A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Riscos Ambientais

Pré-visualização | Página 2 de 3

mesma deve estar escrita em um documento-base, contendo 
exceto: 
Número máximo de trabalhadores 
Assinale a (s) alternativa (s) abaixo onde todos os Riscos Ambientais se classifiquem no grupo 
de Riscos Químicos: 
Gases e vapores 
EM RELAÇÃO AO PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAIS - PPRA É 
CORRETO AFIRMAR: 
O PPRA CONTEMPLA APENAS OS RISCOS OCUPACIONAIS FÍSICOS, QUÍMICOS E 
BIOLÓGICOS 
EM RELAÇÃO AO RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS, MARQUE A 
AFIRMATIVA CORRETA 
RECONHECER OS RISCOS AMBIENTAIS É SE APROFUNDAR NAS ATIVIDADES DE UMA 
ORGANIZAÇÃO, ENTENDENDO AS EXPOSIÇÕES DOS GRUPOS HOMOGÊNEOS E SUAS 
ABORDAGENS EM GERAL. É A FASE POSTERIOR A ANTECIPAÇÃO 
A análise do PPRA (Programa de Riscos Ambientais) para a avaliação do seu desenvolvimento 
e realização de ajustes necessários e estabelecimento de novas metas e prioridades, deverá 
ter qual periodicidade: 
Sempre que necessário ou pelo menos uma vez ao ano 
Chamamos de índice de risco, o conhecimento da razão/proporção entre os fatores de perigo 
e................ 
Suas distâncias. 
O fator de distância é uma medida das salvaguardas, ou seja, é um dos fatores capazes de 
reduzir os efeitos danosos de liberações acidentais de substâncias perigosas. Sobre 
salvaguardas é correto afirmar que: 
O risco está diretamente ligado à intensidade de perigo e inversamente à quantidade de 
salvaguarda. 
Quando falamos em fatores de perigo e suas distâncias, temos que relacionar isso a: 
Índice de risco 
O fator de distância é uma medida das salvaguardas, ou seja, é um dos fatores capazes de 
reduzir os efeitos danosos de liberações acidentais de substâncias perigosas. Quanto maior for 
a distância entre a fonte de perigo e o ponto onde se localizam os recursos vulneráveis: 
Menores deverão ser os danos e portanto os riscos. 
Os recursos tipicamente vulneráveis a serem considerados num acidente são: 
Pessoas e recursos ambientais. 
Podemos destacar as diversas utilidades dos Índices de Risco, exceto: 
A utilização apenas para dados estatísticos. 
A massa liberada acidentalmente, MLA, é a maior quantidade de material perigoso, capaz de 
participar de uma liberação acidental de substância perigosa. Dentro deste contexto, são 
considerados Recursos Vulneráveis: 
Pessoas, áreas residenciais e públicas, recursos ambientais, rios e mangues. 
Em uma análise ambiental, o conhecimento da razão/proporção entre os fatores de perigo e 
suas distâncias, é conhecido como: 
Indice de Riscos; 
O fator de distância é definido como: 
O quociente entre duas distâncias, sendo uma fixa (50metros) 
A massa liberada acidentalmente, MLA, é a maior quantidade de material perigoso capaz de 
participar de uma liberação acidental de substância perigosa devido ao vazamento ou ruptura 
de tubulações, por exemplo. Na ausência de informações mais precisas, a MLA deve ser 
considerada como: 
Vinte por cento da massa de material estocado ou em processo. 
 
