A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
61 pág.
Sistema esquelético pós-craniano

Pré-visualização | Página 2 de 2

fusionadas no externo
Aves
Presença de um pigóstilo (osso laminar caudal)
Esterno ossificado em quilha
Aves
Vértebras acélicas, separadas por discos intervertebrais (que seriam resquícios de notocorda)
Mammalia
Coluna vertebral bem diferenciada em regiões distintas
7 vértebras cervicais (mas há excessões como a preguiça que tem de 6 à 9)
Em alguns mamíferos com tatus e cangurus, as 7 vértebras cervicais podem se fundir
15 à 20 vértebras nas regiões torácica e lombar
2-3 vértebras sacrais (embora humanos tenham 5)
Vértebras caudais variam bastante em número
Mammalia
Presença do atlas (zigapófise aumentada) e axis
Mammalia
Esterno ósseo composto por:
Manubrium, 
Sternebrium
Xiphisternum
Mammalia
Aves (membros superiores)
Esqueleto apendicular - Membros
Rádio
Ulna
Carpometacarpo
Dígitos
Aves (membros inferiores)
Esqueleto apendicular - Membros
Fêmur
Tibiotarso - Fíbula
Tarsometatarso
Dígitos
Mamíferos (quadrúpedes – membros anterior)
Esqueleto apendicular - Membros
Escápula
Úmero
Rádio
Ulna
Carpo
Metacarpo
Dígitos
Mamíferos (quadrúpedes – membros Posterior)
Esqueleto apendicular - Membros
Pelve
Fêmur
Tíbia
Fíbula
Tarso
Metatarso
Dígitos
Esqueleto apendicular
Inclui nadadeiras pares, membros pares e suas respectivas cinturas
Origem das nadadeiras – diferentes teorias
Origem dos membros dos tetrápodes
Investigar o esqueleto apendicular dos Peixes (Agnatos e Gnatostomados), e dos Tetrápodes (anfíbios, répteis, aves e mamíferos)
Detalhar os primeiros modos de locomoção
Referências
 Kardong 2011. Vertebrados: anatomia comparada, função e Evolução. 5 edição. Editora Roca.
 Hildebrand e Goslow. 2006. Análise da estrutura dos vertebrados. 2 edição. Editora Atheneu
Roteiro para estudo dirigido

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.