07. VETORES E MATRIZES
45 pág.

07. VETORES E MATRIZES


DisciplinaProgramacao Modular91 materiais1.043 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Vetores
Variáveis Compostas 
Homogeneas
Unidimensionais
2
Variáveis Compostas 
Unidimensionais - Vetor
\ufffd Variáveis que possuem a finalidade de 
armazenar vários valores do mesmo 
tipo de forma uniforme na memória. 
\ufffd Conjuntos de dados referenciados por 
um mesmo nome e que necessitam de 
somente um índice para que seus 
elementos sejam endereçados são 
ditos compostos unidimensionais.
Variáveis Compostas 
Unidimensionais - Vetor
\u2022 São úteis quando se deseja armazenar vários 
valores do mesmo tipo.
\u2022 Considere um programa que peça ao usuário para 
digitar a nota de 40 alunos e as armazene na 
memória. 
\u2022 Sem a utilização de vetores seria necessário 
declarar 40 variáveis, uma para armazenar cada 
nota, atribuindo-lhes os valores digitados pelo 
usuário. 
\u2022 Este mesmo programa poderia ser feito declarando 
apenas 1 vetor que armazene 40 valores.
Variáveis Compostas 
Unidimensionais - Vetor
\ufffd O conjunto de 40 notas dos alunos de uma 
disciplina pode constituir uma variável 
composta.
\ufffd A este conjunto associa-se o identificador 
NOTA que passará a identificar não uma única 
posição de memória, mas 40.
\ufffd A referência ao conteúdo do n-ésimo elemento 
do conjunto será indicada pela notação 
NOTA[n-1], onde n é um número inteiro ou uma 
variável numérica contendo um valor inteiro.
Variáveis Compostas 
Unidimensionais - Exemplo
\ufffd São unidimensionais as variáveis NOTA, 
IDADE e NOME mostradas a seguir:
BAC004-Informática-
Teórica-Fabiana C 
6
Variáveis Compostas 
Unidimensionais - Vetor
\ufffd Nas linguagens C/C++ o limite inferior 
de uma variável composta é sempre 0. 
\ufffd A declaração exige apenas o total de 
elementos.
\ufffd Portanto, a faixa de intervalo do índice 
varia de 0 até total de elementos 
menos 1.
int identificador[tam];
7
Variáveis Compostas 
Unidimensionais - Vetor
\ufffd Exemplo 1: int vetor[6]
\ufffd Na memória é representado da seguinte forma:
\ufffd Sendo uma única variável com o nome vetor
com 6 posições, nas quais podem ser 
armazenados números inteiros. A faixa de 
intervalo do índice varia de 0 até total de 
elementos menos 1. Para o vetor[6], do 
exemplo, os índices variam de 0 a 5.
Variáveis Compostas 
Unidimensionais - Vetor
\u2022 Observe que o tamanho de um vetor pode ser 
determinado por uma variável inteira, como na 
última linha do exemplo abaixo.
int codigo[40]; /*Declara o vetor codigo que armazena 40 células do tipo 
int */
float preco[6]; /*Declara o vetor preco que armazena 6 células do tipo 
float*/
char alternativa[10]; /*Declara o vetor alternativa que armazena 10 
células do tipo char*/
int n = 50; 
int nota[n]; //Declara o vetor nota que armazena 50 células do tipo int
9
Variáveis Compostas 
Unidimensionais - Vetor
\ufffd Exemplo 2: 
int vetor [6] = {12, 95, 75, 84, 7, 41};
Acessar um elemento do vetor.
Variáveis Compostas 
Unidimensionais - Vetor
\u2022 Para atribuir ou recuperar valores das 
células de um vetor, basta informar o 
seu nome e o índice da célula que 
deseja acessar entre colchetes.
\u2022 Vale lembrar que apenas uma célula 
pode ser acessada por comando. 
\u2022 Comandos para manipular mais de 
uma célula ao mesmo tempo gerarão 
erros de compilação.
11
Variáveis Compostas 
Unidimensionais - Vetor
\ufffd Exemplo 3: A atribuição pode ser feita em 
apenas um elemento de cada vez.
vetor[1]=202;
vetor[5]=12;
12
Variáveis Compostas 
Unidimensionais - Vetor
\ufffd Exemplo 4: A atribuição pode ser feita lendo 
entradas do teclado
13
Variáveis Compostas 
Unidimensionais - Vetor
\ufffd Exemplo 5: A apresentação dos dados pode 
ser com uma repetição
14
Variáveis Compostas Unidimensionais 
\u2013 Vetor - Exemplo
//ProgC060 - Programa exemplo de vetor
#include <iostream>
#include <cstdlib>
int main()
{
int N[6],
Contador;
for(Contador=0; Contador < 6; Contador++)
N[Contador] = 2;
for(Contador=0; Contador < 6; Contador++)
std::cout << N[Contador] << &quot;\t&quot;;
system(&quot;PAUSE > null&quot;);
return 0;
}
Declaração de um vetor de 6 elementos.