O fator de distância é uma medida das salvaguardas, ou seja, é um dos fatores capazes de 
reduzir os efeitos danosos de liberações acidentais de substâncias perigosas. Quanto maior for 
a distância entre a fonte de perigo e o ponto onde se localizam os recursos vulneráveis: 
Menores deverão ser os danos e portanto os riscos. 
Os recursos tipicamente vulneráveis a serem considerados num acidente são: 
Pessoas e recursos ambientais. 
Podemos destacar as diversas utilidades dos Índices de Risco, exceto: 
A utilização apenas para dados estatísticos. 
A massa liberada acidentalmente, MLA, é a maior quantidade de material perigoso, capaz de 
participar de uma liberação acidental de substância perigosa. Dentro deste contexto, são 
considerados Recursos Vulneráveis: 
Pessoas, áreas residenciais e públicas, recursos ambientais, rios e mangues. 
Em uma análise ambiental, o conhecimento da razão/proporção entre os fatores de perigo e 
suas distâncias, é conhecido como: 
Indice de Riscos; 
Quando falamos em fatores de perigo e suas distâncias, temos que relacionar isso a: 
Índice de risco 
Fazer a análise dos riscos mais críticos, com o intuito de identificar os eventos primários e 
intermediários, que levam à ocorrência do evento de topo é uma ferramenta de avaliação de 
riscos, chamada: 
Análise por Arvore de Falhas; 
Todos os conceitos de risco têm um elemento em comum: a distinção entre realidade e 
possibilidade. Para uma gestão eficaz dos riscos foram criadas as metodologias de análise de 
perigos, que possuem diferentes características. Uma destas metodologias consiste na 
realização de uma revisão da instalação, a fim de identificar os perigos potenciais e/ou 
problemas de operabilidade, por meio de uma série de reuniões, durante as quais uma equipe 
multidisciplinar discute metodicamente o projeto da instalação. Trata-se de: 
Análise de Perigos e Operabilidade (HazOp). 
Assinale a opção incorreta quanto as metodologias de análise de riscos: 
Análise dos 3 Rs 
Através da escolha da .......................é que saberemos as informações necessárias para a 
conclusão da análise e com qual equipe teremos que trabalhar. 
Metodologia. 
A metodologia de Análise do Tipo e Efeito de Falha, é uma ferramenta que busca, em princípio, 
evitar, por meio da análise das falhas potenciais e propostas de ações de melhoria, que 
ocorram falhas no projeto do produto ou do processo. Como é conhecida esta metodologia 
para o gerenciamento de riscos com vistas a confiabilidade do processo? 
FMEA 
 
Qual das opções abaixo NÃO é uma metodologia para análise de risco? 
Licenciamento Ambiental. 
Assinale a alternativa incorreta quanto a APP: 
Indutiva 
 
Existe risco ambiental nas atividades de importação e exportação em navios? 
Sim, existem riscos ambientais que precisam de uma análise preliminar de riscos. 
 
Uma das técnicas de Análises de Riscos mais conhecidas estuda as falhas humanas e de 
equipamentos, enquadrando as mesmas em categorias de severidade distintas, como desprezível, 
marginal, crítica ou catastrófica. A técnica citada é: 
APP. 
 
Existe risco ambiental nas atividades de importação e exportação em navios? 
Sim, existem riscos ambientais que precisam de uma análise preliminar de riscos. 
 
Todos os conceitos de risco têm um elemento em comum: a distinção entre realidade e possibilidade. 
Para uma gestão eficaz dos riscos foram criadas as metodologias de análise de perigos, que 
possuem diferentes características. Uma destas metodologias consiste na realização de uma revisão 
da instalação, a fim de identificar os perigos potenciais e/ou problemas de operabilidade, por meio de 
uma série de reuniões, durante as quais uma equipe multidisciplinar discute metodicamente o projeto 
da instalação. Trata-se de: 
Análise de Perigos e Operabilidade (HazOp). 
 
Assinale a opção incorreta quanto as metodologias de análise de riscos: 
Análise dos 3 Rs 
 
Através da escolha da .......................é que saberemos as informações necessárias para a conclusão 
da análise e com qual equipe teremos que trabalhar. 
Metodologia. 
 
Qual das opções abaixo NÃO é uma metodologia para análise de risco? 
Licenciamento Ambiental. 
 
Assinale a alternativa incorreta quanto a APP: 
Indutiva 
 
O Instrumento norteador dos procedimentos para as atividades que gerem risco a sociedade e 
ao ambiente, é também chamado de: 
Estudo de Análise de Riscos; 
Entendendo análise preliminar do risco, culpa, confiabilidade e modelagem ambiental, 
podemos elaborar o: 
Plano de Contingência. 
A Ficha de informações de segurança de produtos químicos (FISPQ) é um documento 
normalizado pela ABNT ¿ Associação Brasileira de Normas Técnicas. A respeito da FISPQ, é 
correto afirmar que ela 
fornece informações como proteção à segurança, à saúde e ao meio ambiente. 
O Plano de Ação de Emergência (PAE) é um documento

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.