AULA FOLHA
72 pág.

AULA FOLHA


DisciplinaMorfologia Vegetal519 materiais8.681 seguidores
Pré-visualização2 páginas
*
*
FOLHA
Prof. Elcivan Bento da Nóbrega
*
*
IMPORTÂNCIA
metabolismo da planta
uso alimentar e medicinal
Industrial
adubação
INTRODUÇÃO
*
*
CARACTERISTICAS GERAIS
Expansão lateral do caule;
Órgão laminar com simetria bilateral;
Crescimento limitado;
Coloração verde (clorofilado);
Inserção nodal;
Gema nas axilas.
*
*
FUNÇÕES
Fotossíntese (nutrição)
Respiração e transpiração
Condução e distribuição de seiva
ORIGEM
 
 Gêmula do embrião da semente
 Exógena, como expansões laterais dos caules
 
*
*
*
*
DEFINIÇÃO
Expansão lateral e laminar do caule, de simetria bilateral e crescimento limitado, constituindo-se num órgão vegetativo com importantes funções metabólicas.
*
*
PARTES CONSTITUINTES DA FOLHA
Limbo: parte laminar e bilateral
Pecíolo: haste que sustenta o limbo
Bainha e estípula: bainha é a parte basilar e alargada da folha que abraça o caule. E estípula é cada um dos apêndices, geralmente laminares e em número de dois, que se formam de cada lado da base foliar. Ex: brinco-de-princesa.
*
*
Folha completa
Folha incompleta
Folha peciolada
*
*
NOMENCLATURA FOLIAR
Folha incompleta: quando falta uma da três partes constituintes. Ex: braquiária.
Folha peciolada: quando apresenta pecíolo. Ex: soja
Folha séssil: sem pecíolo Ex: espada-de-são-jorge.
Folha amplexicaule: folha, cuja base do limbo abraça o caule. Ex: serralha
*
*
Folha peciolada
Folha séssil
Folha amplexicaule
*
*
Heterofilia: é polimorfismo marcante das folhas normais: eucalipto.
Pecíolo alado: pecíolo com expansões aliformes foliáceas laterais. Ex: laranjeira.
Peciólulo: é o pecíolo dos folíolos das folhas compostas. Ex: acácia.
*
*
Heterofilia
Pecíolo alado
Folha composta
*
*
Pseudocaule: falso caule, constituído dos restos das bainhas foliares densamente superpostas. Ex: bananeira
Pulvino: é uma porção espessada da base foliar ou foliolar que provoca, nas folhas, movimentos de curvaturas. Ex: maliça.
*
*
Pulvino
Pseudocaule
*
*
ESTUDO DO LIMBO
Quanto às faces
SUPERIOR, VENTRAL OU ADAXIAL
INFERIOR, DORSAL E ABAXIAL
*
*
Face ventral
Face dorsal
*
*
Quanto à nervação
Folhas uninérveas: com uma única nervura. Ex: sagu-de-jardim.
Folhas paralelinérveas: com nervuras secundárias paralelas à principal, quando esta existe. Ex: Gramineae.
Folhas peninérveas: com nervuras secundárias ao longo da principal. Ex: laranja.
*
*
Uninérvea
Paralelinérvea
Peninérvea
*
*
Folhas palminérveas: com nervuras que saem todas do mesmo ponto, divergindo em várias direções. Ex: brinco-de-princesa.
Folhas curvinérveas: com nervuras secundárias curvas, em relação à principal. Ex: língua-de-vaca.
Folhas peltinérveas: nervuras das folhas peltadas, com nervura irradiando do pecíolo que se insere no centro ou próximo, na face dorsal do limbo. Ex: mamoneira.
*
*
Peltinérvea
Palminérvea
Curvinérvea
*
*
Quanto à consistência
CARNOSA OU SUCULENTA: abundante em sucos, com reservas d\u2019água. Ex: Cacto.
CORIÁCEA: lembrando couro. Ex: abacate.
HERBÁCEA: consistência de erva. 
MEMBRANÁCEA: consistência de membrana, tenra e flexível. Ex: urtica.
*
*
Suculenta
Coriácea
Herbácea
Membranácea
*
*
Quanto à superfície
Glabra: desprovida de pêlos
Pilosa: revestida de pêlos
Lisa: sem acidentes
Rugosa: enrugada
*
*
Glabra
Pilosa
Lisa
Rugosa
*
*
ESTUDO DO LIMBO QUANTO À FORMA
Acicular: forma de agulha longa, fina, rígida e pontiaguda. Ex: árvore-de-natal.
Cordiforme: forma de coração, base mais larga, reentrante, com lobos arredondados. Ex: capeva
Deltóide: forma de delta, triangular. Ex: cardeal
Elítica: forma de elipse, mais larga no meio, comprimento duas vezes a largura. Ex: ficus.
*
*
Acicular
Deltóide
Cordiforme
