AULA 06 Mapas Secções atual
67 pág.

AULA 06 Mapas Secções atual


DisciplinaGeologia para Engenharia2.103 materiais25.489 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Prof. Dr.Antonio Lázaro F. Santos 
 E-mail:. antoniolazaros@gmail.com 
Engª. Civil - UEG 
 Geologia Aplicada a Engenharia 
 
 
 
Sistemas de Notação de Atitude de Estruturas Planares e Lineares 
A) SISTEMA DE NOTAÇÃO POR QUADRANTES 
Direção de planos e linhas é dada pelo valor do ângulo com o 
NORTE, medidas nos quadrantes NE ou NW, enquanto 
mergulhos e caimentos são referidos pelo valor seguido do 
quadrante que apontam. 
EX: N50ºE/22ºSE 
N 
E W 
S 
50º 
22º 
 
 
 
Sistemas de Notação de Atitude de Estruturas Planares e Lineares 
B) SISTEMA DE NOTAÇÃO POR AZIMUTE (REGRA DA MÃO DIREITA) 
Direção de planos é referida ao valor azimutal (0º a 360º) de 
modo que o mergulho esteja sempre à direita do quadrante 
apontado pela direção (0º a 90º, 90º a 180º, 180º a 270º, 270º a 
360º). 
EX: 50º/22º 
N 
E W 
S 
50º 
22º 
Regra da mão direita 
70º 
Ex: 158º/70º 
Regra da mão direita 
N 
W E 
S 
22º 
22º 
158º 
 
 
 
B 
Z 
A 
C 
D 
X 
BLOCO DIAGRAMA EM QUE AS CAMADAS COM 
MERGULHO UNIFORME AFLORAM. 
PLANOS: HORIZONTAL: ABZX 
PLANO DA CAMADA: ABCD 
LINHAS: AB e CD = LINHAS DE DIREÇÃO 
 
 
 
B 
O 
Z 
A 
Y 
C 
D 
E 
X 
BLOCO DIAGRAMA EM QUE AS CAMADAS COM 
MERGULHO UNIFORME AFLORAM. 
MERGULHOS DA CAMADA: VERDADEIRO: YOE 
 APARENTES: XOC e DOZ 
 
 
 
MERGULHO VERDADEIRO E MERGULHO APARENTE 
Mergulho verdadeiro: Ângulo máximo entre o plano de uma 
camada e o plano horizontal 
Mergulho aparente: Inclinação da camada com relação ao plano , 
em qualquer direção do mergulho verdadeiro, exceto àquela do 
mergulho verdadeiro. 
Ângulo de mergulho: Definido em termos de graus a partir do 
plano horizontal ou em termos da tangente do ângulo. 
 
 
 
ÂNGULO DE MERGULHO 
Ângulo de mergulho: Definido em termos de graus a partir do 
plano horizontal ou em termos da tangente do ângulo. 
SIGNIFICADO: MERGULHO DE 1 EM 5 (1:5) 
Distância na vertical:300-200=100m 
B 
O 
Z 
A 
Y 
C 
D 
300 m (cota) 
200 m (cota) 
Distância horizontal= 500m (na escala) 
tg ângulo=100/500 
1:5 
E 
 
 
 
EXEMPLO 
20º 
 
 
 
DIAGRAMA PARA CORREÇÃO DE MERGULHOS 
CONFORME A VARIAÇÃO DA ESCALA VERTICAL 
EX: TEM-SE UM MERGULHO DE 20º. SE O EXAGERO 
VERTICAL PRETENDIDO É 10 VEZES, QUAL O VALOR A 
SER UTILIZADO? 
 
 
 
DIAGRAMA PARA CORREÇÃO DE MERGULHOS 
VERDADEIROS E APARENTES 
EX: O ÂNGULO ENTRE A DIREÇÃO DA CAMADA E A DIREÇÃO DA SECÇÃO 
É DE 30º. DETERMINE O MERGULHO VERDADEIRO, SABENDO QUE O 
MERGULHO APARENTE É DE 40º. 
 
 
 
 
 
 
ESPESSURA E PROFUNDIDADE 
l = largura da camada; 
\uf06d= mergulho; 
e= espessura verdadeira; 
bc= espessura aparente; 
P= profundidade tomada a partir de a; 
P1= profundidade tomada a partir de a1 
 
 
 
 
Profundidade: distância na vertical entre a superfície e um ponto 
qualquer. 
 
Espessura: distância tomada entre limites de camadas, de forma 
perpendicular a estes limites. 
 
 
 
ESPESSURA E PROFUNDIDADE 
Ex: Determine a espessura de uma camada de arenito, cuja 
direção é N45ºE e mergulho 30ºSE. A largura do afloramento, 
medida segundo S45ºE, é de 100m, sendo a superfície do 
terreno horizontal. 
 
 
 
Direção: N45ºE; 
Mergulho: 30ºSE; 
L= 100m 
 
 
 
DIAGRAMA DE ALINHAMENTO PARA O CÁLCULO DA 
PROFUNDIDADE DE UM HORIZONTE ESTRATIGRÁFICO 
EX: TENDO-SE UM TERRENO 
HORIZONTAL , SENDO A 
DISTÂNCIA AO AFLORAMENTO 
DE 600m, O MERGULHO, 20º. 
 
DETERMINE A PROFUNDIDADE 
QUE SERÁ ENCONTRADO O 
HORIZONTE ESTRATIGRÁFICO. 
 
