Buscar

REVISÃO FINAL DIREITO CONSTITUCIONAL SABERES

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 22 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 22 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 22 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

REVISÃO FINAL 
 
Analise as afirmativas a seguir e assinale a alternativa CORRETA: 
I – A CF/1934 foi promulgada num momento em que o mundo 
gozava de uma excelente situação econômico-financeira, o que 
contribuiu para seu caráter liberal. 
II – A CF/34 teve influência da Constituição Alemã de Weimar de 
1919, que era marcada pelo autoritarismo nazista. 
III – O Estado Social de Direito foi se iniciar somente com a 
Constituição de 1946, sendo que a Constituição de 1934 não 
representou nenhum avanço nesse sentido. 
Escolha uma opção: 
1. Apenas as afirmativas I e III estão corretas. 
2. Apenas a afirmativa I está correta. 
3. Nenhuma está correta. 
4. Apenas a afirmativa II está correta. 
Feedback 
Resposta: Nenhuma está correta. 
Feedback: A CF/1934 foi promulgada num momento de má situação econômico-
financeira, após a crise de 1929, e possuía, também por isso, um caráter mais social. 
A CF/34 teve influência da Constituição Alemã de Weimar de 1919, que era 
marcada pelo destaque dado aos direitos sociais. O Estado Social de Direito no 
Brasil iniciou-se já com a Constituição de 1934, que representou avanço nesse 
sentido, com a previsão de vários direitos sociais. Módulo 1, Unidade 3 
A resposta correta é: Nenhuma está correta. 
Questão 2 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Sobre o Poder Constituinte Derivado, julgue os itens a seguir em FALSO (F) ou 
VERDADEIRO (V) e marque a sequência correspondente: I. Além dos três poderes 
derivados expressos na CF/88, existe outro poder implícito, denominado poder 
constituinte difuso. II. Os Municípios possuem Poder Derivado Decorrente para 
elaborar suas respcetivas Leis Orgânicas. III. As Constituições estaduais devem 
observar a forma federativa e o princípio republicano do Estado. 
Escolha uma opção: 
1. F, F, F. 
2. V, F, V. 
3. V, F, F. 
4. V, V, V. 
Feedback 
Resposta: 2. V, F, V. 
Feedback: Além dos três poderes derivados expressos na Carta Magna, há outro 
poder implícito na sociedade e que pode ser denominado como poder constituinte 
difuso. Ele se manifesta por meio das chamadas “mutações constitucionais”, sendo 
um poder espontâneo e fruto das mudanças sociais. Por meio dele, algumas 
expressões da Constituição, embora permaneçam com o mesmo texto, ganham um 
novo significado ou um significado mais amplo. Um bom exemplo seria o termo 
“casa”, que passou a abranger, além da residência, outros locais, como o 
estabelecimento comercial, o escritório de contabilidade e o consultório médico. 
Em relação aos Municípios, não há que se falar em Poder Derivado Decorrente, 
porque seu fundamento não decorre direta e exclusivamente da Constituição 
Federal. O art. 29 da CF/88 nos diz que as Leis Orgânicas Municipais atenderão os 
princípios da CF/88 e das Constituições Estaduais que lhe disserem respeito, 
construindo, dessa forma, um poder de terceiro grau, o que não configura Poder 
Constituinte. O Poder Decorrente dos Estados e do DF está submetido aos 
princípios adotados pela Constituição Federal, conforme o art. 25 da CF/88. Entre 
tais princípios, temos que as Constituições estaduais devem observar a forma 
federativa e o princípio republicano do Estado e não podem suprimir direitos 
fundamentais enumerados na Constituição Federal. Módulo 2, Unidade 2 
A resposta correta é: 2. V, F, V. 
Questão 3 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
A respeito do poder constituinte, julgue os itens a seguir e assinale a alternativa 
CORRETA: 
I – O Poder Constituinte Derivado pode ser reformador, revisor e decorrente. 
II – O Poder Constituinte Reformador se destina a modificar a Constituição vigente, 
por meio de um procedimento nela previsto. 
III – A CF/88 coloca alguns limites para o exercício do Poder Constituinte 
Reformador, como a necessidade de quórum de 3/5 e votação em dois turnos em 
cada Casa do Congresso Nacional. Escolha uma: 
Escolha uma opção: 
1. Apenas as alternativas II e III estão corretas. 
2. Apenas a alternativa II está correta. 
3. Todas estão corretas. 
4. Todas estão falsas. 
Feedback 
Resposta: 3. Todas estão corretas. 
Feedback: Na nossa Federação, existem três poderes constituintes que são 
derivados do originário: poder constituinte derivado reformador, poder constituinte 
derivado decorrente e poder constituinte derivado revisor. O Poder Constituinte 
Derivado de Reforma ou Reformador é aquele responsável por modificar a 
Constituição, por meio de um procedimento específico, determinado pelo 
originário, sem que seja necessário abandonar o texto vigente e convocar uma 
nova Assembleia Nacional Constituinte. O Poder Constituinte Derivado Reformador 
é verificado por meio das Emendas Constitucionais, reguladas no art. 60 da CF/88. 
