Buscar

AV GERENCIA DE IMPORTACAO

Prévia do material em texto

Avaliação: GST0619_AV_201507309945 » GERÊNCIA DE IMPORTAÇÃO
	Tipo de Avaliação: AV
	Aluno: 201507309945 - GISLLEINE KELLY MARTINS
	Professor:
	SILVIO MONTES PEREIRA DIAS
	Turma: 9001/AA
	Nota da Prova: 7,5    Nota de Partic.: 1   Av. Parcial 2  Data: 23/03/2016 15:05:18
	
	 1a Questão (Ref.: 201507480071)
	Pontos: 1,0  / 1,5
	O QUE RECINTOS ALFANDEGADOS
		
	
Resposta: São os pátios, armazéns, terminais e outros locais destinados a movimentação e ao depósito de mercadorias importados ou destinados à exportação.
	
Gabarito: São aqueles assim declarados por autoridade aduaneira competente onde poderão ocorrer, sob controle aduaneiro, movimentação, armazenagem e despacho aduaneiro de mercadorias procedentes do exterior, ou a ele destinadas, bagagem de viajantes e remessas postais internacionais.
	
Fundamentação do(a) Professor(a): São aqueles assim declarados por autoridade aduaneira competente onde poderão ocorrer, sob controle aduaneiro, movimentação, armazenagem e despacho aduaneiro de mercadorias procedentes do exterior, ou a ele destinadas, bagagem de viajantes e remessas postais internacionais.
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201507497662)
	Pontos: 1,5  / 1,5
	O que são Medidas de antidumping ?
		
	
Resposta: São medidas tomadas para evitar que produtos vindos do exterior entrem no país á preços muito baixos e prejudiquem a indústria nacional, ou seja: Essas medidas visam neutralizar os efeitos prejudiciais à indústria nacional causados pelas importações objeto de Dumping, isto é, a venda de produtos a um preço inferior ao do mercado.
	
Gabarito: visam à neutralização dos efeitos danosos à produção doméstica de importações de produtos subsidiados. Entende-se por subsídio a concessão de um benefício, em função das seguintes hipóteses: a) haja, no país exportador, qualquer forma de sustentação de renda ou de preços que, direta ou indiretamente, contribua para aumentar exportações ou reduzir importações de qualquer produto; ou b) haja contribuição financeira por um governo ou órgão público, no interior do território de um país.
	
Fundamentação do(a) Professor(a): visam à neutralização dos efeitos danosos à produção doméstica de importações de produtos subsidiados. Entende-se por subsídio a concessão de um benefício, em função das seguintes hipóteses: a) haja, no país exportador, qualquer forma de sustentação de renda ou de preços que, direta ou indiretamente, contribua para aumentar exportações ou reduzir importações de qualquer produto; ou b) haja contribuição financeira por um governo ou órgão público, no interior do território de um país.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201507514389)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	O comércio internacional é constituído de duas operações básicas, a importação e a exportação. Abaixo apresentamos alguns conceitos relacionados à importação. Sinalize a opção correta:
		
	 
	Entrada de mercadorias ou serviços provenientes do exterior, no Brasil, com ou sem cobertura cambial que aumenta o déficit da balança comercial brasileira
	
	Operação que envolve o ingresso de capital estrangeiro no país, ou seja, gera divisas
	
	Operação baseada na produção de bens para os quais o Brasil tenha maior disponibilidade de fatores produtivos, garantindo excedentes
	
	Entrada de mercadorias ou serviços provenientes do exterior, com ou sem cobertura cambial que aumenta o superavit da balança comercial brasileira
	
	Saída de mercadoria nacional ou nacionalizada ou serviços do território aduaneiro brasileiro
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201507388114)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Um fornecedor estrangeiro, querendo oferecer seu produto com a logística completa, apresentou uma Fatura pro Forma ao importador brasileiro com preço DDP. A questão é: é permitido importar DDP no Brasil?
		
	
	Somente é permitido importar DDP na via marítima, pois a Receita Federal fiscaliza a mercadoria no porto, antes que o exportador estrangeiro siga com a carga até a porta do importador brasileiro.
	
