Locação das coisas 1
3 pág.

Locação das coisas 1


Disciplina<strong>direiro</strong>4 materiais14 seguidores
Pré-visualização3 páginas
www.qconcursos.com

Ano: 2018 Banca: VUNESP Órgão: TJ-RJ

Diego possuía, em sua casa, um freezer que não estava utilizando e teve conhecimento de que Cláudia, sua vizinha, doceira,
estava precisando de um freezer para guardar suas encomendas para as festas de \ufb01nal de ano. Diego ofereceu o freezer à
venda, mas Cláudia fez a proposta de apenas alugá-lo.

Diante da situação hipotética, e considerando o disposto no Código Civil sobre a locação de coisas, assinale a alternativa
correta.

A Se durante o período de locação do freezer, Diego vier a falecer, a locação é extinta.

B Para a locação de coisas é necessário que o aluguel seja por prazo determinado.

C
Se \ufb01ndo o prazo de locação, Cláudia continuar na posse do freezer, sem oposição de Diego, presumir-se-á a venda do
objeto.

D
Se Cláudia empregar o freezer em uso diverso do ajustado, Diego poderá rescindir o contrato, mas não poderá exigir
perdas e danos.

E
Se Cláudia, noti\ufb01cada, não restituir o freezer, pagará, enquanto o tiver em seu poder, o aluguel que Diego arbitrar, e
responderá por danos que o freezer venha a sofrer, embora proveniente de caso fortuito.

Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: DPE-PE

Com base na jurisprudência do STJ, assinale a opção correta, a respeito de locação de imóveis urbanos.

A É impenhorável o bem de família pertencente a \ufb01ador em contrato de locação.

B
Em contrato de locação, as benfeitorias voluptuárias não são passíveis de indenização; \ufb01nda a locação, essas
benfeitorias podem ser levantadas pelo locatário, desde que a sua retirada não afete a estrutura nem a substância do
imóvel.

C
Nos contratos de locação, a inclusão de cláusulas de renúncia à indenização das benfeitorias e de direito de retenção
é ilegal.

D Benfeitorias necessárias serão indenizáveis apenas se autorizadas pelo locador.

E Se o locatário estiver em situação de vulnerabilidade, aplica-se o CDC ao contrato de locação.

Ano: 2017 Banca: FCC Órgão: TST

Eduardo, empregado da sociedade A, a qual possui \ufb01liais radicadas em várias cidades brasileiras, aluga, para \ufb01ns
residenciais, imóvel do locador Luís, pelo prazo de dezoito meses. Eduardo, no decorrer de seu contrato de locação com
Luís, é transferido pela sociedade A, para trabalhar em cidade diversa. Por seu turno, Epaminondas, empregado da
sociedade B, celebra, em razão do trabalho, pelo prazo de dezoito meses, contrato de locação de imóvel residencial com o
seu próprio empregador. Epaminondas, que continuava a morar no mesmo imóvel, vem a ser demitido pela sociedade B,
dois anos após o início da vigência do contrato de locação. Diante de tais fatos, Eduardo poderá,

A

após noti\ufb01cação por escrito a Luís, com antecedência de no mínimo trinta dias, devolver o imóvel, \ufb01cando isento de
multa. Por seu turno, caso Epaminondas não desocupe o imóvel, a sociedade B poderá, no curso da ação de despejo,
havendo prova escrita da rescisão do contrato de trabalho, obter decisão liminar, independentemente da prestação
de caução, para que o imóvel seja desocupado em quinze dias.

B

independentemente de prévia noti\ufb01cação a Luís, devolver o imóvel, mas terá que pagar multa proporcional ao
período de cumprimento do contrato, ou, na sua falta, a multa que for judicialmente estipulada. Por seu turno,
Epaminondas terá o contrato de locação prorrogado por prazo indeterminado e, por isso, não poderá, no curso da
ação de despejo, ser de forma alguma compelido a, liminarmente, desocupar o imóvel.

1 Q932318 > Direito Civil Contratos em Espécie , Locação de Coisas
Prova: VUNESP - 2018 - TJ-RJ - Juiz Leigo

2 Q866421 > Direito Civil Contratos em Espécie , Locação de Coisas
Prova: CESPE - 2018 - DPE-PE - Defensor Público

3 Q845547 > Direito Civil Contratos em Espécie , Locação de Coisas
Prova: FCC - 2017 - TST - Juiz do Trabalho Substituto

C
independentemente de prévia noti\ufb01cação a Luís, devolver o imóvel, \ufb01cando isento de multa em face do relevante
motivo para o término do contrato de locação. Por seu turno, Epaminondas deverá desocupar o imóvel em trinta dias,
após a noti\ufb01cação da sociedade B.

