TRABALHO - ATOS DAS DISPOSIÇÕES CONSTITUCIONAIS TRANSITÓRIAS
2 pág.

TRABALHO - ATOS DAS DISPOSIÇÕES CONSTITUCIONAIS TRANSITÓRIAS

Pré-visualização2 páginas
UN IVERSIDADE DO S UL DE SAN TA CATA RINA
RE NATA D A SIL VA BL ASIUS
ATOS DAS D ISPOSIÇÕ E S CONSTIT UC IO NAIS TR ANSITÓ RIAS
Braço do No rte - SC
2018
Atos das Dis posições C ons ti tuci onais Tra ns i ri a s
O Ato das Di s posições C ons tituc i onai s Tra ns itória s é um c onjunt o de regras
que te m a fi na li dade de permi ti r a a pli ca ç ão de uma nova C ons titu ão para a próp ria
s oci edade. A mudança de um reg i me c ons ti tuci o nal para outr o depe nde de u m
el ement o que fa ci li te, permita que a s ociedade c onsig a s e a dap tar com s eg ura nça e
tranq ui li da de s em c ria r g ra ndes ruptu ra s , a í onde entra a s nova s reg ras de
trans i toriedade, tai s reg ras que fa ci l itam a pa ss ag em de um reg ime para ou tro reg ime,
es é a fi nal i da de.
O s Atos das D is pos i ções C ons tituc i onais T ra nsitóri a s fa vorec em, permitem
que a s ociedade poss a s e a dequar, pos s a conhecer exa tamente como s erá o s eu novo
reg ime s ocia l , a s ua nova org a nizaçã o. Sendo a C ons titui ç ão a norma ma t riz, a nor ma
g ênes e de toda a formataçã o do es tado, da s ociedade é neces rio que ha ja es te
conjun to de fa c il i ta ções , e o c ons ti tui nte previu is s o, nã o s endo a primeira vez, pois a
C ons ti tui çã o de 88 tra z o ADCT , ma s não é um fa to i nédito, houve o ut ra s
trans i toriedades previs tas em C ons titui ç ões a nteri ores . É a penas uma necess i dade
dec orrente da p rópri a l ógi ca jurí dic a e da fi l os ofia s ociológica e po tica da s ociedade, é
neces sário que ha ja uma trans i çã o. T oda norma p res c reve ess a trans iç ã o , toda nor ma
pres c reve u ma forma de g a rantir que a s oci edade consi g a vivencia r, c ons ig a prever
como s erá a s ua nova org a nizaçã o e na tural mente q ue a C ons titu ão dada a s ua
relevânci a na hi erarquia das norma s jurí dica s não poderi a s er di ferente. O ADC T tem
exa ta mente es s a fi nalidade, permi ti r que co m s eg ura nça e tra nquili dade, harmo nia e
es tabil i dade a s oci edade pos sa enfrentar es sa nova real idade jurí dica que es por vi r.
O s di s pos i ti vos do ADC T s ã o norma s cons titucionai s e para que pos s a m s er
al tera dos pelo pode r cons titui nte de rivado é neces s á rio que obedeça m à s mes mas
reg ra s que s ã o a pl icadas para Ref orma C ons titucional do pr óp rio texto da l ei ma i or.