UFC   Quimica Geral   Resolução Lista 5  Cinetica e Equilibrio  2018
46 pág.

UFC Quimica Geral Resolução Lista 5 Cinetica e Equilibrio 2018

Pré-visualização3 páginas
+ 0,34a + 0,17a
equilíbrio
0,14atm
0,0714atm
0,0357atm
29º Questão -Cloreto de iodo decompõe em alta temperatura em iodo e cloro 
 2 ICl(g) \uf044 I2(g) + Cl2(g) 
O Equilíbrio é estabelecido quando as pressões parciais de ICl, I2 e Cl2 são respectivamente 0,43, 0,16 e 0,27 (em atmosferas).
 A) Calcule Kp. 
B) Se uma quantidade de I2 condensa decrescendo sua pressão parcial para 0,10 atm em qual direção a reação prosseguirá? Quais as novas pressões de equilíbrio?
2ICl(g)
\uf044
I2(g)
+
Cl2(g)
Situação1
0,43
0,16
0,27
Situação2
0,43
0,10
0,27
Novoequil.
0,43-2x
0,10+x
0,27+x
Resposta
PICl = 0,375 atm PI2 = 0,1275 atm PCl2 = 0,2975 atm
30ª Questão - A 1000K, Kp= 19,9 para a reação Fe2O3(s)+ 3CO(g) \uf044 2 Fe(s) + 3CO2(g). Qual a pressão parcial no equilíbrio de CO e CO2, se CO é o único gás presente inicialmente com pressão parcial de 0,98 atm?. 
Fe2O3(s)
+
3CO(g)
\uf044
2 Fe(s)
+
3CO2 (g)
Início
0,98
-
equilíbrio
0,98 \u2013 3x
3x
Resposta
PCO = 0,26 atm
PCO2 = 0,72 atm
31ª Questão - A 1000K o valor de Kc para reação PCl5(g) \uf044 PCl3(g) + Cl2(g) é 4,0x10-2. Os compostos foram colocados em um recipiente de maneira que as concentrações iniciais de cada composto eram: [PCl5]=2x10-2 molL-1; [PCl3]=3x10-2molL-1 e [Cl2] = 5x10-2molL-1. Baseado nessas informações descubra se o sistema se encontra em equilíbrio e em caso negativo determine as concentrações dos compostos quando o equilíbrio for atingido
PCl5(g) \uf044 PCl3(g) + Cl2(g
início
2 x 10-2
3 x 10-2
5 x 10-2
Q > Kc
equilíbrio
2 x 10-2 + x
3 x 10-2 - x
5 x 10-2 - x
Resposta
[PCl5] = 0,026 mol.L-1 [PCl3] = 0,024 mol.L-1 [Cl2] = 0,044 mol.L-1
32
32º Questão Quando a reação H2(g) + I2(g) \u21cc 2HI(g) está em equilíbrio a 175 K as pressões parciais de H2, I2 e HI são, respectivamente, 0,958, 0,877 e 0,02 atm. Qual será a massa de HI (no equilíbrio) obtida a partir da mistura de 126,9g de I2 e 1,0g de H2 em um recipiente de 5L a 175 K.
33
Questão 33 Um recipiente foi submetido à pressão reduzida (vácuo) para logo em seguida 
ser adicionada uma amostra de 12,8g de SO3. Essa amostra sofreu decomposição a 600°C 
de acordo com a reação:
SO3(g) SO2(g) + ½ O2(g)
Quando o equilíbrio foi atingido a pressão total do recipiente era de 1,80 atm e a densidade
 igual a 1,60g L-1. Baseado nessas informações calcule o valor de Kp.
Continuação Questão 33
34º Questão \u2013 Considere a reação: 2H2S(g) + SO2(g) \u21cc 3S(s) + 2H2O(g) 
\u394H = -234,11 kJ
Descreva como o sistema em equilíbrio se comporta após as seguintes perturbações: remoção de SO2(g); adição de S(s); aumento da pressão e diminuição da temperatura.
 