A Constituição coloca alguns limites para seu exercício. Há limitações expressas, 
como a necessidade de quórum qualificado de 3/5 e votação em dois turnos, em 
cada Casa do Congresso, assim como iniciativa de, pelo menos, um terço dos 
membros da Câmara dos Deputados ou do Senado Federal. Outra limitação 
expressa refere-se às matérias que não podem ser objeto de modificação, as 
chamadas cláusulas pétreas, citadas no § 4º do art. 60. Módulo 2, Unidade 2 
A resposta correta é: 3. Todas estão corretas. 
Questão 4 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Sobre o direito ao silêncio e o princípio da presunção de inocência, marque a 
alternativa FALSA: Escolha uma: 
Escolha uma opção: 
1. O princípio da presunção de inocência significa que ninguém será considerado 
culpado até o trânsito em julgado da sentença penal condenatória. 
2. Em processos judiciais de caráter público, o preso não pode invocar o direito ao 
silêncio, pois, neste caso, prevalece o interesse público. 
3. O uso do direito ao silêncio, constantemente invocado nas Comissões 
Parlamentares de Inquérito (CPIs), tem possibilitado aos investigados se manterem 
calados aos serem questionados pelos parlamentares. 
4. O direito ao silêncio decorre do princípio de que ninguém é obrigado a fazer 
prova contra si mesmo. 
Feedback 
Resposta: 2. Em processos judiciais de caráter público, o preso não pode invocar o 
direito ao silêncio, pois, neste caso, prevalece o interesse público. 
Feedback: O princípio da presunção de inocência significa que ninguém será 
considerado culpado até o trânsito em julgado da sentença penal condenatória. Em 
processos judiciais de caráter público, o preso pode invocar o direito ao silêncio, 
pois, a Constituição assegura o direito ao silêncio do preso (em sentido amplo, pois 
investigados também fazem jus a ele). Esse direito decorre da máxima nemo 
tenetur se detegere que, literalmente, significa: “ninguém é obrigado a se 
descobrir”. Por ele, veda-se a autoincriminação. O uso do direito ao silêncio, 
constantemente invocado nas Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs), tem 
possibilitado aos investigados se manterem calados aos serem questionados pelos 
parlamentares. O direito ao silêncio decorre do princípio de que ninguém é 
obrigado a fazer prova contra si mesmo. Módulo 3, Unidade 3 
A resposta correta é: 2. Em processos judiciais de caráter público, o preso não pode 
invocar o direito ao silêncio, pois, neste caso, prevalece o interesse público. 
Questão 5 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Assinale a alternativa CORRETA: 
Escolha uma opção: 
1. O Direito Constitucional pertence ao Direito Público, por ser este o ramo do 
Direito que rege as relações jurídicas entre o Estado, enquanto agente com poder 
de império, e seus cidadãos. 
2. Vivenciamos hoje a “publicização” do Direito Civil, isto é, a inserção no Direito 
Constitucional, ramo do Direito Público, de regras antes presentes apenas no 
Direito Civil, ramo do Direito Privado. 
3. Ao mesmo tempo que houve uma constitucionalização de direitos, houve uma 
superação da dicotomia “público-privado”,que reinava no século XIX. 
4. Todas as afirmativas estão corretas. 
Feedback 
Resposta:4. Todas as afirmativas estão corretas. 
Feedback: O Direito se divide em dois grandes ramos, Público e Privado, e que o 
Direito Constitucional pertence ao Direito Público, por ser este o ramo do Direito 
que rege as relações jurídicas entre o Estado, enquanto agente com poder de 
império, e seus cidadãos. Porém, as Constituições “públicas”, outrora dedicadas 
somente a assuntos estatais, passaram a influenciar a vida cotidiana das pessoas, 
conformando valores e princípios, como o da dignidade da pessoa humana, que 
contagiaram o Direito Civil. Vivenciamos, assim, a “publicização” do Direito Civil, 
isto é, a inserção no Direito Constitucional, ramo do Direito Público, de regras antes 
presentes apenas no Direito Civil, ramo do Direito Privado. Dessa forma, ao mesmo 
tempo que houve uma constitucionalização de direitos, houve uma superação da 
dicotomia “público-privado”, que reinava no século XIX. Módulo 1, Unidade 1 
A resposta correta é: 4. Todas as afirmativas estão corretas. 
Questão 6 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Sobre as gerações de direitos fundamentais, assinale a alternativa correta: 
Escolha uma opção: 
1. Os direitos fundamentais de segunda dimensão são aqueles que representam o 
transcurso do Estado Absolutista para o Estado de Direito ou Estado da Legalidade, 
em que todos são iguais perante a lei e assegura-se a liberdade para todos os 
indivíduos. 
2. Os direitos de terceira dimensão são exemplificados pelas liberdades públicas 
perante o Estado e pelos direitos civis e políticos (direito de votar e ser votado, sem 
privilégios). Sua peculiaridade, assim, é a subjetividade, pois se destina ao indivíduo 
e são oponíveis ao Estado. 
3. A segunda dimensão dos direitos fundamentais diz respeito aos direitos sociais, 
culturais e econômicos, intimamente ligado à ideia de coletividade. Tem sua raiz 
nos movimentos sociais originados após a Revolução Industrial do século XIX. 
