A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
35 pág.
FUNDAMENTO DAS CIÊNCIAS SOCIAIS

Pré-visualização|Página 1 de 35

FUNDA MENTO DAS CIÊNCIA S SOCIAIS TESTE SEU CON HECIMEN TO
1.
O hom em , na sua relação com o m undo:
A- Dese nvo lve at itudes inst int ivas, co mo a lime ntar- se.
B - De mo nst ra capac idade de es tabe lecer re lações de pare ntesco,
atra vés de s ua ba ga ge m ge nét ica.
C- Adquire co mpo rta me ntos apre nd idos na co nvivê nc ia co m
out ros ho me ns.
Some nte a a fir mativa C está corre ta.
As a fir mat ivas A, B e C es o corr etas.
Some nte a a fir mativa A está co rre ta.
Some nte as a fir ma t ivas A e B estão corre tas.
N enhuma da s a fir ma t iva s está corre ta.
Exp l i ca ção :
É na con v ivên cia que o o u tro que o h omem se so cia l iza , fo rm an do pa d rões de compo rtam en to , re g ras ,
cre n ças e va lo res .
2.
Ve ja - 0 6/0 9/ 201 2 - 10 :13 - Ele ões 20 12 "Pes qu isa e le ito ra l o tom da
campa nha nas ruas Apesa r de os cand ida tos ins is ti rem na máx im a de que
pes qu isa e le i to ra l é um re tra to do m omen to e e v ita rem , pu bli camen te ,
comemo ra r ou demos tra r p re o cupa ção com os resu l tados , fa to é q ue os re flex o s
do s n úm e ros podem se r se n ti dos nas ruas . No m esmo d ia da p ub li ca ção de m a is
uma pesq uisa Da tafo lha , o p rim e i ro co lo cado , Ce lso Rus somanno (PR B ), te ve
uma agenda no ex tremo s ul da cidade onde não fa l ta ram comen tá rios sob re a
li de ran ça e poss í ve is riva is no segu ndo tu rn o. Já o segun do colo cado , Jo Se rra
( PSD B), que reg is tro u queda na p refe rên cia do e le ito rado , te ve um e n con tro
fe chado com tax is tas e p refe riu se ca la r sob re a pesqu isa . " A pesqu isa e lei to ral é
um i ns trumen to de in ves t iga ção que pe rm ite com p ree nde r os con ce itos de pode r,
au to ridade e dom ina ção , con ce itos que são u til iza dos po r qua l ciên cia so cia l?
C iên cia Elei to ral.
C iên cia Pol íti ca .
C iên cia da comun ica ção .
C iên cia A n tropo lóg i ca .
C iên cia da I nfo rm a ção.
Gaba rito
Come nt .
Gaba rito
Come nt .
Gaba rito
Come nt .

3.
Ap re ndemos que ex is tem fo rm as d ife re n tes de com p reensão do m undo : a vi são
do sen so com um ou o conhe cim en to cien f ico . Nesse sen tido , m a rque a ú nica
op ção ve rdadei ra.
O senso com um não de pende de ju ízos pes soai s a respe ito das co isas , nem do en vo lv im en to das
emo ções e d os va lo res de quem obse rva .
O senso com um depende de ju ízos pes soais a respe i to das co isas , com en vo lvim en to das
emo ções e d os va lo res de quem obse rva .
O senso com um depende de ju ízos cien f i co s a respe i to das co isas , sem en vo l vim en to das
emo ções e d os va lo res de quem obse rva .
O senso com um depende de ju ízos cien f i co s a respe i to das co isas , e do en vo lvim en to das
emo ções e d os va lo res de quem obse rva .
O senso com um depende tan to de juízos cien f ico s com o de ju ízos pes soais a re spe i to das
co isas , não im po rtando o g rau de e n volvim en to das emo ções e dos va lo res de q uem ob se rva.
Gaba rito
Come nt .
Gaba rito
Come nt .
Gaba rito
Come nt .
4.
Nu m a de te rm inada es co la da cap i tal ca rio ca , du ra n te in te rva lo de a u la pa ra
re crea ção ( re crei o) , d uas crian ça s p ro ven ien tes de d is t in ta s cida des de in te rio r se
en con t ram pela p rime ira vez : João , de uma cidade pa ca ta do in te rio r d o ABC
pa ul is ta ; e nquan to Ped ro, de uma comu nidade trad iciona l de pes cado re s da
cidade de Ang ra dos Re is. Du ra nte o re cre io , João , com a s ua "bo la de g ude" ,
ch ama Ped ro pa ra jo ga r com os demai s colega s. Ao joga r a "bo la de g ude " pa ra
Ped ro, es te p ron tam en te efe tua seu lan ce , demons tra com p reen de r "as reg ra s do
jo go" e a capa cidade de se com po rta r co nfo rm e as ex pe cta ti va s seg undo essa s
reg ras , bem com o de in te rna l iza r va lo res e pa péis so cia is . C ons ide ra ndo o
fe nômeno so cial a cim a de s crito , é in co rre to afi rma r q ue:
tra ta -se de um p ro ce sso de so cia liza ção , de a p rend iza do d os m odo s de vive r e b rin ca r da s
cria n ças daque la lo cal ida de on de Ped ro es tá im e rso .
tra ta -se de um p ro ce sso de com un ica ção que ins trume nta lizo u o con vio de Ped ro às crian ças
daq ue la es co la da cap ital ca rio ca , na med ida em q ue a cu l tu ra, pa ra se r ú til , de ve se r
comu nicada , se u s ig nif i cado de ve se r com pa rtilha do, de ve circu la r pe la so ciedade .
cas o Ped ro ti vesse se re cusad o a joga r o u se com po rta do de fo rm a d i ve rge n te ás reg ras, não
tende ria a se r pe rceb ido com o ano rm a l, es tra nho ou in capaz de con vio , nem a expe rim en ta r,
de qua lq ue r fo rm a , ce nsu ra mo ra l, iso lam en to o u ex clu são po r p a rte da s dema is .
tra ta -se de um p ro ce sso te nden te à in teg ra ção so cial de Ped ro com rela ção às crian ças daque la
es co la da cap i tal ca rio ca , media do pe lo com pa rtilhamen to de ca ra cte re s cu l tu rais.
tra ta -se de um p ro ce sso te nden te ao ap rend iza do so cia l.
Exp l i ca ção :
É po r m eio do p ro cesso de s o cial iza çã o q ue o hom em se con s ti tui com o se r so cial, compa til hando cren ças
e va lo re s com uns .
5.
São á reas cen tra is das ciên cias so cia is:

