A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
27 pág.
AV1 e AV2 de Ética na Saúde

Pré-visualização | Página 7 de 8

as tecnologias de fertilização que auxiliam os casais na procriação como sendo:
		
	
	Ilícitas ética e moralmente, preservando o entendimento do documento Donum Vitae editado em 1987.
	
	Lícitas desde que não haja o contato sexual como a fecundação ¿in vitro¿ e moralmente ilícitas quando estas tecnologias implicam em atos sexuais desvinculados do matrimônio.
	
	Lícitas desde que se utilizem de tecnologias de inseminação artificial sem que seja necessário o contato sexual entre as partes.
	
	Lícitas desde que estas respeitem a preservação do ato procriativo em si e considera moralmente ilícitas as tecnologias que dissociam a procriação do ato sexual como a criogenia ou a fecundação ¿in vitro¿.
	
	Lícitas na medida em que preservarem o ato sexual procriativo entre casais oficialmente instituídos e moralmente ilícitas quando efetuado por pessoas sem o vínculo matrimonial estabelecido.
	
		
	 
	Fechar
	Avaliação: SDE0083_AV2_» ÉTICA NA SAÚDE
	Tipo de Avaliação: AV2 
	Professor:
	MICHEL SHPIELMAN
ANGELA MOREIRA UTCHITEL
THATIANA VALORY DOS SANTOS MELLO
	Turma: 9028/V
	Nota da Prova: 7,0 de 8,0         Nota do Trab.: 0        Nota de Partic.: 2        Data: 21/11/2014 09:52:01 
	
	 1a Questão (Ref.: 201101084657)
	Pontos: 1,5  / 1,5 
	Em consequência dos abusos criminosos promovidos por experimentações nazistas no decorrer da segunda grande guerra e do subsequente julgamento de Nuremberg, foi elaborado em 1947, o Código de Nuremberg. Ofereça argumentos que esclareçam a natureza do Código de Nuremberg.
		
	
Resposta: O código de Nuremberg fez com que todas as pesquisas fossem feitas de maneira voluntária e a pessoa poderia desitir se quiser e que todas as de maneira invasiva fosse testado primeiro em animais.
	
Gabarito: Objetivando eliminar futuros episódios semelhantes aos praticados pelos nazistas, o Código de Nuremberg surge como um importante marco na história da ética envolvida em pesquisas médicas. Em síntese ele determinava que deveria haver consentimento prévio e voluntário de todos os sujeitos envolvidos em pesquisas e para garantir que não haveria indução à participação, os sujeitos deveriam receber informações sobre riscos, objetivos e procedimentos experimentais. Determinava também que toda pesquisa deveria apresentar a possibilidade de resultados não alcançáveis por outros procedimentos não invasivos e exigia a realização de experimentos anteriores em animais.
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201101227723)
	Pontos: 1,5  / 1,5 
	Todos os dias são noticiados na mídia atos violentos que colocam em risco a vida das pessoas ou atingem-nas a tal ponto que geram graves conflitos psicológicos e comportamentais, além de sequelas físicas. Diante do exposto, ofereça argumentos que correlacionem violência e ética.
		
	
Resposta: A violência é um ato que vai contra todos os princípios éticos de um ser humano. Agride-o dentre todos os aspectos sejam eles, sociais, econômicos, políticos, culturais, psicológicos, etc. Cada ser humano possui direitos fundamentais que rege a sua vida na sociedade como um todo e cada um deve respeitar o espaço do outro sem agressões físicas ou morais caso venham a discordar de algum ato ou opinião, como acontece na maioria dos casos.
	
