Slide de Materiais de Construção - Materiais de Pintura

Slide de Materiais de Construção - Materiais de Pintura


DisciplinaMateriais de Construção I5.755 materiais58.955 seguidores
Pré-visualização4 páginas
Instituto Federal do Tocantins \u2013 Campus Palmas // Engenharia Civil
TINTAS & VERNIZES
Por Daniel Karvat & Duilio Helfenstens
VISÃO GERAL
	DEFINIÇÃO
	TINTAS
	VERNIZES
	MÉTODOS DE APLICAÇÃO
	MÉTODOS DE ENSAIOS
DEFINIÇÃO
Revestimento líquido que possui a capacidade de formar películas resistentes quando aplicadas sobre superfícies com a finalidade de protegê-las de ações decompositoras e deterioradoras.
TINTAS
	GENERALIDADES
	É o material mais utilizado na proteção de superfícies;
	Embeleza as superfícies;
	As tintas são compostas por um veículo, que aglutina as partículas e forma a película de proteção, e pelos pigmentos, que irão cobrir e decorar o material.
TINTAS
	CLASSIFICAÇÃO DAS TINTAS
	Tintas a Óleo;
	Tintas Plásticas Emulsionáveis;
	Tintas para Caiação;
	Tintas Especiais.
TINTAS
	TINTAS A ÓLEO
	As tintas a Óleo compõem-se de veículos, solventes, secantes, pigmentos e pigmentos reforçadores e carga.
TINTAS
	TINTAS A ÓLEO
	Componentes
	VEÍCULOS: óleos secativo, produtos de óleos naturais modificados. Alguns possuem resina alquídica, outros não. As vantagens da modificação são: melhor adesividade, flexibilidade, economia e rapidez.
	SOLVENTES: Tem como suas duas propriedades principais a solvência e a volatilidade. Esta auxilia o processo de secagem, aquela diminui a viscosidade do veículo e assim facilita a aplicação do material. (Ex.: aguarrás)
	SECANTES: Podem ser sabões, resinatos ou naftenatos. Atuam como catalisadores de absorção química do oxigênio, então, promovem o processo de secagem. Sua concentração no conjunto é bem pequena, cerca de 0,05 a 0,2 %.
TINTAS
	TINTAS A ÓLEO
	Componentes
	PIGMENTOS: Pequenas partículas cristalinas que não são solúveis nos demais componentes da tinta e têm por finalidade principal dar cor e opacidade à película útil. Sua origem pode ser orgânica ou inorgânica. Dentre as suas propriedades, estão: cor, poder de cobertura, absorção de óleo e característicos de escoamento.
	PIGMENTOS REFORÇADORES E CARGA: São materiais utilizados para melhorar o desempenho da tinta. Podem participar preenchendo os vazios, melhorando o arranjo das partículas no interior da mistura e promovendo a trabalhabilidade da tinta. (Ex.: Talco e argila)
TINTAS
	TINTAS A ÓLEO
	O controle de sua composição é importante, algumas orientações são dadas:
	Sua mistura deve apresentar uma viscosidade elevada quando estocada, pois esse tratamento evita a sedimentação dos pigmentos;
	No momento de aplicação devem ser diluídas com o solvente;
	O excesso de material secante resulta em películas duras e quebradiças;
	Quanto aos pigmentos:
	A medida que o tamanho do pigmento é diminuído, aumenta-se a palidez e o brilho da película.
	A medida que a quantidade de pigmentos é incrementada, também aumenta-se a dureza da película e se reduz a sua flexibilidade.
	Pigmentos à base de carbonatos devem ser evitados em tintas para locais ácidos.
	O uso de pigmentos com cromatos favorece a proteção contra corrosão. Já os pigmentos com cloretos prejudicam o desempenho da tinta nesse mesmo aspecto.
	A prevenção da pulverização da tinta pode ser feita utilizando-se pigmentos que absorvam as radiações ultravioleta.
TINTAS
	TINTAS TIXOTRÓPICAS
	As tintas tixotrópicas são tintas a óleo com adição de resinas, sabões, ou de pequenas quantidades de água que lhe conferem a propriedade de tixotropia;
	Essa propriedade torna a tinta fluida quando pressionada (por um pincel, por exemplo) e pouco tempo depois ela gelifica mediante seu repouso;
	As vantagens em se utilizar uma tinta com essa característica são a de garantir uma película menos propensa a formação de bolhas e manchas.
