A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
120 pág.
Novo Acordo Ortográfico SESI PR - PORTUGUÊS REVISÃO GRAMATICAL E REDAÇÃO OFICIAL

Pré-visualização | Página 7 de 42

jogador logo conquistou a confiança da torcida. 
(B) O descontentamento dos torcedores culminou com um protesto no próprio estádio. 
Como protesto contra as medidas tomadas pela diretoria, funcionários se recusaram a trabalhar. 
(C) Torcedores descontentes invadiram a sede do clube e a depredaram. 
Com sede de vitória, os torcedores estimulavam o time ao ataque. 
(D) O recinto foi atacado por bombas de fabricação caseira. 
Na festa junina soltaram-se bombas e fogos de artifício coloridos. 
(E) Os feridos no confronto foram encaminhados ao hospital mais próximo. 
Vários espectadores ficaram feridos no último festival. 
 
FCC – TRT (16R) – TÉCNICO JUDICIÁRIO – 2009 
 
13. A frase em que há palavras escritas de modo INCORRETO é: 
 
(A) A aridez que sempre caracterizou as paisagens do Nordeste brasileiro aparece agora, para assombro 
de todos, na região Sul, comprometendo as safras de grãos. 
(B) Alguns estudiosos reagem com sensatez às recentes explicações, considerando se o papel da bomba 
biótica é realmente crucial na circulação do ar. 
(C) Se for comprovada a correção da nova teoria, a preservação das florestas torna-se essencial para 
garantir a qualidade de vida em todo o planeta. 
Escola Superior da Magistratura Tocantinense 
Curso Português: Revisão Gramatical e Redação Oficial 
Profª Maria Ângela Barbosa 
 
 21 
(D) O desmatamento indescriminado, que reduz os índices de chuvas e altera o ciclo das águas, pode 
transformar um continente em um extenso e inabitável deserto. 
(E) Com ventos mais próximos ao mar, o ar úmido resultante da evaporação da água do oceano é 
puxado para o continente, distribuindo a chuva ao redor do planeta. 
 
FCC – MPE-AP – TÉCNICO ADMINISTRATIVO – 2009 
 
14. Está correta a grafia de todas as palavras da frase: 
 
(A) Compadecido com a humilhação de seu velho servo, o rei Psamênito não conteu as lágrimas e as 
verteu abundantemente. 
(B) O príncipe e a princesa ainda poderiam insurgir-se contra os persas, mas não o velho servo, cujas 
forças esmoresciam. 
(C) Talvez Psamênito não previlegiasse o velho servo, talvez este tivesse sido a última gota de tanto 
sofrimento. 
(D) As forças e a dignidade do rei egípcio apenas titubiaram quando se deparou com a imagem do velho 
servo. 
(E) Há divergências quanto à interpretação do porquê de haver chorado o rei Psamênito, sucumbindo à 
visão do velho servo. 
 
FCC – PGE-RJ – TÉCNICO SUPERIOR DE PROCURADORIA – 2009 
 
15. É adequado o emprego e correta a grafia de todas as palavras da frase: 
 
(A) É prazeroso o reconhecimento de uma pessoa que, surgindo longínqua, parece então mais próxima 
que nunca – paradoxo pleno de poesia. 
(B) A abstensão da proximidade de alguém não impede, segundo o cronista, que nossa afetividade 
aflore e haja para promover uma aproximação. 
(C) Nenhuma distância dilui o afeto, pelo contrário: o reconhecimento da amada longeva avisinha-a de 
nós, fá-la mais próxima que nunca. 
(D) O cronista ratifica o que diz um velho provérbio: a distância que os olhos acusam não exclue a 
proximidade que o nosso coração promove. 
(E) Os poetas românticos eram obsecados por imagens que, figurando a distância, expressavam com ela 
a gososa inatingibilidade de um ideal. 
 
FCC – MPE-SE – TÉCNICO DO MP – 2009 
16. Identificam-se parônimos no par de expressões transcritas em: 
 
(A) importância capital // importância fundamental. 
(B) tráfico de pessoas // tráfego de pessoas. 
(C) tecnologias de informação // comunicação tecnológica. 
(D) violações cometidas // violações reprimidas. 
(E) vida com liberdade // vida com dignidade. 
 
