Buscar

3875673

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 121 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 121 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 121 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 84258 Ano: 2014 Banca: FGV Instituição: OAB Cargo: Exame de Ordem Unificado - XIV - Primeira Fase
1- A alienação fiduciária, regulada pela Lei n. 9.514/1997, é o negócio jurídico pelo qual o devedor, ou fiduciante, com o
escopo de garantia, contrata a transferência ao credor, ou fiduciário, da propriedade resolúvel de coisa imóvel. Sobre este tipo
de contrato, assinale a afirmativa correta.
a) Constitui-se a propriedade fiduciária de coisa imóvel mediante registro do contrato que lhe serve de título no Registro de
Imóveis competente.
b) Somente poderá ser contratada por pessoa jurídica que integre o Sistema de Financiamento Imobiliário SFI.
c) Não pode ter como objeto a propriedade superficiária do imóvel do fiduciante.
d) O fiduciante poderá transmitir os direitos de que seja titular sobre o imóvel objeto da alienação fiduciária
independentemente da anuência do fiduciário.
Questão: 84003 Ano: 2014 Banca: VUNESP Instituição: CEAGESP Cargo: Advogado
2- Quando alguém, premido da necessidade de salvar-se, ou a pessoa de sua família, de grave dano conhecido pela outra
parte, assume obrigação excessivamente onerosa, ocorre
a) erro.
b) fraude.
c) lesão.
d) coação.
e) estado de perigo.
Questão: 84259 Ano: 2014 Banca: FGV Instituição: OAB Cargo: Exame de Ordem Unificado - XIV - Primeira Fase
3- Segundo o Código Civil de 2002, acerca do direito de representação, instituto do Direito das Sucessões, assinale a opção
correta.
a) É possível que o filho renuncie à herança do pai e, depois, represente-o na sucessão do avô.
b) Na linha transversal, é permitido o direito de representação em favor dos sobrinhos, quando concorrerem com
sobrinhos-netos.
c) Em não havendo filhos para exercer o direito de representação, este será exercido pelos pais do representado.
d) O direito de representação consiste no chamamento de determinados parentes do de cujus a suceder em todos os direitos
a ele transmitidos, sendo permitido tanto na sucessão legítima quanto na testamentária.
Questão: 83748 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área III
4- Não se pode cogitar, no direito civil brasileiro, qualquer possibilidade de disposição sobre o próprio corpo, no todo ou em
parte, seja tal disposição em vida, seja ela relacionada ao período pós-morte.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84004 Ano: 2014 Banca: VUNESP Instituição: TJ-SP Cargo: Juiz
5- Prescrição e decadência
a) extinguem o direito de ação.
b) extinguem, respectivamente, o direito potestativo e a pretensão.
c) extinguem, respectivamente, a pretensão e o direito potestativo.
d) extinguem a pretensão.
Página 1/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 84260 Ano: 2014 Banca: FGV Instituição: OAB Cargo: Exame de Ordem Unificado - XV - Primeira Fase
6- Paulo foi casado, por muitos anos, no regime da comunhão parcial com Luana, até que um desentendimento deu início a
um divórcio litigioso. Temendo que Luana exigisse judicialmente metade do seu vasto patrimônio, Paulo começou a comprar
bens com capital próprio em nome de sociedade da qual é sócio e passou os demais também para o nome da sociedade,
restando, em seu nome, apenas a casa em que morava com ela.
Acerca do assunto, marque a opção correta.
a) A atitude de Paulo encontra respaldo na legislação, pois a lei faculta a todo cidadão defender sua propriedade, em especial
de terceiros de má-fé.
b) É permitido ao juiz afastar os efeitos da personificação da sociedade nos casos de desvio de finalidade ou confusão
patrimonial, mas não o contrário, de modo que não há nada que Luana possa fazer para retomar os bens comunicáveis.
c) Sabendo-se que a ?teoria da desconsideração da personalidade jurídica" encontra aplicação em outros ramos do direito e
da legislação, é correto afirmar que os parâmetros adotados pelo Código Civil constituem a Teoria Menor, que exige menos
requisitos.
d) No caso de confusão patrimonial, gerado pela compra de bens com patrimônio particular em nome da sociedade, é
possível atingir o patrimônio da sociedade, ao que se dá nome de ?desconsideração inversa ou invertida", de modo a se
desconsiderar o negócio jurídico, havendo esses bens como matrimoniais e comunicáveis.
Questão: 83749 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área III
7- As chamadas pertenças são os bens que, considerados parte integrante de outro bem, se destinem ao uso, serviço ou
aformoseamento desse bem.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84005 Ano: 2014 Banca: VUNESP Instituição: DPE-MS Cargo: Defensor Público
8- Havendo contrato de prestação de serviços médicos e hospitalares com plano de saúde, com a utilização de rede
credenciada, indique a extensão da responsabilidade da operadora, por danos causados ao beneficiário, em razão do erro
cometido pelo médico conveniado ao plano.
a) Não há responsabilidade, uma vez que o médico é um profissional autônomo, que responde subjetivamente pelos danos
causados aos pacientes.
b) Não há responsabilidade, pois o beneficiário tem a livre escolha dos profissionais credenciados.
c) Não há responsabilidade em razão da natureza do negócio jurídico entabulado entre o plano e o beneficiário.
d) Há responsabilidade solidária, por ser o plano de saúde fornecedor de serviço, respondendo pelos defeitos da prestação.
Questão: 84261 Ano: 2014 Banca: FGV Instituição: OAB Cargo: Exame de Ordem Unificado - XV - Primeira Fase
9- Donato, psiquiatra de renome, era dono de uma extensa e variada biblioteca, com obras de sua área profissional,
importadas e raras. Com sua morte, seus três filhos, Hugo, José e Luiz resolvem alienar a biblioteca à Universidade do
Estado, localizada na mesma cidade em que o falecido residia. Como Hugo vivia no exterior e José em outro estado, ambos
incumbiram Luiz de fazer a entrega no prazo avençado. Luiz, porém, mais preocupado com seus próprios negócios,
esqueceu-se de entregar a biblioteca à Universidade, que, diante da mora, notificou José para exigir integral em 48 horas, sob
pena de resolução perdas e danos.Nesse contexto, assinale a afirmativa correta.
a) José deve entregar a biblioteca no prazo designado pela Universidade, se quiser evitar a resolução do contrato em perdas
e danos.
b) Não tendo sido ajustada solidariedade, José não estaria obrigado a entregar todos os livros, respondendo, apenas, pela
sua cota parte.
c) Como Luiz foi incumbido da entrega, a Universidade não poderia ter notificado José, mas deveria ter interpelado Luiz.
d) Tratando-se de três devedores, a Universidade não exigir de um só o pagamento; logo, deveria ter notificado
simultaneamente os três irmãos.
Página 2/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 83750 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área II
10- O possuidor de má-fé terá direito de ressarcimento pelas benfeitorias necessárias, havendo, quanto a elas, o direito de
retenção, sendo vedado, por outro lado, o levantamento das benfeitorias voluptuárias.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84006 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TC-DF Cargo: Auditor de Controle Externo
11- Conforme o Código Civil brasileiro, é expressamente proibidoque herança de pessoa viva seja objeto de contrato.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84262 Ano: 2014 Banca: IDECAN Instituição: AGU Cargo: Analista Técnico Administrativo
12- As obrigações são classicamente definidas pela doutrina pátria, como o vínculo jurídico através do qual uma
pessoa(sujeito ativo) pode exigir da outra (sujeito passivo) o cumprimento de uma prestação economicamente
apreciável.Desta forma, é cediço que a obrigação já nasce com o objetivo de ser extinta pelo pagamento, ou seja, pelo
cumprimentoda prestação. Dentre as espéciesde pagamento elencadas a seguir, assinale aquela que ocorre quando
duaspessoas forem, ao mesmo tempo, credora e devedora uma da outra, extinguindo-se ambas as obrigações.
a) Novação.
b) Confusão.
c) Compensação.
d) Dação em pagamento.
e) Imputação do pagamento.
Questão: 83751 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área II
13- A indivisibilidade de um bem naturalmente divisível pode ser estabelecida por meio de negócio jurídico.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84007 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TJ-SE Cargo: Técnico Judiciário - Área Judiciária
14- O termo inicial suspende o exercício do direito, mas não suaaquisição.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84263 Ano: 2014 Banca: UFG Instituição: DPE-GO Cargo: Defensor Público
15- A respeito do Direito das Sucessões, e de acordo com oordenamento jurídico pátrio,
a) a sucessão e a legitimação para suceder são reguladas pela lei vigente ao tempo do nascimento do sucessor.
b) a renúncia da herança deve constar expressamente de instrumento público ou privado ou de termo judicial.
c) a ação de petição de herança, quando exercida por um só dos herdeiros, só compreenderá os bens que lhe couber.
d) as pessoas nascidas ou já concebidas no momento da abertura da sucessão são expressamente legitimadas a suceder.
e) a deixa de bens ou direitos ao filho do concubino é ilí- cita, ainda quando seu pai for o próprio testador.
