SIMULADO DIREITO PROCESSUAL CIVIL I
3 pág.

SIMULADO DIREITO PROCESSUAL CIVIL I

Pré-visualização2 páginas
13/04/2019 EPS
simulado.estacio.br/alunos/ 1/3
CCJ0035_AV1_201703082192 V.1
 
Disc.: DIREITO PROCESSUAL CIVIL I 
Aluno(a): RAFAEL FLORES LEONARDI Matrícula: 201703082192
Acertos: 1,8 de 2,0 Início: 17/03/2019 (Finaliz.)
 
 
1a Questão (Ref.:201703843519) Acerto: 0,2 / 0,2
Aponte os critérios de competência que, se não respeitados, geram a incompetência absoluta:
 Razão da matéria e funcional.
Territorial e funcional.
Razão da matéria e foro de eleição.
Hierarquia e territorial.
Valor da causa e territorial.
 
2a Questão (Ref.:201704111508) Acerto: 0,2 / 0,2
De acordo acordo com o Código de Processo Civil, o pedido de auxílio direto passivo que provoque prestação de
atividade jurisdicional, compete a/ao:
Juizado Especial Federal.
Juizado Especial Cível.
 Justiça Comum Federal.
Justiça Comum Estadual.
Superior Tribunal de Justiça.
 
3a Questão (Ref.:201703852485) Acerto: 0,0 / 0,2
Os critérios relativos de fixação de competência podem ser alterados pela ocorrência de alguns fenômenos
processuais. Uma das situações que pode levar à modificação da competência, quando fixada com base em critérios
relativos, é a ocorrência da chamada continência. Assinale a alternativa que descreve, corretamente, continência.
 C) Fenômeno que ocorre entre duas ou mais ações quando há entre elas identidade de partes, de causa de
pedir e de pedido e todas tramitam em diferentes juízos simultaneamente.
D) Fenômeno que ocorre entre duas ou mais ações quando possuem pedidos que, somados, não ultrapassam
o valor de sessenta salários mínimos.
 B) Fenômeno que ocorre entre duas ou mais ações quando há identidade quanto às partes e à causa de pedir,
mas o objeto de uma, por ser mais amplo, abrange o das outras.
A) Fenômeno que ocorre entre duas ou mais ações, quando lhes for comum o objeto ou a causa de pedir.
 
4a Questão (Ref.:201703861678) Acerto: 0,2 / 0,2
A respeito das modificações da competência, é correto afirmar:
A competência em razão da matéria e da hierarquia poderá modificar-se pela conexão e pela continência.
O foro contratual ou de eleição é restrito às partes contratantes, não obrigando os herdeiros ou sucessores
destas.
Reputam-se conexas duas ou mais ações sempre que há identidade quanto às partes e à causa de pedir, mas
o objeto de uma, por ser mais amplo, abrange o das outras.
13/04/2019 EPS
simulado.estacio.br/alunos/ 2/3
Dar-se-á a continência entre duas ou mais ações quando lhes for comum o objeto ou a causa de pedir.
 A competência em razão do valor e do território pode ser modificada pelas partes, elegendo foro onde serão
propostas as ações oriundas de direitos e obrigações.
 
5a Questão (Ref.:201703870143) Acerto: 0,2 / 0,2
No curso de um processo, em que o genitor pede em face da genitora a guarda unilateral de seu filho, o juízo
identificou que ali já tramitava outro feito referente ao mesmo pedido, embora formulado pela avó materna em face
da genitora. Em razão dessa circunstância, deverá o juiz:
extinguir o segundo processo distribuído, porque já está sendo discutida a guarda do menor em outro feito;
determinar a reunião de ambos os feitos para julgamento em conjunto, dada a identidade do polo passivo,
embora não ocorra a conexão.
 determinar a reunião de ambos os feitos para julgamento em conjunto, por força da conexão entre as causas
e da necessidade de se afastar o risco de prolação de decisões conflitantes;
determinar o prosseguimento de ambos os processos, sem reuni-los, uma vez que as partes não coincidem;
extinguir o segundo processo, porque configurada a hipótese de litispendência;
 
6a Questão (Ref.:201703978657) Acerto: 0,2 / 0,2
Considere a seguinte situação hipotética: Marcos, advogado recém formado, irá ajuizar duas ações. A ação A é
fundada em direito pessoal e a ação B é fundada em direito real sobre bem móvel. Nestes casos, de acordo com o
Código de Processo Civil brasileiro, em regra:
 ambas as ações serão ajuizadas no foro do domicílio do réu.
em ambas as ações o autor poderá escolher entre o foro do domicílio do autor ou do domicílio do réu.
ambas as ações serão ajuizadas no foro do domicílio do autor.
a ação A será ajuizada no foro do domicílio do réu e a ação B no foro do domicilio do autor.
a ação A será ajuizada no foro do domicílio do autor e a ação B no foro do domicilio do réu.
 
