APOSTILA   ED UNIP PERICIA E EXERCICIOS COM GABARITO
61 pág.

APOSTILA ED UNIP PERICIA E EXERCICIOS COM GABARITO


DisciplinaPerícia625 materiais2.556 seguidores
Pré-visualização16 páginas
\ufffd\ufffdCIÊNCIAS CONTÁBEIS 
APOSTILA ED/UNIP\ufffd\ufffd\ufffd\ufffd
CURSO: Ciências Contábeis	
DISCIPLINA: Perícia, Avaliação e Arbitragem.
CONSTITUIÇÃO FEDERAL, CÓDIGO CIVIL E CÓDIGO DO PROCESSO CIVIL
Inicialmente, cabe considerar que a Constituição Federal de 05 de outubro de 1988, a lei maior na pirâmide da hierarquia das leis, em seu artigo 5º apresenta como direitos e garantias fundamentais: o livre exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer (inciso XIII), a não exclusão da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça a direito (inciso XXXV), e a prestação de assistência jurídica integral e gratuita pelo Estado aos que comprovarem insuficiência de recursos (inciso LXXIV).
"Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
XIII - é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer;
XXXV - a lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça a direito;
LIV - ninguém será privado da liberdade ou de seus bens sem o devido processo legal;"
Tais direitos são cláusulas pétreas, ou seja, são direitos e garantias que não podem ser suprimidos.
Assim, todos indistintamente tem livre acesso ao Poder Judiciário, e devem ter garantidos o direito a ampla defesa e contraditório.
O Código Civil, que consiste na lei nº 10.406/2002 apresenta em seu artigo 212 quais são as provas admitidas pelo direito, quais sejam: confissão, documento, testemunha, presunção e perícia.
\u201cArt. 212. Salvo o negócio a que se impõe forma especial, o fato jurídico pode ser provado mediante:
I - confissão;
II - documento;
III - testemunha;
IV - presunção;
V - perícia.\u201d
Assim a prova pericial é um dos elementos de prova que devem ser levados ao conhecimento da autoridade para que este tome a melhor decisão.
Exercício 1: De acordo com o Código Civil, o fato jurídico pode ser provado mediante:
A) confissão
B) documento
C) testemunha
D) perícia
E) todas as alternativas estão corretas - (CORRETA)
Exercício 2: A lei de maior hierarquia no ordenamento jurídico brasileiro é:
A) a Constituição Federal - (CORRETA)
B) a lei ordinária
C) a lei complementar
D) a medida provisória
E) a lei delegada
Exercício 3: Preencha a lacuna:
"Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos ________________ residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:"
A) estudantes
B) graduados
C) naturalizados
D) estrangeiros - (CORRETA)
E) registrados
Exercício 4: Preencha a lacuna:
De acordo com o artigo 5º, inciso XIII, da Constituição Federal: é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações ________________ que a lei estabelecer:
A) emocionais
B) cognitivas
C) profissionais - (CORRETA)
D) registrais
E) regimentais
Exercício 5: De acordo com a Constituição em seu artigo 5º, inciso XXXV: a lei não excluirá da apreciação do Poder ________________ lesão ou ameaça a direito;
A) Legislativo
B) Executivo
C) Moderador
D) Judiciário - (CORRETA)
E) Parlamentar
Exercício 6: Nos termos do artigo 5º, inciso LIV, da Constituição Federal: ninguém será privado da liberdade ou de seus bens sem o devido processo:
A) Legislativo
B) Judicial
C) Pericial
D) Arbitral
E) Legal - (CORRETA)
Exercício 7: As cláusulas pétreas são direitos e garantias que não podem ser:
A) alterados
B) aumentados
C) suprimidos - (CORRETA)
D) modificados
E) informados
Exercício 8: Todos indistintamente tem livre acesso ao Poder Judiciário, e devem ter garantidos:
A) o direito a ampla defesa e contraditório - (CORRETA)
B) o direito a ampla defesa ou contraditório.