4. Com o avanço da tecnologia e da ciência, bem como em razão de profundas 
mudanças por que passou a sociedade moderna, passamos a observar, a partir do 
século XXI, o nascimento de uma terceira dimensão de direitos fundamentais. 
Feedback 
Resposta: 3. A segunda dimensão dos direitos fundamentais diz respeito aos 
direitos sociais, culturais e econômicos, intimamente ligado à ideia de coletividade. 
Tem sua raiz nos movimentos sociais originados após a Revolução Industrial do 
século XIX. 
Feedback: Os direitos fundamentais de primeira dimensão são os que representam 
o transcurso do Estado Absolutista para o Estado de Direito. Os direitos de primeira 
dimensão é que são exemplificados pelas liberdades públicas perante o Estado e 
pelos direitos civis e políticos. A segunda dimensão dos direitos fundamentais diz 
respeito aos direitos sociais, culturais e econômicos, intimamente ligado à ideia de 
coletividade. Com o avanço da tecnologia e da ciência, passamos a observar, no 
decorrer do século XX (e não a partir do século XXI), o nascimento de uma terceira 
dimensão de direitos fundamentais, com preocupações sobre o futuro de nosso 
planeta e as ações necessárias para preservá-lo. Nessa perspectiva, o direito ao 
meio ambiente ecologicamente equilibrado, por exemplo, foi colocado em pauta 
nas Constituições. Módulo 3, Unidade 1 
A resposta correta é: 3. A segunda dimensão dos direitos fundamentais diz respeito 
aos direitos sociais, culturais e econômicos, intimamente ligado à ideia de 
coletividade. Tem sua raiz nos movimentos sociais originados após a Revolução 
Industrial do século XIX. 
Questão 7 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Sobre os direitos fundamentais na CF/88, assinale a alternativa FALSA: 
Escolha uma opção: 
1. São direitos fundamentais previstos na Carta Política de 1988 os direitos 
individuais, os direitos coletivos, os direitos sociais, os direitos de nacionalidade e 
os direitos políticos. 
2. É possível haver emenda constitucional para ampliar um direito individual. 
3. Somente os direitos enumerados no art. 5º da CF/88 são considerados “cláusulas 
pétreas”. 
4. Os direitos fundamentais não apareceram todos de uma só vez no ordenamento 
jurídico pátrio. 
Feedback 
Resposta: 3. Somente os direitos enumerados no art. 5º da CF/88 são considerados 
“cláusulas pétreas”. 
Feedback: O Título II da CF/88 denomina-se “Dos Direitos e Garantias 
Fundamentais”. Nesse Título, encontraremos as subáreas em que o constituinte 
dividiu os direitos fundamentais, quais sejam: os direitos individuais e coletivos, os 
direitos sociais, os direitos de nacionalidade e os direitos políticos, além de tratar 
também esse Título dos partidos políticos. Os direitos individuais compõem o 
grupo das “cláusulas pétreas”, nos termos do art. 60, § 4º, da CF/88, não podendo 
ser abolidos. Todavia, é possível haver emenda constitucional sobre eles para 
ampliar o direito, por exemplo, tornar imprescritível o crime de estupro (hoje, ele é 
apenas inafiançável). O STF já entendeu que pode haver direitos e garantias 
individuais espalhados pela Constituição que merecem a condição de cláusula 
pétrea. A Suprema Corte decidiu, por exemplo, na ADI nº 939, que é cláusula pétrea 
a garantia constitucional que veda a cobrança de tributos no mesmo exercício 
financeiro em que é instituído pelo Estado, conforme previsto no art. 150, III, b, da 
Lei Magna, o chamado princípio da anterioridade tributária. Os direitos 
fundamentais não surgiram todos de uma vez só no ordenamento jurídico pátrio. 
Cada direito apareceu devido a uma necessidade específica da sociedade, em cada 
momento histórico. Fala-se, portanto, em gerações ou dimensões dos direitos 
fundamentais. Módulo 3, Unidade 1 
A resposta correta é: 3. Somente os direitos enumerados no art. 5º da CF/88 são 
considerados “cláusulas pétreas”. 
Questão 8 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Julgue a seguinte afirmativa sobre a Constituição brasileira de 1891: 
A CF 1891 foi a primeira Constituição promulgada na nossa história. 
Escolha uma opção: 
Verdadeiro 
Falso 
Feedback 
Resposta: VERDADEIRA 
Feedback: Dizer que uma Constituição foi promulgada significa que houve 
participação popular em sua elaboração, que ela não é fruto da vontade de um 
governante ou de um grupo detentor do poder. Ela não foi imposta à sociedade, 
mas aprovada por ela, por meio de representantes eleitos para comporem uma 
Assembleia Nacional Constituinte. Já quando a Carta Política é imposta pelos 
governantes, ela é chamada de outorgada. A Carta de 1824 (Constituição do 
Império) foi a primeira Constituição do Brasil, tendo sido outorgada por D. Pedro I. 
