A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
24 pág.
Caderno Generalidades

Pré-visualização | Página 1 de 5

–
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
–
Termos Anatômicos ............................................................................................ 2 
Sistema Esquelético ............................................................................................ 5 
Sistema Articular ................................................................................................. 8 
Sistema Tegumentar ......................................................................................... 10 
Sistema Muscular .............................................................................................. 12 
Sistema Circulatório .......................................................................................... 15 
Sistema Nervoso ................................................................................................ 19 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Aula 01 - Generalidades 
→ Normal: Mais frequente. 
→ Variação Anatômica: Diferença morfológica que não infere prejuízo à 
funcionalidade da estrutura. 
→ Anomalia: Quando o desvio do padrão anatômico infere prejuízos à 
funcionalidade. 
→ Monstruosidade: Em geral, anomalia tão acentuada que se torna incompatível 
à vida. 
 
Todas as descrições anatômicas são expressas em relação à posição anatômica de forma a garantir que 
não se tornem ambíguas. 
 
→ Corpo em pé 
→ Cabeça e olhar voltados anteriormente 
→ Braços ao lado do corpo 
→ Palmas e dedos voltados anteriormente 
→ Membros inferiores próximos, pés paralelos 
 
→ Anterior/Ventral/Frontal: na direção da frente do corpo. 
→ Posterior/Dorsal: na direção das costas. 
→ Médio: região intermédia. 
 
→ Superior/Cranial: na direção da parte superior ou mais próxima do crânio. 
→ Inferior/Caudal: na direção da parte inferior, mais próxima dos pés ou da cauda (cóccix). 
→ Médio: região intermédia. 
 
→ Mediana: estrutura sob a linha Sagital Mediana. 
→ Medial: mais próximo do plano sagital mediano. 
→ Lateral: mais distante do plano sagital mediano. 
→ Intermedia: região entre medial e lateral. 
 
→ Proximal: Mais próximo em relação a origem do membro ao tórax. 
→ Distal: Mais distante em relação a origem do membro ao tórax. 
→ Médio: região intermédia. 
 
Faces: 
→ Dorsal: Parte superior de qualquer parte do corpo que se saliente anteriormente. 
→ Palmar/Plantar: Parte inferior da mão e do pé, respectivamente. 
 
 
 
 
→ Idade 
→ Sexo 
→ Etnia 
→ Biótipo 
 
 
 
 
 
 
 
 
–
→ Pele 
→ Tela Subcutânea 
→ Fáscia 
→ Músculo 
→ Ossos 
 
Estratimeria: 
→ Superficial: Mais próximo da face externa. 
→ Profundo: Mais próximo da estrutura interna. 
 
De secção: 
→ Plano (Sagital) Mediano: divide longitudinalmente o corpo em duas metades; esquerda e 
direita. 
→ Planos Sagitais: corta o corpo de forma vertical em paralelo ao Plano Mediano. 
→ Planos Frontais (Coronais): divide verticalmente o corpo em parte anterior e posterior. Planos 
→ Transversais (Axiais): planos horizontais dividem o corpo em parte superior e inferior. 
 
De corte: 
→ Corte Longitudinal: Feitos no sentido do comprimento. OBS: Abrangem 180°. 
→ Corte Transversal: Feitos perpendicularmente ao eixo longitudinal. 
→ Corte Oblíquo: Não se encaixa nas categorias acima. 
 
→ Flexão: Diminuição do ângulo entre ossos ou parte do corpo. 
→ Extensão: Aumento do ângulo entre ossos ou partes do corpo. 
 
No pé - 
Flexão Dorsal: movimento da articulação do tornozelo, como quando se sobe uma ladeira ou 
levanta os dedos. 
Flexão Plantar: curva o pé e os dedos em direção ao solo, como quando se fica na ponta dos pés. 
Eversão: Distanciamento da face plantar do plano medial. 
Inversão: Aproximação da face plantar do plano medial. 
 
→ Hiperextensão: Extensão de um membro ou parte dele até acima do seu limite. 
 
→ Abdução: Afastamento do plano mediano. 
→ Adução: Aproximação do plano mediano. 
 
