Musc_esqueletico
16 pág.

Musc_esqueletico


DisciplinaBiofísica10.451 materiais226.563 seguidores
Pré-visualização1 página
\uf0d8 Sarcolema 
\uf0d8 Sarcoplasma 
\uf0d8 Retículo sarcoplasmático 
\uf0d8 Miofibrilas 
\u25cf Filamento grosso = MIOSINA 
\u25cf Filamento fino = ACTINA 
\u25cf Se interdigitam em parte 
\uf0d8 Túbulos transversos 
\u25cf Cisternas terminais 
Sistema retículo 
sarcoplasmático-túbulo T 
\uf0d8 Filamentos de titina 
* Célula ou fibra muscular 
Projeções laterais da miosina = Pontes cruzadas 
\u2193 do sarcômero = Encurtamento (contração) 
\u2191 do sarcômero = Alongamento (estiramento) 
FILAMENTOS CONTRÁTEIS 
Filamento grosso 
\u25cf Miosina - 6 cadeias polipeptídicas: 2 pesadas e 4 leves 
 Filamento fino 
\u25cf Tropomiosina 
\u25cf Troponina: I, T e C 
3. PLACA MOTORA 
MECANISMO MOLECULAR DE CONTRAÇÃO E RELAXAMENTO 
* Bomba de cálcio na membrana do RS continuamente ativa 
5. TIPOS DE CONTRAÇÃO 
\uf0d8 Isométrica \u2013 músculo não se encurta 
\uf0d8 Isotônica \u2013 músculo se encurta, realiza trabalho 
RELAÇÃO TENSÃO-COMPRIMENTO 
 ALTERAÇÕES 
\uf0d8 Contração tetânica 
 
Forma de contração com PA de freqüência mais rápida 
(já que não há período refratário) 
\uf0d8 Tétano 
 
Manifestações de prolongadas e ininterruptas contrações 
(de modo paroxísmico, isto é, com espasmos) 
\uf0d8 Abalo muscular 
 
PA isolado que produz uma breve contração, seguida por relaxamento 
\uf0d8 Contratura 
 
Contração sustentada por inibição do transporte de cálcio para o 
interior do RS