Nossa primeira Constituição republicana e segunda do país (CF/1891) foi a primeira 
Lei Maior brasileira promulgada. Módulo 1, Unidade 2 
A resposta correta é 'Verdadeiro'. 
Questão 9 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Sobre os direitos fundamentais, assinale a alternativa correta: 
Escolha uma opção: 
1. Os direitos do consumidor fazem parte da 2ª dimensão dos direitos 
fundamentais. 
2. Segundo a primeira geração de direitos fundamentais, houve a releitura do 
direito de propriedade, que ganhou uma nova interpretação, sendo irrigado pela 
ideia de “funcionalismo”, ou seja, a propriedade deve cumprir sua função social. 
3. Alguns autores defendem a existência de cinco gerações ou dimensões de 
direitos fundamentais. 
4. A 4ª dimensão englobaria o direito à paz, ao passo que a 5ª dimensão decorreria 
da globalização dos direitos fundamentais. 
Feedback 
Resposta: 3. Alguns autores defendem a existência de cinco gerações ou 
dimensões de direitos fundamentais. 
Feedback: Os direitos do consumidor também se inserem na 3ª dimensão de 
direitos fundamentais, principalmente em virtude da formaçãode uma sociedade 
de massa que clama por uma melhoria na prestação de serviços e na oferta de 
produtos. A releitura do direito de propriedade, com a ideia de função social, 
relaciona-se também com a 3ª geração dos direitos fundamentais, que aponta para 
a convivência mais solidária da sociedade, que precisa enxergar objetivos comuns 
da espécie. A classificação dos direitos fundamentais em gerações está hoje 
consagrada no Direito Constitucional. Alguns autores defendem, inclusive, a 
existência de mais duas dimensões: a 4ª dimensão decorreria da globalização dos 
direitos fundamentais, ao passo que a 5ª dimensão englobaria o direito à paz. 
Módulo 3, Unidade 1 
A resposta correta é: 3. Alguns autores defendem a existência de cinco gerações ou 
dimensões de direitos fundamentais. 
Questão 10 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Analise as afirmativas a seguir e assinale a alternativa CORRETA: I. A Revolução 
Constitucionalista de 1932 reivindicava tão somente a renúncia imediata de Getúlio 
Vargas. II. Getúlio Vargas foi derrotado pelos paulistas na Revolução de 1932. III. 
Getúlio Vargas conseguiu manter o Governo Provisório até a outorga da 
Constituição do Estado Novo. Escolha uma: 
Escolha uma opção: 
1. Apenas a afirmativa II está correta. 
2. Apenas a afirmativa I está correta. 
3. Apenas as afirmativas I e III estão corretas. 
4. Nenhuma está correta. 
Feedback 
Resposta: 4. Nenhuma está correta. 
Feedback: O movimento revolucionário paulista de 1932 reivindicou o fim do 
Governos Provisório de Vargas, iniciado com a Revolução de 1930, e a convocação 
de uma Assembleia Nacional Constituinte com o intuito de elaborar uma nova 
Constituição. Ficou conhecido como “Revolução Constitucionalista de 1932” e se 
iniciou em 9 de julho de 1932, estendendo-se até outubro desse mesmo ano. 
Mesmo tendo massacrado os paulistas, Getúlio Vargas se viu obrigado a convocar a 
Assembleia Constituinte, para não perder sua legitimidade. Fala-se que, embora 
vitorioso na “guerra”, Getúlio fracassou politicamente. Dessa forma, a Constituição 
de 1934 é promulgada, embora tenha durado apenas três anos, até 1937, quando 
Vargas outorgou a Constituição do Estado Novo. Módulo 1, Unidade 3 
A resposta correta é: 4. Nenhuma está correta. 
Questão 11 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
A respeito do Poder Constituinte Decorrente, marque a alternativa FALSA: 
Escolha uma opção: 
1. O Poder Constituinte Derivado Decorrente é aquele conferido aos Estados-
membros para que eles estruturem suas respectivas Constituições Estaduais. 
2. Os Estados-membros exercem o Poder Constituinte Decorrente por meio de 
suas respectivas Assembleias Legislativas 
3. O Poder Constituinte Decorrente está submetido aos princípios adotados pela 
Constituição Federal. 
4. O Poder Constituinte Decorrente não é estendido ao Distrito Federal, uma vez 
que este possui Lei Orgânica, e não Constituição Distrital. 
Feedback 
Resposta: 4. O Poder Constituinte Decorrente não é estendido ao Distrito Federal, 
uma vez que este possui Lei Orgânica, e não Constituição Distrital. 
Feedback: Uma vez que vivemos sob a forma federalista de Estado, os entes 
federados detêm capacidade para se auto-organizarem, tanto no âmbito 
administrativo, quanto nas áreas judiciária e legislativa, por meio da edição de 
Constituições próprias, sendo que o exercício deste poder foi concedido às 
Assembleias Legislativas Estaduais. Do mesmo modo que o poder constituinte de 
reforma da Carta da República, o Poder Decorrente está submetido aos princípios 
adotados pela Constituição Federal. O art. 25 da CF/88 confirma esta ideia, ao dizer 
que “Os Estados organizam-se e regem-se pelas Constituições e leis que adotarem, 
observados os princípios desta Constituição”. O DF também tem Poder Constituinte 
Decorrente, apesar de sua vinculação parcial à União, pois a formulação de sua Lei 
Orgânica (que tem natureza de “Constituição Distrital”, segundo o STF) está 
fundamentada diretamente na CF/88, mais especificamente no art. 32, que autoriza 
o ente a elaborá-la. Módulo 2, Unidade 2 
A resposta correta é: 4. O Poder Constituinte Decorrente não é estendido ao 
Distrito Federal, uma vez que este possui Lei Orgânica, e não Constituição Distrital. 