D

após noti\ufb01cação por escrito a Luís, com antecedência de no mínimo trinta dias, devolver o imóvel, \ufb01cando isento de
multa. Por seu turno, caso Epaminondas não desocupe o imóvel, a sociedade B poderá, no curso da ação de despejo,
havendo prova escrita da rescisão do contrato de trabalho e prestada caução de três meses de aluguel, obter decisão
liminar, independentemente da audiência de Epaminondas, para que o imóvel seja desocupado em quinze dias.

E

independentemente de prévia noti\ufb01cação a Luís, devolver o imóvel, mas terá que pagar multa proporcional ao
período de cumprimento do contrato, ou, na sua falta, a multa que for judicialmente estipulada. Por seu turno,
Epaminondas deverá desocupar o imóvel em trinta dias a contar da assinatura do instrumento de rescisão do
contrato de trabalho, independentemente de noti\ufb01cação especí\ufb01ca da sociedade B.

Ano: 2017 Banca: VUNESP Órgão: Prefeitura de São José dos Campos - SP

No tocante aos contratos de locação, assinale a alternativa correta.

A
Veda a legislação, nas relações locatícias residenciais e não residenciais, a existência num único contrato de mais de
uma garantia. Havendo duas, a segunda caução discriminada no contrato fadada estará à declaração de nulidade.

B
Na garantia \ufb01dejussória, prevê a lei, por regra, a renúncia do \ufb01ador ao benefício de ordem, sendo desnecessária
qualquer anotação contratual em tal sentido.

C
Tratando-se de locação residencial \ufb01rmada em contrato escrito com prazo inferior a trinta meses, \ufb01ndo o lapso,
qualquer que seja ele, o termo \ufb01nal de pronto encerrará o contrato, tornando-se mister o aditamento.

D
O direito à ação renovatória está condicionado apenas à existência de contrato escrito, independentemente do prazo
de vigência da locação e das atividades empresariais exercidas no imóvel ao longo do lapso da locação.

E
Segundo a lei, serão indenizáveis as benfeitorias voluptuárias, inadmitindo-se o levantamento destas, sobretudo se a
retirada causar danos ao bem principal.

Ano: 2017 Banca: CONSULPLAN Órgão: TJ-MG

Acerca de locação, é correto a\ufb01rmar:

A
Considera-se locação residencial quando o locatário for pessoa jurídica e o imóvel destina-se ao uso dos seus titulares,
diretores, sócios, gerentes e empregados.

B
Nas locações residenciais ajustadas por escrito e por prazo inferior a trinta meses, a resolução do contrato ocorrerá
\ufb01ndo o prazo estipulado, independentemente de noti\ufb01cação ou aviso.

C
O locatário somente terá direito à renovação do contrato nas locações de imóveis destinados ao comércio, se o
contrato a renovar tenha sido celebrado por escrito e com prazo determinado.

D
 A locação residencial prosseguirá automaticamente com o cônjuge ou companheiro(a) que permanecer no imóvel, em
caso de separação de fato ou dissolução de união estável, devendo a sub-rogação ser comunicada por escrito ao
locador e \ufb01ador, se esta foi a modalidade de garantia locatícia.

Ano: 2017 Banca: CONSULPLAN Órgão: TJ-MG

No contrato de locação, pode o locador exigir do locatário, num mesmo contrato, as seguintes modalidades de garantia,
EXCETO:

A \ufb01ança.

B cessão \ufb01duciária de quotas de fundo de investimento.

C caução.

D seguro de \ufb01ança locatícia e caução.

4 Q845123 > Direito Civil Contratos em Espécie , Locação de Coisas
Prova: VUNESP - 2017 - Prefeitura de São José dos

Campos - SP - Procurador

5 Q843951 > Direito Civil Contratos em Espécie , Locação de Coisas
Prova: CONSULPLAN - 2017 - TJ-MG - Titular de Serviços de Notas e de

Registros - Provimento - 2017

6 Q844059 > Direito Civil Contratos em Espécie , Locação de Coisas
Prova: CONSULPLAN - 2017 - TJ-MG - Titular de Serviços de Notas e de

Registros - Remoção - 2017

Ano: 2017 Banca: VUNESP Órgão: Câmara de Sumaré - SP

Na locação de bens imóveis, são requisitos necessários