A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Contabilidade e Pericia   Atividade 4

Pré-visualização | Página 1 de 2

Pergunta 1
	
	
	
	Para não cometer erros contra si e contra a parte do processo, o perito deve elaborar a proposta e solicitar o depósito prévio com zelo e cautela. A elaboração da proposta e a solicitação do depósito prévio podem ser feitas concomitantemente pelo perito.
Existem alguns fatores que precisam ser considerados pelo perito quando ele estiver elaborando sua proposta de honorários, como podem ser citados:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b.
Relevância, Risco, complexidade, quantidade de horas, pessoal técnico, prazo estabelecido, forma de recebimento, laudos interprofissionais.
	Resposta Correta:
	b.
Relevância, Risco, complexidade, quantidade de horas, pessoal técnico, prazo estabelecido, forma de recebimento, laudos interprofissionais.
	Feedback da resposta:
	Existem alguns fatores que precisam ser considerados pelo perito quando ele estiver elaborando sua proposta de honorários:
• Relevância
• Vulto
• Risco
• Complexidade
• Quantidade de horas
• Pessoal técnico
• Prazo estabelecido
• Forma de recebimento
• Laudos Inter profissionais
	
	
	
Pergunta 2
	
	
	
	Quanto à intenção de quem elaborou o quesito, podemos dizer que ele pode ser claro ou dúbio. Ou seja, uma das partes pode formular um quesito com o intuito de colher provas contra a outra parte.
Neste contexto devemos saber que:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	c.
Para isso, pergunta situações que talvez até já saiba a resposta, mas precisa ter aquele fato evidenciado para formar a opinião do juiz. Esse é, então, um quesito dúbio, ou seja, duvidoso em relação ao seu intento. Já o quesito claro é aquele que pergunta exatamente o que se quer saber.
	Resposta Correta:
	c.
Para isso, pergunta situações que talvez até já saiba a resposta, mas precisa ter aquele fato evidenciado para formar a opinião do juiz. Esse é, então, um quesito dúbio, ou seja, duvidoso em relação ao seu intento. Já o quesito claro é aquele que pergunta exatamente o que se quer saber.
	Feedback da resposta:
	Quanto à intenção de quem elaborou o quesito, podemos dizer que ele pode ser claro ou dúbio. Ou seja, uma das partes pode formular um quesito com o intuito de colher provas contra a outra parte. Para isso, pergunta situações que talvez até já saiba a resposta, mas precisa ter aquele fato evidenciado para formar a opinião do juiz. Esse é, então, um quesito dúbio, ou seja, duvidoso em relação ao seu intento. Já o quesito claro é aquele que pergunta exatamente o que se quer saber.
	
	
	
Pergunta 3
	
	
	
	O ato de arbitrar o valor dos honorários periciais é privativo do juiz e para isto ele deverá considerar alguns aspectos, tais como:
I. A complexidade e a importância do trabalho pericial que será realizado;
II. A exatidão e perfeição técnica exigida para o encargo;
III. Os custos apresentados pelo perito, fundamentados em um orçamento;
IV. Qual é a capacidade econômico-financeira das partes envolvidas no processo, já que os custos serão pagos por elas;
V. Qual a importância econômica da ação que está sendo discutida pelas partes e a relevância do caso.
De acordo com as afirmativas apresentadas, quais podemos considerar como verdadeiras?
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	d. 
As alternativas I, II, III, IV e V são verdadeiras.
	Resposta Correta:
	d. 
As alternativas I, II, III, IV e V são verdadeiras.
	Feedback da resposta:
	O ato de arbitrar o valor dos honorários periciais é privativo do juiz e para isto ele deverá considerar alguns aspectos, tais como:
• A complexidade e a importância do trabalho pericial que será realizado;
• A exatidão e perfeição técnica exigida para o encargo;
• Os custos apresentados pelo perito, fundamentados em um orçamento;
• Qual é a capacidade econômico-financeira das partes envolvidas no processo, já que os custos serão pagos por elas;
• Qual a importância econômica da ação que está sendo discutida pelas partes e a relevância do caso.
	