Questão 12 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Sobre os direitos fundamentais na CF/88, assinale a alternativa FALSA: 
Escolha uma opção: 
1. Os direitos fundamentais de 1ª dimensão são aqueles que representam o 
transcurso do Estado Absolutista para o Estado de Direito ou Estado da Legalidade 
2. A 2ª dimensão dos direitos fundamentais diz respeito aos direitos sociais, 
culturais e econômicos, intimamente ligado à ideia de coletividade 
3. A igualdade formal prevê que se tratem os iguais de forma igual e os desiguais 
de forma desigual, na medida de suas desigualdades. 
4. A 3ª dimensão de direitos fundamentais busca a reflexão sobre o futuro de 
nosso planeta e as ações necessárias para preservá-lo. 
Feedback 
Resposta: 3. A igualdade formal prevê que se tratem os iguais de forma igual e os 
desiguais de forma desigual, na medida de suas desigualdades. 
Feedback: Os direitos fundamentais de 1ª dimensão são aqueles que representam o 
transcurso do Estado Absolutista para o Estado de Direito ou Estado da Legalidade, 
em que todos são iguais perante a lei e assegura-se a liberdade para todos os 
indivíduos. Sua peculiaridade, assim, é a subjetividade, pois se destina ao indivíduo 
e são oponíveis ao Estado. Tutela-se aqui a vida, a liberdade e a propriedade. A 2ª 
dimensão dos direitos fundamentais diz respeito aos direitos sociais, culturais e 
econômicos, intimamente ligado à ideia de coletividade. Não bastava dizer que 
todos eram iguais perante a lei. Esta igualdade formal devia dar lugar a uma 
igualdade material, que tratasse os iguais de forma igual e os desiguais de forma 
desigual, na medida de suas desigualdades. No decorrer do século XX, passamos a 
observar o nascimento de uma 3ª dimensão de direitos fundamentais. Além das 
preocupações com os direitos da coletividade, tivemos que refletir sobre o futuro 
de nosso planeta e as ações necessárias para preservá-lo. Nessa perspectiva, o 
direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado foi colocado em pauta nas 
Constituições. Módulo 3, Unidade 1 
A resposta correta é: 3. A igualdade formal prevê que se tratem os iguais de forma 
igual e os desiguais de forma desigual, na medida de suas desigualdades. 
Questão 13 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Julgue a seguinte afirmativa sobre a Constituição brasileira de 1988: 
A Assembleia Nacional Constituinte de 1987 elaborou a CF/88 oficialmente com 
base no texto da Comissão de Notáveis. 
Escolha uma opção: 
Verdadeiro 
Falso 
Feedback 
Resposta: FALSA 
Feedback: A Assembleia Nacional Constituinte de 1987 elaborou a CF/88 a partir do 
zero, após José Sarney rejeitar oficialmente o texto proposto pela Comissão de 
Notáveis, presidida por Afonso Arynos. Todavia, muito desse texto acbaou sendo 
aproveitado extraoficialmente. Módulo 1, Unidade 4 
A resposta correta é 'Falso'. 
Questão 14 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
A respeito dos antecedentes históricos da Constituição de 1934, 
assinale a alternativa FALSA: 
Escolha uma opção: 
1. A época denominada “Governo Provisório” ficou marcada pelo 
diálogo pleno entre os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, 
demonstrando o quadro democrático conquistado após intensas lutas 
revolucionárias. 
2. O domínio das oligarquias e a ruptura com a política do “café com 
leite”, pelo Presidente Wasghinton Luís, estão associados ao 
nascimento da CF/1934. 
3. A Revolução Constitucionalista de São Paulo , iniciada em 9 de 
julho de 1932, fez com que Getúlio Vargas convocasse AssembleiaNacional Constituinte para elaborar a Constituição de 1934. 
4. A “Revolução de 30” contribuiu decisivamente para que Getúlio 
Vargas assumisse o poder. 
Feedback 
Resposta: época denominada “Governo Provisório” ficou marcada pelo diálogo 
pleno entre os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, demonstrando o quadro 
democrático conquistado após intensas lutas revolucionárias. 
Feedback: Uma das causas da extinção da República Velha foi a ruptura eleitoral do 
então presidente Washington Luís, que não respeitou o acordo da “política do café 
com leite”. Após a tomada do poder por Getúlio Vargas, por meio da revolução de 
1930, foram abertas as portas para a elaboração da CF/1934, que só foi convocada 
por Vargas após a pressão da Revolução Constitucionalista de São Paulo, em 1932. 
