A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
124 pág.
Apostila  de Questões Processo Civil Fase Final

Pré-visualização | Página 3 de 44

jurídica do pedido como condição da ação e sim de existência do direito; 
c) modernamente, tem sido objeto de crítica, em sede de doutrina, o entendimento de que as condições da 
ação situam-se fora do mérito da causa; 
d) o acolhimento dessa teoria na legislação processual civil repercute sobre o cabimento da ação rescisória. 
	
  
	
  
+ de 400 QUESTÕES DE D. PROCESSUAL CIVIL 
http://www.atepassarconcursos.com.br 
http://www.provasvirtuais.com.br	
  -­‐	
  Em	
  breve	
  o	
  seu	
  grupo	
  de	
  estudos	
  on	
  line	
  
DAS PARTES E DOS PROCURADORES 
 
 
FCC-DEFENSOR PÚB.-DEFENSORIA PÚB-2007 
 
19 A capacidade postulatória, como um dos pressupostos de existência da relação jurídica processual, 
em regra é materializada através da representação da parte por advogado devidamente habilitado, 
mediante a outorga de procuração. Assim, a ausência de procuração por parte do réu e sua não 
apresentação no prazo legal implica 
 
a) extinção do processo, sem julgamento do mérito 
b) extinção do processo, com julgamento do mérito. 
c) preclusão das faculdades processuais da parte 
d) inexistência dos atos praticados em seu nome. 
e) presunção de veracidade dos fatos afirmados pelo autor. 
 
 
FCC-DEFENSOR PÚB.-DEFENSORIA PÚB-2007 
 
20 Na fase de cumprimento da sentença, para os fins previstos no caput do art. 475-J do CPC, o juiz 
ordena a pessoal intimação do Defensor Público, que atuou no processo como Curador Especial ao 
réu, citado por edital, para que o devedor, por ele "representado", venha a efetuar o pagamento do 
débito, em 15 dias, sob pena de sujeição à multa de 10% do valor da dívida. Essa intimação, 
ordenada pelo juiz, é 
 
a) inválida, pois não atuando por instrumento de mandato, o Defensor Público não reúne condições para 
representar o devedor e o acréscimo do débito afrontará o princípio do contraditório. 
b) inválida, pois não atuando por instrumento de mandato, o Defensor Público não reúne condições para 
representar o devedor e o ato de intimação, no todo, mostra-se nulo por violar o princípio do devido 
processo legal. 
c) válida, pois pelo regramento do art. 236 do CPC a intimação da parte representada poderá se dar na pessoa 
de seu procurador constituído nos autos. 
d) válida, pois tal intimação constitui-se em ato assemelhado à citação pessoal. 
e) válida, por ter sido suprimida do ordenamento processual a execução de títulos judiciais. 
 
 
FCC-ANAL. JUD- JUD. –TRE-PB-2006 
 
21 A alienação da coisa ou do direito litigioso, a título particular, por ato entre vivos, 
 
a) não permite ao adquirente ingressar em juízo, substituindo o alienante, sem que o consinta a parte 
contrária. 
b) altera automaticamente a legitimidade das partes. 
c) não possibilita ao adquirente intervir no processo assistindo o alienante. 
d) permite ao adquirente ingressar em juízo, substituindo o alienante, independentemente de consentimento 
da parte contrária. 
e) não altera a legitimidade das partes e a sentença proferida entre as partes originais não estende os seus 
efeitos ao adquirente. 
 
 
+ de 400 QUESTÕES DE D. PROCESSUAL CIVIL 
http://www.atepassarconcursos.com.br 
http://www.provasvirtuais.com.br	
  -­‐	
  Em	
  breve	
  o	
  seu	
  grupo	
  de	
  estudos	
  on	
  line	
  
ESAF - PROCURADOR –PGDF-2007 
 
22 Sobre a responsabilidade por dano processual, assinale a afirmativa correta. 
 
a) A multa e a indenização decorrentes da litigância de má-fé dependem de requerimento da parte 
prejudicada. 
b) Responde por perdas e danos aquele que pleitear de má-fé, seja ele autor, réu ou interveniente. 
c) O valor da multa pode ser liquidado por arbitramento. 
d) Considera-se litigante de má-fé aquele que opõe resistência justificada ao andamento do processo. 
e) As sanções impostas em conseqüência de má-fé serão contadas como custas e reverterão em benefício do 
Estado. 
 