Página 3/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 83752 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área II
16- Os acréscimos sobrevindos ao bem são considerados benfeitorias e passíveis de indenização, ainda que não haja a
intervenção do proprietário, do possuidor ou do detentor.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84008 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TJ-DF Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Remoção
17- A respeito do imposto sobre transmissão causa mortis e da doação, assinale a opção correta.
a) Caso o doador tenha domicílio ou residência no exterior, a instituição do imposto será regulada por decreto legislativo.
b) As alíquotas mínimas referentes aos impostos em questão serão fixadas pelo Congresso Nacional.
c) A instituição desse imposto implica crédito para compensação com o montante devido nas operações ou prestações
seguintes.
d) Em função da essencialidade dos bens, o imposto deverá ser seletivo.
e) No que diz respeito a títulos e créditos, o referido imposto compete ao estado onde se processar o inventário ou
arrolamento, ou tiver domicílio o doador, ou ao DF.
Questão: 84264 Ano: 2014 Banca: IADES Instituição: SEAP-DF Cargo: Analista - Direito
18- No que se refere ao direito das obrigações, assinale aalternativa correta.
a) A solidariedade se presume.
b) Há solidariedade quando, na mesma obrigaçã o, concorre mais de um credor, ou mais de um devedor, cada um com
direito, ou obrigado, á dívida toda.
c) A obrigação solidária não pode ser pura e simples para um dos co-credores ou co-devedores, e ser condicional, ou a
prazo, ou pagável em lugar diferente, para o outro.
d) Convertendo-se a prestação em perdas e danos, não subsiste a solidariedade.
e) A um dos credores solidários pode o devedor opor as exceções pessoais oponíveis aos outros.
Questão: 83753 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área II
19- O bem somente poderá ser empenhado, hipotecado ou dado emanticrese por aquele que puder aliená-lo.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84009 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TJ-DF Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Remoção
20- No que diz respeito às obrigações em relação à pluralidade de sujeitos e solidariedade, assinale a opção correta.
a) O ordenamento jurídico civil brasileiro consagra o princípio da presunção da solidariedade, em garantia ao adimplemento
da obrigação e proteção do crédito.
b) Na solidariedade ativa, a suspensão da prescrição em favor de um dos credores aproveita os demais, e a renúncia da
prescrição em face de um dos credores não alcança os demais.
c) A obrigação solidária passiva impõe ao credor a exigência ou a reclamação integral do débito, ainda que em face de
apenas um dos codevedores, so(B) pena de extinção da solidariedade.
d) A solidariedade, cuja fonte é o próprio título que vincula as partes obrigadas, tem natureza subjetiva, não se baseando em
negócio jurídico ou norma legal.
e) Na obrigação indivisível, cada codevedor está obrigado pela dívida toda; entretanto, o devedor que pagar a dívida
sub-rogase no direito do credor em relação aos demais coobrigados.
Página 4/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 84265 Ano: 2014 Banca: FGV Instituição: OAB Cargo: Exame de Ordem Unificado - XIII - Primeira Fase
21- A transmissibilidade de obrigações pode ser realizada por meio do ato denominado cessão, por meio da qual o credor
transfere seus direitos na relação obrigacional a outrem, fazendo surgir as figuras jurídicas do cedente e do cessionário.
Constituída essa nova relação obrigacional, é correto afirmar que
a) os acessórios da obrigação principal são abrangidos na cessão de crédito, salvo disposição em contrário.
b) o cedente responde pela solvência do devedor, não se admitindo disposição em contrário.
c) a transmissão de um crédito que não tenha sido celebrada única e exclusivamente por instrumento público é ineficaz em
relação a terceiros.
d) o devedor não pode opor ao cessionário as exceções que tinha contra o cedente no momento em que veio a ter
conhecimento da cessão.
Questão: 83754 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área II
22- No caso de responsabilidade solidária, se o credor fizer acordo parcial com um dos devedores para receber indenização
por prejuízos decorrentes de ato ilícito, os demais devedores estarão exonerados da obrigação.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84010 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TJ-DF Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Remoção
23- A respeito da emancipação, assinale opção correta.
a) Caso menor com dezesseis anos completos pretenda estabelecer-se com economia própria, na falta de emancipação
voluntária, faz-se necessária a autorização dos pais.
b) Na hipótese de casamento putativo, a nulidade do negócio jurídico produz efeitos jurídicos relativamente ao cônjuge,
estando prejudicada a emancipação para a respectiva anotação no respectivo assento de nascimento.
c) Do mandado judicial ou do ato notarial deverá constar a indicação do registro civil das pessoas naturais onde tenha sido
registrado o nascimento, para o fim de comunicação da emancipação, para a devida anotação no assento de nascimento.
d) A emancipação pode ser concedida pelo tutor ao tutelado que complete dezesseis anos, mediante instrumento público
inscrito no registro civil competente.
e) A emancipação legal decorre do casamento, logo, na hipótese de declaração de nulidade do casamento, são considerados
inválidos os negócios jurídicos praticados pelo menor em razão dos efeitos ex nunc da sentença declaratória.
Questão: 84266 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área V
24- No contrato de empreitada, o sujeito empreiteiro poderá ser pessoa física ou jurídica.
a) Certo
b) Errado
Questão: 83755 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área II
25- Mesmo não havendo coabitação, pode ser reconhecida uma união estável, embora aquela seja relevante prova da
intenção de constituir família.
a) Certo
b) Errado
Página 5/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 84011 Ano: 2014 Banca: IBFC Instituição:TJ-PR Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
26- Relativamente à propriedade, assinale a proposição verdadeira:
a) O proprietário tem a faculdade de usar, gozar e dispor da coisa, e o direito de reavê-la do poder de quem quer que
injustamente a possua ou a detenha, desde que esteja na posse da coisa.
b) O proprietário pode ser privado da coisa, nos casos de desapropriação, por necessidade pública, interesse social, em caso
de perigo público iminente e nas situações de invasão por movimentos sociais.
c) A propriedade do solo abrange a do espaço aéreo e subsolo correspondente, em altura e profundidade úteis ao seu
exercício, não podendo o proprietário opor-se a atividades que sejam realizadas por terceiros a uma altura ou profundidades
tais, que não tenha ele interesse legítimo em impedi-las.
d) A profundidade do solo abrange as jazidas, minas e demais recursos naturais e os potenciais de energia hidráulica.
Questão: 83756 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área II
27- É válido o testamento celebrado por testador sem o pleno discernimento no momento da lavratura, uma vez que não se
exige a manifestação perfeita da vontade, mas tão somente que o testador tenha a exata compreensão de suas disposições
a) Certo
b) Errado
Questão: 84012 Ano: 2014 Banca: IBFC Instituição: TJ-PR Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Remoção
28- Acerca das preferências e privilégios creditórios, assinale a proposição incorreta:
a) Procede-se a declaração de insolvência toda vez que as dívidas excedam à importância dos bens do devedor.
b) A discussão entre credores deve versar exclusivamente sobre a preferência entre eles disputadas, mas não alcança a
discussão sobre nulidade, simulação, fraude ou falsidade das dívidas ou contratos.
c) Não havendo título legal de preferência, terão os credores igual direito sobre os bens do devedor comum.
d) Os títulos legais de preferência são os privilégios e os direitos reais.
Questão: 84268 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: TRT - 19ª Região (AL) Cargo: Analista Judiciário - Área Judiciária
29- Em razão de grave doença, Paulo está prestes a perderos dois rins. Por esta razão, ele e seu pai, Carlos, sãosubmetidos
a exames clínicos cuja conclusão é a de quepai e filho são compatíveis, e Paulo somente sobreviveráse Carlos lhe doar um
rim. Carlos
a) deve doar um rim a seu filho, independentemente de sua vontade e mesmo que o ato implique risco de vida, por se tratar
de imposição moral.
b) pode doar um rim a seu filho, se esta for sua vontade e desde que tenham sido atendidos os requisitos de lei especial.
c) não pode doar um rim a seu filho, nem que esta seja a sua vontade, por ser ato que implica ofensa à integridade física.
d) deve doar um rim a seu filho, independentemente de sua vontade e mesmo que o ato implique risco de vida, por se tratar
de imposição decorrente do poder familiar.
e) pode doar um rim a seu filho, mas apenas se não tiver outros filhos.
Questão: 83757 Ano: 2014 Banca: IBFC Instituição: TJ-PR Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Remoção
30- Assinale a assertiva incorreta:
a) Em relação às obrigações com termo, o direito brasileiro acata o princípio do dies interpellat pro homine.
b) Num contrato com cláusula de arras, a parte inocente pelo descumprimento pode pedir indenização suplementar, desde
que prove prejuízo maior que o valor das arras.
c) Salvo disposição em contrário ou determinação legal, as obrigações são portáveis.
d) A cláusula penal pode ser estipulada no próprio contrato ou em ato posterior.
Página 6/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 84013 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: TRT - 2ª REGIÃO (SP) Cargo: Analista Judiciário - Área Judiciária
31- José Silva possui residências em São Paulo, onde vivenove meses por ano em razão de suas atividades
profissionais,bem como em Trancoso, na Bahia, e em SãoJoaquim, Santa Catarina, onde alternadamente vive nasférias de
verão e inverno. São seus domicílios
a) qualquer uma dessas residências, em São Paulo, Trancoso ou São Joaquim.
b) apenas a residência que José Silva escolher, expressamente, comunicando formalmente as pessoas com quem se
relacione.
c) apenas a residência em que José Silva se encontrar no momento, excluídas as demais no período correspondente.
d) apenas São Paulo, por passar a maior parte do ano nessa cidade.
e) apenas São Paulo, por se tratar do local de suas atividades profissionais.
