A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
25 pág.
APS-Trabalho semestral sobre Programação Orientada a Objetos

Pré-visualização | Página 1 de 5

2º/3º Sistemas de Informação (SI) 
 
 
 
Atividades Práticas Supervisionadas 
 
 
 
 
 
 
 
Vagner Silva Almeida - RA: B28IHJ3 
Osias Eduardo Vieira da Silva – RA: B439AC6 
Ricardo Ferreira Abreu – RA: B357576 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
São Paulo 
2013 
 
 
 
 
SUMÁRIO: 
 
 
 
1- OBJETIVO DO TRABALHO............................................................... 02 
2- INTRODUÇÃO.................................................................................... 04 
3- ELEMENTOS DE PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS....... 07 
4- DISSERTAÇÃO................................................................................... 09 
5- PROJETO (Estrutura) DO PROGRAMA........................................... 12 
6- RELATÓRIO (linhas de códigos do programa)............................... 14 
7- REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS .................................................. 19 
 
 
1. OBJETIVO DO TRABALHO: 
 
 É sempre bom lembrar que sem água não haveria vida em nosso planeta. Ela é 
de extrema importância para a vida de todos os seres vivos que habitam a Terra. 
 Embora este recurso seja encontrado em abundância em nosso planeta (cerca 
de 70% da superfície é composto por água), somente 4% da água é doce, ou seja, 
própria para o consumo. 
 Levando em conta que a população mundial atual é de sete bilhões de habitantes 
e continua crescendo, é de fundamental importância que o ser humano busque 
formas de usar a água de forma racional e inteligente. 
 Economizar água para que não falte no futuro é o grande desafio ambiental neste 
início de milênio. 
 O objetivo do nosso trabalho é mostrar a todos que é possível economizar esse 
bem tão precioso, e com a ajuda da tecnologia, teremos resultados satisfatórios para 
que essa economia seja uma realidade para nosso futuro. 
 Utilizando o conhecimento adquirido no decorrer deste semestre, utilizaremos 
uma base de programação que nos ajude a ter um controle mais eficiente e 
consciente da água, controle esse que muitos não fazem, não tem costume, ou de 
alguma forma não tiveram um aprendizado que os fizessem ter o hábito de 
economizar e manter o meio ambiente em sua forma natural, sem que haja algum 
impacto negativo a o meio ambiente do planeta. 
 
 
2. INTRODUÇÃO: 
 
 Toda realização do trabalho teve como base o conceito de ―ELEMENTOS 
ORIENTADOS A OBJETO‖, matéria essa que foi lecionada em todo o período letivo, 
nosso objetivo principal é colocar em pratica tudo o que foi lecionado e aprendido 
por nós alunos em todo o semestre, empregando todos os conceitos de linguagem a 
programação orientada a objetos. 
 A linguagem utilizada para a programação foi o Java, nos permitindo poder 
modelar de uma forma mais realista e por tanto, mais fáceis de serem mantidas e 
compreendidas. 
 Utilizando elementos orientados a objeto, aplicamos ao meio ambiente uma 
forma de trabalhar com uma coisa tão importante para nós seres humanos, sendo 
assim, resolvemos aplicar na forma de programação, uma solução que pudesse ser 
utilizada no dia a dia, para que cada cidadão possa ter uma breve idéia de como é 
crucial, sempre que possível, economizar a água em que todo o dia está presente 
em nossas vidas, onde muitas vezes não notamos, ou fingimos que ela é abundante 
e infinita. 
 A plataforma utilizada para o desenvolvimento de todo o projeto é o ―ECLIPSE‖, 
inicialmente esta plataforma foi desenvolvida pela IMB, logo após a criação o 
ECLIPSE foi ―doado‖ como software livre para a comunidade, Hoje, o Eclipse é o 
IDE Java mais utilizado no mundo. 
 Possui uma extensa biblioteca, a forte orientação ao desenvolvimento baseado 
em plug-ins e o amplo suporte ao desenvolvedor com centenas de plug-ins que 
procuram atender as diferentes necessidades de diferentes programadores. 
Com o uso de plug-ins, pode ser usado não só para desenvolver em Java, mas 
também em C/C++,PHP,ColdFusion e Python. 
 Outro fator importante na escolha da água como tema, é que ao contrario de 
muitos outros fatores que contribuem para a poluição, degradação, ou 
empobrecimento do meio ambiente, a má utilização desta ―matéria prima‖ gera um 
transtorno sem volta, pois ao contrario do gás carbônico e outras impurezas criadas 
pelo homem através de reações em cadeia, ou reações químicas, a água por si só, 
oferece já em sua forma natural, sem nenhuma reação química, o papel principal na 
vida do ser humano, que é o de oferecer de uma forma vital, a vida a todos. 
 
