Buscar

Atividade 9_Elton

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

Atividade 9
Elton Lopes Pereira		2193620
O que é DSS? 
1 - Existe algum dispositivo específico necessário para o DSS?
2 - É possível existir o LTE e o 5G DSS de vários fornecedores?
3 - O DSS é viável para as bandas do refarming oriundas do 2G e 3G?
4 - 0 5G DSS só pode usar SCS de 15KHz
5 - Explique RRC idle, inactive e Connected e a troca de mensagens entre UE e gNB/eNB
O que é DSS? 
DSS (Dynamic Spectrum Sharing) é uma tecnologia que permite compartilhar dinamicamente o espectro entre diferentes gerações de redes móveis, como o 4G LTE e o 5G, em uma mesma faixa de frequência. Com o DSS, as operadoras podem implantar o 5G em etapas, aproveitando a infraestrutura existente do 4G LTE e compartilhando o espectro disponível.
1 - Existe algum dispositivo específico necessário para o DSS?
Não é necessário um dispositivo específico para o DSS. O DSS é uma tecnologia implementada no lado da rede, permitindo que as operadoras compartilhem o espectro de forma dinâmica entre as redes 4G e 5G. Os dispositivos compatíveis com 4G LTE e 5G podem se conectar à rede e usar o espectro compartilhado sem a necessidade de um dispositivo especial.
2 - É possível existir o LTE e o 5G DSS de vários fornecedores?
Sim, é possível ter o DSS implementado por diferentes fornecedores. O DSS é baseado em padrões definidos por organizações como o 3GPP (3rd Generation Partnership Project), que garantem a interoperabilidade entre os equipamentos de diferentes fornecedores. Isso permite que as operadoras escolham equipamentos de diferentes fornecedores e ainda assim utilizem o DSS para compartilhar o espectro entre o LTE e o 5G.
3 - O DSS é viável para as bandas do refarming oriundas do 2G e 3G?
o DSS, as operadoras podem compartilhar o espectro entre o 4G LTE e o 5G em uma mesma faixa de frequência. Isso significa que as bandas de frequência anteriormente usadas pelo 2G e 3G podem ser reutilizadas para o 5G, sem interferir na continuidade dos serviços legados.
4 - 0 5G DSS só pode usar SCS de 15KHz
O DSS não está limitado ao uso de uma única SCS (Subcarrier Spacing) de 15 kHz. A SCS é uma configuração do 5G que define a separação entre os subportadores na modulação OFDM (Orthogonal Frequency-Division Multiplexing). O DSS é flexível e pode acomodar diferente SCS, dependendo das configurações da rede e dos dispositivos suportados.
5 - Explique RRC idle, inactive e Connected e a troca de mensagens entre UE e gNB/eNB
RRC (Radio Resource Control) é um protocolo de controle de recursos de rádio utilizado em redes móveis, como o LTE e o 5G. Existem três estados principais no RRC: Idle (ocioso), Inactive (inativo) e Connected (conectado).
· RRC Idle: É o estado em que o dispositivo móvel está desconectado da rede, economizando energia. Nesse estado, o dispositivo está aguardando para ser notificado sobre a disponibilidade de serviços ou eventos.
· RRC Inactive: É um estado intermediário entre Idle e Connected. Nesse estado, o dispositivo está registrado na rede, mas não está ativamente transmitindo ou recebendo dados. É usado para reduzir a latência e economizar energia.
· RRC Connected: É o estado em que o dispositivo está totalmente conectado à rede e pode transmitir e receber dados. Nesse estado, ocorre a troca de mensagens entre o dispositivo móvel (UE - User Equipment) e a estação base (gNB - gNodeB no 5G ou eNB - evolved NodeB no LTE). Essas mensagens incluem solicitações de recursos, informações de configuração, confirmações de recebimento e outras informações necessárias para estabelecer e manter a conexão.
A troca de mensagens entre o UE e o gNB/eNB ocorre para estabelecer a conexão, configurar parâmetros de rádio, alocar recursos de rádio, trocar dados e informações de controle durante a comunicação. Essas mensagens são trocadas de acordo com protocolos específicos definidos pelo 3GPP, como o RRC (para controle de recursos de rádio) e o NAS (Non-Access Stratum) para controle de sinalização não relacionada ao acesso à rede.