Questões modernismo
40 pág.

Questões modernismo


DisciplinaLiteratura Brasileira III318 materiais2.259 seguidores
Pré-visualização6 páginas
LITERATURA BRASILEIRA III
Questões O PRÉ-MODERNISMO
		1.
		De acordo com a aula 1, podemos dizer que as obras de Euclides da Cunha e de Lima Barreto têm como elemento comum:
	
	
	
	
	Um experimentalismo linguístico exacerbado.
	
	
	A utilização de uma linguagem coloquial das camadas elitistas do sertão.
	
	 
	A expressão de situações negligenciadas da realidade brasileira.
	
	
	A intenção de retratar o Brasil de modo idealizante.
	
	
	O estilo conservador do antigo regionalismo árcade.
	
	Gabarito Coment.
	
	
	
		
	
		2.
		Como de hábito, Policarpo Quaresma, mais conhecido por Major Quaresma, bateu em casa às quatro e quinze da tarde. Havia mais de vinte anos que isso acontecia. Saindo do Arsenal de Guerra, onde era subsecretário, bongava* pelas confeitarias algumas frutas, comprava um queijo, às vezes, e sempre o pão da padaria francesa.
Não gastava nesses passos nem mesmo uma hora, de forma que, as três e quarenta, por ai assim, tomava o bonde, sem erro de um minuto, ia pisar a soleira* da porta de sua casa, numa rua afastada de São Januário, bem exatamente as quatro e quinze, como se fosse uma aparição de um astro, um eclipse, enfim um fenômeno matematicamente determinado, previsto e predito...¿ (trecho extraído da primeira parte, capítulo I ¿ A lição de violão)
http://cantinhodaliteratura.spaceblog.com.br/304236/TRISTE-FIM-DE-POLICARPO-QUARESMA-Lima-Barreto/
 
1-Lima Barreto apresenta personagens que circulam pelas ruas do Rio de Janeiro, refletindo o modo de vida de quem?
	
	
	
	 
	    Nobreza
	
	
	   Damas da elite carioca e escravos
	
	
	    Aristocracia
	
	 
	   Funcionários públicos, aposentados e profissionais liberais.
	
	
	   Damas da elite carioca
	
	Gabarito Coment.
	
	
	Gabarito Coment.
	
	
	
		
	
		3.
		A obra de Lima Barreto:
	
	
	
	
	É considerada pré-modernista, uma vez que reflete a vida urbana paulista antes da década de 20.
	
	 
	É pré-modernista, refrletindo forte sentimento nacional e grande consciência crítica de problemas brasileiros.
	
	
	Gira em torno da influência do imigrante estrangeiro na formação da nacionalidade brasileira, refletindo uma grande consicência crítica dessa problemática.
	
	
	Tem cunho social, embora esteja presa aos cânones estéticos e ideológicos românticos e influenciou fortemente os romancistas da primeira geração modernista.
	
	
	Reflete a sociedade rural do século XX, podendo ser considerada precursora do romance regionalista moderno.
	
	
	
		
	
		4.
	Nas duas primeiras décadas do nosso século, as obras de Euclides da Cunha e de Lima Barreto, tão diferentes entre si, têm como elemento comum:
	
	
	
	
	
	O estilo conservador do antigo regionalismo romântico.
	
	 
	A expressão de aspectos até então negligenciados da realidade brasileira.
	
	
	A intenção de retratar o Brasil de modo otimista e idealizante.
	
	
	A prática de um experimentalismo linguístico radical.
	
	
	A adoção da linguagem coloquial das camadas populares do sertão.
	
	
	
		
	
		5.
		Leia o fragmento de Triste fim de Policarpo Quaresma, de Lima Barreto:
"Para bem compreender o motivo disso, é preciso não esquecer que o major, depois de trinta anos de mditação patriótica, de estudos e reflexões, chegava agora ao período da frutificação. A convicção que sempre tivera de ser o Brasil o primeiro país do  mundo e o seu grande amor à pátria eram agora ativos e impeliram-no a grandes cometimentos. Ele sentia dentro de si impulsos imperiosos de agir, de obrare de concretizar suas ideias. Eram pequenos melhoramentos, simples toques, porque em si mesma (era a sua opinião), a grande pátria do Cruzeiro só precisava de tempo para ser superior à Inglaterra") (http://www.sinergia-spe.net/editorialeletronica/autor/020/02000100_2.htm)
A partir da leitura do excerto e dos seus conhecimentos sobre a obra de Lima Barreto, é correto afirmar:
	
	
	
	
	Presa aos cânones estéticos e literários, é considerada modernista, apesar de fazer uma retomada aos assuntos abordados pela escola parnasiana. 
	