Contador para controlar a repetição.
Repetição para colocar o valor dois nas 
posições do vetor
Repetição para apresentar o vetor na tela. 
15
Variáveis Compostas Unidimensionais 
\u2013 Vetor - Exemplo
//ProgC061 - Programa que calcula o número de dias verificando se é bissexto
#include <iostream>
#include <cstdlib>
int main()
{
int dmes[12]={31,28,31,30,31,30,31,31,30,31,30,31};
int dia, mes, ano, total;
char ch;
std::cout << &quot;Digite a data no formato DD/MM/AAAA: &quot;;
std::cin >> dia >> ch >> mes >> ch >> ano;
if (ano%4==0 && ano%100 || ano%400==0)
dmes[1]=29;
total=dia;
for(int i=0; i<mes-1; i++)
total += dmes[i];
std::cout << &quot;Total de dias transcorridos: &quot; << total;
system(&quot;PAUSE > null&quot;);
return 0;
}
Declaração de um vetor de 12 elementos, atribuindo valores. 
Leitura formatada com cin. Mais de um 
elemento digitado.
Condição para verificação de ano bissexto. 
Repetição para contar o número de dias. 
16
Variáveis Compostas Unidimensionais 
\u2013 Vetor - Exemplo
// ProgC062.cpp - Vetor com tamanho informado do teclado.
#include <iostream>
#include <cstdlib>
using namespace std;
int main() {
int tamanho;
cout<<&quot;Digite o comprimento do vetor:&quot;;
cin>>tamanho;
int vetor[tamanho];
cout<<&quot;Digite uma sequencia com &quot; <<tamanho<<&quot; numeros inteiros:\n&quot;;
for (int i = 0; i < tamanho; i++)
cin>>vetor[i];
cout<<&quot;A sequencia digitada foi:\n&quot;;
for (int i = 0; i < tamanho; i++)
cout<<vetor[i]<<&quot; &quot;;
system (&quot;pause > null&quot;);
return 0;
}
Solicita tamanho do vetor. 
Declaração de um vetor do tamanho especificado pelo usuário. 
Inserção de itens no vetor
Apresentação dos itens do vetor.
Variáveis Compostas 
Unidimensionais \u2013 Vetor - Exemplo
int maior (int vet[10]) 
{ 
int m = vet[0]; 
for (int i = 1; i < 10; ++i) 
{ 
if (vet[i] > m) 
m = vet[i]; 
} 
return m; 
}
Passagem de vetor por parametro.
Variáveis Compostas 
Unidimensionais \u2013 Vetor - Exemplo
// ProgC063.cpp - Vetor - passagem de parametro.
#include <iostream>
#include <cstdlib>
using namespace std;
int maior (int vet[], int tam) {
int m = vet[0];
for (int i = 1; i < tam; ++i) {
if (vet[i] > m)
m = vet[i]; }
return m; }
int main() {
int valores [6] = {3, -1, 8, 12, 5, -6};
int mValor = maior(valores, 6);
cout << &quot;Maior valor = &quot; << mValor << endl;
system (&quot;pause&quot;); return 0;
}
Tamanho do vetor.
Passagem de vetor por parametro
sem informar tamanho do vetor.
Chamada da função maior.
Variáveis Compostas 
Unidimensionais \u2013 Vetor - Exemplo
\u2022 Por definição, ao passar um vetor como 
parâmetro para uma função em C++, esta 
passagem é feita apenas por referência
\u2022 Qualquer alteração nas células deste vetor 
continuará sendo válida após o término da 
função. 
\u2022 O símbolo '&' está implícito em todas as 
passagens de vetores como parâmetros 
(incluir este símbolo causa um erro de 
compilação).
Variáveis Compostas 
Unidimensionais \u2013 Vetor - Exemplo
// ProgC064.cpp - Vetor - passagem de parametro (sempre referencia).
#include <iostream>
using namespace std;
void zerar(int vet[], int tam) {
for (int i = 0; i < tam; ++i) vet[i] = 0;
}
int main(){
int v[4] = {10, 20, 30, 40};
cout << &quot;v = [&quot; << v[0] << &quot;, &quot; << v[1] << &quot;, &quot; << v[2] << &quot;, &quot; << v[3] << &quot;]&quot; 
<< endl;
zerar(v, 4);
cout << &quot;v = [&quot; << v[0] << &quot;, &quot; << v[1] << &quot;, &quot; << v[2] << &quot;, &quot; << v[3] << &quot;]&quot; 
<< endl;
}
Resultado em tela:
v = [10, 20, 30, 40] 
v = [0, 0, 0, 0]
Chamada da função zerar.
Variáveis Compostas 
Unidimensionais \u2013 Vetor - Exemplo
// ProgC065.cpp - Vetor - soma dos elementos.
#include <iostream>
using namespace std;
int soma(int vetor[]) {
int resultado = 0;
for(int i=0; i<10; i++) resultado = resultado + vetor[i];
return resultado;}
int main(){
int
carol
carol fez um comentário
legal
0 aprovações
Carregar mais