A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
Novo Acordo Ortográfico SESI PR - cadernoortografico

Pré-visualização | Página 3 de 6

averigúem
argúem
argúo
enxagúo
enxagúam
delinqúem
delinqúo
O B S E RVA Ç Ã O
se a palavra for oxítona e o i ou
o u estiverem em posição final
(ou seguidos de s), o acento
permanece como em teiú,
teiús, tuiuiú, tuiuiús, Piauí.
Desaparece o acento
no u forte dos
grupos que/qui/
gue/gui de verbos
como averiguar,
apaziguar, arguir,
redarguir, obliquar,
enxaguar, aguar,
delinquir, desaguar,
apropinquar e afins.
Como fica
apazigue
apaziguem
averigue
averiguem
arguem
arguo
enxaguo
enxaguam
delinquem
delinquo
6 SALVADOR, SÁBADO, 7/3/2009 7SALVADOR, SÁBADO, 7/3/2009REFORMA ORTOGRÁFICA REFORMA ORTOGRÁFICA
anti-herói
Com os prefixos,
quando o
segundo
elemento for
iniciado por h:
MUDANÇAS
NO EMPREGO
DO HÍFEN
Com o Acordo Ortográfico, as regras do
emprego do hífen passaram por várias
modificações que, na maioria dos casos,
relacionam-se às formações de palavras
com prefixos ou falsos prefixos. O docu-
mento de 1990 não resolve todas as pen-
dências em relação ao uso do hífen, já
que não ficam suficientemente claros al-
guns aspectos referentes ao assunto. Ele
também não trata nominalmente de to-
dos os prefixos ou falsos prefixos, mas dá
orientações gerais trazendo as regras
que foram estabelecidas em consenso
com a Academia Brasileira de Letras e
servem de base para a utilização adequa-
da, do ponto de vista gramatical, das pa-
lavras conforme a nova ortografia. É im-
portante lembrar que muitas regras liga-
das à utilização do hífen não sofreram al-
terações e mantiveram as palavras com a
mesma grafia de antes do Acordo. A se-
guir, trataremos das mudanças referen-
tes ao emprego do hífen em palavras for-
madas por prefixos (ante, anti, circum,
co, contra, entre, extra, hiper, infra,
intra, pós, pré, pró, sobre, sub, super,
supra, ultra, etc.)ou por elementos que
podem funcionar como prefixo ( a e ro ,
agro, arqui, auto, bio, eletro, geo, hi-
dro, inter, macro, maxi, micro, mini,
multi, neo, pan, pluri, proto, pseudo,
retro, semi, tele, etc.), além de trazer
também algumas das principais orienta-
ções sobre o assunto estabelecidas pelo
Acordo Ortográfico.
Nas formações
com prefixos
terminados pela
mesma
consoante com
que se inicia o
segundo
elemento:
Com os prefixos
ex, sem, além,
aquém, recém,
pós, pré, pró:
Quando o
p re f i x o
termina em
vogal e o
segundo
elemento
começa com
r ou s. Neste
caso,
duplicam-se
essas letras:
Nas formações
com prefixos
terminados
por consoante
e segundo
elemento
iniciado por
vogal:
Prefixo co: o hífen passa a ser usado apenas
quando o segundo elemento for iniciado por h,
como é o caso de co-herdeiro.
O hífen será usado nas palavras compostas
que designam espécies botânicas e zoológicas,
estejam ou não ligadas por preposição ou
qualquer outro elemento: batata-doce,
vassoura-de-bruxa, couve-flor, bem-me-quer.
Há hífen nos nomes geográficos compostos
pelas formas grã, grão, ou por forma verbal ou,
ainda, naqueles ligados por artigo:
Grã-Bretanha, Abre-Campo, Passa-Quatro, Baía
de Todos-os-Santos, Entre-os-Rios.
Atenção: outros nomes geográficos compostos
escrevem-se com os elementos separados, sem o hífen:
América do Sul, Belo Horizonte, Cabo Verde. Exceções:
Guiné-Bissau e Timor-Leste.
Emprega-se o hífen quando o primeiro
elemento da palavra composta for bem ou mal
e o segundo elemento começar por vogal ou h:
bem-apanhado, bem-humorado,
mal-habituado, mal-estar. Em muitos
compostos, o advérbio bem aparece aglutinado
com o segundo elemento: benfazejo, benfeito.
O emprego do hífen nos compostos sem
elemento de ligação quando o 1º termo, por
extenso ou reduzido, está representado por
forma substantiva, adjetiva, numeral ou verbal
não sofreu alterações. Foram mantidas
formações como: arco-íris, mesa-redonda,
primeiro-ministro, guarda-chuva,
tenente-coronel, guarda-noturno etc.
