A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
29 pág.
Aula 6. Morfologia da Raiz

Pré-visualização | Página 1 de 1

Morfologia da Raiz 
Raízes
 Parte do eixo do vegetal desprovido de folhas, geralmente
aclorofilado, cilíndrico, desprovido de nós, entrenós ou gemas.
 Funções
• Fixação 
• Absorção
• Condução
• Armazenamento
 As raízes crescem geralmente dentro da terra (geotropismo positivo)
entretanto, existem raízes aéreas e aquáticas.
de água e sais minerais
de reservas nutritivas
do vegetal no solo
Características 
Microscópicas
* Velame  epiderme multisseriada constituídas
de células mortas de paredes espessadas e
suberizadas.
Epiderme
* Origem Protoderme (meristema apical ou 1ário);
* Camada única, com células com cutícula fina;
* Função de absorção de água e sais minerais 
produção de pêlos absorventes (expansões das células epidérmicas).
Córtex
* Origem  Meristema Fundamental (me. apical ou 1ário);
* Região entre a epiderme e o cilindro vascular;
* Formado por células parenquimáticas com espaços intercelulares;
* Na camada interna do córtex, desenvolve-se uma endoderme e logo
abaixo da epiderme, forma-se uma exoderme.
córtex
ENDODERME
* Células com paredes espessadas com suberina  estria de Caspary;
* É impermeável a água e íons  as substâncias passam pela membrana
plasmática ou pelos plasmodesmos;
EXODERME
* Uma ou + camadas de células logo abaixo
da epiderme ou do velame;
* Pode apresentar estrias de Caspary,
mas geralmente a parede celular tem uma
camada de suberina.
Cilindro Vascular
* Origem Procâmbio (meristema apical ou 1ário);
* Formado pelo periciclo e os tecidos vasculares (X e F 1ários);
* Periciclo  1 ou + camadas de células parenquimáticas que circundam
o cilindro vascular;
* Periciclo tem função meristemática forma as raízes laterais;
RAÍZES LATERAIS
* Origem periciclo;
* Também podem ser chamadas de endógenas, o que significa “origem
interna”;
* As células do periciclo se dividem, formando protuberâncias ou primórdio
radicular, que gradualmente penetram no córtex até sair, pela epiderme.
conexão vascular com a 
raiz de origem 
Características 
Macroscópicas
Partes de uma raiz
- COLO (transição com o caule)
- ZONA DE RAMIFICAÇÃO (suberosa)
- ZONA PILÍFERA (absorção)
- ZONA LISA (crescimento, meristema)
- COIFA (proteção)
Colo
Zona de Ramificação
Partes de uma raiz
COIFA ou CALIPTRA
* Função protetora  reveste o ápice radicular, protegendo o meristema;
* Tem origem no caliptrogênio  parte do meristema apical da raiz,
formado por células parenquimáticas, que secretam mucilagens;
* Mucilagens   o atrito da raiz em crescimento contra as partículas de
solo;
* Crescimento: células +
externas são eliminadas
e novas células são
produzidas.
Partes de uma raiz
ZONA LISA ou de ALONGAMENTO
* Região desprovida de pêlos;
* Apresenta crescimento acentuado;
* Início da diferenciação celular  aparecimento de vacúolos;
surgimento da epiderme, floema e xilema (meristema 1ário).
Partes de uma raiz
ZONA PILÍFERA
* Região com pêlos absorventes  desenvolvem a partir de céls.
epidérmicas;
* Pêlos com contato com as partículas do solo   absorção de água e sais
minerais;
* Pêlos + velhos caem enquanto outros são formados na região mais
próxima do ápice  comprimento constante desta zona.
Partes de uma raiz
ZONA DE RAMIFICAÇÃO
* Região onde ocorre a queda dos pêlos absorventes;
* Gimnospermas e Eudicotiledôneas  crescimento da raiz com
deposição de suberina; formação dos tecidos secundários e origem das
raízes secundárias;
* Monocotiledôneas não há formação de tecidos secundários.
Partes de uma raiz
ZONA DO COLO ou COLETO
* Região limite entre o caule e a raiz.
Tipos Fundamentais de Sistemas Radiculares
Sistema Pivotante ou Axial
A raiz 1ária origina uma Raiz
principal, que penetra 
perpendicularmente ao solo, 
emitindo raízes secundárias, que 
tendem a ser + finas.
Eudicotiledôneas e Gimnospermas 
Sistema Fasciculado
A raiz primária tem vida curta. 
Novas raízes, de origem
adventícia, isto é, se originam do 
caule, formam-se e crescem 
rapidamente. 
Monocotiledôneas
Raízes Adventícias  origem do caule ou 
das folhas
Tipos de sistemas 
radiculares 
1) RAÍZES SUBTERRÂNEAS
a) Raízes Tuberosas – são intumescidas, especializadas como órgãos
de reserva; reservas podem ficar acumuladas na raiz principal ou nas
laterais.
nabo batata-doce
b) Raízes Aquáticas – raízes que se
desenvolvem na água.
2) RAÍZES AÉREAS
a) Raízes de Escora ou Suporte – raízes adventícias que auxiliam na
sustentação do vegetal.
b) Raízes de Aeração (Pneumatóforos) – raízes com geotropismo
negativo; fornece oxigênio às partes submersas.
c) Raízes Tabulares – raízes que ampliam a base da planta, dando maior
estabilidade.
d) Raízes Grampiformes – raízes 
adventícias com forma de grampo , 
que fixam a planta trepadora. 
e) Raízes Sugadoras ou Haustórios - em plantas parasitas, os
haustórios penetram no caule da hospedeira, para tirar sua nutrição.
erva-de-passarinho
cipó-chumbo