petição 1
8 pág.

petição 1


DisciplinaReclamação Trabalhista34 materiais330 seguidores
Pré-visualização8 páginas
AO JU I ZO DA VARA D O TRAB AL HO D E TIM ON - MA
ANA A SS UNÇÃ O DA A NUNC I Ã O, brasilei ra ,soltei ra, cos t urei ra, nasci da no
di a 20/02/1978 , insc rito no RG nº555 .666 -P I e no C PF n º 22 2 .333.444 -00,
portador da C TPS 11448 S éri e 0001 6 P I, i nscrito no P IS 127.55555.48 -
4, fil ha de Mari a Ass unçã o D a a n uncia ção, e ndereço ele t ni co
assunção a@ hotmai l .com, resi de nte e domi ci li ado na Rua Aug usto C ur y,
n.900 , Bai rro Alto da Re ss urei ção, CE P 64.000 -000, Teresi na P I, vem , p or
sua ad voga da C ibe le Karine Ferrei ra Li ma i nfra -assinad a, p ro c uração a ne xa,
endereço e letrô ni co cibe lekari ne @o ut lo ok.co m resi dente na R ua doi s, q uad ra
58 casa 25 b n. 5825, B ai rro Renasce nça, CE P 64.082 -592 , o nd e recebe
i nti mações, co m fulcro no ar tigo 840, §1 º, da C LT c/c a rt .31 9 do CP C.
Pr o por a prese nte RE CL AM AÇ AO T RAB AL HIST A de
PROCED IM ENT O SUM ARISS IM O - a r t 8 52 -a d a C LT
em face de A lfaia ta ri a Doctor Fa s hi on Ltd a, p essoa j ur ídi ca de d i rei to p ri vad o,
i nscri ta no C NP J nº 2 0.777.422/000 1 -24 , e ndereço e let ni co
alfai atari adf@gmail .com, co m sede na Rua Ri ac huelo, 101 0, C E P 65.0 12 -
012, na ci da de de Ti mon - Mara nhão.
I- DA GRAT UIDAD E DE JUST IÇ A
D e acordo § 3o do ar ti go 79 0 d a C LT.
§ 3o É fa cul ta do aos j uíze s , órgãos ju lg adores e
pres ide ntes dos tribu na is do tra ba lh o de qual qu er ins nci a con ced er, a
req u erim e nto ou d e o fício , o b enefíci o da j us tiça g ratui ta, incl us i ve q ua nto a
tra s la dos e ins trum e ntos , àq uel es q ue p ercebe rem s al á rio i gu al ou i nferior a
40 % (q u aren ta po r cento) do lim i te máxim o dos be ne ci os do Regime Ge ral de
Previ nci a Soci al . (Re da ção d ada pe la Le i nº 13 .467 , de 201 7)
A ssim, reque r a recla ma nte q ue l he seja co ncedi do o bene f íci o da j usti ça
gratui ta , pos to q ue de mo nst rado e sa tisfatoriame nte compro vad o o req ui sito
le gal e xigi do na legi slação vi ge nte pa ra a s ua co ncessã o.
II- D OS FAT OS E F UND AM E NT OS
A Rec lama nte fo i admi ti da pelo Rec la mado no di a 0 1 \10 \2016 , para exe rcer
a f unção de cost u re ira, co m re mune ração de 1.1 00 ,0 0.
E ntre tanto, no di a 19\06\2 018 foi noti fi cada da s ua di spensa sem j usta causa
e sem a vi so pré vi o.
A rec lamada pro vid e nci ou a bai xa do c o ntra to na ca rtei ra p ro fi ssiona l, mas
não fe z a q ui tação da s verbas resci sórias de vid as e ta mbém nã o fe z a entrega
das guia s do seg uro -desemprego , ai nda q ue e la te n ha co nseg ui do no vo
emprego apenas 10 di as d epoi s de ser desped id a. A re c lama nte sacou o FG TS
em con ta vi nc ula da a tra vés do cartão cida dão.
Te ndo e m vista a s aleg ações j uri di cas a se guir aprese ntadas, i nte rpõe -se a
presente Re c lamação Traba lhi sta no i nt ui to de se rem sa ti sfei to todo s os
di rei tos da Recla mante.
