Auditoria e Certificação

Disciplina:Contabilidade / Ciências Contábeis29.585 materiais372.032 seguidores
Pré-visualização1 página
Auditoria
A auditoria ambiental consiste em processo sistemático de inspeção, análise e avaliação das condições gerais ou específicas de uma determinada empresa em relação as fontes de poluição, eficiência dos sistemas de controle de poluentes, riscos ambientais, legislação ambiental, relacionamento da empresa com a comunidade e órgão de controle ou ainda do desempenho ambiental da empresa. 
A auditoria não deve ser confundida com uma simples avaliação. Ela é caracterizada pela independência de seus auditores em relação a unidade que está sendo auditada e por requerer uma detalhada e rigorosa metodologia de aplicação, visando avaliar o atendimento a critérios relevantes ao objetivo previsto. Consequentemente, com a obtenção de evidências, torna-se necessário um nível de investigação mais sofisticado, pois apenas a observação ou percepção não são suficientes para caracterizar o resultado. 
A Norma NBR ISO 19011(2002) veio para substituir e cancelar as normas 14010, 14011 e 14012 surgindo como um guia sobre auditorias da qualidade e do meio ambiente e dos sistemas gestão de responsabilidade social. 
Classificação
Auditoria de conformidade legal - avalia a adequação da unidade auditada com a legislação e os regulamentos aplicáveis;

Auditoria de desempenho ambiental - avalia a conformidade da unidade auditada com a legislação, os regulamentos aplicáveis e indicadores de desempenho ambiental setoriais aplicáveis à unidade;

Auditoria de Sistema de Gestão Ambiental - avalia o cumprimento dos princípios estabelecidos no Sistema de Gestão Ambiental (SGA) da empresa e sua adequação e eficácia;

Auditoria de certificação - avalia a conformidade da empresa com princípios estabelecidos nas normas pela qual a empresa esteja desejando se certificar;

Auditoria de desativação - avalia os danos ao ecossistema e à população do entorno de alguma unidade empresarial em consequência de sua desativação (paralisação definitiva de suas atividades);

Auditoria de responsabilidade - destinada a avaliar o passivo ambiental das empresas, ou seja, suas responsabilidades ambientais efetivas e potenciais;

Auditoria de sítios - destinada a avaliar o estágio de contaminação de um determinado local;

Auditoria pontual - destinada a otimizar a gestão dos recursos, a melhorar a eficiência do processo produtivo e, consequentemente, minimizar a geração de resíduos, o uso de energia ou de outros insumos.

Tipos de Auditoria
Auditoria Interna - Executada por funcionários da empresa ou por profissionais contratados, resultados de uso interno;

Auditoria Externa - Executada por auditores independentes externos à organização, resultados avaliados por terceiros.
Auditoria de Primeira Parte - Conduzida por uma organização em seus próprios sistemas;
Auditoria de Segunda Parte - Conduzida por uma organização em outra com a qual mantém uma relação comercial;
Auditoria de Terceira Parte - Conduzida por organismo independente, que pode ser credenciado.

Certificação
A organização que possui um sistema de gestão da responsabilidade social com base na NBR 16001 pode querer certificá-lo por meio de um organismo externo de terceira parte, denominado Organismo de Certificação de Sistema de Gestão de Responsabilidade Social (OCR).
OCR – é um organismo acreditado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), órgão da estrutura do Executivo Federal;
São duas fases:
Análise de documentos, consulta prévia e divulgação as partes interessadas com o objetivo de obter a visão destas partes sobre as atividades da organização e os impactos decorrentes;
Envolve a realização de auditoria pelo OCR nas instalações da organização solicitante.