A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
66 pág.
ÉTICA NA SAÚDE

Pré-visualização | Página 1 de 20

ÉTICA NA SAÚDE
	1a Questão
	
	
	
	O sujeito ético-moral é somente aquele que preencher os seguintes requisitos:
		
	
	dizer o que as coisas são, como são e por que são. Enunciar, pois, juízos de fato
	
	ser responsável, mas não precisa reconhecer-se como autor da sua própria ação nem avaliar os efeitos e as consequências dela sobre si e sobre os outros
	
	ser consciente de si, mas não precisa reconhecer a existência dos outros como sujeitos éticos iguais a si.
	
	não precisa controlar interiormente seus impulsos, suas inclinações e suas paixões, deixando-as fluir livremente
	 
	saber o que faz, conhecer as causas e os fins de sua ação, o significado de suas intenções e de suas atitudes e a essência dos valores morais.
	
	 
	Ref.: 201804236985
		
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	Sobre o conceito de ética marque a alternativa que NÃO representa uma alternativa correta.
		
	
	Ao conviver em sociedade o homem percebeu a necessidade de ¿regras¿ que regulamentassem esse convívio.
	
	Ética é o Julgamento da validade das morais.
	 
	Ética é a ciência normativa dos comportamentos humanos, sendo definida através de leis específicas.
	
	A ética é construída por uma sociedade com base nos valores históricos e culturais.
	
	Cada sociedade e cada grupo possuem seus próprios códigos de ética.
	
Explicação:
A ética se constitui de princípios voltados para o bem comum. Ou seja, é a reflexão acerca dos princípios que irão nortear as relações humanas de modo justo e equânime.
	
	 
	Ref.: 201803520332
		
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	Félix Guattari, em seu livro As três Ecologias, alerta para as consequências daquilo que ele considera como o império de um mercado mundial que lamina os sistemas particulares de valor, que coloca:
		
	
	num mesmo plano de divergência os bens materiais, os bens culturais, as áreas naturais.
	
	em planos diferentes de divergência os bens materiais, os bens culturais, as áreas naturais.
	 
	num mesmo plano de equivalência os bens materiais, os bens culturais, as áreas naturais.
	
	em planos diferentes de equivalência os bens materiais, os bens culturais, as áreas naturais.
	
	amor e felicidade em planos diferentes.
	
Explicação:
Diversos autores, nos mais variados campos do conhecimento, têm ressaltado a importância de estabelecer-se uma relação ética com os recursos sociais, humanos e naturais que reponha uma hierarquia de valores morais e filosóficos como parâmetros do desenvolvimento. Félix Guattari, em seu livro As três ecologias, alerta para as consequências daquilo que ele considera como o império de um mercado mundial que lamina os sistemas particulares de valor, que coloca num mesmo plano de equivalência os bens materiais, os bens culturais, as áreas naturais.
	
	 
	Ref.: 201804372192
		
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	O brasileiro tem noção clara dos comportamentos éticos e morais adequados, mas vive sob o espectro da corrupção, revela pesquisa. Se o país fosse resultado dos padrões morais que as pessoas dizem aprovar, pareceria mais com a Escandinávia do que com Bruzundanga (corrompida nação fictícia de Lima Barreto). O distanciamento entre reconhecer e cumprir efetivamente o que é moral constitui uma ambiguidade inerente ao humano, porque as normas morais são:
		
	 
	criadas pelo homem, que concede a si mesmo a lei à qual deve se submeter
	
	parâmetros idealizados, cujo cumprimento é destituído de obrigação.
	
	amplas e vão além da capacidade de o indivíduo conseguir cumpri-las integralmente.
	
	cumpridas por aqueles que se dedicam inteiramente a observar as normas jurídicas.
	
	decorrentes da vontade divina e, por esse motivo, utópicas.
	