Questão: 84269 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: TRT - 19ª Região (AL) Cargo: Analista Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador
32- O filho que Joana está esperando sofre danos físicos emrazão de negligência médica durante o pré?natal. O filho
a) poderá ajuizar ação de indenização tão logo nasça, pois a lei resguarda os direitos do nascituro e o filho poderá ser
representado por seus pais ou represen tantes legais.
b) não poderá ajuizar ação de indenização, pois não possuía direitos da personalidade quando da ocor rência dos danos.
c) não poderá ajuizar ação de indenização, pois o Có digo Civil adota a teoria natalista.
d) poderá ajuizar ação de indenização, mas apenas de pois de atingir a maioridade civil.
e) não poderá ajuizar ação de indenização, pois, embora a lei resguarde os direitos do nascituro, fá?lo?á apenas com relação
ao direito de nascer com vida.
Questão: 83758 Ano: 2014 Banca: IBFC Instituição: TJ-PR Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
33- Assinale a assertiva incorreta:
a) O usufrutuário tem direito à posse, uso, administração e percepção dos frutos.
b) Incumbem ao usufrutuário os tributos devidos pela posse ou rendimento da coisa usufruída.
c) O usufrutuário tem a posse indireta da coisa, enquanto o nu proprietário tem a posse direta.
d) Entre as hipóteses de extinção do usufruto estão a morte do usufrutuário e a renúncia.
Questão: 84014 Ano: 2014 Banca: IADES Instituição: TRE-PA Cargo: Analista Judiciário - Área Judiciária
34- À luz do Código Civil, assinale a alternativa correta acercada personalidade e capacidade civil.
a) São relativamente incapazes de exercer pessoalmente os atos da vida civil os menores de dezesseis anos.
b) São absolutamente incapazes a todo ato da vida civil os ébrios habituais, os viciados em tóxicos e os deficientes mentais.
c) São incapazes, relativamente a certos atos, ou à maneira de os exercer, os excepcionais, sem desenvolvimento mental
completo.
d) São relativamente incapazes de exercer pessoalmente os atos da vida civil os que, mesmo por causa transitória, não
puderem exprimir sua vontade.
e) São absolutamente incapazes os pródigos.
Questão: 84270 Ano: 2014 Banca: VUNESP Instituição: TJ-PA Cargo: Juiz de Direito Substituto
35- Considerando unidade autônoma alienada fiduciariamente e havendo despesas de condomínio, assinale a alternativa
correta.
a) A dívida condominial autoriza ao credor fiduciário a reivindicar o imóvel pela resolução contratual.
b) Houve a transferência ao credor fiduciário da propriedade resolúvel e a posse indireta do imóvel, por isso, não a obrigação
condominial.
c) Dívida de natureza propter rem, cuja responsabilidade recai também sobre o titular da propriedade, ainda que resolúvel.
d) O devedor fiduciário tem a obrigação com as despesas ordinárias, ficando a cargo do credor fiduciário as extraordinárias.
e) O devedor fiduciário não ostenta a condição jurídica de condômino, tendo apenas a obrigação de restituir as despesas
condominiais ao credor fiduciário.
Página 7/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 83759 Ano: 2014 Banca: IESES Instituição: TJ-PB Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
36- João e Maria, casados sob o regime da comunhão universal de bens, anteriormente à vigência da Lei Federal nº
6.515/77, compareceram ao Tabelionato de Notas para a lavraturadas disposições de última vontade. Em entrevista,
manifestaram ao notário à vontade de se tornarem reciprocamente herdeiros um do outro, em instrumento único,considerando
que são legalmente casados. Tal ato jurídico é possível? Assinale a alternativa correta.
a) É possível a celebração de testamento público recíproco, em razão do regime de bens do casamento.
b) A lei veda, expressamente, o testamento conjuntivo, seja simultâneo, recíproco ou correspectivo.
c) Não há vedação legal para o acolhimento da vontade manifestada pelo casal.
d) É possível a lavratura do testamento público no caso hipotético apresentado, porquanto o direito brasileiro admite o pacto
sucessório.
Questão: 84015 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: TRT - 2ª REGIÃO (SP) Cargo: Analista Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador
37- Para obter um empréstimo bancário, Félix Alberto hipotecasua casa, concordando em se prever, no contrato com obanco,
que este, na qualidade de credor hipotecário, poderáficar com o imóvel em caso de inadimplência. Tambémse prevê que o
próprio Félix Alberto poderá dar oimóvel em pagamento da dívida, após seu vencimento.Em relação a essas cláusulas
contratuais, é corretoafirmar:
a) É nula a cláusula autorizando o credor hipotecário a ficar com o imóvel dado em garantia por Félix Alberto, em caso de
inadimplência, mas este poderá dar o imóvel em pagamento da dívida, após seu vencimento.
b) As cláusulas são anuláveis, somente, convalidandose se nada for alegado judicialmente por Félix Alberto.
c) É válida a cláusula que autoriza o credor hipotecário a ficar com o imóvel dado em garantia por Félix Alberto, se este
inadimplir o contrato, mas é nula a cláusula que permite a Félix Alberto dar o imóvel em pagamento da dívida, após seu
vencimento.
d) As duas disposições contratuais são válidas, pois assinadas livremente pelas partes, o que faz lei entre elas.
e) As duas disposições contratuais são nulas, por sua abusividade, que deixa Félix Alberto em desvantagem exagerada em
relação ao credor hipotecário.
Questão: 84271 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: PGE-BA Cargo: Procurador do Estado
38- O silêncio de uma das partes pode, excepcionalmente,representar anuência, se as circunstâncias ou os usos
oautorizarem e não for necessária a declaração expressa devontade.
a) Certo
b) Errado
Questão: 83760 Ano: 2014 Banca: IESES Instituição: TJ-PB Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
39- Acerca da necessidade de outorga conjugal para alienar ou gravar de ônus real os bens imóveis; pleitear, como autor ou
réu, acerca desses bens ou direitos; prestar fiança ou aval (art. 1.647 do CC/02), pode-se afirmar:
a) Pode ser expressamente dispensada no pacto antenupcial, seja qual for o regime de bens escolhido pelo casal.
b) É dispensada, por força de lei, aos casados pelo regime de separação total de bens.
c) No regime de comunhão parcial de bens exige-se a outorga para a disposição incidente sobre os bens comuns,
dispensando-se quanto aos bens próprios.
d) É sempre exigida, para a validade do ato praticado, no regime de participação final nos aquestos.
Página 8/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 84016 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: PGE-PI Cargo: Procurador do Estado Substituto
40- A respeito da pessoa natural, da pessoa jurídica e dos bens, assinalea opção correta.
a) A vontade humana não constitui elemento da personificação da pessoa jurídica.
b) O atual Código Civil adotou a teoria ultra vires como regra; assim, a pessoa jurídica sempre responde pelos atos que seus
administradores praticarem com excesso dos poderes conferidos a eles pelos atos constitutivos.
c) O direito à sucessão aberta é bem móvel por determinação legal.
d) Atento ao princípio da dignidade da pessoa, o Código Civil em vigor exige, para a aquisição da personalidade, que o sujeito
tenha vida viável, forma humana e condição social.
e) Comoriência corresponde à simultaneidade do falecimento de duas ou mais pessoas, sendo impossível determinar?se qual
delas morreu primeiro. Nesse contexto, é dispensável que as mortes decorram do mesmo evento fático, sendo essencial
apenas o momento dos óbitos.
Questão: 84272 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: PGE-BA Cargo: Procurador do Estado
41- De acordo com o entendimento do STJ, havendo cláusula dearrependimento em compromisso de compra e venda,
adevolução do sinal, por quem o deu, ou a sua restituição emdobro, por quem o recebeu, exclui indenização maior a títulode
perdas e danos, salvo os juros moratórios e os encargos doprocesso.
a) Certo
b) Errado
Questão: 83761 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área XI
42- As terras tradicionalmente ocupadas pelos índios são bens da União, mas não são bens da União os aldeamentos
extintos, ainda que ocupados por indígenas em passado remoto.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84017 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TJ-DF Cargo: Juiz
43- De acordo com o entendimento jurisprudencial do STJ a respeito do direito das obrigações e da prisão civil, assinale a
opção correta.
a) Por não possuir a natureza de pena, o cumprimento da prisão civil, decretada em processo de execução movido contra
devedor de alimentos, deve ocorrer em regime semiaberto porque é benéfico para o réu.
b) A prisão civil tem como objetivo punir, educar e ressocializar o devedor de alimentos que deixa de prestá-los
injustificadamente.
c) Estabelecimento comercial que disponibiliza estacionamento para clientes e visitantes responde por danos de qualquer
natureza causados aos usuários por atos ilícitos praticados contra o patrimônio destes, no perímetro reservado àquela
finalidade, independentemente da cobrança de tarifa pelo uso da área, e os avisos, à vista dos usuários, com a informação de
que o estabelecimento não se responsabiliza por furtos, roubos ou danos aos veículos não têm o condão de eximi-lo da culpa
in vigilando, presumida no caso.
d) É legítima a cobrança de taxa de rateio de despesas por associação de feirantes a comerciante que ocupe boxe em feira,
mediante concessão do poder público local, independentemente de o comerciante constar no cadastro de associados da
entidade.
e) Não cabe ao Poder Judiciário assegurar medidas de salvaguarda de bens e valores particulares, como, por exemplo, a
localização de veículo objeto de busca e apreensão e seu bloqueio pelo RENAJUD, ferramenta eletrônica que interliga o Poder
Judiciário e o DENATRAN, sob regulamento do CNJ.
