A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
46 pág.
Aula 2   CLASSIFICAÇÃO DOS MICRORGANISMOS

Pré-visualização | Página 1 de 2

Aula 2 – CLASSIFICAÇÃO DOS MICRORGANISMOS 
NOME DA ÁREA OU CAMPUS – ESTÁCIO DE SÁ CAMPO GRANDE 
Campo Grande – 2018.2 
Profa. Dra Luana Faria Silva 
Taxonomia e Classificação dos Microrganismos 
• Classificação dos seres vivos; 
• Apreender as características gerais dos diferentes grupos de 
microrganismos; 
• Características gerais dos procariontes e dos eucariontes. 
 
INTERIORIZAÇÕES 
 
 
BACTÉRIAS VÍRUS FUNGOS LEVEDURAS PROTOZOÁRIOS ALGAS 
CÉLULA 
ORGANIZAÇÃO 
CELULAR 
REPRODUÇÃO 
FONTE DE ENERGIA 
ORGANELAS 
TAMANHOS 
(MÉDIA) 
MICRORGANISMOS 
DOENÇAS 
1) Quais as diferenças entre os microrganismos procariotos e 
eucariotos? Cite exemplos. 
2) Complete a tabela abaixo com riqueza de detalhes 
 
 
• Carlos Lineu – Pai da Taxonomia. 
• O sistema chama-se taxonomia lineana. 
• Determina vários níveis de classificação taxonômica e esses níveis são 
hierárquicos. 
• Cada classificação chama-se um taxon (plural taxa). 
 
 
Taxonomia e Classificação dos Microrganismos 
• Desenvolveu a nomenclatura binominal (bactéria como modelo) 
- Primeira letra em gênero deve ser maiúsculo e o restante. 
- Ambas escritas em itálico quando impressas ou sublinhadas quando 
manuscritas. 
• Staphylococcus aureus 
 
 
Taxonomia e Classificação dos Microrganismos 
Staphylococcus aureus 
o Como e porque escolher os nomes dos nossos filhos? 
 
 
Taxonomia e Classificação dos Microrganismos 
• A nomenclatura binominal (gênero e espécie) tem diferentes origens: 
 
- Escherichia coli - Homenagem a Theodor Escherich (1888) encontrada no 
cólon. 
 
- Haemophilus ducreyi – Hemo = sangue e phil = amor (DST) e homenagem a 
Augusto Ducrey (1889). 
 
- Neisseria gonorrhoeae - Homenagem a Albert Neisser (1879) e causa a 
gonorréia 
 
- Staphylococcus aureus - Staphylo=cacho, koccus=grão e aureus= áureo. 
 
Taxonomia e Classificação dos Microrganismos 
• Quando não se sabe ou não se quer especificar a espécie: 
- Staphylococcus sp. (uma espécie) 
- Staphylococcus spp. (todas as espécies) 
 
• Abreviações: 
- Staphylococcus aureus: S. aureus; Staph. aureus; Staphylococcus a. 
 
Taxonomia e Classificação dos Microrganismos 
St
a
p
h
yl
o
co
cc
u
s 
a
u
re
u
s 
COM BASE NA TAXONOMIA BINOMINAL 
 
Na classificação bacteriológica (reino monera) a “ESPÉCIE” é o grupo 
fundamental: 
- As espécies estão reunidas em gêneros; 
- Os gêneros em famílias; 
- As famílias em ordens; 
- As ordens em classes; 
- As classes em filos; 
- Os filos em domínios. 
 
Escherichia coli 
• Domínio - Prokaryota 
• Filo - Proteobacteria 
• Classe - γ-Proteobacteria 
• Ordem - Enterobacteriales 
• Família - Enterobacteriaceae 
• Gênero - Escherichia 
• Espécie - coli 
Taxonomia e Classificação dos Microrganismos 
MICROSCOPIA ELETRÔNICA X CLASSIFICAÇÃO DOS REINOS 
5 REINOS 
Classificação dos Microrganismos 
 
 
COMO CLASSIFICAR UM 
MICRORGANISMO?? 
 
 
Classificação dos Microrganismos 
CLASSIFICAÇÃO MORFOFISIOLÓGICA 
 
- Morfológicas (forma, arranjo e tamanho) - Microscopia 
- Estruturas - Microscopia 
- Metabolismo e fisiologia – Provas bioquímicas 
- Produção de subprodutos – ácidos e outros componentes peculiares 
- Sensibilidade a antibióticos – MRSA, VRE 
• É regida pelo código internacional de nomenclatura bacteriana Manual de 
Bergey (Livro referencia para classificação e identificação bacteriana de 
interesse médico, industrial ou ecológico) 
• Os taxon são construídos da mesma maneira, o que permite a comunicação 
entre microbiologistas e outros profissionais. 
 