	
	Pode ser considerada precursora do romance regionalista moderno, representando a sociedade rural do século XIX.
 
	
	
	Com enredos ambientados prioritariamente na região do Vale do Paraíba, denuncia a prática agrícola da queimada e a devastação da natureza.
	
	
	Não apresenta cunho social e está voltada para a experimentação  e aos estudos da própria linguagem, apresentando um novo tipo de relação narrador-leitor.
	
	 
	Reflete forte sentimento nacional e grande preocupação com questões históricas, culturais e sociais, denotada a partir de uma consciência crítica contumaz dos problemas brasileiros.
	
	
	
		
	
		6.
		Leia as afirmações abaixo para assinalar a alternativa correta:
	
	
	
	
	Lima Barreto, em suas obras, não se preocupou com as questões sociais de seu tempo.
	
	
	a análise crítica da realidade brasileira nunca foi uma preocupação para Monteiro Lobato.
	
	
	Monteiro Lobato nunca se interessou em produzir literatura para o público infantil.
	
	
	Euclides da Cunha destacou-se , na Literatura Brasileira, com o romance Triste fim de Policarpo Quaresma.
	
	 
	Contrariando a tendência da época, Euclides da Cunha, Monteiro Lobato, Lima Barreto e Graça Aranha empenharam-se para produzir obras que retratavam uma visão crítica da realidade brasileira.
	
	Gabarito Coment.
	
	
	
		
	
		7.
		Assinale a alternativa incorreta sobre o pré-modernismo:
	
	
	
	
	Tanto Lima Barreto quanto Monteiro Lobato são nomes significativos da literatura pré-modernista produzida nos primeiras anos do século XX, pois problematizam a realidade cultural e social do Brasil.
	
	
	Euclides da Cunha, com a obra "Os Sertões", ultrapassa o relato meramente documnetal da batalha de Canudos para fixar-se em problemas humanos e revelar a face trágica da nação brasileira.
	
	 
	Algumas correntes de vanguarda  do início do século XX, como o Futurismo e o Cubismo, exerceram grande influência sobre nossos escritores pré-modernistas, sobretudo na poesia. 
	
	
	Não se caracterizou como uma escola literária com princípios estéticos bem definidos, mas como um período de prefiguração das inovações temáticas e linguísticas do modernismo.
	
	
	Nos romances de Lima Barreto observa-se, além da crítica social, a critica ao academicismo e à linguagem empolada e vazia dos parnasianos, traço que revela a postura moderna do escritor.
	
	
	
		
	
		8.
		De acordo com a aula 1, podemos dizer que as obras de Euclides da Cunha e de Lima Barreto têm como elemento comum:
	
	
	
	 
	A expressão de situações negligenciadas da realidade brasileira.
	
	
	Um experimentalismo linguístico exacerbado.
	
	
	O estilo conservador do antigo regionalismo árcade.
	
	
	A utilização de uma linguagem coloquial das elites do sertão.
	
	
	A intenção de retratar o Brasil de modo otimista e idealizante.
		1.
		Dentre  os  autores  do Pré-modernismo,  Lima Barreto se voltou em sua obra para  questões sociais e políticas que colocavam em  cena:
	
	
	
	
	As belezas naturais do Norte do Brasil.
	
	
	Os militares  republicanos  idealizados.
 
	
	
	O povo  sofrido do sertão Nordestino .
 
	
	
	Os sertanejos da Guerra de  Canudos.
 
	
	 
	Os marginalizados do sistema republicano.
 
	
	
	
		
	
		2.
	Assinale a alternativa correta em relação à autoria de determinadas obras:
	
	
	
	
	
	A Nova califórnia, de Euclides da Cunha.