Buscar

Atividade AV3 tecnologias veiculares

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Atividade AV3 tecnologias veiculares. 
 
 
O funcionamento motor quatro tempos se dá devido aos quatros estágios, sendo eles, 
admissão, compressão, combustão e exaustão. O funcionamento ideal desse sistema, é 
o que faz nossos veículos se locomoverem, fazendo com que a energia térmica gerada 
pelos pistões dentro dos cilindros, se transformem em energia mecânica, possuindo 
alguns componentes importantes aos quais serão citados ao longo desta descrição. 
O funcionamento de um motor, geralmente, necessita de uma fonte de energia, um 
combustível, que no caso dos motores flex, pode ser gasolina ou álcool. 
No interno do motor, o combustível libera uma energia química, ocorrendo a 
combustão, juntamente com o ar. O local onde ocorre todo esse processo se chama 
cilindro, é um "espaço" dentro do bloco onde ocorre a combustão, popularmente os 
cilindros também são chamados de "canecos". O que controla a entrada (admissão) e 
saída (escape) do combustível do ar e da fumaça (gerada pela explosão) de dentro dos 
cilindros, se chamam "válvulas", que por meio de dutos, realiza a transferência da 
fumaça para o abafador. 
 A partir do momento que a válvula de admissão libera a entrada do combustível e do 
ar para dentro do cilindro, existe um componente, chamado de Pistão, fabricado a 
partir de ligas de alumínio, tem a função de comprimir essas substâncias, até que tenha 
contato com a parte superior do cilindro, também entrando em contato com a vela, a 
qual gera a faísca necessária para a explosão. A partir desta explosão, a energia térmica 
gerada por este processo, empurra o pistão para a parte inferior do cilindro. 
Este processo é executado em segundos, e em todos os cilindros, porém em momentos 
diferentes, não sendo coincidentes. O pistão possui um componente que está 
conectado a parte inferior, o qual se chama Biela, fabricado a partir de aço forjado. 
Com o processo de "vai-e-vem" do pistão, a biela é a responsável por transformar um 
movimento retilíneo e um movimento rotativo, este elemento está conectado ao 
chamado virabrequim, podendo ser fabricado a partir de aço fundido ou forjado, 
funciona como se fosse uma manivela, onde todas as bielas estão conectadas. 
O movimento rotativo gerado neste processo, é o qual gera força de deslocamento e 
movimento para as rodas dos veículos, claro que com outros componentes fazendo a 
interface com o motor, para que haja a distribuição correta da energia mecânica. Todos 
os processos citados, precisam ser lubrificados por óleo, diminuindo o atrito entre os 
componentes prolongando a vida útil do motor.

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes