Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
232 pág.
APOSTILa Completa Articulação

Pré-visualização | Página 1 de 30

A
	É
	E
	I
	O
	Ó
	U
	 M
O
N
O
	
	
	
	
	
	
	
	D
I
S
-
	copa
tapa
sopa
ripa
roupa
	chapéu
papel
sapé
rapé
tripé
	jipe
ipê
zipper
romper
gripe
	lápis
pipi
capim
capim
cupim
	após
cipó
	copo
corpo
campo
sapo
grampo
	copo
corpo
campo
sapo
grampo
	T
R
I
-
	Espada
Empada
Lâmpada
Sapato
Separar
	Capela
Império
Lapela
Topete
esperto
	Áspero
Capeta
Copeira
Repouso
chupeta
	Apito
Suspiro
Espiga
Espinho
Rápido
	Capota
Compota
Empório
Repórter
sapólio
	Composto
Raposa
Repouso
Repolho
camponês
	Expulso
Empunhar
Amputar
Popular
computar
	
P
O
L
I
-
	
Espanador
Capacete
Carrapato
Espantalho
rapadura
	
	
Serpentina
Envelope
Imperador
Operado
apelido
	
Opinião
Aspirador
Espingarda
Empilhado
entupido
	
	
Composição
Espontâneo
Reportagem
Importante
temporada
	
Espoleta
Computador
Apunhalar
Corpúsculo
Repulsivo
/P/ – Posição Não Inicial
/P/ - POSIÇÃO INICIAL
	
	 
CV { S }
	
CV {R }
	
CV {N }
	C V S 
	
	
	
	
	ORAL
	NASAL
	 M
O
N
O
_
	Pus
Pos
paz
	Por
Par
per
	
	Pai
Pois
pau
	Pão
põe
	D
I
S
-
	Pasta
Poste
Peste
Pista
Pesca
	Parte
Perto
Porte
Porco
perna
	Pente
Pinga
Ponta
Ponte
ponto
	Peito
Palma
Pauta
Palco
paio
	Papão
Tapão
Tampão
Galpão
Roupão
	 T
R
I
-
	Resposta
Posposto
Aposta
Imposto
Pescado
	Repórter
Púrpura
Português
Partida
perdida
	Pontual
Panqueca
Pintura
Apontar
Espinho
	Palmito
Copeira
Repouso
Palpite
Roupeiro
	Alçapão
	
P
O
L
I
-
	Apóstolo
Impostação
Corpúsculo
Apostador
	Reportagem
Importante
Importação
Exportação
Portaria
	Pensamento
Penteado
Empanturrar
Apunhalar
Pentecostes
	Palpitação
Apoiada
Apalpava
	Papãozinho
�
FONEMA /P/ - Orações
01.A perna do pássaro é pequena
02.O pianista foi pegar pizza de pijama
03.Papai comprou um paletó preto
04.A pulga picou a perna do papai
05.O peru pensou que fosse para a panela
06.O palhaço Pimpão papou a empada de palmito
07.Parece que Pedro penteou o pelo de pônei com pente
08.O papel de parede é parecido com plástico.
09.A pena do periquito partiu pelo meio
10.A princesa abriu a porta para pegar o pavão
11.Pedro pôs o papel na pasta .
12.A espada espetou a perna do padre.
13.O pastor pintou a parede do prédio de preto
14.O Paulinho empacotou o presente com papel
15.O palhaço pulou no picadeiro
16.O Pedrinho partiu a ripa, em pedaços, com o pé.
17.A pedra despencou da ponta da piscina.
18.A pipoca explodiu na panela.
19.Palmira estava pálida porque pegou um gripe.
20.A pianista perdeu a peruca quando entrou no palco
21.O padre limpou os tapetes da capela. 
/P/ - Músicas
( Mamãe eu quero)
Papai eu posso ? Papai eu posso ?
Papai eu posso pintar ?
Pegue o pincel, pegue o pincel
Pois na parede eu pretendo passar
Pedrinho, pequeno, pegue um papelão
Porque na parede não podes passar não
Pinte uma porta, um pato ou um pavão.
Mas não pinte fora de seu papelão
Ou
Mas só pinte no seu pequeno cartão.
Papai eu posso ? Papai eu posso ?
Papai eu posso empinar ?
O papagaio, o papagaio
Pois aquele prédio eu preciso ultrapassar.
Pedrinho peralta, não pode empinar não
Porque há um poste esperando um esbarrão
Se a pipa pegar no poste, há uma explosão
Seu pulso ou seu pé dessa não escapam não.
/P/ - ESTÓRIAS
Passeio Na Fazenda.
Paulinho foi para a fazenda.
Passou parte do dia pintando
Pegou seu pônei, o Pimpão e foi passear. Viu a pata com seus patinhos, porco espinho, os pintinhos, os passarinhos. Viu também o peru com aquelas penas enormes.
Depois foi pescar e pegou um sapo em vez de pegar um peixe, escorregou nas pedras e raspou a perna.
Mesmo assim, Paulinho gostou muito do passeio, pois, depois pescou um peixe grande e pesado e se divertiu bastante.
Um Parque Especial.
Perto da capela do Padre Paulo, depois da ponte, existe um parque, onde de tempos, Pedrinho passeia com seu pônei que é esperto e rápido.
O parque é pequeno. Porém tem um punhado de pessoas que passam seu tempo ali.
Algumas pintando, procuram transportar para o papel, com seus pincéis, as plantas do campo, aponte ou as peras e pêssegos do pomar. Logo após os pintores, há poetas apresentando suas peças, há palhaços com apitos petecas dando pulos e piruetas. Há ainda perto da piscina, uma palhoça onde um pianista toca óperas populares. Enfim, ali percebé-se toda espécie de pessoa: políticos, repórteres, policiais, vendedores de pipoca, picolé, pirulito, pastel e até panquecas. Este é por certo um parque especial. Por isso, Pedrinho quando pode, pensa sempre em passar pelo parque, nas temporadas. 
�
	
