A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
20 pág.
Avaliaçoes Suplementares 2014

Pré-visualização | Página 1 de 6

Avaliação: GST0680_AVS_201207145769 » OPERAÇÃO DE TERMINAIS E ARMAZÉNS
	Tipo de Avaliação: AVS
	Aluno: 201207145769 - NILTON JORGE MARTINS DE LIMA
	Professor:
	PAULO ROBERTO AMBROSIO RODRIGUES
	Turma: 9001/AA
	Nota da Prova: 2,0        Nota de Partic.: 2        Data: 20/06/2014 14:18:16
	
	 1a Questão (Ref.: 201207237129)
	Pontos: Sem Correç.  / 1,5
	No final de cada exercício, as empresas devem inventariar seus estoques de materiais, sejam eles produtos acabados ou matéria-prima e também as embalagens, o que permite uma análise da situação econômica da empresa e por meio das contas de resultado, determinar o lucro bruto ou prejuízo acumulado. Como podem ser classificados os inventários?
		
	
Resposta:
	
Gabarito:
Os inventários são classificados em:
a) INVENTÁRIOS GERAIS - Efetuados ao final do exercício, eles abrangem todos os itens de estoque de uma só vez. São operações de duração relativamente prolongada, que, por incluir quantidade elevada de itens, impossibilitam as reconciliações, análise das causas de divergências e consequentemente ajustes na profundidade.
b) INVENTÁRIOS POR DETERMINAÇÃO DE CONSUMO - Consiste no levantamento dos materiais existentes em estoque para comparação com o estoque inicial, com a finalidade de determinar o consumo da empresa no período.
c) INVENTÁRIOS DE CONFIRMAÇÃO - É um serviço de auditoria para controle de consumo histórico apresentado pela valoração das requisições.
d) INVENTÁRIOS ROTATIVOS - Serviço permanente de confirmação e controle de existências físicas. Tal sistema é interessante em almoxarifados de grande valor, com rotação muito grande. Também é empregado quando se quer controlar com mais cuidado a execução de uma programação da produção. Visa distribuir as contagens ao longo do ano, com maior freqüência, porém concentrada cada mês em menor quantidade de itens. Este método reduz a duração da operação e possibilita melhores condições de análise das causas de ajustes, visando melhor controle. Abrange, por meio de contagens programadas, todos os itens de várias categorias de estoque e matéria-prima, embalagens, suprimentos, produtos em processo e produtos acabados.
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201207241728)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Permite boa seletividade e velocidade de armazenagem. Sistema perfeito para armazenagem de peças de grande comprimento. É destinada às cargas armazenadas, pela lateral, preferencialmente por empilhadeiras, como: madeiras, barras, tubos, trefilados, pranchas, etc. De preço elevado é composta por colunas centrais e braços em balanço para suporte das cargas, formando um tipo de árvore metálica. Com base nessas informações, estamos falando de:
 
 
		
	
	Estrutura tipo Drive-trough
	
	Estrutura tipo Drive-in
	
	Estrutura tipo Push-Back
	
	Estrutura Dinâmica
	 
	Estrutura tipo Cantilever
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201207337151)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Sabemos que os critérios de operação de um operador logístico dedicado a produtos alimentícios são diferentes daqueles que caracterizam o operador de produtos de bens duráveis, quanto a movimentação e estocagem. Considerando esse contexto, avalie as seguintes asserções e a relação proposta entre elas.
I - A movimentação de um operador logístico especializado em produtos alimentícios deve utilizar a metodologia F.I.F.O. (First-Input-First-Output), pois esses produtos têm prazo de validade e devem ser movimentados na sua ordem de chegada, mesmo que essa metodologia seja mais dispendiosa.
PORQUE
II - A movimentação de um operador logísticoespecializado em produtos de bens duráveis pode utilizar uma metodologia mais barata como a L.I.F.O. (Last-Input-First-Output), pois esses produtos podem ser manuseados independentemente da sua ordem de chegada.
		
	
	As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa da I.
	
	As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa da I.
	
	A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa.
	
	A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.
	
	As asserções I e II são proposições falsas.
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201207241701)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Veículos Industriais são equipamentos, motorizados ou não, usados para movimentar cargas intermitentes, em percursos variáveis com superfícies e espaços apropriados, onde a função primaria é transportar e ou manobrar. São utilizados tanto junto ao processo de produção como no de armazenagem para não só transportar cargas, mas também colocá-las em posição conveniente. Sua principal característica é a flexibilidade de percurso e de carga e descarga. Os tipos mais comuns são, EXCETO:
		
	
	Rebocadores
	 
	Pórticos
	
	Carrinhos industriais
	 
	Autocarrinhos
	
	Empilhadeiras
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201207245160)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Dentre os itens abaixo, qual não é uma preocupação para a armazenagem?
		
	 
	Resistência
	
	Peso
	
	Cubagem
	
	Altura
	 
	Custo
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201207245162)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Preocupação com um projeto para sua elaboração, visando a proteção do produto em atividades de transporte, acomodação e movimentação. Este enunciado refere-se a:
		
	
	Instalações
	 
	Embalagens comerciais
	
	Unidades de armazenagem
	
	Estoques
	 
	Embalagens de transporte
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201207280370)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Para atender à demanda dos clientes, produtos devem ser distribuídos de maneira otimizada em termos de custo e tempo de atendimento. Muitas empresas optam por sistemas de estoques de múltiplos estágios. Os Centros de Distribuição são estágios importantes e que têm diversas funções na gestão da cadeia de suprimentos, EXCETO:
		
	
	possibilitar o uso de diversos modais de transporte.
	
	simplificar os meios de comunicação entre estágios de distribuição.
	
	dispor de pontos para consolidação de cargas, crossdocking e merger-in-transit.
	
	reduzir o número de rotas de transporte.
	 
	coordenar o suprimento de matérias-primas com o ritmo de produção.
	
	
	 8a Questão (Ref.: 201207401783)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	EXISTEM MUITOS ESTUDOS SOBRE OS GANHOS QUE EMPRESAS PODEM OBTER COM A TECNOLOGIA RADIO FREQUENCY IDENTIFICATION (RFID). DA MESMA FORMA, TAMBÉM SÃO COMUNS AS CRÍTICAS A SUA ADOÇÃO, PRINCIPALMENTE FOCANDO O FATO DE QUE A RFID AINDA NÃO GERA RESULTADOS QUE COMPENSEM SUA IMPLEMENTAÇÃO. A REALIDADE É QUE OS RESPONSÁVEIS PELA CADEIA DE SUPRIMENTO DEVEM CONHECER BEM AS VANTAGENS QUE A RFID PODE OFERECER E QUANTIFICAR OS GANHOS QUE PODEM SER OBTIDOS EM SUA EMPRESA. TAMBÉM DEVEM ENTENDER OS CUSTOS, DESVANTAGENS E PROBLEMAS QUE PODEM ENCONTRAR. SOBRE A RFID FORAM FEITAS AS SEGUINTES AFIRMAÇÕES: I - AS ATIVIDADES DE LEITURA MANUAL OU COM CÓDIGO DE BARRAS PODEM SER SUBSTITUÍDAS COM O USO DE PRODUTOS OU PALLETS COM RFID, EM QUE O MATERIAL SERÁ RASTREADO AUTOMATICAMENTE ENQUANTO SE MOVE PELO ARMAZÉM, O QUE PODE GERAR GANHOS SIGNIFICATIVOS DE PRODUTIVIDADE. II - O USO DO RFID REDUZ O TEMPO GASTO EM PONTOS DE VENDA COM A GESTÃO DE ARMAZÉNS, UMA VEZ QUE TODO MATERIAL QUE SAI DA LOJA É AUTOMATICAMENTE REGISTRADO, SEM A NECESSIDADE DE PROCESSO MANUAL POR PARTE DE FUNCIONÁRIOS. III - A INFORMAÇÃO EM TEMPO REAL QUE O RFID PERMITE AJUDA A RASTREAR MELHOR OS ESTOQUES E A MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS PARA REDUZIR, AO MÍNIMO, A FALTA DE ITENS EM ESTOQUE. ESTÁ(ÃO) CORRETA(S):
		
	
	SOMENTE II
	 
	I, II E III
	
	SOMENTE I
	 
	SOMENTE III
	
	SOMENTE I E III
	
	
	 9a Questão (Ref.: 201207394453)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Dentre as idéias apresentadas, identifique a única correta com relação às operações em terminais de carga:
		
	
	Capacidade Dinâmica é o limite