 Ao mesmo tempo em que frisamos o quanto esse bem da humanidade é 
importante, nós do grupo pesquisamos de todas as formas possíveis, e a internet foi 
com certeza nossa grande aliada nessa busca por conhecimento sobre tal tema. 
 Em todo esse processo, nos empenhamos ao máximo para absorver tudo o que 
lemos, vimos, ouvimos, e discutimos, para poder nos expressar da melhor forma, e 
assim fazer um trabalho o mais completo possível, e que apesar de ter como base a 
programação orientada a objeto, o mais importante de tudo foi tentar passar a todos 
a importância deste que é nosso mais valioso bem, pois como todos sabem, 
moramos em um país privilegiado. 
 De acordo com o site ―portalvital.com‖, o Brasil possui cerca de 12% da água doce 
superficial de todo o planeta em nossos rios, o dobro de todos os rios da Austrália e 
Oceania, 42% maior que a quantidade da Europa e 25% maior que o continente 
Africano. 
Aproximadamente 90% do território brasileiro recebem chuvas abundantes durante o 
ano, o que favorece a formação de uma extensa e densa rede de rios. 
Apesar da abundância de água em nosso País, infelizmente a distribuição não é 
bem feita, haja vista que nas regiões do Norte e Nordeste sofrem com a estiagem e 
a falta de água em todos os estados pertencentes a estas regiões, esse é um 
contraste muito latente com as regiões Sudeste e Sul. 
 A Amazônia: é a região que detém a maior bacia fluvial do mundo. Nela está o Rio 
Amazonas, cujo volume de água é o maior do globo. Por isso, ele é considerado um 
rio essencial para o planeta. 
 A Bacia do Tocantins-Araguaia: ocupa 11% do território nacional e tem como 
principais rios o Tocantins e o Araguaia, que abriga a maior ilha fluvial do mundo – a 
Ilha do Bananal. 
 A Bacia hidrográfica do Paraná: ocupa o primeiro lugar em produção hidrelétrica 
do país. Nessa região estão localizadas as usinas de Itaipu, Furnas, Porto Primavera 
e Marimbondo. A área é banhada por seis importantes rios: Grande, Iguaçu, 
Paranaíba, Paranapanema, Tietê e Paraná – o segundo rio em extensão da América 
do Sul. 
 
 
 
 
 O Rio São Francisco: conhecido como rio da integração social, liga o Sudeste, o 
Centro-Oeste e o Nordeste. Ele atravessa cinco estados brasileiros: Minas Gerais, 
Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe, mas sua bacia alcança também Goiás e o 
Distrito Federal. As hidrelétricas da bacia do São Francisco abastecem grande parte 
da Região Nordeste. 
De acordo com estudos e pesquisas, são desperdiçados anualmente 
aproximadamente em todo o mundo cerca de 1.500 km³ de água. 
 Para que não falte no futuro, a água deve ser consumida com consciência, sendo 
vital para todos adquirir certos hábitos: 
— Evite lavar calçadas, quintais e carros com freqüência. Se for inevitável, use balde 
e vassoura no lugar de mangueira. 
— Antes de lavar a louça, panelas e talheres, remova bem os restos de comida de 
todas as peças. Primeiro, ensaboe tudo - mantendo a torneira fechada, claro! -, para, 
depois, enxaguar de uma só vez. 
— Ao escovar os dentes, use um copo com água para enxaguar a boca, evitar 
deixar a torneira

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.