an tropo log ia, so cio log ia e ciên cia po l íti ca
f i loso f ia, teo log ia e an tropo lo gia
f i loso f ia, an tro polog ia e ciê n cia p olí ti ca
so cio log ia , f ilo sof ia e an tropo log ia
so cio log ia , f ilo sof ia e ciên cia po lí ti ca
Exp l i ca ção :
As ciêm cias So cia is cons ti tuem uma á rea ampla de sabe res sob re a con dição h umana em so ciedade . Ela
comp re e nde to das a s ciên cia s a es te respe i to, como H is tó ria , Ge og ra fia Hum ana , P si colo gia So cia l, en t re
ou tras. Po rém , s uas ciê n cias fu ndamen ta is podem se r e len cada s com o a An tro polo gia , a So cio log ia e a
C iên cia Pol íti ca . Essas três ciên cias cons ti tuem o tri f undamen ta l das C iên cia s So cia is .
6.
Os d is cu rsos ou as teo rias cien f ica s são dese n volv ido s a tra vés de um con jun to
de té cn i cas e de expe rim en tos no in tu ído de comp reende r o u re sol ve r um
p rob lem a an te rio rm en te ap rese n tado . As C iên cias So cia is , po r ex emplo , possu i
en t re as suas d ife ren tes mis sões o ob je ti vo de i n ves ti ga r o s p rob lemas so cia is
q ue v iven ciam os du ra n te o noss o co tid iano . Le van do isso em co ns ide ra ção , qua l
das res pos tas aba ixo é a co rre ta?
O senso com um e o conhe cim en to cien f ico co rrespon dem a duas fo rm as de en tend im en to
ex clude n tes e pos su ido ras de fro n tei ras i n t rans pon í vei s.
O senso com um pode se r cons ide ra do um s inôn imo da ig no rân cia da popu la ção e uma
ju s tif i ca ti va pa ra o a traso e co m i co .
O senso com um co rres ponde à po pu la riza ção e à mass if i ca ção da s des cobe rtas cien f ica s apó s
uma am pla d i vu lga ção .
O senso com um co rres ponde aos conhe cim en to s p roduz id os in divid ualm en te e q ue a in da o
pas sa ram p o r um a va lida ção cie n tíf ica.
O senso com um co rres ponde a um con he cim en to n ão cien tífico u til izado com o solu ção pa ra os
p rob lem as co tid iano s, ge ra lmen te e le é po u co e labo rado e sem um co nhe cim en to p ro fund o.
7.
Ace rca do s tipos de conhe cim en to s l is tados aba ix o, q ual O es tá co rre to .
O conhe cim en to re lig ioso é basea do p rin cipa l na sepa ra ção en tre duas esfe ras: o p ro fano e o
sag rado .
Uma das ca ra cte s ti ca s do con he cim en to do se nso comum re fe re - se ao fa to de que é pa ssado de
ge ra ção em ge ra ção .
O conhe cim en to m íti co bu s ca exp l i ca r o m undo a pa rtir de e n tidade s, cren ças , se re s q ue es tão
a lé m do m undo na tu ra l. A fun ção do s m itos é fo rne ce r uma comp reen são so b re o m un do
O senso - com um é um tipo de con he cimen to basea do em ve rdades que são un i ve rsa is e
in va riá ve is , ap re nd idas po r nos sos an ces tra is e passada s co tid ianamen te pe los nosso s pa is .
O conhe cim en to cien f i co é um tipo de co nhe cim en to que base ia -se na in ve s tiga ção metó di ca da
rea lidade , sis tem á ti ca . Ana lisa os fenôm eno s e bus ca es tabe le ce r de te rm ina das le is ge ra is.
Exp l i ca ção :