Aula 05
67 pág.

Aula 05


DisciplinaTecnologia da Informação3.637 materiais17.151 seguidores
Pré-visualização13 páginas
Educacionais/2012) Determinado técnico instalou um pequeno 
servidor Windows, capaz de compartilhar arquivos e conexão ADSL, utilizando 
um proxy transparente, em um computador com processador Pentium 133 
com 32 MB de memória RAM, sem nobreak. Para um segundo servidor, Linux, 
o mesmo técnico utilizou um computador com processador Athlon 64 com 1 GB 
de RAM, com nobreak, e nele instalou o sítio de determinada empresa, 
<www.empresa.com.br>. Após sua instalação, esse sítio passou a receber a 
média de 300.000 visitas diárias e cerca de 700.000 visualizações de página 
(pageviews). Além disso, tal sítio possui fórum com 1,7 milhão de mensagens 
e 55.000 usuários registrados e sistemas de becape e indexação de conteúdo e 
correio eletrônico (email). 
 
Com base na situação hipotética acima apresentada, julgue os itens de 1 a 3. 
21. (CESPE/FNDE/Técnico em Financiamento e Execução de 
Programas e Projetos Educacionais/2012) Os sistemas operacionais 
Windows e Linux oferecem recursos que possibilitam separar arquivos que 
tratem do mesmo assunto e criar pastas ou diretórios nos discos e 
TI EM EXERCÍCIOS P/ INSS 
Conhecimentos específicos - Formação em Tecnologia da Informação (TEINF) 
 
Profa Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 46 
 
memórias auxiliares para gravar programas e arquivos relativos a um 
mesmo tema. 
 
Comentários 
Tanto no Windows como no Linux é possível criar diretórios (pastas) nos discos 
rígidos (HD) e em memórias auxiliares, como pendrives, cartões de memória, 
HDs externos, etc. para gravar programas e arquivos relacionados a um 
determinado tema. 
Gabarito: item correto. 
 
22. (CESPE/FNDE/Técnico em Financiamento e Execução de 
Programas e Projetos Educacionais/2012) De modo semelhante ao 
Linux, o Windows é considerado um software microbásico. Uma 
característica desse tipo de software é que, uma vez ligado o computador, 
ele não permanece carregado na memória até que o computador venha a 
ser desligado. Isso se deve ao fato de que tanto o Linux quanto o Windows 
alocam o hardware e o software apenas quando estes são requeridos pelo 
usuário. 
 
Comentários 
Em ambos os sistemas operacionais, uma vez ligado o computador, eles 
permanecerão carregados na memória durante todo o tempo, até que o 
equipamento seja desligado. Também, cabe destacar que os dispositivos de 
hardware e software, uma vez detectados, já ocuparão espaço em memória, 
independentemente de serem requeridos pelo usuário ou não. 
Gabarito: item errado. 
 
23. (CESPE/FNDE/Técnico em Financiamento e Execução de 
Programas e Projetos Educacionais/2012) Na situação hipotética 
descrita, o servidor com o sistema Windows é mais apropriado que o 
empregado com Linux, pois é mais vantajoso e confiável para lidar com 
grande volume de visitas e operações no sítio da empresa. 
 
Comentários 
Na situação hipotética apresentada, cabe observar que o computador com 
Windows possui uma configuração bem básica, inadequada para sua utilização 
como servidor de rede. Observe que foi utilizado nessa máquina Pentium 133 
com 32 MB de memória RAM, sem nobreak. A ausência do nobreak também 
não irá segurar as quedas de energia, comprometendo o funcionamento da 
máquina. Portanto, neste cenário, recomendamos a utilização da máquina 
TI EM EXERCÍCIOS P/ INSS 
Conhecimentos específicos - Formação em Tecnologia da Informação (TEINF) 
 
Profa Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 47 
 
Linux, com processador Athlon 64, 1 GB de RAM e nobreak, que será mais 
adequada e confiável para o serviço ao qual se destinará. 
Gabarito: item errado. 
 
24. (CESPE/Assembleia Legislativa/CE \u2013 Cargo 10/2011) No Linux, 
quando se trata de diretórios, os comandos gzip e tar têm exatamente a 
mesma função: criar e compactar arquivos que contêm, internamente, 
outros arquivos ou diretórios. 
 