Na translineação de uma palavra composta
ou de uma combinação de palavras em que há
hífen, ele deverá ser repetido na linha seguinte
se a partição coincide com o final de um dos
elementos membros, a fim de garantir maior
clareza gráfica:
A escola recebeu seus alunos com alegria após
dois meses de férias. Os seus ex-
-alunos estavam presentes também para dar as
boas-vindas com momentos de descontração e
agradecimentos.
anti-higiênico
anti-herói
s u p e r- h o m e m
p ro t o - h i s t ó r i a
mini-hotel
anti-horário
neo-helênico
anti-histórico
c o - h e rd e i ro
m a c ro - h i s t ó r i a
s o b re - h u m a n o
ultra-humano
c i rc u m - h o s p i t a l a r
contra-harmônico
extra-humano
pré-história
sub-hepático
ultra-hiperbólico
a rq u i - h i p é r b o l e
geo-história
auto-hipnose
neo-hamburguês
neo-helênico
pan-helenismo
semi-hospitalar
h i p e r- h i d r a t a ç ã o
ante-histórico
infra-hepático
EMPREGA-SE
O HÍFEN:
Observação: não se usa, no
entanto, o hífen em formações
que contêm em geral os
prefixos des e in e nas quais o
segundo elemento perdeu o h
inicial: subumano, desumano,
desumidificar, inábil,
inumano, desarmonia.
Quando o prefixo
termina na mesma
vogal com que se
inicia o segundo
elemento:
a rq u i - i n i m i g o
contra-almirante
multi-instrumentista
anti-inflamatório
contra-atacar
s o b re - e r g u e r
m i c ro - o n d a s
semi-inter no
contra-ataque
anti-inflacionário
ultra-aquecido
anti-imperialismo
m i c ro - ô n i b u s
s o b re - e l e v a r
anti-infeccioso
semi-inter nato
h i p e r- re q u i n t a d o
i n t e r- re l a c i o n a r
s u p e r- ro m â n t i c o
s u p e r- re a t i v o
sub-bibliotecário
c i rc u m - m u r a d o
i n t e r- re g i o n a l
i n t e r- re l a ç ã o
sub-base
ad-digitalizar
s u p e r- re v i s t a
s u b - b a r ro c a l
ad-digital
sub-branquial
i n t e r- r a c i a l
i n t e r- re s i s t e n t e
sub-biótipo
s u p e r- r a c i s t a
s u p e r- re a c i o n á r i o
i n t e r- r u r a l
Com o
prefixo sub,
diante de
palavra
iniciada por b
(conforme regra
anterior, mesma
consoante) e r:
sub-base
sub-bibliotecário
s u b - re g i ã o
sub-raça
s u b - re i t o r
s u b - re i n o
Com os
p re f i x o s
c i rc u m e pan
diante de
palavra
iniciada por
m, n, h e
vogal:
c i rc u m - n a v e g a ç ã o
c i rc u m - h o s p i t a l a r
c i rc u m - e s c o l a r
c i rc u m - m u r a d o
pan-africano
pan-americano
pan-mágico
pan-negritude
pan-hispânico
pan-harmônico
além-mar
além-túmulo
ex-aluno
e x - p re f e i t o
ex-marido
ex-senador
pós-graduação
pré-escolar
pré-natal
p r é - re q u i s i t o
re c é m - c a s a d o
re c é m - n a s c i d o
sem-terra
sem-teto
p r é - e s t re i a
pré-vestibular
pró-gover no
pré-história
sem-vergonha
pré-nupcial
pós-moder no
NÃO SE
EMPREGA O
HÍFEN:
Quando o
prefixo termina
em vogal
d i f e re n t e
daquela com
que se inicia o
segundo
elemento:
a e ro e s p a c i a l
a g ro i n d u s t r i a l
anteontem
a n t i a é re o
a u t o a p re n d i z a g e m
infraestrutura
autoescola
extraescolar
plurianual
contraindicação
autoajuda
contraofensiva
semiárido
autoestrada
intrauterino
contraescritura
neoimperialista
extraoficial
antiofídico
m a c ro e c o n o m i a
antirrábico
a u t o r re t r a t o
antirracismo
autossuficiente
a n t i r re l i g i o s o
megassucesso
antissocial
antirrugas
biorritmo
n e o r re a l i s m o
c o n t r a r re g r a
u l t r a r re s i s t e n t e
antissemita
ultrassonografia
a rq u i r r i v a l
megassucesso
antirrugas
m i c ro s s i s t e m a
ultrassensível
minissaia
Quando o
prefixo termina
em vogal e o
segundo
elemento
começa por
consoante
diferente de r
ou s:
a n t e p ro j e t o
antipatriótico
antipedagógico
antepenúltimo
autopeça
antebraço
a u t o p ro t e ç ã o
anticoncepcional
s o b re c o x a
geopolítica
m i c ro c o m p u t a d o