A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Atividade Saúde coletiva

Pré-visualização|Página 1 de 5

Pergun ta 1
O s ist ema de s aúd e no Br as il é org aniza do p or n íveis de at e nção. E s s a fo rma de or ga niz ão
e hier ar quiz açã o das re des ass is t enc iais do m od elo de atenç ão à s de em pirâmi de,
org aniz a ndo a ass is t ênc i a em gra us c resc ent es de c om plex ida de. No qu e diz resp eit o aos
níveis de at enç ã o à s aúd e:
Res pos ta
Seleci onada:
b.
O vel p rimári o é aq uele em que est ã o os equip ame ntos c om meno r gr au de
inc orp or ão t ec noló gic a do sis t ema. A c ap ac it ão de pes s oal pa ra es s e
nível ap res ent a n ec ess idad es de uma fo rmaçã o g er al e abr an ge nte p ara
atend er aos e ve ntos m ais p re val ent es na p opul ão (os p ro blem as de s a úde
mais fr eq ue ntes ), e o q uad ro de pr ofis s i o nais é pr eenc hi do po r dic os de
fam ília e c nic os ge rais .
Res pos ta
Correta:
b.
O vel p rimári o é aq uele em que est ã o os equip ame ntos c om meno r gr au de
inc orp or ão t ec noló gic a do sis t ema. A c ap ac it ão de pes s oal pa ra es s e
nível ap res ent a n ec ess idad es de uma fo rmaçã o g er al e abr an ge nte p ara
atend er aos e ve ntos m ais p re val ent es na p opul ão (os p ro blem as de s a úde
mais fr eq ue ntes ), e o q uad ro de pr ofis s i o nais é pr eenc hi do po r dic os de
fam ília e c nic os ge rais .
Pergun ta 2
0,2 em 0,2 pontos
Sobr e a S de da Fam ília é c or reto a fi rma r:
Res pos ta
Seleci onada:
Res pos ta
Correta:
Pergun ta 3
0,2 em 0,2 pontos
A A t enção P rim ári a a S de é um a f orm a de or ga niz ação dos s er viç os de s a úd e, um a
est ratégi a pa ra int egr ar to dos os asp ect os dess es s er v os , ten do c om o pe rspect i va as
nec es s idad es em s a úd e da po pul ão. S ã o at ri butos es s e nc iais da at ençã o p rimá ria à
s aúde:
Res pos ta Seleci onada:
b.
Primeir o c ontato, Lo ngit u din alida de, I nteg ralid ad e e C oor de naçã o

Res pos ta Correta:
b.
Primeir o c ontato, Lo ngit u din alida de, I nteg ralid ad e e C oor de naçã o
Pergun ta 4
0,2 em 0,2 pontos
São t ec nolo gias e es t rat égias de int eg raçã o do c uid ad o:
Res pos ta
Seleci onada:
c.
Cart ão do us rio; Ge re nci ame nto de doe as; P rontu ári os eletrô nic os ;
Si s t emas de apoi o dia gn ós t i c o e t erap êutic o
Res pos ta Correta:
c.
Cart ão do us rio; Ge re nci ame nto de doe as; P rontu ári os eletrô nic os ;
Si s t emas de apoi o dia gn ós t i c o e t erap êutic o
Pergun ta 5
0,2 em 0,2 pontos
Com rel ação ao mo del o da his t ória n atur al da doe a, c om pos t o por t s n í veis de
pre ve nção, p rop os t o po r Le a vell & Clark:
Res pos ta
Seleci onada:
Res pos ta
Correta:
Pergun ta 6
0,2 em 0,2 pontos
A atenção b ás ic a ou at enç ã o prim ári a em saú de (APS ) é c onh ec ida c om o a "po rta de
ent ra da" d os usuári os nos s i s t emas de s aúde. S o bre a APS é c orret o a fi rma r:

Res pos ta
Seleci onada:
Res pos ta
Correta:
Pergun ta 7
0,2 em 0,2 pontos
Sobr e o m od elo dic o as s is t enci al pri vat is t a:
Res pos ta
Seleci onada:
d.
Car act eriz a -se po r s er um mod elo volt ad o pa ra o ime diati s m o, is t o é, o
indi víduo o pr oc ur a po r ap res e nt ar al gum s in al ou s int om a de al gum a
en fer mi da de. O objeti vo da p op ulaç ã o é a pe nas r es ol ver o s of rime nto
naq uele mom ent o. É u ma a bo rd age m c entr ad a na do enç a e na r esoluç ã o
imediat a do p robl ema.
Res pos ta
Correta:
d.
Car act eriz a -se po r s er um mod elo volt ad o pa ra o ime diati s m o, is t o é, o
indi víduo o pr oc ur a po r ap res e nt ar al gum sin al ou s int om a de al gum a
en fer mi da de. O objeti vo da p op ulaç ã o é a pe nas r es ol ver o s of rime nto
naq uele mom ent o. É u ma a bo rd age m c entr ad a na do enç a e na r esoluç ã o
imediat a do p robl ema.
Pergun ta 8
0,2 em 0,2 pontos
t ulo do Víde o: S de d a F amíl i a D ur ão: 3: 48
Link: ht tp: / /on efol io .l aure at e. n et /p t/ res ou rces /32 68
Sín te se do Víde o: Es te v í deo m os tr a um a e nfe rmei ra q ue mo rav a em um a v i l a de pes c a dor es de
uma r e gião d e di c i l acess o. Q uando el a p ass ou no co nc urs o, m u dou -s e p ar a uma me tró pol e, ond e
pode v eri fi c ar em s e us pri mei ros at en di me ntos qu e as doe nças m ais c om uns en tr e as c ria nças d a
v i l a de pes c a dor es s ão dis tin tas d as qu e aco m et em as c ri anç as da m et rópole. D es ta f o rma, a
enfe rm ei ra dec i d e el a bor ar um pl a no de ação públi c a, c ons ci en tiza ndo a po pulaçã o s obr e os ris c os
à s aúd e, qu e po dem ap arece r em ambi e nt es ap ar en tem en te pr eserv ados . Refl eti r s o b re os
malefí ci os e be nefíc i os das mu da nças ambi en tai s à s a úd e an ali s ando um c as e so b re ambi en tes
urb anos e ru rai s p res e rvad os .
I d iomas: deo e m Po rtugu ês
E ssa linh a de créd it o se m pre dev e ac omp anh ar o recurs o:
Facult ada por c o rt esi a d a Re de das L aurea te In te rn ati on al U ni v ers i ties.
Leia o se gu int e t recho do do cum e nt o Sa úd e Brasil 2014, do Min istér io da Sa úd e:
O bs erv a-s e e xp res s i v a qu eda da ta xa de mo rt ali dad e i nf anti l (T M I) e m to das as r egi õ es br as i l eiras
ent re 19 90 e 20 10, p as s ando de 47,1 a 16 /1. 0 00 n asc i dos v i v os (N Vs ). A partir de 201 0, a q ue da
tem s i do m ais l enta, alc anç ando, em 20 13, 1 4,5/ 1. 00 0 NVs . O c om pone nt e pós - neo na tal
apr ese nto u maior qu eda (82%), co m d est aqu e p ar a a R egi ão Nor des t e. O pe rfil por c om pon ent es
da mo rt ali dad e infa ntil v ari a seg un do esc ol ari dad e d a m ã e e c o r d a pel e/ raç a, c om maio r p eso do