Elítica
*
*
Ensiforme: forma de espada, longa, bordos paralelos. Ex: espada-de-são-jorge.
Escamiforme: forma e aspecto de escamas. Ex: cipreste.
Espatulada: forma de espátula, ápice mais largo, comprimento maior que duas vezes a largura. Ex: escama-de-sapo.
*
*
Ensiforme
Escamiforme
Espatulada
*
*
Falciforme: forma de foice, plana e encurvada. Ex: eucalipto.
Hastada : forma de seta, semelhante à sagitada, porém com lobos basilares voltados para os lados. Ex: Mikania salviaefolia.
Lanceolada: forma de lança, mais larga no meio ou perto da base, geralmente estreitando-se nas extremidades, comprimento maior que duas vezes a largura. Ex: espirradeira.
*
*
Falciforme
Hastada
Lanceolada
*
*
Linear: forma estreita e comprida, comprimento acima de quatro vezes a largura. Ex: capim-pé-de-galinha
Oblonga: forma mais longa que larga, comprimento 3-4 vezes maior que a largura. Ex: Lochnera rosea (vinca).
Obovada: forma ovada com a parte mais larga no ápice, isto é, ovada invertida. Ex: amendoeira.
Ovada: forma de ovo, mais larga perto da base, comprimento 1-2 vezes maior que a largura. Ex: vassoura.
*
*
Obovada
Ovada
Linear
Oblonga
*
*
Orbicular: forma mais ou menos circular. Ex: chagas
Peltada: forma de escudo, com o pecíolo inserido no meio ou próximo, na face dorsal do limbo. Ex: chagas.
Reniforme: forma de rim mais largo que longo. Ex: Centella asiática.
Sagitada: forma de seta, base reentrante, com os lobos pontiagudos voltados para baixo. Ex: Caladium sp.
Subulada: cilíndrica, estreitando-se para o ápice pontiagudo. Ex: cebola.
*
*
Orbicular
Peltada
Peltada
Reniforme
Sagitada
Subulada
*
*
ESTUDO DO LIMBO QUANTO AO BORDO
Aculeado: com pontas agudas e rígidas na margem do limbo. Ex: abacaxi
Crenado: com dentes obtusos ou arredondados. Ex: folha-de-fortuna.
Dentado: com dentes regulares não-inclinados. Ex: roseira.
Inteiro: liso, sem deformação ou divisão. Ex: buxo.
Ondulado: com ligeiras ondulações. Ex: magnólia.
*
*
*
*
Serrado: dentes como os da serra, inclinados para o ápice. Ex: beijo-de-frade.
Serrilhado: serrado, porém com dentes diminutos. Ex: capim-pé-de-galinha.
Lobado: limbo dividido em lobos mais ou menos arredondados.
*
*
Lobado
*
*
Fendido: recortes que chegam próximo ou até a metade do semilimbo (folhas peninérveas) ou do limbo (folhas palminérveas). Ex: batata-doce.
Partido: recortes que alcançam além da metade do semilimbo (folhas peninérveas) ou do limbo (folhas palminérveas), sem alcançar a nervura mediana ou a base, respectivamente. Ex: mamoeiro, flor-de-maio
Cortado : os recortes alcançam a nervura mediana (folhas peninérveas) ou a base (folhas palminérveas). Ex: picão, enrola-semana.
*
*
Fendido
Partido
Cortado ou secto
*
*
ESTUDO DO LIMBO QUANTO AO ÁPICE
Acuminado: limbo estreitando-se gradualmente para o ápice e terminando em ponta, excessivamente agudo. Ex: eucalipto.
Agudo: terminando em ângulo agudo. Ex: espirradeira
Cuspidado: terminando, subitamente, em ponta fina. Ex: cardeal.
Emarginado: terminando com uma reentrância pouco profunda Ex: caruru
*
*
*
*
Mucronado: terminando, subitamente, em ponta curta, dura e isolada Ex: vinca
Obtuso: terminando em ângulo obtuso. Ex: buxo.
Retuso: ápice truncado e ligeiramente emarginado, às vezes com um apículo central. Ex: buxo.
Truncado: ápice parecendo ter sido cortado transversalmente. Ex: folíolo de carrapicho.
*
*
*
*
ESTUDO DO LIMBO QUANTO A BASE
Acunheada : em forma de cunha, base de bordos retos e convergentes. Ex: botão-de-ouro.
Atenuada: estreitando-se gradualmente. Ex: espirradeira.
Auriculada: terminando por partes ou apêndices com forma de orelha. Ex: serralha.
Cordada: base reentrante, com lobos arredondados. Ex: violeta e capeva.
*
*
*
*
Hastada: base reentrante, com