Gabarito: um ato violento é um comportamento que se opõe à ética, na medida em que nega os valores e direitos básicos da pessoa, a ¿coisifica¿ e a suprime de sua dignidade e condição de igualdade. Desta forma, tendo o profissional de saúde o reconhecimento da dignidade das pessoas, o respeito pelo outro e a consciência dos valores e direitos humanos, estará moralmente preparado para o enfrentamento destas situações.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201101281890)
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	A principal característica dos chamados DIREITOS FUNDAMENTAIS, que os diferenciam de todos os demais direitos da pessoa é que:
		
	
	São considerados como cláusulas inatingíveis por diversas constituições democráticas pelo mundo, ou seja, não podem ser alterados por legislações.
	
	São direitos que estão assegurados por legislações democráticas, tais como votar, ter liberdade religiosa, expressar-se, etc...
	
	São direitos originais do ser humano, sempre existiram, desde os tempos bíblicos e sempre existirão independentes de qualquer fator sociocultural.
	
	São os direitos utilizados para fundamentar as leis e constituições democráticas de diversas culturas e sociedades.
	
	São direitos que só podem ser anulados em caso da própria pessoa autorizar.
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201101220824)
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	As bases filosóficas da Bioética começaram a ser mais bem definidas após a Segunda Guerra Mundial, quando o mundo ocidental, chocado com as práticas nazistas executadas pretensamente em nome da ciência, cria um código ético para normatizar os estudos e experiências relacionados a seres humanos. Deste episódio, fortalece-se também a ideia de que a ciência (ou qualquer outra forma de progresso) não pode ser mais importante que o homem. Isso significa que:
		
	
	Todos os experimentos ocorridos na Segunda Guerra Mundial foram benéficos e cientificamente corretos.
	
	O desenvolvimento científico deve levar em consideração os direitos humanos fundamentais e os impactos diretos nos indivíduos, no mundo e na sociedade.
	
	O código de ética do Nazismo era adequado e a ciência precisou utilizar recursos para alcançar suas finalidades.
	
	Os seres humanos sempre são beneficiados com todos os tipos de pesquisas que são realizadas, independente dos critérios que elas utilizam e dos prejuízos que causam à humanidade.
	
	Os fins justificam os meios e que toda ciência deve se utilizar de todos os recursos disponíveis para obter o progresso científico.
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201101133483)
	Pontos: 0,0  / 0,5 
	Em relação à ética, na época medieval, a religião garante: 
		
	
	O bem estar dos padres
	
	Penitências e punições
	
	Facilidade de encontros
	
	Unidade social
	
	Um pensamento de abertura
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201101220844)
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	Um casal decidiu manter material criopreservado para posterior reprodução assistida, no entanto, o marido faleceu sem deixar autorização prévia para utilização do material e a esposa está querendo utilizá-lo para engravidar e manter a memória do marido consigo. De acordo com a legislação vigente:
		
	
	É importante que a esposa esteja de posse do material criopreservado, com total acesso e condições para realizar os procedimentos necessários, independente de autorização para utilização do mesmo.
	
	Não é permitido preservar embriões em criogenia, portanto, o casal está agindo contra a lei e a esposa, mesmo que tivesse uma autorização prévia do marido, jamais poderia utilizar o material criopreservado.
	
	O importante para a legislação é que a esposa mantenha seu estado de saúde psicológica, portanto a lei permite que o material seja utilizado sem prévia autorização.
	
	É preciso autorização prévia específica do (a) falecido (a) para o uso do material biológico criopreservado.
	
	A esposa pode utilizar o material criopreservado sem problemas, pois a legislação não é específica quanto a isto.
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201101625393)
	Pontos: 0,0  / 0,5 
	Quanto ao princípio de precaução, sua lógica sustenta-se no postulado de que:
		
	
	Por já estarem doentes, os pacientes que são sujeitos em uma pesquisa já estão em grande sofrimento e não podemos fazê-los sofrer ainda mais em nome dos interesses da pesquisa.
	
	os pesquisadores devem ser objeto do mesmo cuidado que os sujeitos da pesquisa.
	
	A pesquisa biomédica deve pautar-se em princípios éticos e não na mera busca da verdade.
	
	POr toda pesquisa envolver risco, os sujeitos da pesquisa

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.