	 A
	É
	E
	I
	O
	Ó
	U
	 M
O
N
O
	ba
	bé
	Be
	Bi
	bó
	bô
	Bu
	D
I
S
-
	Batom
Bala
Balão
Barro
Barril
Baú
Barra
base
	Base
Beto
Belo
Bege
beca
	Bebê
Beco
Belém
bedel
	Bico
Bicho
Bife
Bilhar
Bica
	Bola
Bota
Bode
Bossa
bofe
	Boca
Bolo
Boné
Botão
Bolha
Boto
bobo
	Burro
Bule
Bula
Buquê
Buda
Bugre
bucha
	T
R
I
-
	Barriga
Batata
Barata
Baleia
Balanço
Banana
barulho
	bélico
	Beleza
Bezerro
Beliche
Bebido
Beliscão
Berrante
beato
	Bigode
Biquíni
Bilhete
Bicada
Bigorna
bimestre
	bólido
	Boneca
Borracha
Bolacha
Bonito
Botequim
Boliche
bocejo
	Búfalo
Buraco
Bússola
Buzina
butique
	
P
O
L
I
-
	Bagatela
Bananada
Batizado
Bagunceiro
balanceio
	
	Berinjela
Beterraba
Benedito
Benefício
beduíno
	Bicicleta
Binóculo
Bijuteria
biblioteca
	botafogo
	
	
/B/ – Posição Inicial
	
	 
CV { S }
	
CV {R }
	
CV {N }
	C V S 
	
	
	
	
	ORAL
	NASAL
	 M
O
N
O
_
	bis
	bar
	
	Boi
	
	D
I
S
-
	Besta
Bispo
Basta
Bosque
busto
	Barco
Barba
Tambor
Berço
Sabor
Bordo
rubor
	Banco
Bonde
Álbum
Bomba
Bambu
Banda
Kibon
bumbo
	Bolsa
Lábio
Roubo
Beijo
Balde
Balcão
Baile
bairro
	Sabão
Banho
Babão
	 T
R
I
-
	Basquete
Biscoito
Abismo
Rabisco
Robusto
bisturi
	Bordado
Coberto
Barbeiro
Bárbaro
Embarque
Alberto
bombordo
	Bandeira
Bandido
Banguela
Turbante
banquete
	Bombeiro
Baiana
Beirada
Rebelde
Bálsamo
Ribeirão
	Banheiro
	
P
O
L
I
-
	Abastecer
Sebastião
alabastro
	Borboleta
Cobertura
Barbearia
Bergamota
Liberdade
burguesia
	Ribanceira
Bandeirante
Bandoleiro
bambolear
	Subalterno
Beijoqueiro
Embaixada
Arcabouço
calabouço
	
Fonema /B/
�
FONEMA /b/ - Orações
01.A babá beija o bebê.
02.O bebê toma banho na banheira.
03.Na Bahia tem belas baianas.
04.A bolsa de Beatriz é branca.
05.O bebê brinca com a boneca.
06.Bia brinca no balanço com Betina.
07.Bernardo beliscou o braço do Beto.
08.O bebê brinca com o bate – bumbo.
09.Benedito brinca com o balde de borracha.
10.Belinha anda de bicicleta no bosque.
11.A buzina do Beto faz bastante barulho.
12.Batista foi ao barbeiro cortar a barba
13.Bolota brinca com as bolas brancas de beterraba.
14.O beija-flor bateu o bico no bambu.
15.Na bacia da Biloca tem berinjela
Página123456789...30