Questão: 84273 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área II
44- De acordo com o direito brasileiro, se o casamento for celebrado no Brasil, a ele será aplicada a legislação brasileira
quanto às formalidades da celebração.
a) Certo
b) Errado
Página 9/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 83762 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área VI
45- O comodato, empréstimo gratuito de coisas infungíveis, é um contrato real, visto que só se completará com a tradição do
objeto ao comodatário, que passará a ter a posse direta da coisa e o direito real de uso.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84018 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TJ-DF Cargo: Juiz
46- Assinale a opção correta acerca do direito das sucessões.
a) O direito real de habitação tem por finalidade impedir que os herdeiros deixem o companheiro sobrevivente sem moradia e
ao desamparo, visto que este não tem qualquer participação na herança do de cujus.
b) Será correta a sentença que, em ação de inventário, homologue a partilha sem manifestação acerca do direito real de
habitação da viúva meeira em relação ao imóvel em que o casal tenha residido, porquanto, para tanto, exige-se o ajuizamento
de ação própria.
c) Ao cônjuge sobrevivente assegura-se o direito real de habitaçãorelativamente ao imóvel destinado à residência da família,
desde que seja o único daquela natureza a inventariar e o regime de bens do casamento tenha sido o da comunhão universal.
d) O objetivo do legislador, ao criar o instituto do direito real de habitação, foi o de promover a proteção ao cônjuge supérstite
que, desfavorecido de fortuna, corresse o risco de cair em situação de penúria ou grande inferioridade em comparação àquela
de que desfrutava quando vivo o consorte, de modo que, mesmo havendo dois imóveis a serem inventariados, pode-se
garantir ao cônjuge supérstite o direito real de habitação por sua utilidade, como fonte de sobrevivência.
e) O direito real de habitação não pode ser estendido ao companheiro.
Questão: 84274 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área III
47- Segundo o entendimento majoritário da doutrina civilista, a pessoa natural adquire personalidade jurídica a partir do
nascimento com vida, aferido por meio do funcionamento do aparelho cardiorrespiratório.
a) Certo
b) Errado
Questão: 83763 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área VI
48- Não há irregularidade no fato de o título de domínio da propriedade ter sido conferido apenas a Marieta, ainda que ela já
fosse casada à época da transferência.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84019 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TJ-DF Cargo: Juiz
49- Acerca da prescrição e da proteção jurídica à intimidade, assinale a opção correta.
a) A tutela da dignidade da pessoa humana na sociedade da informação inclui o direito ao esquecimento.
b) O interesse público na divulgação de casos judiciais sempre deverá prevalecer sobre a privacidade ou intimidade dos
envolvidos.
c) A exibição não autorizada de imagem de vítima de crime amplamente noticiado à época dos fatos, ainda que uma única
vez, gera, por si só, direito de compensação por danos morais aos seus familiares.
d) À pretensão de cobrança de cotas condominiais aplica-se a regra geral da prescrição decenal, contada a partir do
vencimento de cada parcela, conforme disposto no vigente Código Civil.
e) A veracidade de uma notícia confere a ela inquestionável licitude, razão pela qual não há qualquer obstáculo à sua
divulgação, dado o direito à informação e à liberdade de imprensa.
Página 10/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 84275 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área II
50- O penhor dado para garantia do débito pode constituir-se com a entrega ao devedor de coisa imóvel, desde que esta seja
suscetível de alienação.
a) Certo
b) Errado
Questão: 83764 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: MPE-PA Cargo: Promotor de Justiça
51- Roberto foi casado com Beatriz, em segundas núpcias, no regime da separação obrigatória de bens. Quando faleceu,
deixou 2 filhos do primeiro casamento e um único imóvel a inventariar, que havia sido adquirido antes do casamento com
Beatriz. Durante a união, Roberto e Beatriz residiram juntos no referido imóvel. Com a abertura da sucessão, o imóvel será
transmitido aos filhos de Roberto,
a) em concorrência com Beatriz, a quem será assegurado direito real de habitação, que lhe possibilita ocupar o bem, mas não
alugar.
b) somente, devendo Beatriz desocupar o bem após a partilha.
c) somente, assegurando-se a Beatriz direito real de habitação, que lhe possibilita ocupar o bem, mas não alugar.
d) em concorrência com Beatriz, a quem será assegurado direito real de habitação, que lhe possibilita ocupar ou alugar o
bem.
e) somente, devendo Beatriz desocupar o imóvel no momento da abertura da sucessão.
Questão: 84020 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TJ-DF Cargo: Juiz
52- Assinale a opção correta à luz do entendimento jurisprudencial predominante no STJ.
a) Admite-se a alteração do regime de bens dos casamentos celebrados após a vigência do Código Civil de 2002,
independentemente de qualquer ressalva em relação a direitos de terceiros, inclusive dos entes públicos, em respeito ao
princípio da autonomia dos consortes.
b) A paternidade socioafetiva decorrente de adoção à brasileira impede a anulação do registro de nascimento para o
reconhecimento da paternidade biológica, ainda quando requerida pelo filho adotado nessas circunstâncias.
c) Permite-se a averbação, no termo de nascimento do filho, da alteração do patronímico materno em decorrência do
casamento, mas não a averbação do nome de solteira da genitora, caso esta, em decorrência de divórcio ou separação
judicial, deixe de utilizar o nome de casada.
d) A prática conhecida como adoção à brasileira, assim como a adoção legal, rompe definitivamente os vínculos civis entre o
filho e os pais biológicos, desfazendo, por consequência, todos os consectários legais da paternidade biológica, como os
registrais, os patrimoniais e os hereditários.
e) O direito de reconhecimento da origem genética insere-se nos atributos da própria personalidade, de modo que, entre o
vínculo socioafetivo decorrente da adoção à brasileira e os vínculos biológicos decorrentes do nascimento, devem prevalecer
os vínculos biológicos, sempre que o filho assim desejar.
Questão: 84276 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área II
53- O dever de indenizar ante a prática de um ato ilícito inicia-se no momento da sua ocorrência, embora possa ser posterior
a confirmação desse dever, bem como a quantificação da indenização.
a) Certo
b) Errado
Página 11/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 83765 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: MPE-PA Cargo: Promotor de Justiça
54- Péricles permaneceu 8 anos sendo cuidado por Juliano, que residia no mesmo imóvel e era remunerado para tal fim. Com
o falecimento de Péricles, seus herdeiros, em agradecimento, permitiram, por contrato escrito, que Juliano permanecesse por
mais 5 anos no imóvel. Durante este prazo, Juliano utilizou o bem para sua moradia, em caráter ininterrupto e sem oposição.
Transcorrido o prazo, recusou-se a deixar o imóvel, alegando usucapião. Tratase de imóvel urbano menor que 250 m2 e
Juliano não possui bens imóveis. Juliano está
a) incorreto, pois a natureza de sua posse, de 13 anos, não leva à usucapião.
b) correto, pois não possui outros bens e permaneceu 5 anos ininterruptos em imóvel menor que 250 m2, sem oposição,
utilizando-o para sua moradia.
c) correto, pois teve posse do imóvel por mais de 10 anos, estabelecendo sua moradia habitual e nele realizando serviços de
caráter produtivo.
d) incorreto, pois jamais teve posse.
e) incorreto, pois a natureza de sua posse, de 5 anos, não leva à usucapião.
Questão: 84021 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TJ-SE Cargo: Analista Judiciário - Direito
55- Pertenças são bens individuais que podem ser produtos, frutosou benfeitorias do bem principal.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84277 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área II
56- A valorização decorrente de mero fenômeno econômico dosbens adquiridos antes do início da união estável deve ser
partilhada quando da dissolução do vínculo, uma vez que, não havendo disposição em contrário, será aplicável a esse vínculo
o regime da comunhão parcial de bens.
a) Certo
b) Errado
Questão: 83766 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: MPE-PA Cargo: Promotor de Justiça
57- Considere as afirmações abaixo, a respeito do direito intertemporal em matéria civil:I. A Lei de Introdução às Normas do
Direito Brasileiro veda, textual e literalmente, o efeito retroativo da lei.II. Os direitos sob condição suspensiva são considerados
adquiridos.III. As expectativas de direito equiparam-se a direitos adquiridos quando constantes de contrato escrito. IV. A lei
nova possui efeito imediato, salvo quandoalterar prazos de prescrição. Está correto o que se afirma APENAS em
a) II.
b) II e IV.
c) I e III.
d) I, II e III.
e) I, III e IV.
Questão: 84022 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TJ-SE Cargo: Analista Judiciário - Direito
58- De acordo com o Código Civil brasileiro, a responsabilidadecivil da pessoa privada de discernimento mental é guiada
peloprincípio da irresponsabilidade absoluta.
a) Certo
b) Errado
Página 12/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 84278 Ano: 2014 Banca: IESES Instituição: TJ-PB Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
59- Assinale a alternativa correta:
a) O negócio jurídico simulado é nulo, não sendo permitido sequer o aproveitamento do ato dissimulado.
b) A nulidade do negócio jurídico somente pode ser alegada pelos interessados.
c) As partes podem confirmar o negócio jurídico nulo, salvo direito de terceiro.
d) Há simulação nos negócios jurídicos em que os instrumentos particulares forem antedatados ou pós-datados.