	
	
Pergunta 4
	
	
	
	Quando o objeto a ser periciado for impertinente, ou seja, quando fugirem ao objeto da perícia e, consequentemente, da ação proposta, o juiz tem autonomia para indeferir os quesitos.
Assim, podemos entender que:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	c.
Os quesitos deferidos são aqueles aceitos pelo juiz, logo eles têm caráter de legalidade. Já os indeferidos são os que não foram aceitos, portanto, não precisam ser respondidos. Eles nem mesmo comporão os autos do processo.
	Resposta Correta:
	c.
Os quesitos deferidos são aqueles aceitos pelo juiz, logo eles têm caráter de legalidade. Já os indeferidos são os que não foram aceitos, portanto, não precisam ser respondidos. Eles nem mesmo comporão os autos do processo.
	Feedback da resposta:
	Os quesitos deferidos são aqueles aceitos pelo juiz, logo eles têm caráter de legalidade. Já os indeferidos são os que não foram aceitos, portanto, não precisam ser respondidos. Eles nem mesmo comporão os autos do processo.
	
	
	
Pergunta 5
	
	
	
	O profissional de contabilidade, que exerce a função de perito contábil, possui atribuições e conhecimentos o suficiente para julgar e se pronunciar acerca de fatos que são disponibilizados para sua apreciação. Esses julgamentos e pronunciamentos feitos pelo perito contador são apresentados em um documento denominado laudo pericial contábil.
Neste contexto entendemos que:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b.
Para elaborar esse laudo, o perito ouvirá testemunhas e utilizará os documentos disponibilizados a ele, como relatórios contábeis e gerenciais, entre outros. Enfim, tudo que ajude a fundamentar suas decisões.
	Resposta Correta:
	b.
Para elaborar esse laudo, o perito ouvirá testemunhas e utilizará os documentos disponibilizados a ele, como relatórios contábeis e gerenciais, entre outros. Enfim, tudo que ajude a fundamentar suas decisões.
	Feedback da resposta:
	Essa peça representa as conclusões do trabalho pericial. Para elaborar esse laudo, o perito ouvirá testemunhas e utilizará os documentos disponibilizados a ele, como relatórios contábeis e gerenciais, entre outros. Enfim, tudo que ajude a fundamentar suas decisões.
	
	
	
Pergunta 6
	
	
	
	Quando acontecem perícias na área trabalhista, ocorrem algumas particularidades em relação aos honorários.
As pessoas envolvidas neste tipo de ação, geralmente, possuem uma capacidade econômica reduzida e muitas vezes não têm condições de realizar antecipações de honorários, tampouco suportá-los.
Sendo assim, o perito deve:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	a.
Levar em consideração o caráter social da Justiça do Trabalho e prever quando não há condições de solicitar depósitos antecipados ou mesmo pagamentos imediatamente posteriores à entrega do laudo. Na maioria das vezes o ideal é que aguarde até o final da ação para receber os honorários.
	Resposta Correta:
	a.
Levar em consideração o caráter social da Justiça do Trabalho e prever quando não há condições de solicitar depósitos antecipados ou mesmo pagamentos imediatamente posteriores à entrega do laudo. Na maioria das vezes o ideal é que aguarde até o final da ação para receber os honorários.
	Feedback da resposta:
	O perito deve levar em consideração o caráter social da Justiça do Trabalho e prever quando não há condições de solicitar depósitos antecipados ou mesmo pagamentos imediatamente posteriores à entrega do laudo. Na maioria das vezes, o perito não vai deixar de receber por seus serviços, mas o ideal é que aguarde até o final da ação para receber os honorários.
	
	
	
Pergunta 7
	
	
	
	Após responder aos quesitos apresentados, o perito irá elaborar o Laudo Pericial, onde apresentará as conclusões de seu trabalho. Percebe-se assim, quanto a estrutura do processo que é disponibilizada ao perito para a execução de seus trabalhos que os itens fundamentais a que este profissional irá prestar atenção são os quesitos.