EPS  Alunos   DIREITO PENAL II
2 pág.

EPS Alunos DIREITO PENAL II


DisciplinaDireito Penal II9.968 materiais283.238 seguidores
Pré-visualização1 página
09/04/2019 EPS: Alunos
simulado.estacio.br/alunos/ 1/2
1a Questão (Ref.:201709302595) Pontos: 0,1 / 0,1 
Sobre o concurso de pessoas, tem-se o seguinte:
Pela teoria objetivo-formal, autor é a causa do delito, enquanto participe é condição.
a) Pela teoria do favorecimento da participação, a punibilidade do participe depende da culpabilidade do
autor.
Nenhuma das afirmações anteriores
b) Pelo conceito extensivo, autor é quem executa a ação típica, não havendo diferença entre autoria e
participação.
 a) Pela cooperação dolosamente distinta, ocorre uma divergência entre o elemento subjetivo do participe e a
conduta realizada pelo autor.
 
2a Questão (Ref.:201709302426) Pontos: 0,0 / 0,1 
Em relação à coautoria e autoria, a doutrina costuma citar as seguintes espécies: a coautoria alternativa, a coautoria
sucessiva, a autoria colateral e a autoria incerta. Com relação ao tema, é correto afirmar que:
A autoria incerta (ou autoria com resultado incerto) se dá quando, na autoria colateral, não se descobre quem
produziu o resultado ofensivo ao bem jurídico. Como exemplo, tem-se o caso em que vários policiais
disparam suas armas contra vítima comum e a perícia não consegue determinar quem, efetivamente, foi o
autor do disparo letal. Em casos que tais, diante da impossibilidade de se descobrir o autor do disparo letal,
todos devem responder por homicídio consumado.
 Coautoria alternativa ocorre quando duas ou mais pessoas combinam entre si um resultado criminoso e todas
se postam em condições de alcançá-lo, embora, de fato, apenas uma delas, ou um grupo limitado delas, irá
realizá-lo.
Nos casos em que a autoria incerta se deu em crime culposo, como, por exemplo, das duas pessoas que
autonomamente começaram a rolar pedras do alto de uma colina, culminando com a morte de um
transeunte, que foi atingido por uma delas, não se descobrindo qual exatamente atingiu a vítima a solução
penal é punir os dois pela tentativa de homicídio.
Autoria colateral ocorre quando duas ou mais pessoas combinam entre si um resultado criminoso e todas se
postam em condições de alcançá-lo, embora, de fato, apenas uma delas, ou um grupo limitado delas, irá
realizá-lo. Se o crime se consumar, todos respondem solidariamente pelo resultado consumado.
 Coautoria sucessiva acontece quando o coautor, ou um dos coautores, ingressa no delito depois que ele já se
iniciou. Nesse caso, em face do liame posterior, o coautor sucessivo irá responder tanto pelos resultados
criminosos ocorridos antes quanto pelos resultados ocorridos depois de seu ingresso no evento.
 
3a Questão (Ref.:201709302313) Pontos: 0,0 / 0,1 
Assinale as assertivas abaixo e assinale a correta: I - O crime plurissubjetivo é aquele que exige a presença de mais
de uma pessoa, como acontece no crime de associação criminosa, rixa, entre outros. Assim, nestes crimes não há o
que se falar em participação, já que a pluralidade de agentes garantem o tipo penal, sendo todos autores. II - Nos
crimes unissubjetivos, quando houver mais de um agente, aplicar-se-á a regra do art. 29 do CP, devendo-se analisar
a conduta de cada qual para aplicação da pena. III - O crime plurissubjetivo não se confunde com o delito de
participação necessária, pois neste último o autor pratica vários crimes, porém o tipo penal exige a colaboração do
sujeito passivo, que não será punido, como, por exemplo, nos crimes de corrupção de menores e favorecimento à
prostituição. IV ¿ O Código Penal Brasileiro define o cúmplice do crime como sendo aquele que colabora
materialmente com a prática de infração penal.
Estão corretos somente as assertivas II e III.
Todas as assertivas estão corretas.
 Somente a assertiva II está correta.
 Estão corretas as assertivas I, II e III.
Apenas a assertiva I está correta.
09/04/2019 EPS: Alunos
simulado.estacio.br/alunos/ 2/2
 
4a Questão (Ref.:201709302244) Pontos: 0,1 / 0,1 
Nos chamados crimes monossubjetivos:
o concurso de pessoas só ocorre no caso de autoria mediata.
o concurso de pessoas é necessário.
não há concurso de pessoas.
 o concurso de pessoas é eventual.
há concurso de pessoas apenas na forma de participação.
 
5a Questão (Ref.:201709302311) Pontos: 0,1 / 0,1 
(Ano: 2014 - Banca: VUNESP - Órgão: PC-SP - Prova: Atendente de Necrotério Policial) As teorias absolutas da pena
também são conhecidas por teorias da
prevenção.
restauração.
reeducação.
ressocialização.
 retribuição.