A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
antropologia juridica

Pré-visualização | Página 1 de 1

Estranhamento
*Estranhamento -> Foi o espanto diante de uma cultura diferente.
O contato com povos diferentes provocou nos Europeus duas ideologias 
 *Fascinio pelo estranho : Que engrandecia a cultura de sociedades primitivas e respreendia ( deixava de lado ) a cultura Européia.
 * Recusa ao estranho : Que censurava tudo o que não fosse compatível com a cultura Européia.
*** Como surgiu as ideologias do estranhamento ? As ideologias surgiram a partir da hora que se começou a ter contato com povos diferentes.
A fascinação pelo estranho tem como finalidade contrapor a figura do bom selvagem a do mau civilizado.
*Bom selvagem –> Era selvagem / primitivo possuía pensamentos pré-lógicos ou pré-racional ( inferior, falso, atrasado)
* Mau civilizado -> Era o Europeu , civilizado , culto ,superiores sendo assim poderiam “dominar” , possuíam pensamentos lógico-racional (superior , verdadeiro, evoluído.)
Choque de culturas
Cabendo ao Europeu “ajudar” o primitivo a abandonar a sua cultura e adquirir a cultura dos colonizadores ( cultura evoluída)
Ao invés de respeitar a cultura os Europeus vem e dominam causando conflitos , sente que a sua cultura é melhor que a outra e se ente no direito de escravizar.
*** Qual a justificativa para a escravidão dos índios pelos Europeus ? É por conta do auxilio da ideoligia da recusa ao estranho que também serviu para negar os negros e assim escraviza-los também nas colônias Americanas.
Racismo
“É o desdobramento moderno mais triste e cruel da ideologia da recusa ao estranho pois os seus efeitos sobre a sociedade são devastadores .”
 O racismo é uma doutrina pois todas as manifestações culturais históricas e sociais e os seus valores dependem da raça; todos os aspectos da vida e sociedade , sua forma de produção e evolução dependem da raça.
 As teorias racistas pretendem provar:
- A existência de raça
- Que as raças são diferentes ( biologicamente e geneticamente )
- Que existem raças inferiores e superiores
- Que os inferiores não desenvolvem o seu intelectual e são destinadas aos trabalho manual ; por não entenderem algo mais complexo.
- Que os superiores estão destinados a mandar
- Que para o bem das raças precisava ter a segregação de raça ( ou seja a divisão para ocorrer a divisão de nível social)
 
Geneticistas = não afirmam a existência de raças , dizem que é difícil estabelecer a superioridade intelectual de um grupo sobre o outro.
Antropólogos = Entendem que as diferenças entre nações se devem a cultura e não existe superior e inferior; Para eles a cultura não é herdada biologicamente mas adquirida ou emprestada.
No pensamento de alguns o criminoso/ indeliquente tem características que são características de negros como mal formação das orelhas , barba escassa , daltonismo entre outros.
Definição de raça : Palavra inventada para avaliar , julgar e manipular diferenças briologicas e genéticas.
Página 32 da apostila .
Hegemonica : impõe regras a todos , é o que domina
 Minoritária : O grupo dominante impõe suas próprias ideias como norma

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.