Questão: 83767 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: MPE-PE Cargo: Promotor de Justiça
60- Considere as seguintes ações: (I) de decretação denulidade de casamento; : (II) de revogação de doação poringratidão; :
(III) de investigação de paternidade; : (IV)renovatória de contrato de locação; : (V) de repetição deindébito e : (VI) de
ressarcimento por enriquecimento semcausa. As ações
a) III e VI são imprescritíveis; II e V sujeitas a prescrição; I e IV sujeitas a decadência.
b) I e III são imprescritíveis; V e VI sujeitas a prescrição; II e IV sujeitas a decadência.
c) I e II são imprescritíveis; IV e V sujeitas a prescrição; III e VI sujeitas a decadência.
d) I e III são imprescritíveis; II e IV sujeitas a prescrição; V e VI sujeitas a decadência.
e) V e VI são imprescritíveis; III e IV sujeitas a prescrição; I e II sujeitas a decadência.
Questão: 84023 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TJ-SE Cargo: Analista Judiciário - Direito
61- O legatário sucede ao de cujus em bens ou direitos específicose responde pelas dívidas da herança.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84279 Ano: 2014 Banca: FUNDEP Instituição: DPE-MG Cargo: Defensor Público
62- Sobre contratos, assinale a alternativa INCORRETA.
a) O fiador poderá exonerar?se da fiança que tiver assinado sem limitação de tempo por meio da notificação resilitória,
ficando obrigado, porém, por todos os efeitos durante sessenta dias após ciência do credor.
b) Se o segurado fizer declarações inexatas ou omitir circunstâncias que possam influir na aceitação da proposta ou na taxa
do prêmio, perderá o direito à garantia, além de ficar obrigado ao prêmio vencido.
c) O passageiro tem direito a desistir do transporte, mesmo depois de iniciada a viagem, sendo?lhe devida a restituição do
valor correspondente ao trecho não utilizado, desde que prove que outra pessoa tenha sido transportada em seu lugar.
d) A compra ou cessão de crédito realizada por servidor público de bens ou direitos da pessoa jurídica a que servir, mesmo
que em hasta pública, pode ser anulada por qualquer interessado.
Questão: 83768 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: MPE-PE Cargo: Promotor de Justiça
63- João, casado com Maria, sob regime da comunhão parcialde bens e Pedro, casado com Antonia, sob o regime
dacomunhão universal de bens, fizeram aposta em loteria,sendo contemplados os varões apostadores com grandesoma em
dinheiro. Em seguida, ambos resolveramdivorciar?se de suas esposas. Neste caso e para fins departilha de bens, pode?se
afirmar:
a) Maria participará do que João ganhou, por serem casados sob o regime da comunhão parcial de bens, mas Antonia só
participará do que Pedro ganhou, se houver pacto antenupcial, pois a lei não submete essa hipótese à comunhão de aquestos.
b) Somente Maria participará a título de meação do que o cônjuge ganhou.
c) Somente Antonia participará a título de meação do que o cônjuge ganhou.
d) Maria e Antonia não participarão a título de meação do que eles ganharam.
e) Maria e Antonia participarão a título de meação do que eles ganharam.
Página 13/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 84024 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: MPE-PA Cargo: Promotor de Justiça
64- Embora jamais lhes tenha faltado com o respeito, Giovana nunca teve bom relacionamento com os pais. Por esta razão,
no dia em que atingiu a maioridade, seus pais determinaram que deixasse a residência, e, mesmo em boas condições
financeiras, negaram-se a pagar qualquer auxílio à filha, embora Giovana não possuísse bens nem condições de prover, pelo
trabalho, à própria mantença. De acordo com o Código Civil, e considerada a peculiar situação de Giovana, as ações dos pais,
neste caso, são
a) parcialmente corretas, porque, embora cessado o poder familiar, deveriam ter concedido prazo razoá- vel para a filha
deixar a residência, além de prestar alimentos até o seu casamento.
b) parcialmente corretas, porque deixou de existir o dever de guarda e companhia, mas não necessariamente o de prestar
alimentos.
c) inteiramente corretas, porque, com a maioridade, cessou o dever de guarda e companhia, bem como o de prestar
alimentos.
d) inteiramente incorretas, pois o poder familiar perdura até a conclusão dos estudos dos filhos.
e) inteiramente incorretas, pois o dever de guarda e companhia, bem como o de prestar alimentos, decorrem não do poder
familiar, mas do princípio constitucional da dignidade.
Questão: 84280 Ano: 2014 Banca: FUNDEP Instituição: DPE-MG Cargo: Defensor Público
65- A respeito da capacidade do empresário, analise asafirmativas a seguir.
I. Se o representante ou assistente do incapaz forpessoa que, por disposição de lei, não puderexercer atividade de
empresário, nomeará, com aaprovação do juiz, um ou mais gerentes.
II. Poderá o incapaz, por meio de representante oudevidamente assistido, iniciar ou continuar aempresa antes exercida por ele
enquanto capaz,por seus pais ou pelo autor de herança.
III. Faculta?se aos cônjuges contratar sociedade, entresi ou com terceiros, desde que não tenham secasado no regime da
comunhão universal oucomunhão parcial de bens.
IV. Qualquer que seja o regime de bens, o empresáriocasado pode, sem necessidade de outorgaconjugal, alienar os imóveis
que integrem opatrimônio da empresa ou gravá?los de ônus real.
Estão CORRETAS as afirmativas
a) III e IV apenas.
b) I e IV apenas.
c) I e II apenas.
d) II e III apenas.
Questão: 83769 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: MPE-PE Cargo: Promotor de Justiça
66- A artista ?X?, que se apresenta totalmente nua frequentementeem casas noturnas, constatou que seus
vizinhossorrateiramente a espionavam, fotografavam e filmavamdespida, no interior de sua residência, divulgando o
materialem redes sociais. Nesse caso ela
a) poderá requerer judicialmente indenização por danos materiais e morais, mas não poderá formular pretensão em Juízo
para impedir ou fazer cessar esses atos praticados pelos vizinhos.
b) poderá requerer ao Juiz competente providências para impedir e fazer cessar esses atos.
c) nada poderá pleitear judicialmente para coibir esses atos em virtude das atividades profissionais que exerce.
d) não poderá requerer providências para impedir esses atos, entretanto terá direito a um pagamento pela divulgação nas
redes sociais, cujo valor será arbitrado pelo Juiz.
e) só poderá impedir esses atos quando deixar de exercer atividades artísticas em que se apresente nua.
Página 14/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 84025 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: MPE-PA Cargo: Promotor de Justiça
67- Gilberto Costa, mais conhecido pelo pseudônimo Jacinto Perez, faleceu deixando apenas sobrinhos. Depois de seu
falecimento, passou a ser injustamente difamado em redes sociais. As ofensas mencionavam ora Gilberto Costa ora Jacinto
Perez. Os sobrinhos
a) poderão requerer que cessem as ofensas ao falecido tio, desde que tenhamse dirigido a Gilberto Costa, apenas, mas não
reclamar perdas e danos.
b) nada poderão fazer, pois apenas os parentes em linha reta e os colaterais até o terceiro grau podem ajuizar ação para
resguardar os direitos da personalidade de pessoa falecida.
c) nada poderão fazer, tendo em vista que a personalidade cessa com a morte.
d) poderão requerer que cessem as ofensas ao falecido tio, não importando se dirigidas a Gilberto Costa ou a Jacinto Perez,
além de reclamar perdas e danos.
e) poderão requerer que cessem as ofensas ao falecido tio, não importando se dirigidas a Gilberto Costa ou a Jacinto Perez,
mas não reclamar perdas e danos.
Questão: 84281 Ano: 2014 Banca: IBFC Instituição: TJ-PR Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Remoção
68- Assinale a alternativa correta:
a) A existência de testamento, mesmo que todos os herdeiros sejam maiores e capazes, impede a realização de inventário
extrajudicial.
b) O direito brasileiro proíbe o testamento recíproco, mas permite o testamento correspectivo.
c) O codicilo pode ser realizado mediante escritura pública ou escrito particular; neste último caso deverá ser subscrito por
duas testemunhas.
d) Não é válida nomeação de herdeiro sob condição.
Questão: 83770 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TJ-SE Cargo: Analista Judiciário - Direito
69- Ocorre simulação quando há divergência intencional entre adeclaração da vontade com o ordenamento jurídico, com
afinalidade de causar prejuízo a terceiros.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84026 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PE Cargo: Auditor Fiscal do Tesouro Estadual - Conhecimentos Gerais
70- Em relação à transmissão de créditos, é correto afirmar:
a) O devedor não pode opor ao cessionário exceções de ordem pessoal, haja vista a transmissão obrigacional ocorrida.
b) Ocorrendo várias cessões do mesmo crédito, prevalece a que tenha sido realizada em primeiro lugar.
c) Como regra geral, o cedente responde pela solvência do devedor.
d) A cessão do crédito tem eficácia imediata em relação ao devedor, independentemente de notificação, mas não a cessão de
débito.
e) Salvo disposição em contrário, na cessão de um crédito abrangem-se todos os seus acessórios.
Questão: 84282 Ano: 2014 Banca: IBFC Instituição: TJ-PR Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
71- Acerca das preferências e privilégios, assinale a incorreta:
a) O crédito real prefere ao pessoal de qualquer espécie.
b) O crédito pessoal privilegiado prefere ao simples.
c) O crédito privilegiado especial prefere ao geral.
d) O privilégio especial compreende todos os bens sujeitos ao pagamento do crédito que lhe favorece, e o geral compreende
todos os bens não sujeitos a crédito real nem a privilégio especial.
