A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
SIMULADO ORÇAMENTO PUBLICO

Pré-visualização | Página 1 de 1

Para que o orçamento público atinja o objetivo de controlar a atividade econômica do Estado, este deve conter todas as receitas e despesas. Esta afirmativa está relacionada ao princípio orçamentário da:
R- universalidade
Enfatizar o objetivo do gasto e não se preocupar com a categoria econômica da despesa, demonstra que se trata de um orçamento:
R- orçamento-programa
No que concerne à Lei Orçamentária Anual, analise: I. Conterá reserva de contingência, cuja forma de utilização e montante, definidos com base na receita corrente líquida, serão estabelecidos na Lei de Diretrizes Orçamentárias. II. Compreenderá o orçamento de investimento das empresas em que a União, direta ou indiretamente, detenha a maioria do capital social com direito a voto. III. Estabelecerá a política de aplicação das agências financeiras oficiais de fomento. IV. Incluirá as despesas relativas às fundações instituídas e mantidas pelo poder público. É verdadeiro anuir que:
R- estão corretas as assertivas I, II e IV.
Com relação ao orçamento público no Brasil, é correto afirmar que:
R- o Congresso Nacional pode efetuar reestimativa da receita para aumentar o valor da proposta encaminhada pelo Poder Executivo, desde que resulte de erro ou omissão de ordem técnica ou legal;
Qual o instrumento de planejamento de médio prazo que estabelece, de forma regionalizada, as diretrizes, os objetivos e as metas da Administração Pública para as despesas de capital e outras delas decorrentes, e para as relativas aos programas de duração continuada. Retrata em visão macro, as intenções do gestor público para um período de quatro anos, podendo ser revisado a cada ano?
R- PPA
O instrumento de planejamento de médio prazo que estabelece, de forma regionalizada, as diretrizes, os objetivos e as metas da Administração Pública para as despesas de capital e outras delas decorrentes e para as relativas aos programas de duração continuada é conhecido como:
R- PPA
Em Orçamento Público, o resultado que corresponde à diferença entre as receitas arrecadadas e as despesas empenhadas, não considerando o pagamento do principal e dos juros da dívida, tampouco as receitas financeiras, é chamado de resultado:
R- Primário
Qual dos seguintes itens não deve estar contido na LDO?
R- Demonstração da evolução da dívida consolidada nos últimos três anos
O Instrumento de programação para alcançar o objetivo de um programa, envolvendo um conjunto de operações, limitadas no tempo, das quais resulta um produto que concerne para a expansão ou aperfeiçoamento da ação de governo é conhecido como:
R- projeto
Escolha a opção que contenha as fases do ciclo orçamentário em sua ordem correta.
R- Elaboração, aprovação, execução, avaliação.
O princípio orçamentário da exclusividade significa que:
R- somente matéria de natureza financeira pode ser incluída na lei orçamentária
Na Lei 4.320/64 temos indicados vários principios que constituem base para o orçamento público. O principio que indica que o orçamento é um plano financeiro global, também chamado de orçamento bruto, pois mantém as receitas e as despesas pelos seus totais é conhecido como princípio:
R- da Universalidade
a fixação de objetivos concretos para o período considerado, bem como o cálculo dos recursos humanos, materiais e financeiros, necessários à sua materialização e concretização é feita:
R- na elaboração do orçamento
a concretização dos objetivos e metas estabelecidas no PPA, expressando as políticas desenvolvidas pela entidade pública por meio do cumprimento ano a ano das etapas do PPA, em consonância com o que foi estabelecido na LDO é a finalidade:
R- da LOA
É considerado como instrumento de planejamento de médio prazo:
R- O PPA.
A Constituição Federal instituiu o Plano Plurianual - PPA e a Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar n. 101/2000) ratificou sua obrigatoriedade para todos os entes da federação. De acordo com a Constituição e os últimos planos aprovados para o governo federal, indique a opção incorreta.
R- Após a Constituição Federal, não há mais a possibilidade da existência de planos e programas nacionais, regionais e setoriais, devendo ser consolidado em um único instrumento de planejamento que é o PPA.
Não deverá fazer parte do Anexo de Metas Fiscais da LDO
R- reserva de contingência;
Segundo a assertiva: estabelecerá as metas anuais, em valores correntes e constantes, relativas a receitas, despesas, resultados nominal e primário e montante da dívida pública, para o exercício a que se referirem e para os dois seguintes. Estamos falando de:
R- Anexo de Metas Fiscais
Na Legislação que impacta no Orçamento público, o elo entre o planejamento estratégico (PPA) e o planejamento operacional (LOA) é chamado de:
R- LDO
Escolha a opção que contenha as fases do ciclo orçamentário em sua ordem correta.
R- Elaboração, aprovação, execução, avaliação
O Autor Richard Musgrave (2000), propôs uma classificação das funções econômicas do Estado, que se tornaram clássicas no gênero, denominadas as ¿funções fiscais¿, considerando-as como as próprias ¿funções do orçamento¿, principal instrumento de ação estatal na economia. Desta forma indique nas alternativas a seguir aquela que alinha o conceito correto de uma das "funções fiscais" com o que está sendo contextualizado acima.
R- Manter a estabilidade econômica (função estabilizadora).
Das alternativas a seguir, indique aquela que contém características dos orçamentos do tipo misto?
R- sua elaboração e execução são de competência do Poder Executivo, cabendo ao Poder Legislativo sua votação e controle;
A sanção e a promulgação da Lei do Orçamento Anual são prerrogativas exclusivas:
R- do Chefe do Poder Executivo
o orçamento fiscal referente aos Poderes Executivos, seus Fundos, Órgãos e entidades da Administração Direta e Indireta, inclusive Fundações instituídas e mantidas pelo Poder Público faz parte:
R- da LOA
A Constituição Federal instituiu o Plano Plurianual - PPA e a Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar n. 101/2000) ratificou sua obrigatoriedade para todos os entes da federação. De acordo com a Constituição e os últimos planos aprovados para o governo federal, indique a opção incorreta.
R- Após a Constituição Federal, não há mais a possibilidade da existência de planos e programas nacionais, regionais e setoriais, devendo ser consolidado em um único instrumento de planejamento que é o PPA.
Qual o instrumento de planejamento de médio prazo que estabelece, de forma regionalizada, as diretrizes, os objetivos e as metas da Administração Pública para as despesas de capital e outras delas decorrentes, e para as relativas aos programas de duração continuada. Retrata em visão macro, as intenções do gestor público para um período de quatro anos, podendo ser revisado a cada ano?
R- PPA
Não deverá fazer parte do Anexo de Metas Fiscais da LDO
R- reserva de contingência;
Segundo a assertiva: estabelecerá as metas anuais, em valores correntes e constantes, relativas a receitas, despesas, resultados nominal e primário e montante da dívida pública, para o exercício a que se referirem e para os dois seguintes. Estamos falando de:
R- Anexo de Metas Fiscais
O Instrumento de programação para alcançar o objetivo de um programa, envolvendo um conjunto de operações, limitadas no tempo, das quais resulta um produto que concerne para a expansão ou aperfeiçoamento da ação de governo é conhecido como:
R- projeto
Escolha a opção que contenha as fases do ciclo orçamentário em sua ordem correta.
R- Elaboração, aprovação, execução, avaliação