A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Exercícios com gabarito - 3° Ano Ensino Médio - Corrente Elétrica - O mundo da física

Pré-visualização | Página 1 de 1

Prof. Thiago Miranda o-mundo-da-fisica.blogspot.com 
 
1 
EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO – CORRENTE ELÉTRICA 
 
01. Com base nas nossas aulas diga qual a unidade de medida no SI de corrente elétrica, carga elétrica e 
tempo. 
 
02. Em nossas aulas estudamos conceitos básicos de várias coisas e sabemos que conceito é à base de todo 
conhecimento, sendo assim conceitue: 
a) condutor elétrico: 
b) isolante: 
c) corrente elétrica: 
 
03. Na figura abaixo temos o gráfico da corrente em função do tempo. 
 
Calcule a carga total que passa por uma seção reta do fio entre os instantes: 
a) 0s e 4s. 
b) 4s a 8s. 
c) 0s a 8 s. 
 
04. Pela seção reta de um fio de cobre passam uma carga Q = 320 C em um intervalo de tempo ∆t = 20 s. A 
intensidade da corrente elétrica que passa pelo condutor vale: 
 
05. Pela secção transversal de um fio condutor passa uma carga elétrica de 30 C a cada 5,0 s. A intensidade 
média da corrente elétrica nesse fio é de: 
 
06. Numa lâmpada incandescente a corrente elétrica nominal é i = 1,0 A. Determine a quantidade (Q) de 
eletricidade que atravessa seu filamento em 2,0 minutos. 
 
07. Pela seção reta de um condutor de eletricidade passam 12,0 C a cada minuto. Nesse condutor a 
intensidade de corrente elétrica, em ampères, é igual a: 
a) 0,08 b) 0,20 c) 5,0 d) 7,2 e) 12 
 
08. Em um fio metálico há uma corrente de elétrons de modo que, num intervalo de tempo de 2,0 s, passam 
5,0 . 1018 elétrons por uma secção reta do fio. Sabendo que a carga elétrica elementar é 1,6 . 10-19C, calcule a 
intensidade da corrente elétrica nesse fio. 
 
09. No acelerador de partículas do Laboratório Fermi (conhecido por Fermilab), nos Estados Unidos, obtém-se 
um feixe de prótons que corresponde a uma corrente elétrica de intensidade 3,2 . 10-3 A. Calcule o numero de 
prótons que passam por uma secção reta do tubo, a cada segundo. 
 
10. Em um tubo de televisão há um feixe de elétrons que, ao atingirem a tela, produzem a imagem. Em média, 
a cada 8,0 segundos, o número de elétrons que atingem a tela é igual a 5,0 . 1016. Sabendo que a carga 
elementar é 1,6 . 10-19C, calcule a intensidade média da corrente elétrica ao longo do tubo. 
 
11. Um fio metálico é percorrido por uma corrente elétrica de intensidade 64mA. Para um intervalo de tempo de 
5,0s, calcule: 
a) a carga elétrica que passa por uma secção reta do fio. 
b) o número de elétrons que passam por uma secção reta do fio. 
i(A) 
 
 
6 
 4 8 t(s) 
6 
 
 
 
 Prof. Thiago Miranda o-mundo-da-fisica.blogspot.com 
 
1 
GABARITO – CORRENTE ELÉTRICA 
 
01. 
A unidade de carga elétrica é Coulomb (C), de tempo é segundo (s) e de corrente é ampère (A). 
 
02. 
a) Condutores são os meios materiais nos quais há facilidade de movimento de cargas elétricas 
b) Isolantes são os meios materiais nos quais não há facilidade de movimento de cargas elétricas. 
c) Corrente elétrica é o movimento ordenado de elétrons no interior de um condutor, e ela pode ocorrer nos 
condutores sólidos, como os metais, e em gases e líquidos ionizados. 
 
03. 
 
a) QA = A = b . h = 4 . 6 = 24 C 
 
b) QB = A = b . h = 4 . 6 = 24 = 12 C 
 2 2 2 
 
c) QC = QA + QB = 24 + 12 = 36 C 
 
ou 
 
QC = (b + B) . h = (4 + 8) . 6 = 12 . 6 =72 = 36 C 
 2 2 2 2 
04. 
Dados: 
Q = 320 C 
t = 20 s 
i = Q = 320 = 16 A 
 t 20 
 
05. 
Dados: 
Q = 30 C 
t = 5 s 
i = Q = 30 = 6 A 
 t 5 
 
06. 
Dados: 
i = 1 A 
t = 2 min x 60 = 120 s 
i = Q → 1 = Q → Q = 120 C 
 t 120 
 
07. OPÇÃO B. 
Dados: 
Q = 12 C 
t = 1 min x 60 = 60 s 
i = Q = 12 = 0,2 A 
 t 60 
 
08. 
Dados: 
t = 2 s 
n = 5 . 1018 e- 
e = 1,6 . 10-19 C 
Q = n . e = 5 . 1018 . 1,6 . 10-19 = 8 . 10-1 = 0,8 C 
 
i = Q = 0,8 = 0,4 A 
 t 2 
 
 
09. 
Dados: 
i = 3,2 . 10-3 A 
t = 1 s 
e = 1,6 . 10-19 C 
i = Q → 3,2 . 10-3 = Q → Q = 3,2 . 10-3 C 
 t 1 
 
Q = n . e → 3,2 . 10-3 = n . 1,6 . 10-19 
n = 3,2 . 10-3 = 2 . 1016 elétrons 
 1,6 . 10-19 
 
10. 
i(A) 
 
 
6 
 4 8 t(s) 
6 
h = 6 
b = 4 
B = 8 
 
 
 
 Prof. Thiago Miranda o-mundo-da-fisica.blogspot.com 
 
2 
Dados: 
t = 8 s 
n = 5 . 1016 e- 
e = 1,6 . 10-19 C 
Q = n . e = 5 . 1016 . 1,6 . 10-19 = 8 . 10-3 C 
 
i = Q = 8 . 10-3 = 1 . 10-3 A = 1 mA 
 t 8 
 
11. 
Dados: 
i = 64 mA = 64 . 10-3 A 
t = 5 s 
e = 1,6 . 10-19 C 
a) i = Q → 64 . 10-3 = Q → Q = 320 . 10-3 = 3,2 . 10-1 A 
 t 5 
 
b) Q = n . e → 0,32 = n . 1,6 . 10-19 
 
n = 3,2 . 10-1 = 2 . 1018 elétrons 
 1,6 . 10-19