Página 15/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 83771 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TJ-SE Cargo: Analista Judiciário - Direito
72- Sem que haja manifestação de vontade por parte doscontratantes, o negócio jurídico contratual é consideradoexistente,
mas perde sua validade.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84027 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: MPE-PE Cargo: Promotor de Justiça
73- Publicada uma lei considerada de ordem pública, se, duranteo período de sua vacatio, realizar?se negócio jurídicoque por
ela foi proibido, ele será
a) inexistente, por contrariar a ordem pública.
b) anulável, por configurar dolo bilateral.
c) nulo, por fraudar lei imperativa.
d) válido, porque a lei nova ainda não está em vigor.
e) ineficaz, por caracterizar abuso do direito.
Questão: 84283 Ano: 2014 Banca: Quadrix Instituição: CREF - 11ª Região (MS-MT) Cargo: Agente de Orientação e Fiscalização
74- Os bens são aqueles elementos que podem ser transformados em dinheiro e que possuam algum valor econômico, ou
seja, é tudo que possa ser suscetível deavaliação econômica e possa satisfazer as necessidades humanas.
Assinale a alternativa que apresenta o tipo de bem expresso na figura.
a) Bens culturais.
b) Bens tangíveis.
c) Bens imóveis.
d) Bens móveis.
e) Bens intangíveis.
Questão: 83772 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TJ-DF Cargo: Juiz
75- Assinale a opção correta de acordo com o entendimento predominante no TJDFT acerca de obrigações solidárias,
contratos bancários e títulos de crédito.
a) O credor pode renunciar à solidariedade em favor de um, de alguns ou de todos os devedores; nesse caso, se houver
rateio, entre os codevedores, da parte que, na obrigação, incumba a algum devedor insolvente, os exonerados da
solidariedade pelo credor ficam de fora do rateio.
b) A solidariedade decorrente do contrato de abertura de conta conjunta é ativa e passiva, visto que cada titular está
autorizado a movimentar livremente a conta.
c) A emissão de cheque sem suficiente provisão de fundos por um dos titulares de conta-corrente legitima a inscrição do
nome de todos os cotitulares da conta nos cadastros de proteção ao crédito.
d) Os cotitulares não são devedores passivos solidários perante o portador do cheque sem suficiente provisão de fundos, pois
a dívida se vincula à cártula, e não ao contrato bancário firmado com a instituição financeira.
e) Há solidariedade presumida, caso, na mesma obrigação, concorra mais de um credor, com direito à dívida toda, ou mais
de um devedor, obrigado à dívida toda.
Página 16/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 84028 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: DPE-PB Cargo: Defensor Público
76- Cláudio firmou com seu filho Lucas contrato de doação por meio do qual lhe transferiria a propriedade de imóvel no dia de
seu trigésimo aniversário. Em caso de conflito de leis no tempo, considerar-se-á que Lucas possui
a) expectativa de direito, pois o direito somente se adquire com o implemento da condição suspensiva.
b) direito adquirido, por se tratar de direito a termo.
c) direito adquirido, por se tratar de direito sob condição suspensiva.
d) expectativa de direito, pois o direito somente se adquire com o advento do termo.
e) direito adquirido, por se tratar de direito sob condição resolutiva.
Questão: 84284 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área VI
77- Os bens móveis são divididos em três categorias: móveis por natureza, móveis por antecipação e móveis por
determinação legal, sendo exemplo desses últimos as energias que tenham valor econômico, tais como a elétrica e a nuclear,
e os direitos reais sobre objetos móveis.
a) Certo
b) Errado
Questão: 83773 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TJ-DF Cargo: Juiz
78- De acordo com o entendimento jurisprudencial predominante no STJ relativamente ao direito das obrigações e ao direito
de família, assinale a opção correta.
a) O reconhecimento judicial da exoneração do pagamento de pensão alimentícia opera efeitos retroativos, obstando a
execução das parcelas já vencidas e cobradas sob o rito do art. 733 do CPC.
b) O reconhecimento de fraude contra credores em ação pauliana, após a constatação da existência de sucessivas
alienações fraudulentas na cadeia dominial de imóvel que originariamente pertencia ao acervo patrimonial do devedor, torna
ineficaz o negócio jurídico por meio do qual o último proprietário adquiriu, de boa-fé e a título oneroso, o referido bem,
porquanto o vício de origem também se transmite sucessivamente.
c) No regime da comunhão parcial de bens, o valor recebido por um dos cônjuges a título de doação, na constância do
casamento, não integra a meação, desde que haja cláusula de incomunicabilidade.
d) Ao fixar os alimentos provisórios, o julgador, diante do pedido formulado pelo alimentando, não se volta, a princípio, para a
capacidade do alimentante, mas procura encontrar o ideal dos alimentos ad necessitate, em face da análise dos elementos de
que dispõe e do que vislumbra compor as necessidades do alimentando. Nesse caso, não há perquirição sobre a possibilidade
de o alimentante pagarvalor maior se a necessidade do alimentando foi plenamente satisfeita.
e) Para que o evicto possa exercer os direitos resultantes da evicção, na hipótese em que a perda da coisa adquirida tenha
sido determinada por decisão judicial, é necessário o trânsito em julgado da referida decisão.
Questão: 84029 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: DPE-PB Cargo: Defensor Público
79- Durante partida de futebol, Filipe envolveu-se em uma briga e passou, abruptamente, a desferir pontapés emtodos a seu
redor, atingindo inclusive o árbitro, Mário, que tentava separar a contenda. Muito ferido, Mário ajuizouação de indenização
contra Filipe. Por sua vez, este fez prova de que não teve a intenção de acertar Mário. Opedido deverá ser julgado
a) procedente, pois Filipe agiu com culpa, devendo ser responsabilizado subjetivamente.
b) improcedente, pois Filipe provou não existir um dos elementos para a responsabilização civil.
c) procedente, pois Filipe agiu com culpa, devendo ser responsabilizado objetivamente.
d) procedente, pois Filipe agiu em abuso do direito, devendo ser responsabilizado objetivamente.
e) procedente, pois Filipe agiu em abuso do direito, devendo ser responsabilizado subjetivamente.
Questão: 84285 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área VI
80- Um dos pressupostos para a fungibilidade de um bem é que esse seja móvel, pois, do contrário, seria materialmente
inviável a sua substituição. Excepcionalmente, entretanto, um bem imóvel pode ser fungível.
a) Certo
b) Errado
Página 17/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 83774 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: DPE-PB Cargo: Defensor Público
81- Sob premente necessidade financeira, João vende a Luís imóvel por um terço do valor de mercado. Tal negócio é
a) nulo, pelo vício denominado coação, não podendo ser convalidado pela vontade das partes.
b) nulo, pelo vício denominado estado de perigo, não podendo ser convalidado pela vontade das partes.
c) anulável, pelo vício denominado lesão, podendo ser convalidado pela vontade das partes.
d) anulável, pelo vício denominado estado de perigo, podendo ser convalidado pela vontade das partes.
e) anulável, pelo vício denominado lesão, não podendo ser convalidado pela vontade das partes.
Questão: 84030 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: DPE-PB Cargo: Defensor Público
82- Ângela firmou contrato com Ana Lúcia obrigando-se a entregar-lhe um vestido. Antes da tradição, porém, utilizou o
vestido em uma festa e derrubou vinho sobre o tecido, causando manchas no bem. Ana Lúcia poderá
a) aceitar o vestido, ou o equivalente em dinheiro, desde que renuncie às perdas e danos.
b) postular somente o equivalente em dinheiro, desde que renuncie ao recebimento do vestido.
c) aceitar o vestido, ou o equivalente em dinheiro, além de postular perdas e danos.
d) apenas postular perdas e danos.
e) aceitar o vestido, apenas, desde que renuncie às perdas e danos.
Questão: 84286 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área VI
83- Segundo o STJ, a fiança prestada sem autorização de um dos cônjuges implica a ineficácia total da garantia, podendo,
assim, ser suscitada por qualquer um dos cônjuges a invalidade da garantia fidejussória concedida.
a) Certo
b) Errado
Questão: 83775 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: DPE-PB Cargo: Defensor Público
84- Fernanda viajava de ônibus operado pela PPC Transportes quando um caminhão invadiu a pista e abalroou oveículo. A
batida causou danos à integridade física de Fernanda e à sua bagagem. Fernanda ajuizou ação contraa PPC Transportes,
postulando compensação por danos morais, em razão dos danos físicos que experimentou,bem como indenização por danos
materiais, em razão do perecimento de sua bagagem. Tal ação deverá ser julgada
a) procedente, devendo comprovar a existência do contrato de transporte, culpa da PPC Transportes e os danos descritos na
inicial.
b) improcedente, pois a culpa exclusiva de terceiro afasta o elemento culpa.
c) improcedente, pois a culpa exclusiva de terceiro afasta o nexo de causalidade.
d) procedente, bastando prova do contrato de transporte e dos danos descritos na inicial.
e) procedente, devendo comprovar a existência do contrato de transporte e culpa da PPC Transportes, sendo presumidos os
danos descritos na inicial.
Questão: 84031 Ano: 2014 Banca: MPE-PR Instituição: MPE-PR Cargo: Promotor
85- Assinale a alternativa incorreta:
a) É nulo o casamento entre afins em linha reta, em qualquer grau;
b) É nulo o casamento no caso de erro essencial quanto à pessoa do outro cônjuge;
c) É anulável o casamento de quem não completou a idade mínima para casar;
d) É anulável o casamento do menor em idade núbil, quando não autorizado por seu representante legal;
e) É nulo o casamento do enfermo mental sem o necessário discernimento para os atos da vida civil.