Módulo 1, Unidade 3 
A resposta correta é: A época denominada “Governo Provisório” ficou 
marcada pelo diálogo pleno entre os Poderes Executivo, Legislativo e 
Judiciário, demonstrando o quadro democrático conquistado após 
intensas lutas revolucionárias. 
Questão 15 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Assinale a alternativa CORRETA: 
Escolha uma opção: 
1. A superação de um paradigma de valores, no contexto da evolução do 
constitucionalismo, se deu, na maioria das vezes, para aperfeiçoar a forma como o 
ordenamento jurídico refletia as relações sociais e vice-versa. 
2. Após a Segunda Guerra Mundial, o modelo puramente social e dirigente entrou 
em crise. O constitucionalismo entrou, assim, em uma nova fase chamada 
“neoconstitucionalismo”. 
3. Todas as afirmativas estão corretas. 
4. No fim do século XIX e início do século XX, observa-se o surgimento de um 
constitucionalismo social, tendo-se em vista a crise do modelo liberal 
Feedback 
Resposta: Todas as afirmativas estão corretas. 
Feedback: No fim do século XIX e início do século XX, observa-se o surgimento de 
um constitucionalismo social, tendo-se em vista a crise do modelo liberal clássico. 
Nesse momento, nascem os direitos de segunda geração, inaugurando o dirigismo 
constitucional. Após a Segunda Guerra Mundial, o modelo puramente social e 
dirigente entrou em crise. O constitucionalismo entrou, assim, em uma nova fase 
chamada “neoconstitucionalismo”. A superação de um paradigma de valores, no 
contexto da evolução do constitucionalismo, se deu, na maioria das vezes, para 
aperfeiçoar a forma como o ordenamento jurídico refletia as relações sociais e vice-
versa. Módulo 1, Unidade 1 
A resposta correta é: Todas as afirmativas estão corretas. 
Questão 16 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Julgue a seguinte afirmativa sobre as Constituições brasileiras: 
Na nossa história, foram Constituições outorgadas as de 1824, 1891, 1937 e 1967; e 
promulgadas as de 1934, 1946 e 1988. 
Escolha uma opção: 
Verdadeiro 
Falso 
Feedback 
Resposta: FALSA 
Feedback: Na nossa história, três Constituições foram impostas ou outorgadas: a 
imperial de 1824, a getulista de 1937 e a militar de 1967/69, apesar de nesta última 
conter a palavra “promulgamos”. As demais foram promulgadas (1891, 1934, 1946 
e 1988). Módulo 2, Unidade 1 
A resposta correta é 'Falso'. 
Questão 17 
Incorreto 
Atingiu 0,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Julgue a seguinte afirmativa sobre o controle de constitucionalidade: 
Com a promulgação da Constituição de 1988, foi criado pela primeira vez um 
sistema de controle de constitucionalidade no ordenamento jurídico brasileiro. 
Escolha uma opção: 
Verdadeiro 
Falso 
Feedback 
Resposta: FALSA 
Feedback: O sistema de controle de constitucionalidade no ordenamento jurídico 
brasileiro já existe desde a CF/1891, tendo sido pouco a pouco ampliado com as 
sucessivas Cartas Magnas. Mas foi na história recente, com a promulgação da 
Constituição de 1988, que presenciamos o avanço e a consolidação do sistema de 
controle de constitucionalidade no nosso ordenamento jurídico, com novas ações 
de controle de constitucionalidade, como a Ação Declaratória de 
Constitucionalidade – ADC pretende reconhecer e certificar a constitucionalidade 
de uma lei, em se tratando de lei com validade questionada e a arguição de 
descumprimento de preceito fundamental – ADPF, que, posteriormente, foi 
regulamentada pela Lei 9.882/99. Módulo 2, Unidade 3 
A resposta correta é 'Falso'. 
Questão 18 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Julgue a seguinte afirmativa sobre a Constituição brasileira de 1891: 
A CF 1891 foi a primeira Constituição da nossa história. 
Escolha uma opção: 
Verdadeiro 
Falso 
Feedback 
Resposta: FALSA 
Feedback: A CF 1891 foi a primeira Constituição da nossa história republicana, mas 
antes dela houve a Constituição do Império, de 1824. Módulo 1, Unidade 2 
A resposta correta é 'Falso'. 
Questão 19 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Julgue a seguinte afirmativa sobre o controle de constitucionalidade: 
Com a promulgação da Constituição de 1988, presenciamos o avanço e a 
consolidação do sistema de controle de constitucionalidade no ordenamento 
jurídico brasileiro. 
Escolha uma opção: 
Verdadeiro 
Falso 
Feedback 
Resposta: VERDADEIRA 
Feedback: Foi na história recente, com a promulgação da Constituição de 1988, que 
presenciamos o avanço e a consolidação do sistema de controle de 
constitucionalidade no nosso ordenamento jurídico. Dentre outras inovações, a 
nova Carta ampliou os legitimados para iniciar o processo de controle de 
constitucionalidade (antes somente o PGR podia intentar a ação de controle de 
constitucionalidade – ADI); previu a possibilidade de controle nos casos de omissão 
legislativa, ou seja, se não há uma lei que deveria haver, é possível questionar isso 
em sede de fiscalização legislativa; criou a Ação Declaratória de Constitucionalidade 
– ADC, que, similar à ADI, pretende reconhecer e certificar a constitucionalidade de 
uma lei, em se tratando de lei com validade questionada; e permitiu a criação da 
arguição de descumprimento de preceito fundamental – ADPF, que, 
posteriormente, foi regulamentada pela Lei 9.882/99. Módulo 2, Unidade 3 
A resposta correta é 'Verdadeiro'. 
