A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Av2 2014.1 - Princípio da Ciência e Tecnologia dos Materias

Pré-visualização | Página 2 de 2

201302092278)
	12a sem.: Corrosão
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	Ao analisar um componente que tenha sofrido fratura, é importante identificarmos se mesma se desenvolveu através de um mecanismo dúctil ou frágil. Com relação a estes dois mecanismos, NÃO podemos afirmar:
		
	
	Na fratura dúctil, o processo de ruptura se desenvolve de forma relativamente lenta à medida que a trinca propaga.
	
	Na fratura frágil, a partir de um certo ponto, a trinca é dita estável porque se propagará somente com o aumento da tensão aplicada sobre o material. 
	
	Na fratura frágil, o material se deforma pouco antes de fraturar. 
	
	Na fratura dúctil, o material se deforma consideravelmente antes de fraturar. 
	
	Na fratura frágil, o processo de propagação de trinca pode ser muito veloz, gerando situações catastróficas.