- S AL DO DE S AL ÁR IO
O recla mante trabal ho u a té o di a 1 9 \06\201 8, q ua ndo foi di spensado se m
jus ta ca usa , na da receb e nd o a tít ulo de sald o de salários, gera ndo assi m sa ldo
de 19 (de zeno ve ) di as.
C o nsid era-se como tempo d e ser viço o tempo de se r vi ço o tempo
efetivame nte tra bal hado pe lo empregado, integra ndo -se os dia s trabal hado s
antes de s ua di spensa i nj usta a se u pat rimôni o jur íd ico, cons ub s ta nci ando -se
di rei to adqui ri do de aco rdo com o i nci so IV d o a r ti go 7º e i nci so X X XV I do
arti go 5º, ambos d a C F \88 , de modo faz a reclama nte j us ao sa ld o d e sala ri al
relati vos aos de ze no ve dia s t rabal hados no mês da disp ensa .
IV - sa lá rio m ín imo, f ixa do e m le i, na cio na lme nte unif ica do, c apaz de
ate nde r a suas nec ess ida de s vita is bá sica s e às de sua fam ília com
mora dia , alim entaç ã o, educa ç ão, sa úde, laze r, ve stuár io, h igiene,
tra nspor te e pr evidê ncia social, c om re ajus tes periódic os que lhe
pr es er ve m o poder aquisiti vo , se ndo ve da da sua vinc ula çã o par a
qualquer fim ;
XXXVI - a le i nã o prejudic a o d ire ito a d quiri do, o a to jur í dic o p er fe ito e a
cois a julga da ;
- DO AV ISO PR ÉV IO IN D EN IZADO
Te ndo em vi sta a ine xi s nci a de j ust a ca usa pa ra a res ci são do co ntra to
de trabal ho, s urge pa ra a Recla ma nte o di reito ao Avi so Pré vio ind e ni zado ,
prorr oga do o té rmi no do co nt rato para o mê s de ju nho d e 2018, uma ve z q ue
o § 1 ºd o ar t . 487 , da CL T, es tabele ce q ue a não co nce ssão de a vi so p ré vio
pelo e mprega d or dá direi to ao paga me nto dos sa lá ri os do respec tivo pe r íod o ,
i nte g ra ndo- se ao se u te mpo de se r vi ço pa ra tod os o s fi ns legai s .
D essa fo rma , o per íodo de a viso pr é vio i nde ni zado , co rrespo nde a 33
dias de te mpo d e se r viço (co nso a n te ar t. 1 0, P arág raf o úni co da
Lei 12506/11 ) co n tad os a p ar tir de 19 de j unho de 2 018 .
A rec la ma nte fa z j us , po rta nto , a o rece bi me nto do A vi so Pré vio ind e ni zad o.
§ 1º - A fa lta d o a vis o pré vi o por par te d o e m pre ga dor dá a o em prega do
o d ire it o a os s alár ios corr es pon de ntes a o pr azo do aviso , gar ant ida
se m pr e a inte gra çã o de ss e pe r íod o no s eu te m po de se rv iço .
Par á gr a fo ú nic o . Ao av iso pr év io pr e visto ne ste ar t ig o ser ã o
ac r es cidos 3 (trê s) dia s por a no de se r viço pr es tad o na me s ma
em pre sa , a té o xim o de 6 0 (s e s se nta) dia s, perfa ze nd o um t otal de
até 90 (no ve n ta ) d ias .
- FÉR I AS P R OPOR CION AIS + 1 \3
Ar tig o 129 e 1 30, C LT c /c i nci so XV II do arti go 7 º CF .
Ar t. 12 9 - Todo em pre gado te r á dire ito a nua lm ente ao gozo de um per íodo
de fér ias, s em prejuízo da re muner a çã o.
Ar t. 13 0 - Após ca da per íod o de 1 2 (d oze) me s es de vigência do co ntra to
de tra balho, o e mpre gado te r á dire ito a fér ia s.
XVII - gozo de fér ia s anuais re mune ra das c om, pelo me nos, um ter ço a
ma is do que o s alár io n orm a l;
A rec lama nte por ter trab a l had o d urante o tempo de 2 016/201 7 p oss ui
um per ío do aq ui sitivo de ri as comple to. A g uarda ndo o empre gador co nce der