 
 
DIAGRAMA PARA DETERMINAÇÃO DE MERGULHOS E ESPESSURAS DE 
CAMADAS 
EX: EM UMA CAMADA COM ESPESSURA e= 50m, APRESENTA UM 
MERGULHO VERDADEIRO DE 45º. DETERMINAR O MERGULHO 
APARENTE E ESPESSURA APARENTE, DESTA CAMADA EM UMA 
SECÇÃO VERTICAL A 30º DA DIREÇÃO DA CAMADA. 
A B 30º 
60º 30º 
90º 
30º = SECÇÃO VERTICAL COM A DIREÇÃO DA CAMADA 
90º = ANGULHO PERPENDICULAR A DIREÇÃO DA CAMADA 
90º + 30º + x = 180º \uf05c x= 60º 
 
 
 NO ÁBACO: 
60º = SECÇÃO E DIP 
DIP VERDADEIRO=45º 
DIP APARENTE = 27º 
FATOR DE EXAGERO 
ESPESSURA= 1,35 
CALCULO DE ESPESSURA= E.V x 
1,35 \uf05c 
 
 
ESPESSURA AP. = 50 x 1,35=67,5m 
 
 
 
Profundidade: distância na vertical entre a superfície e um ponto 
qualquer. 
 
Espessura: distância tomada entre limites de camadas, de forma 
perpendicular a estes limites. 
 
 
 1 
2 
2 
3 
3 
4 
4 
5 
5 
6 
6 
7 
7 
8 
8 
9 
9 
10 
10 
11 
11 
LINHAS DE DIREÇÕES DAS CAMADAS 
1 
 
 
 
1 (800m) 
1 (800m) 
PARA O TRAÇADO DA LINHA DE DIREÇÃO DAS CAMADAS 
1- SELECIONA DOIS PONTOS DA CAMADA CONSIDERADA QUE 
INTERCEPTA A MESMA CURVA DE NÍVEL; 
2- TRACE UMA LINHA ATRAVÉS DESSES DOIS PONTOS 
3- ESTA É A HORIZONTAL DO PLANO DA CAMADA, OU LINHA 
DE DIREÇÃO E SEU VALOR É O MESMO DA CURVA DE NÍVEL 
 
 
 
1 (900m) 
1 (900m) 
2 (800m) 
2 (800m) 
CÁLCULO DO ÂNGULO DE MERGULHO DAS CAMADAS 
PARA A CAMADA A 
 
- TRAÇA A HORIZONTAL DO PLANO DA CAMADA 
(CONSIDERANDO BASE OU TOPO). 
-CALCULA A LARGURA DO AFLORAMENTO (L): 
 
- MEDE-SE A DISTÂNCIA ENTRE AS 2 LINHAS 
HORIZONTAIS DO PLANO(L) NO MAPA E TRANSFORMA 
PARA A ESCALA. NO MAPA, MEDE 2,2cm, A ESCALA É 
1:20000, LOGO O VALOR DE L= 440m. 
L 
\uf061 
Diferença 
cota=100m 
L=440m 
900 
800 
tg\uf061 =100/440 
\uf061=arctg0,227 
\uf061=12º 
 
 
 
1 (900m) 
1 (900m) 
2 (800m) 
2 (800m) 
CÁLCULO DA ESPESSURA DAS CAMADAS 
PARA A CAMADA A 
 
- TRAÇA A HORIZONTAL DO PLANO DA CAMADA 
(CONSIDERANDO BASE OU TOPO). 
L 
\uf061 
L=440m 
e 
Sen \uf061 = e/L 
 
e=440xsen 12º = 91,48m 
 
\uf061 12º 
 
 
 
CAMADAS HORIZONTAIS 
ESPESSURA 
 = 
COTA DO TOPO \u2013 COTA DA BASE 
 
 
 
 
 
 
Na parte superior do mapa geológico, a secção é perpendicular à direção 
das camadas, conseqüentemente, o mergulho a ser representado 
na secção será igual a 50°, ou seja, não necessita correção; 
Na parte inferior do mapa geológico, a secção não é 
perpendicular à direção das camadas, portanto, o mergulho 
a ser utilizado na secção será menor (mergulho aparente). 
 
 
 
 
 
 
Exemplo de utilização do normograma 
 
 
 
RELAÇÕES GEOMÉTRICAS DE INTERSECÇÃO DE UM PLANO DA 
CAMADA COM A SUPERFÍCIE TOPOGRÁFICA 
RELAÇÃO DE 
UMA CAMADA 
VERTICAL E AS 
CURVAS DE 
NÍVEL. 
AS CAMADAS 
VERTICAIS 
APRESENTAM-SE 
EM MAPAS COMO 
TRAÇOS 
RETILÍNEOS 
 
 
 
CAMADA 
HORIZONTAIS 
AFLORAM PARALELAS 
ÁS CURVAS DE NÍVEL. 
 
 
 
CAMADA MERGULHAM 
PARA MONTANTE. 
POSSUEM O MESMO 
DESENHO DA CURVA DE 
NÍVEL. FORMAM UM V 
ABERTO 
 
 
 
CAMADA MERGULHAM 
PARA JUSANTE. FORMAM 
UM V, CUJO VÉRTICE 
APONTA PARA JUSANTE. 
 
 
 
CAMADA MERGULHAM 
PARA JUSANTE, COM 
MERGULHO INFERIOR À 
DECLIVIDADE DO VALE. 
A PROJEÇÃO DA 
CAMADA TEM A FORMA 
DE UM V MAIS FECHADO, 
CUJO VÉRTICE APONTA 
PARA MONTANTE. 
Pelo mapa, 
encontre as 
atitudes das 
camadas, suas 
espessuras, 
empilhamento 
estratigráfico e 
faça uma seção, 
perpendicular às 
linhas de direção. 
 
 
 
400m 
500m 
CÁLCULO DO ÂNGULO DE MERGULHO DAS CAMADAS 
PARA A CAMADA S 
 
L 
Camada S 
500m 
- TRAÇA A HORIZONTAL