Comentários 
gzip Usado para gerar uma cópia compactada de um determinado 
arquivo. 
\ufffd O que ele não realiza é a união de vários arquivos em um 
único arquivo. Para isso existe uma aplicação chamada de 
empacotador. E essa função específica é desempenhada 
pelo tar. 
 
tar (Tape 
ARchive) 
Guarda vários arquivos em um único arquivo, sem 
compactar. Bem utilizada em backup de arquivos. Nota: ao 
executar o comando tar com o complemento \u2013z (tar \u2013z ) os 
arquivos são agrupados e compactados, mas esse parâmetro 
não foi especificado na questão! 
gunzip Para descompactar um arquivo com a extensão .gz, 
retornando o arquivo ao seu estado original. 
Ex.: gunzip linux.pdf.gz 
Pode-se também usar o gzip \u2013d linux.pdf.gz. 
Nos 2 comandos acima, usei como exemplo o arquivo 
linux.pdf.gz. 
Assim, a compactação será feita pelo gzip, e não pelo tar. 
Gabarito: item errado. 
 
25. (CESPE/2012/TRE-RJ/Técnico Judiciário Administrativa) No 
Linux, a sintaxe ifconfig -a|grep eth permite identificar as interfaces 
Ethernet configuradas. 
 
 
 
TI EM EXERCÍCIOS P/ INSS 
Conhecimentos específicos - Formação em Tecnologia da Informação (TEINF) 
 
Profa Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 48 
 
Comentários 
Primeiramente é importante destacar sobre a conexão de comandos, utilizada 
na questão. Conectar comandos é fazer com que o resultado gerado por um 
comando seja processado por outro comando, mediante a aplicação do 
caractere pipe (|). 
 
O comando ifconfig mostra as configurações de todos os adaptadores de rede 
(placas de rede) ativos na máquina. Com o argumento \u2013a, mostrará o status 
de todas as interfaces, mesmo as não ativas. 
Assim, o primeiro comando ifconfig -a mostra as configurações de todos os 
adaptadores de rede (placas de rede) ativos e não ativos na máquina. 
O comando grep é usado para procurar por linhas em um arquivo que 
contenham expressões que satisfaçam a um determinado padrão de busca. Em 
grep eth o sistema irá procurar por entradas na saída do primeiro comando 
que tenham a expressão \u201ceth\u201d. 
Assim, ifconfig -a|grep eth permite identificar as interfaces de rede Ethernet 
configuradas. 
Gabarito: item correto. 
 
26. (Cespe/2012/PEFOCE) O comando pwd do Linux possibilita ao 
usuário efetuar a troca de senha (password). 
 
Comentários 
O comando pwd mostra o caminho do diretório corrente. O comando passwd 
é utilizado para a troca de senha. Observe que um usuário somente pode 
alterar a senha de sua conta, mas o superusuário (root) pode alterar a senha 
de qualquer conta de usuário, inclusive a data de validade da conta, etc. Os 
donos de grupos também podem alterar a senha do grupo com este comando. 
Gabarito: item errado. 
 
27. (Cespe/TRE-RJ/CBNS/2012) No Linux, em um mesmo diretório, não 
podem existir dois subdiretórios com o mesmo nome, contudo, em virtude 
TI EM EXERCÍCIOS P/ INSS 
Conhecimentos específicos - Formação em Tecnologia da Informação (TEINF) 
 
Profa Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 49 
 
de os nomes dos diretórios serem case sensitive, é possível criar dois 
subdiretórios de nomes /usr/TreRJ e /usr/trerj. 
 
Comentários 
O Linux é Case Sensitive, pois diferencia letras maiúsculas e minúsculas nos 
arquivos, comandos e diretórios (pastas). Assim, pode-se criar os subdiretórios 
de nomes /usr/TreRJ e /usr/trerj, que são distintos para o sistema operacional. 
Observe que não podem existir dois arquivos com o mesmo nome em um 
diretório, ou um subdiretório com um mesmo nome de um arquivo em um 
mesmo diretório. 
Gabarito preliminar: item correto. 
 
28. (Cespe/TRE-RJ/CBNS/2012) No Linux, o diretório /bin contém 
programas do sistema que são utilizados pelos usuários, não sendo 
necessário, para que esses programas sejam executados, que eles possuam 
a extensão