RESUMO - MORFOLOGIA VEGETAL
4 pág.

RESUMO - MORFOLOGIA VEGETAL


DisciplinaMorfologia Vegetal515 materiais8.680 seguidores
Pré-visualização1 página
Raiz
Características: Corpo não segmentado em nós e entrenós; Sem folhas e gemas; Geralmente subterrâneas; Geralmente aclorofiladas; Com caliptra ou coifa e com pelos radiculares; Geralmente com geotropismo positivo; Crescimento subterminal.
Funções: Fixação da planta no solo; Absorção de água e princípios minerais; Condução das substancias alimentares; Reserva de alimento.
Caule
Características: Corpo dividido em nós e entrenós, Presença de folhas e botões vegetativos; Geralmente aclorofilados; Geralmente aéreos; Geralmente geotropismo positivo; Fototropismo positivo.
Funções: Produção e suporte de ramos, flores e frutos; Condução da seiva (distribuição do alimento); Crescimento e propagação vegetativa; ás vezes fotossíntese e reserva de alimentos.
Folha
Características: Expansão lateral do caule; Órgão laminar com simetria bilateral; Crescimento limitado; Coloração verde (clorofilado); Inserção nodal; Gemas axilares.
Funções: Fotossíntese (nutrição); Respiração e transpiração; Condução e distribuição da seiva.
Raiz
Caliptra ou Coifa: Região terminal da raiz que tem a função de proteger os tecidos maristemáticos contra atrito e transpiração excessiva. Também é responsável pela percepção gravitacional (estatólitos)
Zona lisa ou de crescimento: Promove o crescimento da raiz.
Zona pilífera: Zona que apresenta os pelos absorventes, responsáveis pela absorção de água e sais minerais.
Zona suberosa ou de ramificação: Região suberizada onde ocorre a formação de raízes secundárias.
Colo ou coleto: Região de transição entre raiz e caule.
Caule 
Nó: Região do caule onde surgem as folhas.
Entrenó: Região entre dois nós consecutivos.
Gema terminal ou apical: Região do ápice do ramo que possui meristemas apicais.
Gema lateral ou axilar: Região semelhante a anterior, porém situada na axila da folha.
Folha
Limbo: Parte laminar e bilateral.
Pecíolo: haste sustentadora do limbo.
Bainha ou Estípulas: Bainha é a parte basilar e alargada da folha que abraça o caule. 
Estípulas são cada um dos apêndices, geralmente laminares e em número de dois, que se forma de cada lado da base foliar.
Defina cada tipo de raiz quanto ao Habitat
Cinturas ou estranguladoras: São adventícias que abraçam outro vegetal, e, muitas vezes, o hospedeiro morre.
Grampiformes ou aderentes: São adventícias com a forma de grampos que fixam a planta trepadora a um substrato.
Respiratórias ou pneumatóforos: São raízes com geotropismo negativo, que funcionam, ao fornecer oxigênio às partes submersas, como órgãos de respiração. Apresentam orifícios chamados pneumatódios em toda a sua extensão e, internamente, um aerênquima muito desenvolvido.
Sugadoras ou haustórios: São adventícias, com órgãos de contato, em cujo interior surgem raízes finas, órgãos chupadores que penetram no corpo da hospedeira absorvendo alimentos, isto é, parasitando.
Suporte ou fúlcreas: São raízes adventícias que, brotando em direção ao solo, nele se fixam e se aprofundam, podendo atingir grandes dimensões. Auxiliam na sustentação do vegetal.
Tabulares ou sapopemas: São as que atingem grande desenvolvimento e tomam o aspecto de tábuas perpendiculares ao solo, ampliando a base da planta, dando-lhe maior estabilidade.
Defina cada tipo de caule quanto ao Habitat
Aéreos acima da superfície do solo:
Tronco: Lenhoso, resistente, cilíndrico ou cônico, ramificado. Ocorre em árvores e arbustos.
Haste: Herbáceo ou francamente lenhificado, pouco resistente. Ocorre nas ervas e nos subarbustos.
Estipe: Lenhoso, resistente, cilíndrico, longo, em geral não ramificado, com capitel de folhas na extremidade. É o caule das palmeiras.
Colmo: Silicoso, cilíndrico, com nós e entrenós bem marcantes. Pode ser cheio e oco ou fistuloso.
Escapo: O que sai de rizoma, bulbo. Não ramificado, afilo e sustenta flores nas extremidades. Ocorre em plantas cujo caule é muito reduzido ou subterrâneo e suas folhas aparentam nascer diretamente do solo.
Rastejantes: São apoiados e paralelos ao solo, com ou sem raízes, de trechos em trechos.
Trepadores: São os que sobem num suporte, por meio de elementos de fixação ou a ele se enroscam.
Trepadores volúveis: Enroscam-se, mas sem auxílio de órgãos de fixação. Podem ser sinistrorsos e dextrorsos.
Estolão ou estolho: Broto lateral, em geral longo, formando, de espaço a espaço, rosetas foliares e raízes fasciculadas, assegurando a multiplicação vegetativa. Entre as rosetas há ou não um nó dotado de escama. Pode ser aéreo, apoiado sobre o solo, subterrâneo ou aquático.
Explique os tipos de nervura
Folhas uninérveas: Com uma única nervura.
Folhas paralelinérveas: Com nervuras secundárias paralelas a principal, quando esta existe.
Folhas peninérveas: Com nervuras secundárias ao longo da principal.
Folhas palminérveas ou digitinérveas: Com nervuras que saem todas do mesmo ponto, divergindo em várias direções.
Folhas curvinérveas: Com nervuras secundárias curvas, em relação à principal.
Folhas peltinérveas: Nervuras das folhas peltadas, com nervuras irradiando do pecíolo que se insere no centro ou próximo, na face dorsal do limbo.
Explique os tipos de filotaxia
Alternas: Quando há uma folha em cada nó.
Opostas: Com um par de folhas em cada nó, uma em frente à outra.
Opostas dísticas: Pares alternadamente superpostos, em dois planos.
Opostas cruzadas ou decussadas: Se cada par cruza, em ângulo reto, com o par seguinte. 
Verticiladas: Com três ou mais folhas em cada nó, formando um verticilo foliar.
Rosuladas ou Rosetadas: Quando as folhas, dispostas na base ou no ápice do caule, estão muito juntas por ocorrer em entrenós muito curtos, dando a impressão de que todas estão no mesmo nó, com o aspecto de uma roseta.
Geminadas: Com um par de folhas em cada nó num mesmo ponto.
Fasciculadas: Com três ou mais folhas num mesmo ponto no nó, isto é, reunidas em feixe.
Defina
Folha fenestrada: Tem o limbo com perfurações.
Heterofilia: Nomenclatura foliar que determina o polimorfismo, presença de folhas com diferentes formatos no mesmo indivíduo.
Pulvino: Haste sustentadora do limbo.
Gavinha: Ramos filamentosos, em geral nas axilas de folhas, aptos a trepar, enroscando-se em hélice, em torno de suportes.
Espinho: Órgãos caulinares, endurecidos e pontiagudos. São lenhificados e dotados de tecido vascular.
Acúleo: Tricomas rígidos e pontudos, de origem puramente epidérmica.