 
ESAF - PROCURADOR –PGDF-2007 
 
23 Mário ajuizou ação reivindicatória em desfavor de Pedro, dizendo ser o proprietário do imóvel 
indevidamente ocupado pelo demandado. Esse, regularmente citado, disse que detinha a coisa 
reivindicada por Mário em nome alheio, já que era mero caseiro de Manoel, esse, sim, o verdadeiro 
proprietário do lote. Pediu a sua exclusão do feito e requereu o chamamento ao processo de Manoel, 
que, segundo Pedro, é a pessoa que deve legitimamente figurar como parte na causa. À vista desses 
fatos, assinale a afirmativa correta. 
 
a) Pedro deveria ter requerido a denunciação da lide em relação a Manoel. 
b) Pedro deveria ter nomeado à autoria Manoel. 
c) Ordenado o chamamento ao processo, interrompe-se o prazo para defesa 
d) O chamamento ao processo não interrompe o prazo para a defesa e corre em autos apartados. 
e) Se o autor discordar do chamamento ao processo, o feito continua a correr contra o réu originário. 
 
 
FCC-ANAL. JUD - ADM – TRE - MS - 2007 
 
24 Paulo, pecuarista, contrata o advogado João para ajuizar ação de indenização, pelo rito ordinário, 
contra Pedro. No curso da lide, João resolve, por motivo de foro íntimo, renunciar ao mandato que 
lhe foi outorgado por Paulo, notificando regularmente o seu cliente e comunicando nos autos. Neste 
caso deverá o Juiz 
 
a) suspender o processo, marcando prazo razoável para Paulo regularizar sua representação processual. 
b) extinguir imediatamente o processo por falta de representação processual do autor da ação Paulo. 
c) prosseguir normalmente a demanda até a prolação de sentença. 
d) declarar a nulidade do processo e extingui-lo por incapacidade processual. 
e) prosseguir normalmente a demanda, nomeando um advogado dativo para representar os interesses do autor 
Paulo. 
 
 
FCC-ANAL. JUD - ADM – TRE – MS - 2007 
 
25 Em matéria processual civil, no que concerne ao instituto da assistência é correto afirmar que, 
dentre outras situações, 
 
a) impugnado o pedido do assistente o juiz deverá decidir o incidente, sendo vedada a produção de provas. 
b) ela só é admitida em primeira instância, em qualquer tipo de procedimento. 
c) o pedido do assistente pode ser impugnado pelas partes no prazo de dez dias. 
d) o assistente recebe o processo no estado em que se encontra. 
e) o assistente deve agir como auxiliar da parte assistida, mas não se sujeita aos mesmos ônus processuais 
que ela. 
FCC-ANAL. JUD - ADM – TRE – MS - 2007 
 
26 Dentre outros casos, NÃO haverá necessidade de citação de ambos os cônjuges para as ações 
 
a) fundadas em dívidas contraídas pelo marido, a bem da família, em qualquer hipótese 
+ de 400 QUESTÕES DE D. PROCESSUAL CIVIL 
http://www.atepassarconcursos.com.br 
http://www.provasvirtuais.com.br	
  -­‐	
  Em	
  breve	
  o	
  seu	
  grupo	
  de	
  estudos	
  on	
  line	
  
b) que tenham por objeto a extinção de ônus sobre imóveis de um dos cônjuges. 
c) que versem sobre direitos reais imobiliários. 
d) possessórias nos casos de composse. 
e) resultantes de atos praticados por eles. 
 
 
ESAF-ANAL. JURÍDICO – SEFAZ – CE - 2007 
 
27 Nas causas em que for vencida a Fazenda Pública, os honorários advocatícios serão fixados 
 
a) entre o mínimo de 10% (dez por cento) e o máximo de 20% (vinte por cento) sobre o valor da condenação. 
b) até o máximo de 1% (um por cento) quando o advogado funcionar em causa própria. 
c) consoante apreciação eqüitativa do juiz, atendidos, entre outros critérios, o grau de zelo do profissional e o 
tempo exigido para o seu serviço. 
d) no percentual máximo de 5% (cinco por cento) quando cada litigante for recíproca e proporcionalmente 
vencedor e vencido. 
e) exclusivamente contra a própria Fazenda Pública se o processo terminar por transação. 
 
 
ESAF-ANAL. JURÍDICO – SEFAZ – CE - 2007 
 
28 Em razão do disposto no art. 158, inciso IV e parágrafo único, inciso I, da Constituição e conforme a 
jurisprudência, em ação judicial