TRABALHO DE DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES (928Z) Respondido
8 pág.

TRABALHO DE DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES (928Z) Respondido


DisciplinaDireito nas Organizações468 materiais1.178 seguidores
Pré-visualização3 páginas
TRABALHO ESPECIAL DE DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES (928Z)
RESPONDER ÀS QUESTÕES ABAIXO JUSTIFICANDO A RESPOSTA CONCEITUALMENTE. (RESPOSTAS SEM JUSTIFICATIVA COERENTE SÃO CONSIDERADAS ERRADAS)
O artigo 14 do Código Tributário Nacional admite que por ato de autoridade competente seja suspensa a aplicação da imunidade tributária à instituição de assistência social, sem fins lucrativos quando:
 
A  a entidade distribuir qualquer parcela de seu patrimônio ou de suas rendas, a qualquer título;
B  aplicarem integralmente, no País, os seus recursos na manutenção dos seus objetivos institucionais;
C  manterem escrituração de suas receitas e despesas em livros revestidos de formalidades capazes de assegurar sua exatidão;
D  a renda obtida pelos aluguéis de seus imóveis for aplicada integralmente para seu funcionamento;
E  a renda obtida pelos aluguéis de seus imóveis for aplicada integralmente para atender suas finalidades.
Alternativa Correta é B e C. 
Justificativa: As alternativas estão corretas e se completam. A legislação a que se refere este artigo aplica-se as pessoas naturais e jurídicas, contribuintes ou não, inclusive as que gozem de imunidade tributaria ou de isenção de caráter-pessoal. Os livros obrigatórios de escrituração comercial e fiscal e os comprovantes dos lançamentos neles efetuados serão conservados até que ocorra a presunção dos créditos tributários decorrentes das operações a que se referiam. 
 
A respeito de isenção e imunidade é correto afirmar que a:
 
A   imunidade é a hipótese de não incidência tributária prescrita por norma infraconstitucional. 
B  a imunidade é prescrita em norma constitucional e a isenção em norma infraconstitucional.
C  imunidade recíproca extensiva é aquela que impede a tributação do patrimônio, da renda e dos serviços das empresas públicas e sociedade de economia mista vinculados a suas finalidades essenciais. 
D  isenção não pode ser restrita a determinada região do território da entidade tributante, sob pena de ofender o princípio da uniformidade geográfica da tributação.  
E  isenção, salvo se concedida por prazo certo e em função de determinadas condições, pode ser modificada ou revogada por lei, a qualquer tempo, propiciando a exigência fiscal imediata do tributo no dia seguinte à publicação da lei que modificou ou revogou a isenção. 
Alternativa Correta é C.
Justificativa: A isenção decorre do exercício da competência tributaria e o fato gerador chega a ocorrer. A imunidade é uma delimitação da competência tributária, ou melhor, uma limitação constitucional ao poder de tributar, posicionando-se ao lado dos princípios constitucionais tributários. Ou seja, existe um limite além do qual o ente instituidor não pede tributar, por expressar disposição constitucional.
No que se refere à Imunidade Tributária assinale a alternativa incorreta:
 
A  Entidade fechada de previdência privada, que só confere benefícios aos seus filiados desde que eles recolham as contribuições pactuadas, goza de imunidade tributária
B  É vedado à União, Estados, Municípios e Distrito Federal instituir impostos sobre templos de qualquer culto;
C  O patrimônio, renda ou serviços dos partidos políticos, inclusive suas fundações, das entidades sindicais dos trabalhadores, as instituições de educação e de assistência social, sem fins lucrativos, atendidos os requisitos da lei são imunes aos impostos
 D  As concessionárias por possuírem regime jurídico aplicado e sujeito às normas de empreendimentos privados têm contraprestação ou pagamento de preços ou tarifas pelo usuário e, portanto, não são imunes;
 E  Os templos de qualquer culto são imunes. 
 Alternativa Correta é A.
Justificativa:As entidades fechadas de previdência privada, não são imunes Art 150 VI \u201ca\u201d da Constituição Federal, possuem imunidade as entes federativas reciprocamente e em relação a impostos sobre patrimônios renda e serviços, os tempos de qualquer culto, os partidos políticos, as entidades sindicais de trabalhadores, as instituições de educação ou de assistência social sem fins lucrativos, desde obter que observados os requisitos legais, e os livros, jornais período e o papel destinado á sua impressão. 
Competência Tributária é o poder que a Constituição Federal atribui a determinado ente político para que este institua um tributo, descrevendo-lhe a hipótese de incidência, o sujeito ativo, o sujeito passivo, a base de cálculo e a alíquota. Sobre a competência tributária, avalie o asserto das afirmações adiante e marque com (V) as verdadeiras com (F) as falsas; em seguida, marque a opção correta.
(V) A competência tributária é delegável, salvo atribuição das funções de arrecadar ou fiscalizar tributos, ou de executar leis, serviços, atos ou decisões administrativas em matéria tributária, conferida por uma pessoa jurídica de direito público a outra.
(F) O não-exercício da competência tributária por determinada pessoa política autoriza a União a exercitar tal competência, com base no princípio da isonomia.
(V) A pessoa política que detém a competência tributária para instituir o imposto também é competente para aumenta-lo, diminuí-lo ou mesmo conceder isenções, observados os limites constitucionais e legais.
 
A  F, V, F
B  F, F, V
C  V, F, V
D  F, V, V
E  V, V, V
Alternativa Correta é C.
Justificativa:A competência tributaria é aptidão que os entes federativos têm, para criar uma norma instituidora de um tributo. 
Amadeus, Ricardo e Paulo têm diferentes ocupações profissionais, exerçam diferentes funções e percebam remunerações de diferentes denominações jurídicas, assinale a opção correta à luz do princípio constitucional tributário da igualdade ou isonomia.
 
A  Os três devem ser tributados de imposto de renda.
B  As normas somente permitem diferenciar a carga tributária de imposto de renda em benefício de um dos três indivíduos citados em razão da ocupação profissional.
C  Caso um dos indivíduos citados ocupe função pública especial, o benefício quanto à carga do imposto de renda poderá ser-lhe concedido.
 D  As normas somente permitem diferenciar a carga tributária de imposto de renda em prejuízo de um dos indivíduos citados, em razão da denominação jurídica de sua remuneração.
 E  Os três não devem ser tributados de imposto de renda
 Alternativa correta é D. 
Justificativa: Trata-se de igualdade a partir da faixa salarial de cada pessoa.
A chamada "imunidade recíproca" que veda à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios instituir impostos sobre patrimônio, renda ou serviços, uns dos outros, também é extensiva às: 
A  fundações mantidas pela iniciativa privada, sem fins lucrativos, abrangendo não só o seu patrimônio, renda ou serviços, mas também todos os fatos que não estejam vinculados a sua atividade fim.
B  sociedades de economia mista e às empresas públicas.
C )pessoas que compõem a Administração Pública Indireta no que se refere exclusivamente ao patrimônio, à renda e aos serviços relacionados com a exploração de atividades econômicas regidas pelas normas aplicáveis a empreendimentos privados.
D  autarquias e às fundações instituídas e mantidas pelo Poder Público, no que se refere ao patrimônio, à renda e aos serviços, vinculados a suas finalidades essenciais ou às delas decorrentes.
E  concessionárias de serviço público no que se refere ao patrimônio, à renda e aos serviços relacionados com a exploração de sua atividade econômica.
Alternativa Correta é D. 
Justificativa: O Art. 150 sem prejuízo de outras garantias asseguradas ao contribuinte é vedado á união, aos Estados, ao Direito Federal e aos Municipais: VI instituir imposto sobre patrimônio, renda ou serviço dos outros. Segundo o desposto no 2º do mesmo artigo, a imunidade abraça também as fundações publicas e autarquia vinculada a estas pessoas políticas, desde que as atividades preponderantes estejam relacionadas com atuação estatal. 
A vedação do confisco é atinente:
A  ao tributo
B  multa
C  taxas
D  somente a multa
E  somente a taxas
Alternativa Correta