Página 18/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 84287 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: MPE-PA Cargo: Promotor de Justiça
86- Já sem filhos nem cônjuge, Mário decide transmitir gratuitamente um de seus imóveis à neta Carolina, de 15 anos. A fim
de pagar menos tributos, registra o negócio como venda e compra de valor menor que o real. Passados 6 anos, Mariana,
também neta de Mário, ajuíza ação buscando desconstituir o negócio. A pretensão de Mariana
a) foi alcançada pela decadência, pois apenas os prazos de prescrição são obstados pela incapacidade absoluta.
b) não foi alcançada pela decadência, pois negócios jurídicos nulos não convalescem pelo decurso do tempo.
c) está prescrita, porque se passaram mais de quatro anos desde que Carolina se tornou relativamente incapaz.
d) está acobertada pela prescrição, pois, quando ajuizada a ação, Carolina já havia atingido a maioridade civil.
e) estaria prescrita não fosse o fato de que Carolina era absolutamente incapaz quando da celebração do negócio.
Questão: 83776 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: DPE-PB Cargo: Defensor Público
87- Romeu (locador) e Maurício (locatário) celebraram contrato de locação residencial com prazo de 30 meses,
estipulandomulta de 3 alugueres em caso de devolução antecipada do imóvel. Passados 6 meses, Maurício deixou deter
interesse na locação, pois a empresa na qual trabalha o transferiu para cidade muito distante. Maurício poderádevolver o
imóvel,
a) desde que pague o valor da multa, com abatimento proporcional ao período de cumprimento do contrato, seja o
empregador privado ou público.
b) independentemente de pagamento de multa ou de notificação, se o empregador for público, ou pagando integralmente a
multa pactuada, caso se trate de empregador privado.
c) desde que pague integralmente o valor da multa, seja o empregador privado ou público.
d) independentemente de pagamento de multa, desde que notifique Romeu da transferência com, no mínimo, 30 dias de
antecedência, não importando seja o empregador privado ou público.
e) independentemente de pagamento de multa ou de notificação, se o empregador for público, ou pagando o valor da multa,
com abatimento proporcional ao período de cumprimento do contrato, caso se trate de empregador privado.
Questão: 84032 Ano: 2014 Banca: MPE-PR Instituição: MPE-PR Cargo: Promotor
88- Não é súmula do Superior Tribunal de Justiça:
a) A hipoteca firmada entre a construtora e o agente financeiro, anterior ou posterior à celebração da promessa de compra e
venda, não tem eficácia perante os adquirentes do imóvel;14
b) O direito à adjudicação compulsória não se condiciona ao registro do compromisso de compra e venda no cartório de
imóveis;
c) Caracteriza dano moral a apresentação antecipada de cheque pré?datado;
d) O conceito de impenhorabilidade do bem de família abrange também o imóvel pertencente a pessoas solteiras, separadas
e viúvas;
e) A vaga de garagem que possui matrícula própria no registrode imóveis constitui bem de família para efeito de penhora;
Questão: 84288 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: MPE-PE Cargo: Promotor de Justiça
89- Considere as seguintes entidades sem fins lucrativos:
I. Sindicatos e associações de classe ou de representaçãode categoria profissional.
II. Pessoas jurídicas com finalidade de experimentação não lucrativa de novos modelos socioprodutivose de sistemas
alternativos de produção,comércio, emprego e crédito.
III. Organizações sociais.
IV. Pessoas jurídicas de direito privado com finalidadesde promoção de direitos estabelecidos, construçãode novos direitos e
assessoria jurídica gratuita deinteresses implementares.
V. Instituições religiosas ou voltadas para a disseminaçãode credos ou cultos.
Podem qualificar?se como Organização da Sociedade Civilde Interesse Público ? OSCIP
a) II e IV.
b) I e IV.
c) I e III.
d) III e V.
e) II e III.
Página 19/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 83777 Ano: 2014 Banca: VUNESP Instituição: PC-SP Cargo: Delegado de Polícia
90- Fabiana e Maurício, ambos com 16 (dezesseis) anos, são regularmentecasados. Os jovens, viciados em tóxicos,
tiveramseu veículo roubado enquanto consumiam substância entorpecenteem via pública. Foi instaurado inquérito policial
paraapuração dos fatos, mas não sobreveio ação penal em virtudedo roubo. No que tange à prescrição para reparação civil
deFabiana e Maurício, é correto afirmar que
a) Fabiana e Maurício, em razão da idade, são relativamente incapazes, não correndo a prescrição até que completem 18
(dezoito) anos.
b) o casamento dos jovens causou cessação de incapacidade, mas não para fins de contagem do prazo prescricional, que
passará a contar quando completarem 18 (dezoito) anos.
c) a contagem da prescrição se dará da data do fato, não havendo circunstância que cause impedimento ou suspensão da
prescrição.
d) por serem viciados em tóxicos, não corre a prescrição até que recuperem a plena capacidade, individualmente
considerados.
e) a instauração do inquérito policial suspendeu o curso do prazo prescricional, que voltou a correr após a conclusão do
procedimento.
Questão: 84033 Ano: 2014 Banca: MPE-MG Instituição: MPE-MG Cargo: Promotor de Justiça
91- Assinale a alternativa INCORRETA:Em relação ao Decreto-Lei nº 4.657/42 (com a redação da Lei 12.376/2010) pode-
sedizer que:
a) Estabelece regras quanto à vigência das leis.
b) Dispõe sobre a aplicação da norma jurídica no tempo e no espaço.
c) Aponta as fontes do direito privado em complemento à própria lei.
d) Integra implicitarnente o Código Civil.
Questão: 84289 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: MPE-PE Cargo: Promotor de Justiça
92- Roberto e Renata, casados sob o regime da comunhãouniversal de bens faleceram, em acidente aéreo, sem que
sepudesse estabelecer quem morreu primeiro, e não deixaramtestamento. Não tinham descendentes nem ascendentes,mas
Roberto deixou um tio paterno (José) e um sobrinho(João), filho de uma irmã pré?morta. Renata deixou um irmão(Joaquim) e
dois sobrinhos (Romeu e Beatriz), filhos de outroirmão pré?morto. Nesse caso, a herança de
a) Roberto será atribuída integralmente a João e a herança de Renata será partilhada à razão de 50% para Joaquim, 25%
para Romeu e 25% para Beatriz.
b) Roberto e a herança de Renata serão partilhadas em proporções iguais entre José, João, Joaquim, Romeu e Beatriz.
c) Roberto será atribuída integralmente a José e a herança de Renata será partilhada à razão de 50% para Joaquim, 25%
para Romeu e 25% para Beatriz.
d) Roberto será partilhada igualmente entre João e José e a herança de Renata será partilhada em 1/3 para Joaquim, 1/3
para Romeu e 1/3 para Beatriz.
e) Roberto será partilhada igualmente entre João e José e a herança de Renata será partilhada em 50% para Joaquim, 25%
para Romeu e 25% para Beatriz.
Questão: 83778 Ano: 2014 Banca: VUNESP Instituição: PC-SP Cargo: Delegado de Polícia
93- No que tange ao instituto da posse e ao direito real de propriedade,assinale a alternativa correta, de acordo com
asdisposições do Código Civil de 2002.
a) Os direitos do detentor equivalem aos direitos do possuidor, havendo legítima pretensão à proteção possessória.
b) Considerando que a propriedade privada é um dos princípios da ordem econômica, não se admite a sua perda em razão
do abandono, pelo proprietário.
c) Admite?se que o possuidor turbado ou esbulhado proteja sua posse por força própria, desde que a reação seja imediata e
não exceda o indispensável.
d) Em regra, o possuidor não tem pretensão de reintegração de posse quando o esbulho houver sido praticado pelo
proprietário do bem.
e) Em caso de perigo público iminente, o Poder Público pode requisitar a propriedade privada, sendo faculdade do
proprietário ceder ou não o uso às autoridades competentes.
Página 20/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 84034 Ano: 2014 Banca: MPE-MG Instituição: MPE-MG Cargo: Promotor de Justiça
94- Assinale a alternativa INCORRETA:
a) A petição de herança é ação real e o termo inicial da prescrição é a abertura da sucessão.
b) O regime de bens pode ser modificado mediante pedido fundamentado de ambos os cônjuges mediante autorização
judicial que acolha a procedência das razões invocadas, ressalvados os direitos de terceiros.
c) Os atos emulativos praticados pelo proprietário caracterizam os direitos de usar (ius utendi), gozar (jus fruendi) e dispor (ius
abutendi), salvo quando ofensivos à função socioambiental da propriedade.
d) A incapacidade superveniente do testador não invalida o testamento.
Questão: 84290 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: MPE-PE Cargo: Promotor de Justiça
95- A respeito do registro civil, é correto afirmar:
a) Os oficiais do registro civil não registrarão prenomes suscetíveis de expor ao ridículo seus portadores, salvo autorização do
Ministério Público, dada a colidência de interesses dos pais com os do filho menor.
b) Somente o pai ou a mãe podem fazer a declaração de nascimento, para fins de registro civil.
c) O nascimento que ocorrer no território nacional só poderá ser dado a registro no lugar em que tiver ocorrido o parto.
d) No caso de a criança morrer na ocasião do parto, mesmo que tenha respirado, não se fará o assento de nascimento, mas
apenas o de óbito, com os elementos que couberem.
e) Não serão cobrados emolumentos pelo registro civil de nascimento e pelo assento de óbito, bem como pela primeira
certidão respectiva.