Questão 20 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Julgue a seguinte afirmativa sobre as normas constitucionais: 
Dizemos que as normas são apenas formalmente constitucionais quando abordam 
temas considerados próprios de uma Constituição, sobre a estruturação do Estado 
e os direitos fundamentais, e são materialmente constitucionais, quando, apesar de 
estarem inseridas no texto da Constituição, não tratam de temas essencialmente 
constitucionais. 
Escolha uma opção: 
Verdadeiro 
Falso 
Feedback 
Resposta: FALSA 
Feedback: Dizemos que as normas são materialmente constitucionais quando 
abordam temas considerados próprios de uma Constituição, sobre a estruturação 
do Estado e os direitos fundamentais, e são apenas formalmente constitucionais, 
quando, apesar de estarem inseridas no texto da Constituição, não tratam de temas 
essencialmente constitucionais. Módulo 2, Unidade 1 
A resposta correta é 'Falso'. 
Questão 21 
Incorreto 
Atingiu 0,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Sobre o Poder Constituinte Derivado, julgue os itens a seguir em FALSO (F) ou 
VERDADEIRO (V) e marque a sequência correspondente: I. O poder constituinte 
difuso é expresso na CF/88. II. O Distrito Federal possui Poder Derivado Decorrente 
para elaborar sua Lei Orgânica. III. As Constituições estaduais devem observar a 
forma federativa e o princípio republicano do Estado. 
Escolha uma opção: 
1. F, F, F. 
2. F, V, V. 
3. V, F, F. 
4. V, V, V. 
Feedback 
Resposta: 2. F, V, V. 
Feedback: Além dos três poderes derivados expressos na Carta Magna, há outro 
poder implícito na sociedade e que pode ser denominado como poder constituinte 
difuso.Ele se manifesta por meio das chamadas “mutações constitucionais”, sendo 
um poder espontâneo e fruto das mudanças sociais. Por meio dele, algumas 
expressões da Constituição, embora permaneçam com o mesmo texto, ganham um 
novo significado ou um significado mais amplo. Um bom exemplo seria o termo 
“casa”, que passou a abranger, além da residência, outros locais, como o 
estabelecimento comercial, o escritório de contabilidade e o consultório médico. 
Em relação aos Municípios, não há que se falar em Poder Derivado Decorrente, 
porque seu fundamento não decorre direta e exclusivamente da Constituição 
Federal. O art. 29 da CF/88 nos diz que as Leis Orgânicas Municipais atenderão os 
princípios da CF/88 e das Constituições Estaduais que lhe disserem respeito, 
construindo, dessa forma, um poder de terceiro grau, o que não configura Poder 
Constituinte. O Poder Decorrente dos Estados e do DF está submetido aos 
princípios adotados pela Constituição Federal, conforme os arts. 25 e 32 da CF/88. 
Entre tais princípios, temos que as Constituições estaduais e a Lei Orgânica do DF 
devem observar a forma federativa e o princípio republicano do Estado e não 
podem suprimir direitos fundamentais enumerados na Constituição Federal. 
Módulo 2, Unidade 2 
A resposta correta é: 2. F, V, V. 
Questão 22 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
A Constituição de 1934 apresenta algumas características marcantes 
em seu texto. Sobre elas, assinale a alternativa CORRETA: 
Escolha uma opção: 
1. O bicameralismo desenvolvido no Poder Legislativo Federal ficou 
conhecido como “bicameralismo igualitário”, pois dava o mesmo 
status jurídico à Câmara dos Deputados e ao Senado Federal. 
2. Não adotamos uma religião oficial, porém havia a proibição de se 
cultuar o islamismo e o hinduísmo. 
3. O voto ainda era censitário e restrito aos homens. 
4. Passamos de Estado Liberal para um Estado Social de Direito, em que 
o Estado assume sua responsabilidade perante a sociedade e passa a 
garantir o mínimo para que as pessoas possam viver com dignidade. 
Feedback 
Feedback: Nossa terceira Constituição teve uma marca social muito grande, 
sofrendo influências da Constituição Alemã de 1919 (Constituição de Weimar), que 
também era de base social. Ela marca a transição do nosso constitucionalismo, que 
passa a garantir os direitos sociais ou direitos de segunda geração, por exemplo, os 
direitos trabalhistas, o direito à saúde e à educação e o direito de greve. Além, é 
claro, dos já consagrados direitos de primeira geração (direitos civis e políticos: 
liberdade, igualdade perante a lei, direito à vida e à propriedade). O Estado da 
CF/1934 era laico, isto é, sem religião oficial e admitindo a prática de qualquer 
culto. O sufrágio (voto) era universal. No Poder Legislativo Federal havia um 
“bicameralismo desigual” ou “unicameralismo imperfeito”, exercido pela Câmara 
dos Deputados com a colaboração, apenas, do Senado Federal. Módulo 1, 
Unidade 3 
A resposta correta é: Passamos de Estado Liberal para um Estado Social de 
Direito, em que o Estado assume sua responsabilidade perante a 
sociedade e passa a garantir o mínimo para que as pessoas possam 
viver com dignidade. 