C) ampla defesa
D) contraditório
E) nenhuma das alternativas anteriores responde de forma completa a questão
CAUSAS DE IMPEDIMENTO E SUSPEIÇÃO NO CÓDIGO DO PROCESSO CIVIL
O Código de Processo Civil apresenta as causas de impedimento e suspeição aplicáveis ao juiz e as auxiliares, dentre os quais se insere o perito.
\u201cArt. 144. Há impedimento do juiz, sendo-lhe vedado exercer suas funções no processo:
I - em que interveio como mandatário da parte, oficiou como perito, funcionou como membro do Ministério Público ou prestou depoimento como testemunha;
II - de que conheceu em outro grau de jurisdição, tendo proferido decisão;
III - quando nele estiver postulando, como defensor público, advogado ou membro do Ministério Público, seu cônjuge ou companheiro, ou qualquer parente, consanguíneo ou afim, em linha reta ou colateral, até o terceiro grau, inclusive;
IV - quando for parte no processo ele próprio, seu cônjuge ou companheiro, ou parente, consanguíneo ou afim, em linha reta ou colateral, até o terceiro grau, inclusive;
V - quando for sócio ou membro de direção ou de administração de pessoa jurídica parte no processo;
VI - quando for herdeiro presuntivo, donatário ou empregador de qualquer das partes;
VII - em que figure como parte instituição de ensino com a qual tenha relação de emprego ou decorrente de contrato de prestação de serviços;
VIII - em que figure como parte cliente do escritório de advocacia de seu cônjuge, companheiro ou parente, consanguíneo ou afim, em linha reta ou colateral, até o terceiro grau, inclusive, mesmo que patrocinado por advogado de outro escritório;
IX - quando promover ação contra a parte ou seu advogado.
§ 1º Na hipótese do inciso III, o impedimento só se verifica quando o defensor público, o advogado ou o membro do Ministério Público já integrava o processo antes do início da atividade judicante do juiz.
§ 2º É vedada a criação de fato superveniente a fim de caracterizar impedimento do juiz.
§ 3º O impedimento previsto no inciso III também se verifica no caso de mandato conferido a membro de escritório de advocacia que tenha em seus quadros advogado que individualmente ostente a condição nele prevista, mesmo que não intervenha diretamente no processo.
Art. 145. Há suspeição do juiz:
I - amigo íntimo ou inimigo de qualquer das partes ou de seus advogados;
II - que receber presentes de pessoas que tiverem interesse na causa antes ou depois de iniciado o processo, que aconselhar alguma das partes acerca do objeto da causa ou que subministrar meios para atender às despesas do litígio;
III - quando qualquer das partes for sua credora ou devedora, de seu cônjuge ou companheiro ou de parentes destes, em linha reta até o terceiro grau, inclusive;
IV - interessado no julgamento do processo em favor de qualquer das partes.
§ 1º Poderá o juiz declarar-se suspeito por motivo de foro íntimo, sem necessidade de declarar suas razões.
§ 2º Será ilegítima a alegação de suspeição quando:
I - houver sido provocada por quem a alega;
II - a parte que a alega houver praticado ato que signifique manifesta aceitação do arguido.
Art. 146. No prazo de 15 (quinze) dias, a contar do conhecimento do fato, a parte alegará o impedimento ou a suspeição, em petição específica dirigida ao juiz do processo, na qual indicará o fundamento da recusa, podendo instruí-la com documentos em que se fundar a alegação e com rol de testemunhas.
§ 1º Se reconhecer o impedimento ou a suspeição ao receber a petição, o juiz ordenará imediatamente a remessa dos autos a seu substituto legal, caso contrário, determinará a autuação em apartado da petição e, no prazo de 15 (quinze) dias, apresentará suas razões, acompanhadas de documentos e de rol de testemunhas, se houver, ordenando a remessa do incidente ao tribunal.
§ 2º Distribuído o incidente, o relator deverá
Daiane
Daiane fez um comentário
Top!
1 aprovações
Carregar mais