7a Questão (Ref.:201703913754) Acerto: 0,2 / 0,2
Joaquim possuía um depósito de joias em Portugal, porém, passando por dificuldades econômicas resolveu vender as
joias depositadas por Francisco. Como as joias não foram devolvidas, após solicitação formal, Francisco ingressou
com ação contra Joaquim que foi condenado a pagar o valor de ¿ 50.000,00 (cinquenta mil euros), sob pena de
prisão civil. Ao se mudar para o Brasil, Joaquim deixou de efetivar o cumprimento da sentença, consequentemente, o
Poder Judiciário Português, solicitou a República Federativa do Brasil, por intermédio da cooperação jurídica
internacional, a execução da decisão judicial, ou seja, que fosse cumprida a ordem de prisão civil. Considerando os
elementos do caso concreto, assinale a alternativa correta:
 A cooperação jurídica internacional não será admitida por contrariar normas fundamentais que regem o
Estado brasileiro.
Joaquim poderá rever o mérito da decisão proferida em Portugal junto a autoridade judiciária brasileira.
A cooperação jurídica internacional será admitida e concretizada por carta rogatória após homologação no
Supremo Tribunal Federal.
No procedimento da carta rogatória no Superior Tribunal de Justiça é dispensável as garantias do devido
processo legal.
A cooperação jurídica internacional será admitida e concretizada por auxílio direto, pois não exige juízo de
delibação.
 
8a Questão (Ref.:201703843521) Acerto: 0,2 / 0,2
Sobre a competência territorial é correto afirmar, exceto:
É competente o foro do lugar do ato ou fato para a ação em que for réu administrador ou gestor de negócios
alheios.
É competente o foro do lugar onde está a sede, para a ação em que for ré pessoa jurídica.
 É competente o foro do domicílio da mulher para a ação de anulação de casamento.
É competente o foro do lugar onde exerce suas atividades, para a ação em que for ré sociedade ou
associação sem personalidade jurídica.
É competente o foro do lugar do ato ou fato para a ação de reparação de dano.
 
9a Questão (Ref.:201703999663) Acerto: 0,2 / 0,2
13/04/2019 EPS
simulado.estacio.br/alunos/ 3/3
A respeito da competência, é competente o foro do domicílio:
do autor, em regra, para a ação fundada em direito pessoal.
ou da residência do alimentante, para a ação em que se pede alimentos;
do autor, em regra, para a ação fundada em direito real sobre bens móveis;
 do autor ou do local do fato para as ações que visam à reparação por dano resultante de acidente de veículo;
da mulher, nas ações de divórcio;
 
10a Questão (Ref.:201703852496) Acerto: 0,2 / 0,2
Lindalva faleceu em Minas Gerais, em um acidente durante a prática de montanhismo. Não tinha feito testamento,
mas deixou dois filhos maiores que residem em dois estados da Federação. Apesar de não ter domicílio certo, deixou
bens imóveis situados nos estados da Bahia e de Mato Grosso. A repeito da ação de inventário, de acordo com o que
dispõe o Código de Processo Civil, assinale a afirmativa correta.
D) O inventário deverá ser aberto pelos herdeiros no estado de Minas Gerais, uma vez que Lindalva não tinha
domicílio certo e seus bens estavam em lugares diferentes.
A) A ação de inventário deve ser ajuizada no foro do domicílio dos filhos de Lindalva, pois são eles os
inventariantes.
B) O foro competente para o inventário é o da situação dos bens, de forma que o inventário deverá ser aberto
na Bahia, local onde a maioria dos bens está localizada.
 C) A ação de inventário deverá ser ajuizada no foro da situação de qualquer dos bens, uma