Questão: 83779 Ano: 2014 Banca: IESES Instituição: TJ-MS Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
96- Sobre os regimes de bens no Brasil pode-se afirmar:
a) O regime legal/supletivo para o casamento e para a união estável ? comunhão parcial de bens ? aplica-se na ausência ou
obscuridade do pacto antenupcial ou do contrato de convivência.
b) Aplica-se o regime obrigatório ? separação de bens ? aos maiores de 60 (sessent(A) anos, aos que casarem em
inobservância às causas suspensivas ou que precisarem de autorização judicial para o casamento.
c) O regime de bens no casamento vigora a partir da confecção da escritura pública de pacto antenupcial, podendo ser
alterado por nova escritura pública, desde que requerida a modificação por ambos os cônjuges.
d) O pacto antenupcial que estabelecer o regime da participação final nos aquestos não poderá dispor acerca da necessidade
ou não de outorga conjugal para a prática de atos que importem alienação de bens imóveis, matéria afeta exclusivamente ao
regramento legal.
Questão: 84035 Ano: 2014 Banca: MPE-MG Instituição: MPE-MG Cargo: Promotor de Justiça
97- Assinale a alternativa CORRETA:
a) A fundação pode, excepcionalmente, ter fins econômicos desde que instituída por escritura pública ou testamento.
b) O domicílio da pessoa natural que não tenha residência habitual é o lugar onde for encontrada.
c) O sobrinho, com fundamento no parentesco consanguineo, pode exigir alimentos do tio, que serão fixados parao
atendimento apenas das necessidades essenciais.
d) É absoluta a presunção que supre a prova objetivada com a perícia médica recusada.
Questão: 84291 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: DPE-PB Cargo: Defensor Público
98- Aos 15 anos de idade, Mateus adquiriu pacote turístico para Porto de Galinhas, declarando-se maior no ato da aquisição.
Vendo-se impossibilitado de realizar o pagamento, ajuizou ação desconstitutiva, alegando incapacidade quando da celebração
do negócio. Tal pretensão
a) tem cabimento, devendo ser deduzida no prazo decadencial de 4 anos, contados da cessação da incapacidade.
b) não tem cabimento, pois não se exime da obrigação aquele que, no ato de obrigar-se, declara-se maior.
c) tem cabimento, devendo ser deduzida no prazo decadencial de 4 anos, contado da celebração do negócio.
d) não tem cabimento, pois a execução voluntária do negócio põe fim às ações de que dispõe o devedor.
e) tem cabimento, não se sujeitando a prazo decadencial.
Página 21/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 83780 Ano: 2014 Banca: IESES Instituição: TJ-MS Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
99- No regime da comunhão parcial de bens não entram para o acervo comum do casal:
I. Os bens recebidos em doação ou herdados por um só dos cônjuges.
II. Os bens adquiridos onerosamente na constância do casamento em nome de um só dos cônjuges.
III. Os bens adquiridos em sub-rogação a outros particulares ou comprovadamente adquiridos com os proventos de um só dos
cônjuges, ainda que na constância do casamento.
IV. Os frutos e rendimentos dos bens particulares, assim como as benfeitorias feitas em bens próprios de um dos cônjuges,
ainda que feitas na constância do casamento.
a) Está correta a assertiva IV.
b) Está correta a assertiva I.
c) Estão corretas as assertivas I, II e III.
d) Estão corretas as assertivas I e III.
Questão: 84036 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: PGE-BA Cargo: Procurador do Estado
100- É anulável o negócio jurídico se a lei proibir a sua prática, semcominar sanção.
a) Certo
b) Errado
Questão: 84292 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: DPE-PB Cargo: Defensor Público
101- Ronaldo doou um imóvel a Renato e resguardou para si usufruto vitalício sobre o bem. O contrato foi firmado
porescritura pública e registrado no Cartório de Registro de Imóveis. Passado algum tempo, Ronaldo resolveu ceder
oexercício do usufruto a João, a título oneroso, enquanto Renato houve por bem vender o imóvel a Daniela. Estavenda é
a) possível, continuando existente o usufruto, em nome de Ronaldo, e podendo João exercê-lo, em razão da cessão operada
a seu favor.
b) possível, embora extinga o usufruto.
c) possível, continuando existente o usufruto, em nome de João, em razão da cessão operada em seu favor.
d) impossível, pois feriria o direito de João, a quem foi cedido o exercício do usufruto.
e) possível, embora a adquirente deva respeitar os direitos de Ronaldo, que continuou no exercício do usufruto, uma vez que
não é possível a cessão onerosa de seu exercício.
Questão: 84037 Ano: 2014 Banca: UFMT Instituição: MPE-MT Cargo: Promotor de Justiça
102- Sobre os preceitos constantes no Código Civil a respeito da responsabilidade civil indireta, analise as assertivas.I -
Aquele que ressarcir o dano causado por outrem pode reaver o que houver pago daquele por quem pagou, salvo seo
causador do dano for descendente seu.II - De acordo com o artigo 933 do Código Civil, todas as modalidades de
responsabilidade indireta previstas no artigo932 do Código Civil são objetivas, não mais se analisando culpa para efeito de
responsabilidade, ainda que sob aforma de presunção.III - As pessoas consideradas responsáveis por ato de terceiro,
enumeradas no artigo 932 do Código Civil, possuemresponsabilidade subsidiária de acordo com o parágrafo único do artigo
942 do Código Civil.IV - São também responsáveis pela reparação civil o empregador ou comitente, por seus empregados,
serviçais eprepostos, no exercício do trabalho que lhes competir, ou em razão dele.V - O Código Civil consagrou a plena
responsabilidade jurídica do incapaz desde que os seus responsáveis não tenhama obrigação de indenizar ou não dispuserem
de meios suficientes para tanto, registrando-se que a indenizaçãodevida pelo incapaz, que deverá ser equitativa, não terá
lugar se privar do necessário o incapaz, ou as pessoas quedele dependam.Estão corretas as assertivas
a) I, III e IV.
b) II, IV e V.
c) I, II e V.
d) I, III e V.
e) II, III e IV.
Página 22/121
Direito Civil - xProvas.com.br
Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.
Questão: 84293 Ano: 2014 Banca: IESES Instituição: TJ-MS Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
103- Sobre o condomínio, responda as questões:
I. No condomínio voluntário, cada condômino é obrigado, na proporção de sua parte, a concorrer para as despesas de
conservação ou divisão da coisa, e a suportar os ônus a que estiver sujeita.
II. Se o condômino renunciar à sua parte ideal, poderá eximir-se do pagamento das despesas e dívidas da coisa.
III. O condômino que assume o pagamento das dívidas do condômino renunciante adquire a sua parte ideal na proporção dos
pagamentos que fizer.
Assinale a correta:
a) Todas as assertivas são verdadeiras.
b) Todas as assertivas são falsas.
c) Apenas a assertiva II é verdadeira
d) Apenas as assertivas I e II são verdadeiras.
Questão: 83782 Ano: 2014 Banca: IESES Instituição: TJ-MS Cargo: Titular de Serviços de Notas e de Registros - Provimento
104- Analise as assertivas abaixo e, de acordo com o que dispõe o Código Civil brasileiro vigente, assinale a alternativa
correta:
I. Além dos débitos de natureza fiscal e trabalhista, o adquirente do estabelecimento responde pelos demais débitos do
alienante, anteriores à transferência, regularmente contabilizados.
II. Se o empresário constituir estabelecimento secundário em lugar sujeito à jurisdição de outro Registro Público de Empresas
Mercantis deverá, obrigatoriamente, inscrevê-lo na sede deste estabelecimento secundário e, facultativamente, no Registro
Público de Empresas Mercantis do lugar da respectiva sede.
III. O contrato de trepasse do estabelecimento que não é levado para a publicação na imprensa oficial e averbação junto aos
atos constitutivos do empresário é nulo de pleno direito.
IV. Na omissão do contrato de trespasse, a transferência do estabelecimento importa a sub-rogação do adquirente em todos
os contratos celebrados pelo alienante.
a) As assertivas I e IV estão corretas.
b) Apenas a assertiva II está incorreta.
c) Apenas a assertiva I está correta.
d) Todas as assertivas estão incorretas.
Questão: 84038 Ano: 2014 Banca: TRF - 4ª REGIÃO Instituição: TRF - 4ª REGIÃO Cargo: Juiz Substituto
105- Dadas as assertivas abaixo, assinale a alternativa correta.
I. Segundo o Superior Tribunal de Justiça, nas ações de reintegração de possemotivadas por inadimplemento de
arrendamento mercantil financeiro, quando oproduto da soma do VRG (valor residual garantidor) quitado com o valor da venda
dobem for maior que o total pactuado como VRG na contratação, será direito doarrendatário receber a diferença, cabendo,
porém, se estipulado no contrato, o préviodesconto de outras despesas ou encargos contratuais.
II. Nos contratos celebrados no âmbito do Sistema Financeiro da Habitação, é vedada acapitalização de juros em qualquer
periodicidade.
III. A regra de imputação prevista no art. 354 do Código Civil de 2002 (havendo capital ejuros, o pagamento imputar?se?á
primeiro nos juros vencidos e depois no capital,salvo estipulação em contrário, ou se o credor passar a quitação por conta do
capital),que reproduz o art. 993 do Código Civil de 1916, não se aplica aos contratoscelebrados no âmbito do Sistema
Financeiro da Habitação.
IV. É incompatível com a Constituição da República Federativa do Brasil, conformeorientação do Supremo Tribunal Federal,
por ferir o princípio do devido processolegal,

Continue navegando

Outros materiais