A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
21 pág.
AULA 1 A 10 E SIMULADOS

Pré-visualização | Página 3 de 6

Os limites postos pela relação de poder com usuário. 
(V) O integração das classes subalternas na órbita do poder e A sequência CORRETA é:
10. Os cenários de intervenção do Assistente Social vem apresentando na atualidade mudanças que implicam ao profissional o entendimento desse contexto histórico. Qual é o contexto histórico desse novo cenário?
As reestruturações do mundo do trabalho
1. Segundo Ana Maria Vasconcelos (1994) em que consiste uma Prática Reflexiva:
Assim para que uma prática profissional possa contribuir na construção de uma sociedade democrática faz-se necessário ser uma prática politizante, que veicule a informação, uma prática onde o profissional não substitua a população, mas tenha um papel na sua organização, o que é diferente de fazer a organização ou organizar o povo . É nesse sentido que a socialização da informação no trabalho social é determinante numa prática que priorize as demandas da população usuária. Socializar a informação implica competência teórica, política e técnico operativa (VASCONCELOS, 1994, p.5).
	
2. O que significa processo de trabalho?
O processo de trabalho é o espaço em que ocorre a interação do homem com o mundo natural que é objetivado em valores de usos no modo de produção capitalista. Apenas para ilustração e auxílio na correção cabe citar:¿ Tal conceito, desenvolvido por Marx, se revela primeiramente pelos elementos físicos, energia e transformação, que colocadas sob um mesmo processo de submissão à ação humana , provocam mudanças em objetos ¿ de ¿algo antes em outro algo¿ elaborado depois deste consumo de energia. Trabalho então apresentado sob a forma de processo, conduzido pelo homem por intermédio dessas ações mediadas pelo gasto de energia e fundamentalmente orientadas pelas assistentes sociais inerentes à reprodução humana. Desse modo, há uma condição humana e social do trabalho ¿ e no seu processo que se revela pela possibilidade de o produto do trabalho responder a uma carência motivadora do processo de transformação e por esse impulso de mudança ¿ motivado pelo carecimento ¿ ser alimentado pela busca de um finalidade ¿ algo que se quer satisfazer e que já se apresenta idealmente ao pensamento do trabalhador antes mesmo de sua realização prática. Esta atividade orientada a um fim ou trabalho mesmo é um dos elementos simples centrais do conceito de processo de trabalho seguido do próprio objeto e seus meios ( Marx , 1988, p. 142-7)¿.
3. Os desafios apresentados aos profissionais de Serviço Social no trato das relações de trabalho, considerando as particularidades da sua intervenção, estão conectados em última instância ao que?
às novas modalidades de produção e reprodução social da força de trabalho
4. que o profissional do serviço Social deve fazer para não empobrecer as suas análises sobre as questões sociais? 
I. Deve se esforçar para contemplar o maior número possível de elementos presente na totalidade social, caso contrário, sua intervenção será comprometida pelo empobrecimento de suas análises. 
II. Buscar Capacidade para articular as diferentes dimensões interventiva e investigativa). 
I, II estão corretas.
	
5. Sobre a transição do foco da prática para os processos e relações de trabalho, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas. 
(V) O que geralmente é chamado de prática corresponde a um dos elementos constitutivos do processo de trabalho que é o próprio trabalho. 
(V) Para existir trabalho são necessários os meios de trabalho e a matéria-prima ou objeto sobre o que incide a ação transformadora do trabalho. 
(F) Ao transitar o foco da prática para os processos de trabalho, o serviço social elege as relações sociais como matéria-prima e objeto de intervenção. 
(V) A condição de trabalhador assalariado relaciona-se ao modo de produção capitalista. Assinale a sequência correta.
V, V, F, V
6. Para Iamamoto, políticas sociais e questão social para o profissional de Serviço Social estão respectivamente relacionadas a que?
trabalho profissional / matéria prima
	