Questão 23 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
O STF decidiu que é crime o aborto de fetos anencéfalos, uma vez que não há 
previsão no Código Penal de que tal caso seja excluído do tipo penal do aborto. 
Escolha uma opção: 
Verdadeiro 
Falso 
Feedback 
Resposta: FALSA 
Feedback: No tocante ao feto anencéfalo, o STF decidiu que não é crime o aborto 
de fetos sem cérebro, pois, segundo os Ministros, a vida começa com a existência 
de cérebro e, por isso, não se justificaria manter uma gravidez de risco para dar à 
luz a um bebê que terá apenas alguns minutos de sobrevida. Além disso, essa 
orientação condiz com a legislação nacional sobre transplantes de órgãos, que 
prevê a possibilidade do transplante, desde que haja morte encefálica (art. 3º da Lei 
9.434/1997). Módulo 3, Unidade 2 
A resposta correta é 'Falso'. 
Questão 24 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Sobre o poder constituinte, assinale a alternativa CORRETA: 
Escolha uma opção: 
1. Nas sociedades autocráticas, quem tem o poder de constituir um Estado é o 
povo. F 
2. Numa democracia, quem elabora realmente a Constituição é o próprio povo. F 
3. Quando nos referimos ao Poder Constituinte que elabora a Constituição estamos 
falando do Poder Constituinte Originário. 
4. A corrente jusnaturalista entende que o Poder Constituinte Originário é ilimitado. 
Feedback 
Resposta: 3. Quando nos referimos ao Poder Constituinte que elabora a 
Constituição estamos falando do Poder Constituinte Originário. 
Feedback: Nas sociedades autocráticas, quem tem o poder de constituir um Estado 
é um governante ou soberano; nas sociedades democráticas, quem tem o poder de 
constituir um Estado é o povo. Numa democracia, quem elabora realmente a 
Constituição é, em geral, uma Assembleia Nacional Constituinte, eleita pelo povo 
com o fim de escrever o texto magno. São os primeiros representantes do povo. 
Quando nos referimos ao Poder Constituinte que elabora a Constituição estamos 
falando do Poder Constituinte Originário, pois ele dá origem a um novo Estado, 
criando uma nova ordem jurídica. Apesar de o Poder Constituinte Originário ser 
ilimitado, a corrente jusnaturalista defende que há alguns direitos naturais que são 
indissociáveis do homem e mesmo o “onipotente” Poder Constituinte Originário 
não poderia suprimi-los. Módulo 2, Unidade 2 
A resposta correta é: 3. Quando nos referimos ao Poder Constituinte que elabora a 
Constituição estamos falando do Poder Constituinte Originário. 
Questão 25 
Correto 
Atingiu 4,00 de 4,00 
Remover marcação 
Texto da questão 
Em relação à Constituição de 1988, julgue os itens a seguir e assinale a alternativa 
CORRETA: I. A CF/88 criou o Superior Tribunal de Justiça – STJ, competente para 
cuidar, prioritariamente, das matérias constitucionais. II. A CF/88 transformou em 
estados federados os antigos Territórios Federais de Roraima, Amapá e Fernando 
de Noronha. III. A CF/88 fixou inicialmente eleições diretas para Presidente da 
República, cujo mandato ficou estabelecido inicialmente em 5 anos. Escolha uma: 
Escolha uma opção: 
1. Apenas a afirmativa III está falsa. 
2. Apenas a afirmativa II está falsa. 
3. Apenas as afirmativas I e III estão falsas. 
4. Apenas as afirmativas I e II estão falsas. 
Feedback 
Resposta: 4. Apenas as afirmativas I e II estão falsas. 
Feedback: Com a CF/88, no âmbito do Poder Judiciário, criou-se o Superior Tribunal 
de Justiça – STJ, competente para uniformizar o entendimento dos magistrados no 
tocante às ações que se fundamentem em lei federal. Dessa forma, O STF passou a 
cuidar, prioritariamente, das matérias constitucionais. Foi criado o estado de 
Tocantins e transformados em estados federados os antigos Territórios Federais de 
Roraima e Amapá. Ao lado disso, a ilha de Fernando de Noronha deixou de 
pertencer à União (era território federal, foi extinto) e passou para o domínio do 
estado de Pernambuco. A CF/88 fixou inicialmente eleições diretas para Presidente 
da República, cujo mandato ficou estabelecido inicialmente em 5 anos. 
Posteriormente, por força da Emenda Constitucional de Revisão n. 5, de 1994, o 
mandato passou a ser de 4 anos. Módulo 2, Unidade 1 
A resposta correta é: 4. Apenas as afirmativas I e II estão falsas.

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes