A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
124 pág.
Apostila  de Questões Processo Civil Fase Final

Pré-visualização | Página 10 de 44

edital. 
b) Atuando como fiscal da lei ou como parte, o Ministério Público dispõe de prazo em quádruplo para 
recorrer e em dobro para responder. 
c) Não há necessidade de intervenção ministerial em causa concernente ao estado da pessoa, desde que as 
partes sejam maiores e capazes. 
d) Se o processo tiver corrido sem o conhecimento do Ministério Público, o juiz o anulará a partir da citação 
do réu. 
e) O interesse público que legitima o Ministério Público a intervir na causa pode ser evidenciado tanto pela 
natureza da lide, como pela qualidade da parte. 
 
 
FCC - ANALISTA PROCESSUAL – MPU – 2007 
 
85 De acordo com o Código de Processo Civil, o Ministério Público 
 
+ de 400 QUESTÕES DE D. PROCESSUAL CIVIL 
http://www.atepassarconcursos.com.br 
http://www.provasvirtuais.com.br	
  -­‐	
  Em	
  breve	
  o	
  seu	
  grupo	
  de	
  estudos	
  on	
  line	
  
a) poderá, quando intervir como fiscal da lei, juntar documentos e certidões, sendo-lhe vedado produzir prova 
em audiência. 
b) exercerá o direito de ação nos casos previstos em lei, mas, no processo, não lhe caberá os mesmos poderes 
e ônus que às partes. 
c) não intervirá nas causas concernentes ao estado da pessoa, interdição e disposições de última vontade. 
d) deverá ser intimado nos processos em que a lei considera obrigatória a sua intervenção, mas a falta de 
intimação, em regra, é considerada mera irregularidade. 
e) terá, quando intervir como fiscal da lei, vista dos autos depois das partes, sendo intimado de todos os atos 
do processo. 
 
 
FCC - ANALISTA MINISTERIAL PROCESSUAL – MPE – PE – 2006 
 
86 De acordo com o Código de Processo Civil brasileiro, considere as seguintes assertivas a respeito do 
Ministério Público: 
 
I. O Ministério Público exercerá o direito de ação nos casos previstos em lei, cabendo-lhe, no processo, 
os mesmos poderes e ônus que às partes. 
II. Intervindo como fiscal da lei, o Ministério Público terá vista dos autos antes das partes, sendo 
intimado dos atos relevantes do processo. 
III. Compete ao Ministério Público intervir, dentre outras, nas causas concernentes ao estado da pessoa, 
pátrio poder, tutela, curatela, interdição e declaração de ausência. 
 
É correto o que consta APENAS em 
 
a) I. 
b) II. 
c) I e III. 
d) I e II. 
e) II e III. 
 
 
PROMOTOR – MPE – MG – 2005 
 
87 No que tange ao exercício das funções ministeriais é INCORRETO afirmar que: 
 
a) oficia na estrita observância do direito objetivo como fiscal da lei. 
b) é civilmente responsável quando, no exercício de suas funções, proceder com culpa dolo ou fraude. 
c) atua como parte quando age como legitimado ativo na Ação Civil Pública e na Ação Coletiva por 
improbidade administrativa. 
d) atua como assistente nas Ações Civis Públicas proposta por outro legitimado ativo. 
e) a lei exige que nos casos de intervenção obrigatória as intimações de seus órgãos se façam sempre 
pessoalmente, entendendo o Pleno do STF que o prazo inicia na data da entrega dos autos a secretaria da 
instituição. 
 
 
+ de 400 QUESTÕES DE D. PROCESSUAL CIVIL 
http://www.atepassarconcursos.com.br 
http://www.provasvirtuais.com.br	
  -­‐	
  Em	
  breve	
  o	
  seu	
  grupo	
  de	
  estudos	
  on	
  line	
  
FCC – OAB – SP – 2006 
 
88 Assinale a alternativa correta. 
 
a) Havendo interesse de menores relativamente incapazes, a falta de intervenção do Ministério Público só 
anulará o processo se não tiverem sido regularmente assistidos por seus representantes legais. 
b) A falta de intervenção do Ministério Público não acarreta a nulidade do processo, se os menores 
envolvidos na causa resultaram vitoriosos. 
c) Não se decreta a nulidade do processo por falta de intervenção do Ministério Público quando as partes não 
informaram ao Juízo a existência de menores interessados na causa. 
d) Se o Ministério Público não recorre contra a sentença desfavorável aos interesses dos menores a quem 
devia defender, o processo fica eivado de nulidade passível de correção por ação rescisória. 
 
 
JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO – TRT – 9ª – 2005 
 
89 Assinale a alternativa incorreta: 
 
a) o Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe 
a defesa da ordem jurídica, do regime democrático, e dos interesses sociais e individuais indisponíveis 
b) são princípios institucionais do Ministério Público a unidade, a indivisibilidade e a independência 
funcional 
c) caberá exclusivamente ao Ministério da Justiça a elaboração da proposta orçamentária alusiva ao 
Ministério Público dentro dos limites estabelecidos na lei de diretrizes orçamentárias 
d) o Procurador-Geral da República nomeado pelo Presidente da República deverá ter seu nome aprovado 
pela maioria absoluta do Senado Federal 
e) são garantias do Ministério Público vitaliciedade, inamovibilidade e irredutibilidade de subsídios 
 
 
FCC - ANALISTA. JUD. – ADM – TRT - 11ª – 2005 
 
90 Em um processo em que o autor é um incapaz, o Ministério Público não foi intimado a acompanhar 
o feito e a intervir. Nesse caso, 
 
a) não é nulo o processo, devendo o Ministério Público ser intimado para acompanhar o processo somente 
em grau de recurso. 
b) não é nulo o processo, uma vez que a intervenção do Ministério Público no caso de o autor ser incapaz é 
facultativa. 
c) é nulo o processo e o juiz o anulará a partir do momento em que o órgão devia ter sido intimado. 
d) é nulo o processo e o juiz o anulará desde a citação da parte contrária para responder. 
e) não é nulo o processo, uma vez que o Ministério Público pode intervir em qualquer processo 
independentemente de intimação. 
 
 
FCC - ANALISTA JUD. – JUD – TRT - 11ª – 2005 
 
91 O Ministério Público 
 
a) atuará, quando a lei considerar sua intervenção obrigatória, e a parte, sob pena de nulidade do processo, 
promover-lhe-á a intimação. 
b) terá vista dos autos antes das partes, sendo intimado dos principais atos do processo, quando intervir como 
fiscal da lei. 
c) poderá juntar documentos e certidões, mas não poderá produzir prova em audiência. 
d) tem competência para intervir nas ações que envolvam litígios coletivos pela posse da terra rural. 
e) não será civilmente responsável quando, no exercício de suas funções, proceder com dolo ou fraude. 
 
 
PROMOTOR – MPE – MG – 2005 
 
+ de 400 QUESTÕES DE D. PROCESSUAL CIVIL 
http://www.atepassarconcursos.com.br 
http://www.provasvirtuais.com.br	
  -­‐	
  Em	
  breve	
  o	
  seu	
  grupo	
  de	
  estudos	
  on	
  line	
  
92 "Como há independência do Ministério Público em relação ao Poder Judiciário, não pode o 
magistrado obrigar o órgão ministerial a intervir no processo". Diante dessa afirmativa, considere 
as seguintes alternativas: 
 
I. A falta de intimação do Ministério Público, nas hipóteses legais, acarreta anulabilidade do respectivo 
procedimento; 
II. O que enseja a nulidade é a falta de intervenção do Ministério Público e não a falta de intimação; 
III. se o processo tiver tramitado sem conhecimento do Ministério Público, o juiz anulará o feito a partir 
do momento em que o órgão do parquet manifesta nos autos a necessidade de sua intervenção; 
IV. Cessada a causa de intervenção do Ministério Público no decorrer do processo, a decisão afinal 
proferida não enseja a intimação do órgão ministerial. 
 
SOMENTE é CORRETO o que se afirma em: 
 
a) I e II 
b) III e IV 
c) II 
d) IV 
e) III 
	
  
	
  
DOS ÓRGÃOS JUDICIÁRIOS E DOS AUXILIARES DA JUSTIÇA 
 
 
FCC - ANALISTA JUD. – ADM – TRE – PB – 2007 
 
93 Sobre o Juiz, considere: 
 
I. Reputa-se fundada a suspeição de parcialidade do juiz quando for órgão de direção ou de 
administração de pessoa jurídica, parte na causa. 
II. O juiz só decidirá por equidade nos casos previstos em lei. 
III. Responderá