	 
	Ref.: 201804467611
		
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	Para Platão, que é considerado o primeiro e grande filósofo grego, que levanta as principais questões éticas até os dias atuais. Seus diálogos, chamados ¿socráticos¿, provêm de uma influência de Sócrates, assim Platão começa a elaborar e desenvolver sua metafísica, o nome que se deu a teoria das formas ou ideias. ROSIN, Ana Claudia. Ética na Saúde. Rio de Janeiro: SESES, 2015. Sobre a ética socrática e platônica, assinale a alternativa CORRETA.
		
	 
	Agir de acordo com a ética pressupõe autocontrole.
	
	A ideia de Bem é inteligível apenas aos filósofos.
	
	Ética e política não se relacionam.
	
	Uma boa intenção é mais importante do que o conhecimento do Bem.
	
	Os parâmetros éticos são relativos e culturais.
	
	 
	Ref.: 201803555830
		
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	Em relação à ética, na época medieval, a religião garante:
		
	
	O bem estar dos padres
	
	Penitências e punições
	
	Facilidade de encontros
	 
	Unidade social
	
	Um pensamento de abertura
	
Explicação:
Em um quadro de fragmentação econômica e política, devido às duas classes que marcam o período feudal – os senhores e os servos - a religião garante certa unidade social, pois a política depende da Igreja exercendo um forte poder espiritual e centralizando integralmente a vida intelectual. Sob essas circunstâncias, a moral concreta, efetiva, e a ética – como doutrina moral – estão impregnadas de um conteúdo religioso que encontramos em todas as manifestações da vida medieval.
	
	 
	Ref.: 201803517485
		
	
	 7a Questão
	
	
	
	
	No período medieval as ações morais religiosas são disseminadas socialmente, divulgando a atmosfera de uma unidade espiritual entre os homens e Deus, apesar do enriquecimento crescente da Igreja pela aquisição de feudos; já com a implantação do capitalismo, a imposição de condições sub-humanas pelo sistema fabril desencadeia o surgimento de condutas morais egoístas e individualistas. Nestas duas situações os atos morais contextualizam a posição da Igreja e do lucro como referências históricas que criam significados ou sentidos morais "específicos e particulares" com relação aos valores universais do Bem (certo/verdadeiro) e do Mal (errado/falso). Isso significa que:
		
	
	As condutas morais egoístas e individualistas estão cindidas do lucro do capitalismo.
	 
	Os dois contextos conseguem adequar ou singularizar, assim, características universais normativas em circunstâncias histórico-sociais.
	
	Nos dois contextos é levada em consideração a ética moral, mas o mal acaba sempre triunfando sobre o bem.
	
	Os dois contextos são totalmente diferentes e a igreja não é a responsável por isto.
	
	As características histórico sociais dos dois contextos são insignificantes para o fato da igreja enriquecer e do lucro pelo sistema capitalista.
	
Explicação:
Os dois contextos citados, tanto o acúmulo de riquezas pela Igreja, como a exploração da mão-de-obra no contexto fabril, a partir da criação do Capitalismo traduzem as ideias de Certo X Errado ou analogamente ao Bem X Mal profetizadas pelas religiões monoteistas desde a Idade Média.
	
	 
	Ref.: 201803517493
		
	
	 8a Questão
	
	
	
	
	A correspondência alma-corpo baseia os fundamentos de uma ética voltada para o exercício da liberdade. Os homens é que causam as paixões, não que estas devam estar subjugadas à razão ou vice-versa. Segundo o pensamento de Baruch Espinosa, podemos afirmar que:
		
	
	morar sozinho e fazer o que tiver vontade, sem dar satisfação a ninguém.
	 
	a liberdade é autodeterminação, autonomia.
	
	a liberdade é ter dinheiro para comprar o que se quer.
	
	a liberdade é ignorância, anomia.
	
	a liberdade é acomodação, heteronomia.
	
Explicação:
Em Espinosa a liberdade é autonomia. Em nosso exemplo, representativo da paixão, elencamos a unidade alma-corpo, estabelecendo que podemos ou não nos

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.