2 H2S (g) + SO2(g) \u21cc 3 S2 (s) + H2O (g) + Calor \u394H = -234,11 Kj
Remoção SO2(g) \u2192 Reagente
Adição S(s) não afeta o equilíbrio.
P\u2191 V\u2193. Desloca no sentindo de menor nº de mol de substâncias gasosas \u2192 produto.
T\u2193 . Retirada de calor \u2192 produto. 
35º Questão \u2013 Na fase gasosa, o iodo reage com o ciclopentano (C5H8) formando ciclopentadieno (C5H6) e iodeto de hidrogênio. Explique como cada um dos seguintes efeitos afeta a quantidade de HI (g) presente na mistura reacional no equilíbrio:
I2(g) + C5H8(g) + calor \u21cc C5H6(g) + 2HI(g) \uf044H°= 92,5 kJ
Aumentando a temperatura da mistura
Introduzindo mais C5H6;
Dobrando o volume do recipiente;
Adicionando um catalisador apropriado;
Adicionando um gás inerte como o He a volume constante da mistura reacional. 
T \u2191 Reação endotérmica \u2192 reage formando produto
Adição C5H6(g) \u2192 reagente.
2 × Volume, V\u2191 Desloca no sentindo de maior nº de mol de substâncias gasosas \u2192 produto.
Catalisador não afeta. 
Não afeta.
36º Questão \u2013 A 25°C, a pressão parcial de equilíbrio de NO2 e N2O4 é 0,15 atm e 0,20 atm, respectivamente. Se o volume duplicar à temperatura constante, calcule as pressões parciais dos gases quando se atinge um novo estado de equilíbrio.
2NO2(g) \u21cc N2O4(g)
0,15 mol 0,2 mol
 2NO2(g) \u21cc N2O4(g)
0,075 mol 0,1 mol
 2x -x
0,075-2x 0,1-x 
37º Questão \u2013 Uma amostra de N2O4(g) foi colocada em um cilindro vazio a 25 \uf0b0C. Após o equilibro ter sido atingido, a pressão total do sistema é de 1,5atm e 16% (por mols) da amostra original N2O4(g) foi dissociada em NO2(g). a) Calcule o Kp e o Kc para esta reação de dissociação. (b) Se o volume do cilindro aumentar até que a pressão total seja 1,0 atm (a temperatura do sistema permanece constante), calcule a pressão do equilíbrio para os gases N2O4 e NO2
N2O4(g) \u21cc 2NO2(g)
 P 0
 -x 2x
 P-x 2x
a)
37º Questão \u2013 Uma amostra de N2O4(g) foi colocada em um cilindro vazio a 25 \uf0b0C. Após o equilibro ter sido atingido, a pressão total do sistema é de 1,5atm e 16% (por mols) da amostra original N2O4(g) foi dissociada em NO2(g). a) Calcule o Kp e o Kc para esta reação de dissociação. (b) Se o volume do cilindro aumentar até que a pressão total seja 1,0 atm (a temperatura do sistema permanece constante), calcule a pressão do equilíbrio para os gases N2O4 e NO2
 N2O4(g) \u21cc 2NO2(g)
1,086 atm 0,417 atm 0,724 atm 0,276 atm
 -x +2x
 0,724-x 0,276+2x
b)
V \u2191	Pressão total 1atm
38º Questão Considere a reação em fase gasosa em que um composto incolor C produz um composto azul B: 2C \u21cc B. Após atingir o equilíbrio, o tamanho do frasco é reduzido pela metade. Que mudança de coloração (se houver) será observada imediatamente após a redução de volume? Que mudança de coloração (se houver) será observada quando o equilíbrio for restabelecido? Justifique suas respostas.
 2C \u21cc B
 x z 
 -2y y 
 x-2y z+y
V/2	Volume diminui, deslocando o sistema para B
	O sistema fica azul mas escuro
39º Questão Para o sistema N2(g) + 3H2(g) \u21cc 2NH3(g) \u394H <0, discuta o que ocorre com o equilíbrio quando: a) aumenta-se a pressão (reduz o volume) no recipiente; b) aumenta-se a temperatura; c) duplica-se a quantidade de N2 presente e simultaneamente duplica-se o volume do recipiente onde ocorre a reação; d) aumenta-se a pressão mantendo-se volume constante pela introdução de gás inerte.
a) P\u2191 V\u2193: Produto
b)T \u2191 : Reagente
c) 
d) Não há variação
40º Questão Em um frasco de 5,0L foram adicionados 79,2 g de gelo seco (CO2 sólido) e 30,0 g de grafite (carbono) e a mistura foi aquecida até o equilíbrio:
CO2(g) + C(s) \u21cc 2CO(g).
(a) Qual é o valor de Kp a 1000K se a densidade dos gases é 16,3 g/L? (b) A 1100K, Kc é 0,11. A reação é exotérmica ou endotérmica?
 CO2(g) + C(s) \u21cc 2CO(g)
 0,36 0 
 -x 2x 
 0,36-x 2x
41º Questão - A 5000K e 1,00 atm, 83,0% do oxigênio molecular se decompõe em oxigênio atômico. A que pressão teremos uma decomposição de 95,0%, nessa mesma temperatura?
 O2(g) \u21cc 2O(g)
 1 0 
 -x 2x 
 1-x 2x
a)
41º Questão - A 5000K e 1,00 atm, 83,0% do oxigênio molecular se decompõe em oxigênio atômico. A que pressão teremos uma decomposição de 95,0%, nessa mesma temperatura?
 O2(g) \u21cc 2O(g)
 P 0 
 -0,95P 2X0,95P 
 P-0,95P 2X0,95P
 0,05P 1,9P
b)
42º Questão - Para a dimerização do NO2 a 298 K a pressão total de uma mistura no equilíbrio é 1,0 atm. 
2NO2(g) \u21cc N2O4(g) Kp = 8,8. Se o volume é aumentado para 3 vezes o original, qual é a pressão de equilíbrio dos gases a 298 K.
 2NO2(g) \u21cc N2O4(g)
 P 0 
 -2x +x 
 P-2x x