no ambiente e realiza a postura de milhares de ovos. Após um período 
de incubação ocorre a eclosão dos ovos e a liberação das larvas. As larvas que estão no ambiente podem detectar a 
presença do hospedeiro (níveis de CO2 e vibrações). 
A larva sobe no corpo do hospedeiro e realiza a hematofagia. Em seguida, a larva alimentada desprende do 
hospedeiro e cai no ambiente. No ambiente a larva alimentada procura um abrigo e evolui (troca de pele ou ecdise) 
para o estágio de ninfa. 
A ninfa sobe no corpo do hospedeiro e realiza a hematofagia. Em seguida, a ninfa alimentada desprende do 
hospedeiro e cai no ambiente. No ambiente a ninfa alimentada procura um abrigo e evolui (troca de pele ou ecdise) 
para o estágio adulto (macho ou fêmea). 
Os adultos sobem no corpo do hospedeiro e realizam a hematofagia e a cópula. Após a cópula a fêmea realiza 
a ingestão de uma grande quantidade de sangue tornando ingurgitada. A fêmea ingurgitada (teleógina) desprende do 
hospedeiro para realizar a postura dos ovos no ambiente. Após a postura dos ovos no ambiente a fêmea ingurgitada 
morre. 
 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 
GUIMARÃES, J.H.; TUCCI, E.C.; BARROS-BATTESTI, D.M. Ectoparasitos de Importância Veterinária. 1. ed. São Paulo: 
Editora Plêiade, 2001. 218 p. 
MONTEIRO, S.G. Parasitologia na Medicina Veterinária. 1. ed. São Paulo: Roca, 2011. 356 p. 
 
 
Anexo 6 da Aula 4 
Mapa Conceitual 1 - Roteiro de Perguntas: Carrapatos Monoxenos 
 
De acordo com as respostas do questionário a seguir, construa o mapa mental nas imagens que estão abaixo. 
1. Carrapatos que necessitam de um único hospedeiro para completar o seu ciclo biológico? 
2. Carrapato do pavilhão auricular do equino? 
3. Carrapato do bovino? 
4. Estágio que realiza postura dos ovos? 
5. Processo que a fêmea excreta os ovos no ambiente? 
6. Processo de rompimento da casca do ovo? 
7. Estágio que rompe a casca e sai do interior do ovo? 
8. Estágio que sobe no hospedeiro? 
9. Processo de alimentação sanguínea? 
10. Processo de troca de pele e evolução para o próximo estágio? 
11. Estágio imaturo que não apresenta diferenciação sexual? 
12. Processo de alimentação sanguínea? 
13. Processo de troca de pele e evolução para o próximo estágio? 
14. Estágio que a presenta diferenciação sexual? 
a) Apresenta órgão reprodutor masculino? 
b) Apresenta órgão reprodutor feminino? 
15. Processo de alimentação sanguínea? 
16. Ato de união de um indivíduo macho e uma fêmea para possibilitar a junção dos gametas e a geração de novos 
descendentes? 
17. Fêmea que realiza a ingestão de grande quantidade de sangue e aumenta o seu tamanho? 
18. Estágio que desprende do hospedeiro e cai no ambiente? 
 19. Processo que a fêmea excreta os ovos no ambiente? 
20. Fêmea após a postura dos ovos? 
 
Anexo 6 da Aula 4 
Mapa Conceitual 1 – Ciclo Biológico: Carrapatos Monoxenos 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
1. 
2. 
3. 
4. 
5. 
6. 
7. 
8. 
 
11. 14. 
17. 
9. 
10. 
12. 
13. a. 
b. 
15. 16. 
18. 20. 
19. 
 
Anexo 6 da Aula 4 
Mapa Conceitual 1 – Roteiro de Perguntas: Carrapatos Trioxenos 
 
1. Carrapatos que necessitam de três hospedeiros para completar o seu ciclo biológico? 
2. Carrapato do cão? 
3. Carrapato com baixa especificidade parasitária e os seus principais hospedeiros? 
4. Estágio que realiza postura dos ovos? 
5. Processo que a fêmea excreta os ovos no ambiente? 
6. Processo de rompimento da casca do ovo? 
7. Estágio que rompe a casca e sai do interior do ovo? 
8. Primeiro estágio que sobe no hospedeiro? 
9. Processo de alimentação sanguínea? 
10. Primeiro estágio alimentado que retorna no ambiente? 
11. Processo de troca de pele e evolução para o próximo estágio? 
12. Estágio imaturo que não apresenta diferenciação sexual? 
13. Segundo estágio que sobe no hospedeiro? 
14. Processo de alimentação sanguínea? 
15. Segundo estágio alimentado que retorna no ambiente? 
16. Processo de troca de pele e evolução para o próximo estágio? 
17. Estágio que a presenta diferenciação sexual? 
a) Apresenta órgão reprodutor masculino? 
b) Apresenta órgão reprodutor feminino? 
18. Terceiro estágio que sobe no hospedeiro? 
a) Apresenta órgão reprodutor masculino? 
b) Apresenta órgão reprodutor feminino? 
19. Processo de alimentação sanguínea? 
20. Ato de união de um indivíduo macho e uma fêmea para possibilitar a junção dos gametas e a geração de novos 
descendentes? 
21. Fêmea que realiza a ingestão de grande quantidade de sangue e aumenta o seu tamanho? 
22. Estágio que desprende do hospedeiro e cai no ambiente? 
23. Processo que a fêmea excreta os ovos no ambiente? 
24. Fêmea após a postura dos ovos? 
 
 
 
 
Anexo 6 da Aula 4 
Mapa Conceitual 1 – Ciclo Biológico: Carrapatos Trioxenos 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
4. 
5. 
6. 
7. 
 
12. 
10. 15. 
17. 
22. 24. 
23. 
8. 13. 18. 
21. 
 
a. 
b. 
9. 
11. 
14. 
16. a. 
b. 
19
. 
20
. 
1. 
2. 3. 
 
	Texto Base 3: Carrapatos de Importância Médica e Veterinária
	Mapa Conceitual 1 - Roteiro de Perguntas: Carrapatos Monoxenos
	Mapa Conceitual 1 – Ciclo Biológico: Carrapatos Monoxenos
	Mapa Conceitual 1 – Roteiro de Perguntas: Carrapatos Trioxenos
	Mapa Conceitual 1 – Ciclo Biológico: Carrapatos Trioxenos

Outros materiais