 
 
 
Cocos em cadeias: estreptococos 
Bacillus spp: sempre Gram Positivos 
e esporulados 
Enterobactérias: bacilos Gram Negativos 
fermentadores da glicose 
Lactobacillus: bacilos Gram Positivos 
produtores de ácido lático 
Classificação morfofisiológica 
 
Classificação dos Microrganismos 
TAXONOMIA MOLECULAR 
 
- Análises com base nos perfiles genéticos e tem o objetivo de determinar o 
grau de parentesco entre as moléculas de DNA (citosina e guanina) das 
amostras em classificação. 
• Hibridização DNA-DNA; Análise do RNA – 16S rRNA. 
• Resultados mais confiáveis e reprodutivos 
 
 
 
Classificação dos Microrganismos 
Características gerais dos principais 
grupos de microrganismos 
 
 
- Bactérias 
- Vírus 
- Fungos e Leveduras 
- Protozoários 
- Algas 
 
 
Principais características dos microrganismos 
 
Vírus 
Principais características dos microrganismos 
 
DIFERENÇA ENTRE EUCARIOTO E PROCARIOTO 
Bactérias 
As bactérias são caracterizadas morfologicamente pelo seu tamanho, forma e 
arranjo. 
• São procariotas 
• Reprodução binária 
• Anaeróbias e aeróbias 
• Heterotróficas e autotróficas 
 
 
 
Tamanhos 
Pequenas ~0,3 µm 
Grandes ~ 25 µm 
Formas 
Coco, bacilos, espiraladas, 
cocobacilos e vibriões 
 
Arranjos 
Cadeias, cachos, 
duplo 
Principais características dos microrganismos-Bactérias 
 
Principais características dos microrganismos-Bactérias 
 
 Gram + Gram - 
Principais características dos microrganismos-Bactérias 
 
Vírus 
• Os vírus são um grupo heterogênico quanto a sua forma, replicação, 
especificidade; 
• Acelulares; 
• Sem metabolismo próprio; 
• DNA ou RNA; 
 
- Importância clínica, farmacêutica 
- Patogênicos e virulentos 
- Microrganismos simples 
 
Principais características dos microrganismos-Vírus 
 
Um pacotinho de proteínas e 
material genético com má notícias 
dentro??! 
 
Principais características dos microrganismos-Vírus 
 
ESTRUTURAS - COMPONENTES 
 
Principais características dos microrganismos-Vírus 
 
REPLICAÇÃO VIRAL 
 
1 – Adsorção ou ligação 
2 – Penetração 
3 – Desnudamento 
4 – Produção de ácidos nucleicos e proteínas virais 
5 – Replicação do genoma (DNA ou RNA, ciclo lítico ou lisogênico) 
6 – Maturação 
7 – Liberação 
 
 
Principais características dos microrganismos-Vírus 
 
HEPATITES VIRAIS 
 
Hepatites virais (HAV, HBV, HCV, HDV e HEV causando, respectivamente, as 
hepatites, A, B, C, D e E). 
Grupo de transmissão fecal-oral (HAV e HEV) 
 
• O segundo grupo (HBV, HCV, e HDV), sexual, objetos perfuro cortantes, 
piercing, sangue contaminado, injetáveis e inaláveis 
• Os vírus das hepatites B, C e D possuem também a via de transmissão vertical 
(da mãe para o bebê). 
 
• Acomete os hepatócitos (cirrose, câncer) 
 
 
Viroses humanas importantes 
 
HERPES 
 
• Herpes simples 1 e 2 (HSV-1 e HSV-2), que causam as herpes labial e 
genital. 
• Varicela-zoster (HHV-3), que causam a catapora e o herpes-zoster. 
• Citomegalovírus (HCMV), que causa a citomegalovirose. 
• Epstein-Barr, que causa a mononucleose. 
 
 
Viroses humanas importantes 
 
 
 
 
HERPES SIMPLES 1 
• Vírus HSV-1 . 
• Causa herpes labial . 
• Transmissão por contato com secreções das vesículas HERPES. 
 
SIMPLES HERPES SIMPLES 2 
• Vírus HSV-2. 
• Causa herpes genital . 
• Transmissão por contato com secreções das vesículas. 
 
HERPES SIMPLEX 
Viroses humanas importantes 
 
HERPES-ZOSTER 
 
• A catapora é considerada uma virose da infância. Após a catapora, o vírus 
pode ficar em estado latente no organismo e, em algum momento da 
vida, desenvolver herpes-zoster. A catapora e a herpes-zoster ocorrem 
como eventos únicos. 
Viroses humanas importantes 
 
CITOMEGALOVIROSE 
• Causada pelo citomegalovírus (CMV).