7. O desenvolvimento profissional do Serviço Social e a expansão do mercado de trabalho ocorrem: 
I - No marco do padrão taylorista / fordista; 
II - da regulação keynesiana da economia; 
IV- No Welfare State. 
Podemos citar as alternativas corretas:
I, II, IV.
8. As transformações no mundo do trabalho têm provocado um amplo processo de precarização das:
Condições e relações de trabalho.
9. Analise as ações estatais no terreno do bem-estar social: 
I- privatização do financiamento e da produção de serviços; 
II- canalização dos gastos para grupos carentes e descentralização em nível local; 
contrapartida; 
IV- cortes dos gastos sociais, eliminando os programas e reduzindo benefícios. Quais dessas práticas são estratégias neoliberais para redução da ação estatal?
I, II e IV
10. O Serviço Social vai ocupar um espaço na divisão social do trabalho ao vender :
A sua força de trabalho.
AULA 6
1. O desemprego estrutural resulta das mudanças na base da economia. Tais mudanças resultam em alterações no emprego da mão-de-obra. Existem várias causas para o desemprego estrutural: 
I- novas tecnologias; 
II- crescimento econômico; 
IV- perda postos de trabalho. Assinale a alternativa correta:	
I, II, IV.
2. A questão social foi constituída em torno das transformações econômicas, políticas e sociais ocorridas na Europa do Século XIX. Entretanto, as transformações sociais têm provocado uma alteração no tratamento teórico da questão social. Abaixo estão relacionadas algumas expressões da ¿nova questão social¿, EXCETO:	
Aumento do índice de emprego.
3. Os novos padrões de acumulação do capital caracteriza- se pelo investimento na especulação financeira-rentista refém do mercado de capitais, o que afeta a economia mundial. Neste modelo quem ganham são os s grupos de operadores ou especuladores privados, que vivem do lucro de transações financeiras puras, sem qualquer compromisso com a produção. O aumento do número de trabalhadores desempregados provoca um aumento da:	
Pobreza e desemprego estrutural.
4. A respeito da caracterização da questão social ser ¿uma inquietação quanto à capacidade de manter a coesão de uma ¿sociedade¿ (...) ou ¿a ameaça de ruptura apresentada por grupos cuja existência abala a coesão do conjunto¿ (Castel, 1998, p.41), é correto afirmar que:	
Tal afirmativa é correta, pois, desde as sociedades pré-industriais, aqueles que não encontravam seu lugar na ordem econômica constituíam, por si, uma ameaça à ordem existente.
5. Podemos relacionar ao desemprego estrutural os seguintes fatores: 
I - Introdução de novas tecnologias, como a robótica
Apenas a questão I esta correta.
6. A nova questão social, provocada pela expansão do mercado nos processos econômicos e sociais a partir da década de 1970, provocou novos problemas sociais, como:	
Aumento da pobreza e da exclusão social, erosão dos direitos sociais, precarização do trabalho
AULA 7
1. A consolidação da democracia no Brasil requer uma insistente vontade política para a construção de uma esfera pública nacional e soberana, na qual a experiência dos conselhos de políticas públicas é fundamental. Essa esfera pública possui como componentes o(a):	
Controle social e a visibilidade
2. Em relação ao Serviço Social e o controle democrático do Estado, podemos afirmar que surgem novas frentes de trabalho para o assistente social frente a novas necessidade de intervenção, como as citadas abaixo, exceto:	
Atuação em doações assistencialistas junto a igreja
3. No que tange ao Serviço Social e o controle democrático do Estado pode se afirmar que o novo modelo de descentralização da gestão das políticas públicas possibilitam uma participação mais significativa de segmentos da sociedade civil na gestão das políticas sociais. Sendo assim, estacam-se: 
I-	Descentralização participativa 
II- Mecanismos privilegiados 
III-	Conselhos de Saúde, Assistência Social e Previdência, nos níveis nacional, estadual e municipal,

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.