Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Exercícios Aula 08

Pré-visualização | Página 1 de 1

Parte superior do formulário
	
	
	
	 
		
		
	GST0901_EX_A8
	   » de 50 min.
		
	 
	Lupa
	 
	Aluno: Eu
	Matrícula: 
	Disciplina: GST0901 - CRIMINOLOGIA  
	Período Acad.: 
	
Prezado (a) Aluno(a),
Você fará agora seu EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha (3).
Após a finalização do exercício, você terá acesso ao gabarito. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.
	
	
		1.
		Ao longo da história surgiram vários discursos para legitimar a intervenção punitiva do Estado sobre os conflitos existentes na sociedade. Analisando as várias espécies de teorias que tentam justificar a aplicação da pena, marque a opção correta: 
	
	
	
	
	
	segundo a teoria da prevenção geral as penas servem para que a pessoa que é condenada não volte ela própria a cometer crimes (Para a escola clássica, a pena é um instrumento de intimidação, usado para inibir os demais membros da sociedade a praticarem crimes.)
	
	
	segundo o garantismo penal de Luigi Ferrajoli, a pena visa garantir que o condenado seja ressocializado (que a pena não possui qualquer fundamento, sendo um mero ato político de poder.)
	
	
	segundo a teoria mista a pena deve atender a todas as finalidades cabíveis, ou seja, castigar, coibir a sociedade, para que seus membros não pratiquem crimes e ressocializar o condenado (Busca conjugar todas as outras teorias.)
	
	
	segundo a teoria preventiva, as penas têm uma finalidade retributiva
	
	
	a teoria absoluta defende que a pena visa inibir a prática de crimes na sociedade, usando o condenado como exemplo (Presente na Idade Média, entende a pena como um instrumento de castigo, aplicado tão-somente para retribuir o mal causado pelo delito. Posteriormente, já no Estado burguês, a pena visava retribuir a desordem à ordem pública.)
	
	
		2.
		Influenciada pela disciplina militar, a cadeia possui uma espécie de disciplina que também serviu de modelo para fábricas, escolas e hospitais, locais em que o tempo e o corpo dos que deles participam são submetidos a um regramento quase absoluto: tempo para entrar, hora para acordar, para comer, para tomar remédio, para tomar banho de sol, para visita, para dormir. Desta forma, espelha o que:
	
	
	
	
	
	Michel Foucault chamou de instituição de sequestro
	
	
	Lombroso chamou de fato político
	
	
	está previsto na Lei de Execução Penal
	
	
	se pode entender como cifra negra
	
	
	deve ser o objeto da Criminologia
	
	
		3.
		Torturas cotidianas, agressões, humilhações: a Anistia Internacional (AI) revelou novos casos de atrocidades cometidas pelos Estados Unidos na base de Guantánamo, em Cuba, onde mantêm quase 500 presos, há quatro anos, sem levá-los a julgamento. Relata-se que soldados americanos colocaram a cabeça de detentos no vaso sanitário e apertaram a descarga, até quase afogá-los. Também há testemunhos de agressões infligidas por soldados americanos a presos que estavam doentes ou feridos, inclusive diante de médicos e enfermeiras.¿ Deste pensamento, aponte a teoria que efetivamente mostra a finalidade da aplicação da pena: 
	
	
	
	
	
	Teoria Absoluta (Presente na Idade Média, entende a pena como um instrumento de castigo)
	
	
	Teoria da Prevenção Especial(Origina-se com o Positivismo. Segundo essa teoria, a pena é dirigida ao condenado, visando a sua ressocialização, intimidação ou neutralização, quando incorrigível.)
	
	
	Teoria da Prevenção Geral(Para a escola clássica, a pena é um instrumento de intimidação, usado para inibir os demais membros da sociedade a praticarem crimes)
	
	
	Teoria Mista (Busca conjugar todas as outras teorias)
	
	
	Teoria Garantista (Visa substituir a vingança privada.)
	
	
		4.
		Origina-se com o Positivismo. Segundo essa teoria, a pena é dirigida ao condenado, visando a sua ressocialização, intimidação ou neutralização, quando incorrigível. Assinale a assertiva que contém a teoria descrita acima:
	
	
	
	
	
	Teoria preventiva geral
	
	
	Teoria retributiva
	
	
	Teoria preventiva especial
	
	
	Teoria eclética
	
	
	Teoria absoluta
	
	
		5.
		Para a escola clássica, a pena é um instrumento de intimidação, usado para inibir os demais membros da sociedade a praticarem crimes. A afirmativa acima retrata a teoria:
	
	
	
	
	
	mista
	
	
	garantista
	
	
	preventiva especial
	
	
	absoluta
	
	
	preventiva geral
	
	
		6.
		Presente na Idade Média, entende a pena como um instrumento de castigo, aplicado tão-somente para retribuir o mal causado pelo delito. Posteriormente, já no Estado burguês, a pena visava retribuir a desordem à ordem pública.
	
	
	
	
	
	Teoria Subcultural
	
	
	Teoria do Conflito.
	
	
	Teoria Garantista.
	
	
	Teoria Positivista.
	
	
	Teoria Absoluta.
	
	
	
	Legenda:   
	 
	 Questão não respondida
	 
	 
	 Questão não gravada
	 
	 
	 Questão gravada
	
Exercício inciado em 22/01/2016 20:20:27. 
	 
	
	
	
Parte inferior do formulário