17. Considere as frases abaixo: 
 
I. Os horrores trazidos pela II Guerra Mundial marcaram o porquê da criação de um documento 
internacional que garantisse o respeito aos direitos humanos. 
II. Sem conhecer seus direitos, os indivíduos não saberão dispor dos instrumentos nem apresentar 
razões porque reivindicar sua efetiva aplicação. 
III. Por falta de divulgação dos termos previstos na Declaração Universal, grupos minoritários se tornam 
mais vulneráveis à violação de seus direitos, sem mesmo saber por quê. 
IV. São inúmeros os benefícios trazidos pela Declaração Universal, embora exista desrespeito aos 
direitos nela previstos, como a persistência da pobreza, por que passa um terço da população mundial. 
 
Escola Superior da Magistratura Tocantinense 
Curso Português: Revisão Gramatical e Redação Oficial 
Profª Maria Ângela Barbosa 
 
 22 
Estão escritos corretamente os termos que aparecem grifados em 
 
(A) I, II, III e IV. 
(B) I, II e III, apenas. 
(C) I, III e IV, apenas. 
(D) II, III e IV, apenas. 
(E) I, II e IV, apenas. 
 
18. Todas as palavras estão escritas corretamente na frase (não estão sendo consideradas as 
alterações que passaram a vigorar recentemente): 
 
(A) A era digital atinjiu uma nova e insólita fronteira com a digitalização do dia-a-dia de um indivíduo, o 
que resulta numa espécie de memória sobressalente e assessível ao clique de um mouse. 
(B) A indústria de eletrônicos busca hoje consiliar o menor número de assessórios no menor espaço 
possível – daí o celular atual ter-se tornado bem mais leve do que o primeiro modelo, lançado nos anos 
80. 
(C) Uma série de novidades tecnológicas está à disposição dos usuários, como os sensores em celulares 
que monitoram o deslocamento das pessoas, para compreender o mecanismo de disseminação de 
epidemias. 
(D) O ritmo das inovações evoluiu lentamente apartir do desenvolvimento da linguagem, mas, com a 
eletricidade, as gerações se suscedem cada vez mais rapidamente, com saltos ininterruptos entre uma 
novidade e outra. 
(E) O avanço das tecnologias de comunicação sempre exerceu facínio na história da humanidade e, 
atualmente, o mercado dos serviços baseados em localização encontra-se em franca expanção. 
 
FCC – TCE-AL - ANALISTA DE SISTEMAS – 2008 
 
19. Estão corretos o emprego e a grafia de todas as palavras em: 
 
(A) A inverossimilhança dos nossos enfáticos propósitos de Ano Novo constitui uma prova de que, via de 
regra, somos uns inconseqüentes. 
(B) Há quem formule com tanta desfaçateza seus propósitos de Ano Novo que acaba provocando em 
todos um mixto de irrisão e pena. 
(C) Não há porquê imaginar que nos baste divizar imagens do futuro para que elas venham a se tornar 
uma inextricável realidade. 
(D) O dilema que constitue nosso desejo de liberdade diante de amarras entrincadas está diretamente 
associado à questão da liberdade. 
(E) É prazeirosa a experiência de quem formula propósitos e promove ações que vão de encontro aos 
mesmos. 
 
Exercícios de Motivação do Novo Acordo Ortográfico 
Com base no Novo Acordo Ortográfico, reescreva corretamente as seguintes palavras e justifique. 
Pára (verbo) => 
pêlo (substantivo) => 
pêra (substantivo) => 
pólo (substantivo) => 
apóio => 
assembléia => 
asteróide => 
bóia => 
Coréia => 
estréia => 
européia => 
geléia => 
heróico => 
idéia => 
jibóia => 
jóia => 
paranóia => 
platéia => 
abençôo => 
abotôo => 
antevêem => 
assôo => 
caçôo => 
côo => 
dêem => 
dôo => 
Escola Superior da Magistratura Tocantinense 
Curso Português: Revisão Gramatical e Redação Oficial 
Profª Maria Ângela Barbosa 
 
 23 
enjôo => 
lêem => 
perdôo => 
prevêem => 
relêem => 
revêem => 
vêem => 
vôo => 
apazigúe => 
argúi => 
averigúe => 
obliqúe => 
ante-sala => 
anti-racista => 
anti-reflexo => 
anti-religioso => 
anti-ruga => 
anti-roubo => 
anti-ruído => 
anti-semita => 
anti-social => 
auto-adesivo => 
auto-afirmação => 
auto-ajuda => 
auto-análise => 
auto-aplicável => 
auto-educativo => 
auto-escola => 
auto-estima => 
auto-estrada => 
auto-imune => 
auto-incriminar-se => 
auto-regulação => 
auto-retrato => 
auto-serviço => 
auto-suficiente => 
auto-sustentável =>