Nos dedos - 
Abdução: Afastá-los em relação ao 3º dedo (médio) da mão, ou 2º dedo do pé. 
Adução: Aproximá-los em relação ao 3º dedo (médio) da mão, ou 2º dedo do pé. 
 
Nos polegares - Rotação de 90° em relação aos outros dedos. 
Flexão e Extensão: movimento no plano frontal. 
Abdução e Adução: movimento no plano sagital. 
Oposição: Movimento usado para pinçar. 
Reposição: Movimento de retorno para a posição anatômica. 
 
→ Flexão Lateral (Direita e Esquerda): Formas especiais de abdução de pescoço e tronco (curvatura 
lateral). 
 
→ Rotação: Giro de uma parte do corpo ao redor de seu eixo longitudinal. 
→ Circundução: Sequência de flexão, abdução, extensão e adução, de forma que a extremidade distal 
se movimente em forma de círculo. (Realizada por ombro e quadril.) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
–
 
No antebraço - 
Pronação: Rotação medial do rádio de forma que a palma da mão fique voltada posteriormente 
e o dorso anteriormente. 
Supinação: Posição anatômica em que a palma está voltada anteriormente e o dorso 
posteriormente. (SUPINAÇÃO → SUPLICANDO AO SENHOR) 
 
Unilateral: Existe de forma única em um lado do corpo. 
Bilateral: Existe em par (esquerdo e direito). 
 
Ipsilateral: Referencial do mesmo lado. 
Contralateral: Referencial de lado diferentes. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Aula 02 - Generalidades 
Esqueleto é constituído de cartilagem e ossos. 
 
Cartilagem: Forma resiliente e semirrígida de tecido conjuntivo que compõe partes do esqueleto que 
requerem maior flexibilidade. TECIDO AVASCULAR, obtém nutrientes e oxigênio por meio de difusão. 
Proporcionalmente, quanto mais jovem a pessoa maior a quantidade de cartilagem. 
 
Osso: Tecido vivo, forma rígida e altamente especializada. 
O tecido ósseo é uma especialização do tecido conjuntivo, com células ósseas (osteoblastos e 
osteoclastos), fibras colágenas e substâncias de sais orgânicos (Ca, P). As fibras colágenas conferem 
resistência e elasticidade ao tecido. Já os sais minerais, a rigidez. 
 
→ Sustentação 
→ Proteção para estruturas vitais 
→ Base mecânica do movimento (alavanca) 
→ Armazenamento de íons (Ca, P) 
→ Hematopoese 
 
Topografia: 
Ossos axiais: Cabeça, pescoço e troco. 
Ossos apendiculares: Membros + Cíngulos. 
 
Morfologia: 
→ Ossos Longos: Comprimento maior que largura e espessura. 
Apresenta duas EPÍFISES (extremidades) e uma DIÁFISE (corpo). 
Geralmente, há também uma região transitória, a METÁFISE. 
Entre a EPÍFISE e DIÁFISE, é possível observar a Cartilagem Epifisial, 
um disco cartilaginoso relacionado com o crescimento longitudinal 
do osso. Depois de ossificada a Cartilagem Epifisial, é possível 
observar a Lâmina Epifisial. 
 
→ Ossos Curtos: Apresenta equivalência das três dimensões, 
cúbicos. 
 
→ Ossos Planos/Laminares: Largura e comprimento semelhantes e maiores que a espessura. 
 
→ Ossos Pneumáticos: Apresenta uma ou mais cavidades contendo ar. 
 
→ Ossos Sesamoides: Desenvolvem-se dentro de tendões ou capsula articular. Função de ponto de 
apoio (movimento de alavanca) 
 
 Região central do osso, possui 
camada superficial de tecido ósseo compacto 
e em seu interior uma cavidade (canal 
medular) que abriga a medula óssea: 
vermelha e amarela. 
 
 Extremidades ósseas, composto 
majoritariamente por tecido ósseo esponjoso 
(exceto pela camada superficial compacta), 
abriga entre as trabéculas medula óssea 
vermelha. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
–
 
→ Ossos Irregulares: Não se encaixam nas categorias supracitadas. 
 
Tipo de substancia óssea: 
Embora possuam, os mesmos elementos constituintes, diferem-se na disposição. 
→ Compacta: Lamínulas do tecido