	Não há impedimentos de importar DDP no Brasil, até porque é mais vantajoso para o importador, uma vocês que vai receber a carga na porta, livre e desembaraçada.
	
	Sim, o Brasil adotou todas as siglas do Incoterms 2010, portanto, o Siscomex permite a prática do DDP nas compras internacionais.
	
	Somente é permitido importar DDP na via aérea e na via postal (courier), sendo que nos meios marítimos, rodoviários e ferroviários são proibidas.
	 
	Não é permitido importar DDP em qualquer meio de transporte, com exceção do courier, pois os impostos de importação na Declaração de Importação registrada no Siscomex, devem ser recolhidos pelo importador brasileiro.
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201507388148)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Numa reunião, o gerente de importação é solicitado a explicar se no Brasil existem algumas exigências para emitir o licenciamento nas compras internacionais.
		
	
	Somente para produtos de uso e consumo humano existe licenciamento não automático.
	
	Todo o licenciamento de importação é automático, para qualquer tipo de produto.
	
	Não existe nenhuma restrição, a atividade de importação é livre no Brasil.
	 
	Existe a Licença de Importação Não Automática que exige uma anuência prévia de algum órgão brasileiro, para que esta mercadoria seja embarcada para o Brasil.
	
	Existe licenciamento somente para produtos originários do Mercosul e de países onde o Brasil é assinante de acordos comerciais.
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201507395020)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	No Brasil, a definição da alíquota do Imposto de Importação, quando da incidência deste, é feita com base no(a):
		
	
	Tarifa Aduaneira Brasileira
	
	Preferência Tarifária Regional
	
	Sistema Geral de Preferências (SGP)
	 
	Tarifa Externa Comum do Mercosul
	
	Sistema Geral de Preferências Globais (SGPG)
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201507480092)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Quais as modalidades de credenciamento no Radar?
		
	
	Comercial, Jurídica e Física.
	
	Simples, Pequena Porte e Médio Porte
	
	Federal, Estadual e Municipal
	 
	Ordinária, Simplificada, Especial e Restrita.
	
	Especial, Cadastral e Anormal
	
	
	 8a Questão (Ref.: 201507388752)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Durante a elaboração de uma planilha de custos de importação, o Gerente de Importação percebeu que devem ser recolhidos os valores referentes ao AFRMM. Todos os produtos são alcançados por esta taxa?
		
	
	O AFRMM não é uma taxa e sim um imposto, assim, deve fazer parte dos cálculos tributários inseridos na D.I. e recolhidos no processo do desembaraço aduaneiro de importação.
	 
	O AFRMM somente é recolhido durante o despacho de importação, nos casos de mercadorias importadas que foram transportadas por vias aquaviárias.
	
	Qualquer mercadoria importada deve recolher esta taxa, isenta somente nos casos do Mercosul.
	
	O AFRMM não incide nas importações brasileiras, essa taxa é aplicada somente na exportação.
	
	Sim, independentemente do meio do transporte, a taxa do AFRMM deve ser recolhido na importação brasileira.
	
	
	 9a Questão (Ref.: 201507497643)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	O Despacho Aduaneiro de Importação se inicia:
		
	
	No embarque da mercadoria ainda no país de Origem
	
	Após o Canal de Parametrização
	
	Após o embarque da mercadoria no Navio transportador
	 
	No Registro da Declaração de Importação no Siscomex
	
	Após a liberação da mercadoria na alfândega do país de destino.
	
	
	 10a Questão (Ref.: 201507497656)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	A multa pela importação de mercadoria sem licença de importação ou documento de efeito equivalente, é de:
		
	
	Quarenta por cento sobre o valor aduaneiro
	
	Vinte por cento sobre o valoraduaneiro
	
	Trinta por cento sobre o valor FOB
	 
	Trinta por cento sobre o valor aduaneiro
	
	Trinta por cento sobre o valor CFR

Outros materiais

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Perguntas Recentes