TINTAS
	TINTAS PLÁSTICAS EMULSIONÁVEIS
	Emulsões são sistemas de dois líquidos não misturáveis entre si, um dos quais está disperso no outro na forma de pequenas gotas. Portanto, Tintas Plásticas Emulsionáveis são aquelas em que uma resina não solúvel em água ou uma solução de tais resinas em solventes é convertida em uma emulsão na qual a água é a fase de dispersão ou fase contínua. São destinadas a superfícies de alvenaria (interior ou exterior), sendo facilmente aplicáveis, sem odor e não inflamável. Existem tintas látex PVA e tintas látex acrílicas. A principal diferença entre elas é a resina utilizada.
TINTAS
	TINTAS PLÁSTICAS EMULSIONÁVEIS
		TINTA LÁTEX PVA: Com um excelente custo-benefício, essa tinta é excelente para quem não tem experiência com pintura. Ela tem uma secagem rápida, cheiro não muito forte e é consideravelmente fácil de realizar o seu acabamento. Mas todos esses benefícios trazem um ônus: sua durabilidade é consideravelmente inferior à de outros tipos de tinta, sendo recomendada basicamente para paredes internas.
	TINTA LÁTEX ACRÍLICA: Essa é a tinta mais indicada para paredes externas, pois sua durabilidade é muito maior e é lavável. Seu custo é superior ao da tinta PVA, porém, sua resistência aos efeitos do tempo, a manchas e a descascamento justificam o investimento. Para aplicá-la é indicada certa experiência em pinturas.
	TINTA LÁTEX TEXTURIZADA: Este tipo de tinta destina-se à aplicações onde se deseja disfarçar imperfeições em superfícies devido à sua elevada consistência e poder de enchimento. Elas também proporcionam diferentes aspectos decorativos à superfície aplicacada. O tipo de relevo está condicionado à quantidade de água presente na mistura; quanto menor a diluição maior o relevo obtido. Conforme o tipo de acabamento desejado, estão disponíveis no mercado como textura lisa ou rústica (graffiato). 
TINTAS
	TINTAS PLÁSTICAS EMULSIONÁVEIS
	Componentes
	LATEX: Se um monômetro adequado é polimerizado em emulsão, o produto imediato é um látex, bastante similar ao látex de borracha natural.
	PLASTIFICANTE: Modifica a dureza e a flexibilidade da resina da maneira usual.
	COLOIDES PROTETORES: Agem de maneira a melhorar a estabilidade da emulsão.
	ANTIESPUMA: Visa reduzir a formação de espumas durante a aplicação a pincel ou rolo.
	PIGMENTOS: Além de suas funções usuais de fornecer cor e poder de cobertura, devem ser cuidadosamente escolhidos para ocasionar o mínimo efeito de coagulação na emulsão.
	CARGAS: Nas tintas plásticas, elas podem prevenir a sedimentação dos pigmentos ou melhorar a resistência à agua da película.
	AGENTES SEQUESTRANTES: Reduzem o efeito de coagulação dos íons produzidos pelos pigmentos.
	AGENTE EMULSIONANTE: Melhora a estabilidade da emulsão, podendo também ajudar a dispersão dos pigmentos, aumentando, assim, o poder de cobertura na película final, quer pela distribuição mais homogênea da carga e do pigmento em toda a extensão da superfície, quer pela configuração relativa de umas partículas em relação às outras.
TINTAS
			TINTA LÁTEX TEXTURIZADA - EXEMPLOS
acabamento liso
acabamento rústico
acabamento liso
acabamento liso
acabamento liso
acabamento liso
acabamento rústico
TINTAS
	TINTAS PLÁSTICAS EMULSIONÁVEIS
TINTAS
	TINTAS PARA CAIÇÃO
	As tintas para caiação compõem-se de cal extinta e água;
	O material, por si só, confere uma superfície muito branca e brilhosa, caso queira-se um superfície colorida o uso de pigmentos ou corantes resistentes ou estáveis face à cal é indicado;
	É um material econômico e pode ser encontrado com facilidade no comércio;
	A película pode ter sua aderência e durabilidade melhorada utilizando-se cola de casaína, de peixe, de carpinteiro etc.
TINTAS
	TINTAS PARA CAIÇÃO
	Cuidados a serem tomados no uso de tintas para caiação:
	No caso da cal viva, a extinção deve ser feita moderada e cuidadosamente, para evitar uma cal com plasticidade e
Lucas
Lucas fez um comentário
Você tem O trabalho no Word??
0 aprovações
Carregar mais