Buscar

ELEMENTOS DE DIREITO CIVIL CONSTITUCIONAL

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 4 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

1.
	Ref.: 264647
	Pontos: 1,00  / 1,00
	
	Analise as alternativas adiante: I. As transformações sociais em nada influenciam o modelo de legislar sobre as relações jurídicas privadas. II. O excesso de legislação esparsa pode gerar conflitos e insegurança jurídica. III. As transformações sociais acabaram influenciando a criação de microssistemas no ordenamento jurídico brasileiro. Está(ão) correto(s):
		
	
	Apenas o item III está correto.
	
	Apenas o item II está correto.
	
	Apenas o item I está correto.
	
	Apenas os itens I e II estão corretos.
	 
	Apenas os itens II e III estão corretos.
	Respondido em 21/11/2023 16:10:00
	
	
	 2.
	Ref.: 264567
	Pontos: 0,00  / 1,00
	
	Analise as seguintes assertivas: I. Embora o princípio da afetividade não seja expresso na Constituição Federal, é nela implícito, devendo informar todas as relações familiares. II. Crianças e adolescentes têm garantido o direito à convivência familiar diária e duradoura. III. A Constituição Federal ao reconhecer o livre planejamento familiar, autoriza o tratamento diferenciado entre os filhos. Está(ão) correto(s):
		
	
	Apenas o item III está correto.
	
	Apenas o item II está correto.
	
	Apenas o item I está correto.
	 
	Apenas os itens II e III estão corretos.
	 
	Apenas os itens I e II estão corretos.
	Respondido em 21/11/2023 16:13:27
	
	
	 3.
	Ref.: 264559
	Pontos: 0,00  / 1,00
	
	Sobre a superação da clássica ideologia da supremacia do interesse público sobre o particular É CORRETO afirmar que:
		
	
	Tanto os interesses públicos primários como os interesses públicos secundários sempre deverão prevalecer sobre interesses privados.
	 
	Da análise da atividade estatal, conforme delimitada pela Constituição Federal, é perfeitamente possível dissociar interesses públicos e interesses privados.
	
	O patrimônio é considerado o valor maior a ser protegido nas relações privadas, restando à pessoa um papel secundário.
	 
	É impossível dissociar totalmente os elementos privados dos fins conferidos ao Estado, já que esses interesses devem fazer parte do denominado 'bem comum'.
	
	Não há conexão estrutural entre interesses públicos e interesses privados, devendo aqueles, em qualquer situação, prevalecer sobre estes.
	Respondido em 21/11/2023 16:17:10
	
	
	 4.
	Ref.: 583066
	Pontos: 1,00  / 1,00
	
	A Constituição Federal reconhece expressamente as seguintes entidades familiares:
		
	
	União estável homoafetiva, casamento e família monoparental.
	
	União estável, casamento e família pluriparental.
	
	União estável homoafetiva e casamento.
	 
	União estável, casamento e família monoparental.
	
	Casamento e família anaparental.
	Respondido em 21/11/2023 16:17:41
	
	
	 5.
	Ref.: 583364
	Pontos: 0,00  / 1,00
	
	Assinale a alternativa correta:
		
	
	Interessa aos ideais do Estado Social manter a clássica dicotomia entre Direito Público e Direito Privado.
	 
	O movimento de publicização do Direito decorre da mínima intervenção do Estado nas relações privadas.
	
	No Direito Socialista pode-se observar um espaço muito amplo destinado ao Direito Privado.
	
	A publicização do Direito em nada se relaciona com o processo de intervenção legislativa infraconstitucional.
	 
	Direito Público, classicamente, é o que se destina a disciplinar interesses gerais da coletividade ou interesses públicos; Direito Privado é o conjunto de preceitos que regulam as relações interprivadas.
	Respondido em 21/11/2023 16:19:43
	
	
	 6.
	Ref.: 583085
	Pontos: 1,00  / 1,00
	
	São características do 'pacta sunt servanda', de acordo com o modelo de Estado Liberal:
		
	
	Limitação da liberdade contratual de acordo com a função social dos contratos.
	 
	Reconhecimento da ampla liberdade contratual em contratos paritários e de adesão.
	
	Reconhecimento de que os contratos podem gerar efeitos no meio social e não apenas entre as partes contratantes.
	
	Não vinculatividade dos efeitos dos contratos ao ajuste decorrente da manifestação de vontade das partes contratantes.
	
	Autonomia privada exercida de acordo com normas de ordem pública.
	Respondido em 21/11/2023 16:22:36
	
	
	 7.
	Ref.: 583434
	Pontos: 0,00  / 1,00
	
	Sobre a função e objetivo do Direito Privado e das Codificações é correto afirmar que:
		
	
	As novas funções das codificações contemporâneas se afastam do diálogo de fontes, pois este é fruto do individualismo Moderno.
	
	Os Códigos para serem considerados perfeitos devem obrigatoriamente absorver as matérias regidas por leis especiais.
	
	O Direito Privado deve ser compreendido de maneira cartesiana, sendo os temas analisados de forma independente e autônoma da Constituição Federal.
	 
	O Código Civil, por sua amplitude, deve ser considerado estável e, portanto, deve permanecer alheio ao movimento descodificador.
	 
	As codificações contemporâneas impõem o diálogo de fontes pois reconhecem as influências recíprocas entre as diversas normas que compõem um sistema jurídico.
	Respondido em 21/11/2023 16:25:43
	
	
	 8.
	Ref.: 264622
	Pontos: 0,00  / 1,00
	
	Sobre a funcionalização da propriedade privada É CORRETO afirmar que:
		
	 
	A função social da propriedade legitima a sobreposição de todo e qualquer interesse social sobre o interesse privado.
	
	A funcionalização da propriedade pela Constituição de 1988 representa um esvaziamento do poder proprietário que só poderá ser exercido exclusivamente de acordo com o interesse social.
	 
	A função social da propriedade busca harmonizar interesses sociais e interesses individuais, conferindo utilidade social e econômica à propriedade.
	
	A funcionalização da propriedade visa unicamente a proteção do aspecto patrimonial do direito de propriedade.
	
	Reconhecer a função social da propriedade é extinguir a propriedade privada estabelecendo formas de propriedade coletiva.
	Respondido em 21/11/2023 16:26:27
	
	
	 9.
	Ref.: 583078
	Pontos: 0,00  / 1,00
	
	Trata-se do poder que os particulares têm de regular pelo exercício de sua própria vontade, as relações contratuais das quais participam, estabelecendo-lhes o conteúdo e a disciplina jurídica. Este conceito refere-se ao princípio:
		
	 
	Da autonomia da vontade exercido de acordo com as normas de ordem pública, interesse social e cogentes.
	
	Da autonomia privada exercido livremente pelos contratantes.
	
	Da liberdade de contrar exercido ilimitadamente pelos contratantes.
	 
	Da autonomia privada exercido de acordo com as normas de ordem pública, interesse social e normas cogentes.
	
	Da autonomia da vontade exercido livremente pelos contratantes.
	Respondido em 21/11/2023 16:28:34
	
	
	 10.
	Ref.: 583075
	Pontos: 1,00  / 1,00
	
	Classicamente a doutrina aponta três funções dos contratos, são elas, EXCETO:
		
	
	Função social - satisfação de interesses sociais.
	
	Função regulatória - conjunto de direitos e obrigações assumidas pelos contratantes.
	
	Função econômica - instrumento de circulação de riquezas.
	
	Classicamente os contratos possuem função social, econômica e regulatória.
	 
	Função punitiva - fixar punição por atos ilícitos.

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes