Buscar

Anatomia - Sistema Tegumentar

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 7 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 7 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

Caderno de estudos criado por uma estudante de Medicina Veterinária 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003) 
 
 § 1 o Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou 
processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista 
intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, 
de 1º.7.2003) 
 
Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). 
 
 § 2 o Na mesma pena do § 1 o incorre quem, com o intuito de lucro direto ou indireto, distribui, vende, expõe à venda, 
aluga, introduz no País, adquire, oculta, tem em depósito, original ou cópia de obra intelectual ou fonograma reproduzido 
com violação do direito de autor, do direito de artista intérprete ou executante ou do direito do produtor de fonograma, 
ou, ainda, aluga original ou cópia de obra intelectual ou fonograma, sem a expressa autorização dos titulares dos direitos 
ou de quem os represente. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003) 
 § 3 o Se a violação consistir no oferecimento ao público, mediante cabo, fibra ótica, satélite, ondas ou qualquer outro 
sistema que permita ao usuário realizar a seleção da obra ou produção para recebê-la em um tempo e lugar previamente 
determinados por quem formula a demanda, com intuito de lucro, direto ou indireto, sem autorização expressa, 
conforme o caso, do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor de fonograma, ou de quem os represente: 
(Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003) 
 
Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Incluído pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). 
 
 § 4 o disposto nos §§ 1 o, 2 o e 3 o não se aplica quando se tratar de exceção ou limitação ao direito de autor ou os 
que lhe são conexos, em conformidade com o previsto na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998, nem a cópia de 
obra intelectual ou fonograma, em um só exemplar, para uso privado do copista, sem intuito de lucro direto ou indireto. 
(Incluído pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003). 
 
 
 
 
A pele é a primeira barreira de proteção, sendo também o maior 
órgão de todos os mamíferos e sempre está em renovação. 
 
 Cuidado com sabonete de coco ou o que for passar de xampu 
para o cachorro, pH da pele animal é diferente 
 Animais com pelagem branca possuem mais problemas 
dermatológicos e tendência a ficar surdo e cego mais rápido 
 O tegumento possui valor econômico na indústria de couro, lã 
 Algumas raças possuem o subpelo e tem que haver cuidado ao 
manusear 
 Clima interfere diretamente o modo e ambiente em que o 
animal vive 
 Problema de pele? Analisa o pavilhão auricular (ouvido) 
 Animais não transpiram pelo corpo como os humanos, eles 
possuem áreas específicas para isso, com exceção dos equinos 
 Proteção contra fatores mecânicos, químicos, físicos e 
biológicos. Como por exemplo, agentes biológicos. Protege a pele 
contra atrito com o ambiente, calor, frio e desidratação. 
 Receptoras: pressão, dor, calor, frio 
 Termorregulação 
 Armazenamento e excreção de água, eletrólitos – impedindo a 
desidratação e perda excessiva de líquidos 
 Defesa imunológica 
 Marcação de território 
 Comunicação para com o veterinário, o animal está com algum 
edema, está cianótico? 
 Síntese de vitamina D 
 Nutrição: leite 
 Protege contra microrganismos. Queratinócitos, células de 
Langherans e macrófago – células de defesa 
 Protege as partes mais internas do corpo da ação nociva dos 
raios solares (melanócitos) 
A pele reflete a saúde do animal e pode indicar doença interna, 
um exemplo é quando alguma doença acomete o fígado a pele do 
animal se torna ictérica (amarela); 
 Pele que entra em contato com cavidades corporais são 
chamadas de mucosas 
 
 
 
 
 
 
 estrato córneo, granuloso, espinhoso e basal 
 
 
 Camada fina e superficial 
 Avascularizado 
 Tecido epitelial queratinizado 
Camada córnea: a mais externa da epiderme, composta por 
queratinócitos na fase final de desenvolvimento 
Camada lúcida: camada fina completamente queratinizada, 
composta por células anucleares e mortas e uma substância 
semifluida chamada de Eleidina 
Camada granulosa: grande quantidade de grânulos composto por 
queratohialina 
Camada espinhosa: “células-filhas” da camada basal 
Camada basal: é a mais profunda, constituída por células basais e 
os melanócitos. Ela é germinativa origina as demais camadas da 
epiderme 
 
Queratinócitos: 
São as células mais numerosas da epiderme e são responsáveis 
pela produção de queratina. A queratina dá maior rigidez a pele. 
Tem maior quantidade de queratina nas áreas onde tem maior 
atrito (coxins). 
Células de Langherans: 
São células responsáveis pela fagocitose, são células de defesa que 
fagocitam as células estranhas. 
 
Melanócitos: 
É a produção de melanina (pigmentação da pele). Responsável por 
absorção dos raios UV e pigmentação da pele, quanto maior a 
produção de melanina mais escuro a pele é. 
Células de Merkell: 
São receptores de tato, células especializadas no sentido e 
percepção do tato 
é a camada intermediária da pele, composta por tecido 
conjuntivo adiposo, fibras elásticas e colágeno, proporcionando 
elasticidade à pele. A derme contém vasos sanguíneos que nutrem 
a epiderme, nervos, folículos pilosos (de onde saem os pelos) e 
glândulas sebáceas e sudoríparas. Essas glândulas produzem sebo 
e suor, respectivamente, ajudando na lubrificação e na regulação 
da temperatura corporal.
 
Contém: vasos sanguíneos (nutrem a epiderme), nervos, folículos 
pilosos (origem dos pelos), glândulas sebáceas e sudoríparas. 
A derme é dividida em: 
 Camada reticular é rica em fibras e pobre em células se situa 
na tela subcutânea 
 Camada papilar é sob a epiderme e rica em vasos sanguíneos 
e células 
 
Hipoderme: é a camada mais profunda da pele, formada por tecido 
conjuntivo frouxo entremeado com tecido adiposo, o tecido adiposo 
serve como proteção contra o frio, reserva de energia e 
amortecimento, preenchimento para fixação de órgãos (preenche 
espaços das outras estruturas do corpo) e é o local de injeção 
subcutânea. 
 
Os vasos da derme e da hipoderme, são bastante vascularizados. 
 Plexo superficial (subpapilar) 
 Plexo médio (cutâneo) 
 Plexo profundo (subcutâneo), presente na hipoderme 
 Músculo cutâneo, presente na hipoderme 
A pele possui uma variedade de receptores sensoriais localizados 
nas camadas da derme e da epiderme. Cada receptor sensorial 
tem um axônio associado a ele, com exceção das terminações 
nervosas livres, que são responsáveis pela captação dos estímulos 
de dor. Todos os receptores sensoriais estão associados a tecidos 
não neurais, permitindo a transmissão de diferentes sensações, 
como tato, pressão, temperatura e dor, para o sistema nervoso 
central. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
https://www.todamateria.com.br/camadas-da-pele/ 
https://drarobertapaccola.com.br/informacoes-uteis/a- 
pelehttps://smart.servier.com/smart_image/integumentary-
system/ 
https://mol.icb.usp.br/index.php/15-6-pele/ 
https://connect.in-cosmetics.com/pt/formulacoes/os-
mecanismos-de-hidratacao-da-pele-e-o-desenvolvimento-de-
cosmeticos-hidratantes/ 
https://www.unifal-mg.edu.br/histologiainterativa/pele-e-
anexos/. 
https://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%A9lula_de_Langerhans 
https://www.unifal-mg.edu.br/histologiainterativa/pele-e-
anexos/ 
https://anatomia-papel-e-caneta.com/sistema-
tegumentar/camada-papilar-e-reticular-da-derme/ 
https://papiloscopiando.com.br/post/a-pele-humana 
http://sistemas.ufape.edu.br/lapa/site/atlas/categoria/sistema
-tegumentar-11https://www.todamateria.com.br/camadas-da-pele/
https://drarobertapaccola.com.br/informacoes-uteis/a-
https://mol.icb.usp.br/index.php/15-6-pele/
https://connect.in-cosmetics.com/pt/formulacoes/os-mecanismos-de-hidratacao-da-pele-e-o-desenvolvimento-de-cosmeticos-hidratantes/
https://connect.in-cosmetics.com/pt/formulacoes/os-mecanismos-de-hidratacao-da-pele-e-o-desenvolvimento-de-cosmeticos-hidratantes/
https://connect.in-cosmetics.com/pt/formulacoes/os-mecanismos-de-hidratacao-da-pele-e-o-desenvolvimento-de-cosmeticos-hidratantes/
https://www.unifal-mg.edu.br/histologiainterativa/pele-e-anexos/
https://www.unifal-mg.edu.br/histologiainterativa/pele-e-anexos/
https://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%A9lula_de_Langerhans
http://sistemas.ufape.edu.br/lapa/site/atlas/categoria/sistema-tegumentar-11
http://sistemas.ufape.edu.br/lapa/site/atlas/categoria/sistema-tegumentar-11

Continue navegando