1º AVALIANDO APRENDIZADO DE DIREITO CONSTITUCIONAL AVANÇADO
3 pág.

1º AVALIANDO APRENDIZADO DE DIREITO CONSTITUCIONAL AVANÇADO


DisciplinaDireito Constitucional I52.820 materiais1.381.151 seguidores
Pré-visualização1 página
FRANCIMARA SANTOS DA SILVA
201707169659 C A BO FRIO
 
 DIREITO CONSTITUCIONAL AVANÇADO
 
Avaliando Aprend.: CCJ0135_SM_201707169659 V.1 
Aluno(a): FRANCIMARA SANTOS DA SILVA Matrícula: 201707169659
Desemp.: 0,3 de 0,5 09/11/2018 16:31:08 (Finalizada)
 
1a Questão (Ref.:201710245672) Pontos: 0,1 / 0,1 
O Poder Executivo participa ativamente do processo de elaboração legislativa, seja
ao deflagrá\u2010lo, seja ao sancionar ou vetar projetos de lei. A respeito do veto,
assinale a alternativa correta
 O Presidente da República pode vetar o projeto de lei no todo ou em parte no
prazo de 15 dias úteis contados da data do recebimento
O veto parcial pode abranger parte do texto de artigo, de parágrafo, de
inciso ou de alínea
A ausência de manifestação do Presidente da República importa veto do
projeto de lei
Rejeitado o veto, o projeto de lei é encaminhado diretamente ao Presidente
do Senado Federal para promulgação
O Presidente da República pode vetar o projeto total ou parcialmente, não
lhe sendo exigível declinar os motivos do veto ao Presidente do Senado
 
2a Questão (Ref.:201710246924) Pontos: 0,0 / 0,1 
Sobre a inconstitucionalidade material, podemos afirmar:
 A inconstitucionalidade material ocorre quando, o conteúdo de uma espécie
normativa, afronta totalmente ou parcialmente, outro dispositivo
constitucional, com mesmo tema.
Só admite a inconstitucionalidade da norma na sua integralidade.
Por se tratar do conteúdo da norma é sanável.
Não admite a a declaração de inconstitucionalidade parcial.
 A inconstitucionalidade material ocorre quando, o conteúdo de uma espécie
normativa, afronta totalmente ou parcialmente, outro dispositivo legal, com
mesmo tema.
 
3a Questão (Ref.:201710245685) Pontos: 0,1 / 0,1 
O controle prévio ou preventivo de constitucionalidade a ser realizado pelo Poder
Judiciário sobre projeto de lei em trâmite na Casa Legislativa pode ser legitimamente
exercido
 pelo parlamentar, exclusivamente, na medida em que somente os membros
do Poder Legislativo possuem o direito público subjetivo de participar de um
processo legislativo hígido
pelo Procurador-Geral da República, exclusivamente, pois ele deverá ser
previamente ouvido nas ações de inconstitucionalidade e em todos os
processos de competência do Supremo Tribunal Federal
pelos parlamentares envolvidos no processo legislativo e por qualquer
cidadão que comprove sua potencial condição de destinatário da futura lei ou
emenda à Constituição
por qualquer cidadão, independentemente de comprovação de condição de
interessado, bastando-lhe estar no pleno gozo dos direitos políticos, como
ocorre na ação popular
por qualquer cidadão, mesmo que não ostente a condição de parlamentar,
mas desde que comprove sua potencial condição de destinatário da futura lei
ou emenda à Constituição
 
4a Questão (Ref.:201710236769) Pontos: 0,0 / 0,1 
 Ao estabelecer que a inconstitucionalidade é o juízo de adequação da norma infraconstitucional
(objeto) à norma constitucional (parâmetro), por meio da verificação da relação imediata de
conformidade vertical entre aquela e está, com o fim de impor a sanção de invalidade à norma que seja
revestida de incompatibilidade material e/ou formal com a Constituição, o ordenamento jurídico
brasileiro adotou duas formas de inconstitucionalidade: material e formal. Especificamente, em relação
à formalidade, está correto o que se afirma, EXCETO, em:
 
 
 
A inconstitucionalidade por vício formal verifica-se
quando a lei ou ato normativo infraconstitucional
(leis) contiver algum vício em sua forma;
 
 
A inconstitucionalidade por vício formal pode ser
caracterizada em razão de sua elaboração por
autoridade incompetente;
 
 
A inconstitucionalidade por vício formal pode ser
caracterizada em razão da substância da norma
analisada;
 
 
Na inconstitucionalidade por vício formal, o vício
está em seu processo de formação, vale dizer, no
processo legislativo de sua elaboração;
 
 
A inconstitucionalidade por vício formal pode ser
caracterizada em razão de sua objetividade e
subjetividade.
 
 
5a Questão (Ref.:201710246934) Pontos: 0,1 / 0,1 
Sobre as classificações sobre controle de constitucionalidade, podemos afirmar:
 Quanto ao momento, pode ser preventivo e repressivo.
Quanto ao momento, pode ser preventivo, de ofício e repressivo.
Quanto ao controle jurisdicional de constitucionalidade, somente pode ser
difuso e abstrasto.
Quanto ao controle jurisdicional de constitucionalidade, pode ser somente
difuso e concentrado.
Quanto ao órgão, pode ser político, jurídico ou constitucional.
Pastor
Pastor fez um comentário
Muito bom!
0 aprovações
Pastor
Pastor fez um comentário
Muito bom!
0 aprovações
André
André fez um comentário
EXCELENTE
2 aprovações
Carregar mais